2
X
1

07/10/2020 - 21:30

Pré-Jogo

Pré-jogo Botafogo x Palmeiras

Na noite desta quarta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras visita o Botafogo, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em segundo lugar por pontos perdidos na tabela, o Verdão joga para se manter na cola do líder e para manter a trajetória de vitórias, aumentando a confiança do elenco e da torcida.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Luan Silva, Esteves e Luiz Adriano
Suspensos: ninguém
Convocados: Weverton, Gustavo Gómez, Viña e Gabriel Menino

Pendurados: Felipe Melo, Danilo e Ramires

Atolado em desfalques, Vanderlei Luxemburgo tem ao menos um motivo para comemorar: Gabriel Veron está recuperado do pisão sofrido no tornozelo esquerdo na partida contra o Flamengo e ficará à sua disposição.

Mas diante do bom aproveitamento do setor ofensivo nas últimas duas partidas, o mais provável é que o treinador não altere o ataque. O problema mesmo está no lado esquerdo da defesa.

Sabemos que Luan rende muito mal no lado esquerdo. O camisa 13 pode jogar na direita e Felipe Melo ser deslocado para preencher a vaga de Gustavo Gómez. Ou Luxa pode recorrer ao jovem Renan. O garoto também pode ser o remendo para a lateral esquerda, embora Gustavo Scarpa esteja cotado para fazer o improviso.

O curioso nisso tudo é que Emerson Santos, ao menos nas especulações, parece nem fazer parte do elenco.

Confira uma possível escalação do Verdão para o jogo: Jailson; Marcos Rocha, Luan (Renan), Felipe Melo e Gustavo Scarpa (Renan); Patrick de Paula e Bruno Henrique; Rony, Raphael Veiga e Wesley; Willian.

Botafogo

BotafogoO Botafogo segue com Bruno Lazaroni como treinador principal, após a demissão de Paulo Autuori na semana passada. O time vem de um empate com o Fluminense e tenta reagir: está na penúltima colocação na tabela, com apenas uma vitória em 13 jogos.

Para a partida contra o Verdão, Lazaroni terá o desfalque de Gatito Fernández, que serve à seleção paraguaia. Por outro lado, o treinador poderá contar com o retorno de Honda, recuperado de uma entorse no tornozelo. Guilherme Santos, que estava de molho por conta de uma lesão muscular na coxa esquerda, também volta a ficar à disposição, mas deve seguir na reserva de Victor Luis.

A dúvida de Lazaroni está no meio campo, onde Rafael Forster e Rentería brigam por uma vaga. O provável time para esta noite é Diego Cavalieri; Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luis; Rafael Forster (Rentería) e Caio Alexandre; Kalou, Honda e Matheus Babi; Rhuan.

Números

  • Este será o confronto de número 120 entre os dois times. O retrospecto aponta boa vantagem do Verdão: 48 vitórias contra 34 derrotas, mais 37 empates;
  • Como mandante, o Botafogo tem vantagem: foram 55 jogos, com 23 vitórias do time da casa, 20 empates e 12 vitórias do Palmeiras;
  • Nas últimas 7 partidas como mandante, no entanto, o Botafogo só venceu 2; houve 4 vitórias do Palmeiras e um empate;
  • Os dois times se encontraram 58 vezes pelo Campeonato Brasileiro e o Palmeiras tem quase o dobro de vitórias: 26 contra 14; houve ainda 18 empates;
  • Dos dez títulos brasileiros do Palmeiras, dois foram conquistados em partidas contra o Botafogo: 1969 e 1972;
  • Jogando no Engenhão, a vantagem é do Botafogo: 4 vitórias do time da casa, contra 2 do Verdão e 2 empates.

No calendário

O Palmeiras já disputou 24 jogos no dia 7 de outubro e ganhou 15. Veja a lista completa clicando neste link.

Lei do Ex

Do lado de cá: Emerson Santos
Do lado de lá:
Diego Cavalieri e Victor Luis

Arbitragem

Rodolpho Toski MarquesÁrbitro Principal:
Rodolpho Toski Marques

Rafael TraciVAR:
Rafael Traci

Projeção de pontos

De acordo com a projeção de pontos feita antes do início do campeonato, estamos três pontos abaixo. A meta para este jogo, mesmo fora de casa era de vitória: mais um motivo para jogar sempre pelos três pontos, desprezando o empate.

Parpite

Botafogo e Palmeiras são dois times que têm empatado muito no campeonato e esse parece ser o resultado preferido dos apostadores de plantão. Mas um olhar mais carinhoso para o Palmeiras não parece ser má ideia, já que o time parece ter redescoberto sua vocação ofensiva.

Dá Verdão: 3 a 1, com gols de Wesley, Raphael Veiga e Gabriel Veron. E se o Fortaleza tirar uns pontinhos do Atlético, não acharemos ruim. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

TV GloboGlobo (menos CE e MG)

PFCPFC

Pós-Jogo

Botafogo 2x1 PalmeirasCesar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras foi derrotado esta noite no Rio de Janeiro por 2 a 1 e perdeu uma longa invencibilidade que chegava a quase três meses. Apesar da luta no final, o time parou na defesa do Botafogo e em Diego Cavalieri, que pegou até pênalti, e amargou um revés.

Felizmente o Atlético também foi derrotado e o prejuízo não foi tão grande. O Verdão perdeu duas posições na tabela do Brasileirão, mas segue no bolo, a cinco pontos do líder.

Primeiro tempo

Os destros Mayke e Luan começaram temerariamente jogando do lado esquerdo. Mas no Botafogo, o canhoto Matheus Babi começou no ataque do lado direito. Assim, não tivemos problema no início.

14'
Botafogo-RJ

Patrick errou na saída de bola; Honda enfiou para Pedro Raul que ganhou de Felipe Melo, abriu a jogada e cruzou para a chegada de Rhuan, que emendou para fora.

 

19'
Botafogo-RJ

Bruno Henrique errou na saída de bola e perdeu para Caio Alexandre, que abriu para Rhuan na esquerda; o cruzamento saiu por baixo e passou na frente de Honda e de Matheus Babi, que chegaram atrasados, para nossa sorte.

21'
Botafogo-RJ

Na falta de longe, a bola foi para a área na direção de Marcelo Benevenuto, que escorou para a chegada de Matheus Babi, mas Bruno Henrique estava atento e prensou a finalização.

25'

Uma chuva leve caía sobre o Engenhão, amenizando a temperatura: 24°C no Rio de Janeiro durante o primeiro tempo.

31'
Palmeiras

Desta vez foi o Palmeiras quem roubou a bola no ataque; Willian rolou para a chegada rápida de Patrick de Paula, que bateu forte – a bola passou ao lado da trave esquerda de Diego Cavalieri.

32'
Palmeiras

Mayke tentou de fora, aproveitando o pé trocado, mas pegou mal na bola e mandou pelo alto, errando por muito.

35'

O  Botafogo recolheu a marcação alta; o Palmeiras foi quem subiu a marcação e assumiu o controle da partida. A chuva deu um aperto.

40'
Palmeiras

Raphael Veiga cobrou escanteio da direita no primeiro pau; Willian conseguiu o desvio e a bola passou lambendo o travessão do Botafogo, com o goleiro batido.

47'
Palmeiras

Patrick de Paula fez um lindo lançamento para Rony no contra-ataque; Willian fechava pelo meio sozinho e Rony tentou ligar, mas o passe foi muito ruim, facilitando para a recuperação de Marcelo Benevenuto. Era só ter caprichado e Willian ia sair sozinho na cara de Cavalieri.

48'

Rodolfo Toski Marques, tranquilo, terminou o primeiro tempo.


Segundo tempo

O Palmeiras voltou para o segundo tempo sem alterações, assim como o Botafogo. A chuva deu uma trégua.

1'
Botafogo-RJ

Gol do Botafogo – Kevin cruzou por baixo, Luan ficou indeciso e Pedro Raul tocou para o gol. Jailson ficou pregado, também poderia ter atacado a finalização.

4'
Botafogo-RJ

Gol do Botafogo – Falta batida da intermediária; a bola foi desviada por um jogador do Botafogo e Caio Alexandre saiu na cara de Jailson e fuzilou; Jailson defendeu parcialmente e Caio Alexandre fez o gol. O VAR entrou no lance e confirmou o gol.

7'

Gabriel Veron entrou no lugar de Rony; Zé Rafael no de Bruno Henrique; Ramires no de Patrick de Paula.

12'
Botafogo-RJ

O Botafogo emenda um contra-ataque e Pedro Raul finalizou de fora, à esquerda de Jailson.

13'
Palmeiras

Zé Rafael tentou de fora, por cima do gol.

15'
Palmeiras

Ramires abriu para Mayke, que acionou Veiga dentro da área; ele ajeitou e bateu meio sem jeito, facilitando para Diego Cavalieri.

17'
Palmeiras

O Palmeiras trabalhou a bola e Felipe Melo acionou Marcos Rocha, que enfiou na área para o giro de Raphael Veiga, que mandou por cima do gol.

18'

Gustavo Scarpa entrou no lugar de Mayke; Lucas Lima no de Raphael Veiga.

26'
Palmeiras

Lucas Lima cruzou da esquerda; Willian subiu inteiro na risca da área para testar, mas acabou deslocado no ar por Wesley e perdeu a chance do arremate.

29'
Palmeiras

Wesley recuperou a bola no ataque e bateu de esquerda, no canto direito de Cavalieri, que foi buscar e mandou a escanteio.

31'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gustavo Scarpa cruzou da esquerda; Wesley fechou no segundo pau e escorou; Willian pegou a sobra e enfiou para o fundo das redes.

33'
Palmeiras

Marcos Rocha cruzou da direita; Zé Rafael raspou e Willian pegou mais uma vez a sobra e soltou um míssil, mas a bola saiu à direita do gol.

35'
Palmeiras

Zé Rafael lançou Willian em velocidade; Diego Cavalieri saiu solando e o juiz deu pênalti, mas precisou esperar porque o bandeira marcou impedimento. O VAR tirou o impedimento e o pênalti foi marcado.

39'
Palmeiras

Willian bateu no canto direito e Diego Cavalieri defendeu.

41'
Palmeiras

Marcos Rocha cruzou da direita e Gabriel Veron encaixou a bicicleta, mas mandou por cima do gol.

45'
Palmeiras

Falta à frente da meia-lua; Scarpa bateu e a bola desviou na barreira. Escanteio.

46'
Palmeiras

Na batida, a bola ficou viva e Veron girou para o gol; a bola bateu na zaga. Outro escanteio. Cavalieri ficou com ela após a cobrança.

52'
Palmeiras

Willian girou para o gol dentro da área e a bola saiu em escanteio.





Fim de jogo

Diante de tanta luta, o gosto amargo não ficou tão forte na boca. A se lamentar mesmo as escolhas de Luxa para sair do problema de não ter jogadores para compor o lado esquerdo da defesa nas ausências de Viña e Gustavo Gómez.

Mas se Luxa teve sua (grande) parcela de responsabilidade, a da diretoria é maior ainda. Afinal, não foi o treinador que decidiu liberar Victor Luis, Diogo Barbosa e Vitor Hugo no meio da temporada, sem reposição. NOTA ZERO.

Emerson Santos, que seria uma das alternativas para o problema e que finalmente teria a chance de estrear na temporada, não ficou nem no banco – outro mistério inexplicável.

E de erro em erro o Palmeiras vai acumulando pontos perdidos de forma irritante. Sabemos que o futebol prega peças, mas nosso time já esgotou na metade do primeiro turno todas as que podia gastar nas 38 rodadas.

Que prevaleça, ao menos, o espírito de luta do segundo tempo no clássico do próximo sábado. Serão menos de 72 horas após o fim do jogo para entrar em campo novamente com o inimigo, que foi um dos que aproveitou nosso tropeço para nos ultrapassar. Não há outro resultado aceitável que não seja a vitória. Por isso, sejamos mais uma vez inteligentes para não criar tumulto justo agora. PRA CIMA! VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Botafogo-RJ

Diego Cavalieri
Kevin
Marcelo Benevenuto
Kanu
Victor Luis
Rafael Forster
Rentería
Caio Alexandre
Sousa
Matheus Babi
Honda
Rhuan
Guilherme Santos
Pedro Raul
Warley
Bruno Lazaroni
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Jailson
Podia ter atacado o centroavante no lance do primeiro gol para diminuir o ângulo.
5
Marcos Rocha
Teve problemas com Rhuan no primeiro tempo. Quando resolveu ir ao ataque, levou bastante perigo.
5.5
Felipe Melo
A cada jogo que passa fica mais claro que a zaga não é exatamente sua praia. Não tem PANCA de zagueiro.
6
Luan
Conforme previsto, quando joga do lado esquerdo, vai mal.
4
Mayke
Vai acordar com a coluna doendo de tanto que teve que entortá-la para concluir as jogadas que começava.
5
Gustavo Scarpa
Jogando praticamente como ponta-esquerda, criou várias jogadas perigosas. Foi o melhor do time.
7.5
Patrick de Paula
Errou uma enormidade de passes, tanto na saída de bola quanto na construção.
5.5
Ramires
Entrou consciente, distribui bem a bola e manteve a zaga protegida o suficiente.
6
Bruno Henrique
Mais uma noite ruim dentro de um período de oscilação que tende muito mais para o negativo.
5
Zé Rafael
Entrou disposto a recuperar a posição; ligado, vibrante, apareceu bem.
7
Rony
Dentre os inúmeros erros, o pior de todos foi no final do primeiro tempo, onde um passe um pouco mais caprichado deixaria Willian com o gol à disposição, mas errou miseravelmente.
4
Gabriel Veron
Teve o jogo prejudicado por não ter os espaços que gosta; mas foi por isso que tomou algumas decisões equivocadas, correndo para o lado errado.
5.5
Raphael Veiga
Também oscilou para baixo e nossos titulares não conseguem segurar a posição.
5
Lucas Lima
O oposto: veio de fora e mostrou que está vivo na luta por uma vaga no time. Os caras também não facilitam a vida do Luxa.
6.5
Wesley
Um dos poucos atacantes titulares que justificou a escolha do treinador. Cada vez mais firme no time.
6.5
Willian
Um jogo que não vai esquecer. Foi do céu ao inferno, mas sempre participando bastante e deixando a alma no campo.
6
Vanderlei Luxemburgo
Vanderlei Luxemburgo
As boas substituições foram apenas para consertar a péssima escolha de escalar Luan do lado esquerdo. Não foi por falta de aviso.
4





  • Esse elenco não tem nenhum jogador nota 8 após a saída do Dudu. Muitos veteranos caros. Não temos UM meia/atacante que decida o jogo, tipo Everton Ribeiro, Marinho, Keno, Guedes, daí esse monte de jogos rídiculos, ontem após a entrada do Scarpa o time melhorou mas não temos UM cabeceador. Nem um Deyveerson para correr com vontade tem hoje.

  • O fato é que nosso atual presidente pegou um elenco razoável, depois das vendas de Mina e Gabriel Jesus, mas com muita grana pra gastar .
    De 2017 a 2019 gastou muito mal em uma baciada de jogadores medianos e desprezou nossa base .
    Fez contratos longos com jogadores já rodados, um convite irrecusável ao comodismo.
    Entre as muitas lambanças destaco a contratação absurda de Felipe Pires e Carlos Eduardo, por causa da lesão do Bigode, sendo que tínhamos jogadores melhores emprestados. A renovação com Felipe Melo até 2021 sabendo do erro que foi a contratação.
    De repente, em 2020, nossa base virou a solução de todos os nossos problemas e a venda de jogadores virou prioridade . A atual negociação do VH não faz o menor sentido pra quem ainda almeja algo neste ano.
    Chegamos ao ponto de não termos o lado esquerdo da defesa formado por jogadores de origem .
    Mas acho que não vai ficar por aí, a capacidade desta diretoria fazer lambanças está longe do limite.

    • Tudo bem, mas quem fechou contratos longos com jogadores em terceira idade futebolistica foi o competente mas endeusado Alexandre Mattos….tudo bem, com aval do presidente, que num momento de consulta sobre, deveria estar com a cabeça entre outras variáveis de gerenciamento de um clube. Isso não exime o antigo diretor de ter mensurado errado os salários e tempos de contrato dos atletas. Mattos precisa ser gerenciado de perto, pois tem caráter de pavão e não obstante toma atitudes em nome próprio. Com relação a elevação dos atletas de base ao profissional, independente das circunstancias, para mim é o ponto positivo do ano no futebol do Palmeiras….desde sempre aguardava o dia que isso aconteceria. Muito bom ter atletas com DNA do clube.

  • Enquanto o Luxa for o técnico do Verdão, não espero mais nada desse time. Olha o elenco que o Verdão tem, e perder pro Botafogo que briga pra não cair na tabela? Quem acha que esse time ainda vai engrenar está iludido.

  • Senhores
    Esse time é nota 4,0
    não vamos nos iludir

    Precisamos reformular esse elenco/comissão tecnica para 2021 urgente em pelo menos 70%

  • Cara, nunca vi um atacante ter tantas chances e ao fazer gol. Nem deyverson era tão ruim assim. Até Luan daquele time horrível de 2012 era melhor.

  • Primeiros 30 minutos iguais ao que o Palmeiras tem jogado nos primeiros tempos deste campeonato, abaixo do aceitável.

    Patrick de Paula, tem sérios problemas de marcação e uma certa lentidão (displicência) para recompor quando o time perde a bola, precisa aprimorar isso caso queira ser um jogador completo.

    Gostei do segundo tempo, Palmeiras jogou bem. Ramires, Zé Rafael, Lucas Lima e Scarpa entraram bem.

    Palmeiras precisa jogar bem a maior parte da partida. Meio tempo muitas vezes será insuficiente para o clube vencer partidas e consequentemente conquistar os títulos que almeja…

  • Louvando a postura do Conras, de não jogar mais gasolina na fogueira para não prejudicar o time, confesso que não sou tão desprendido assim. Detestei a contratação do Luxa, por tudo que ele (não) fez nos últimos trabalhos. “Ah, mas ele não tinha elenco bom nas mãos!”. Se é só elenco que joga bem, põe qualquer técnico barato então e contrata camarão a rodo. A postura do time é horrível, só jogamos o terço final dos jogos, não entendo porque. Empatar com Flu e PERDER pro Botinha…. Não dá. Se o time joga bem e perde, como acontecia antigamente, é tranquilo de aceitar, mas hoje em dia dá muita raiva, pelo que o time NÃO joga, e sabemos que pelo elenco poderia jogar. Nos mata mata pode até acontecer algum milagre, mas no Brasileirão já joguei a toalha. A graça de agora em diante vai ser torcer pro Sistema cair e os mulambos não ser bi.

  • Ontem foi uma piada de mau gosto… Nos primeiros 30 minutos o time mal passou do meio campo, amedrontado pelo fraquíssimo time adversário. Não dá pra entender essa falta de vontade de ganhar. Só depois que levou dois gols em falhas de posicionamento, o time começou a jogar do jeito que deve jogar sempre. Mas ao menos o Willian respeitou o discurso do treinador, não tem necessidade de fazer dois gols.

  • Maldita lei do ex, ele é inapelável, e ficar sem lateral esquerdo é osso, nem reserva nos temos

  • Eu não vejo evolução, e nada de positivo a tempos. Mesmo quando ganha as falhas são as mesmas, a diferença que ontem as falhas custaram uma derrota. O jogo se decide no meio campo, não tem marcação, não tem pegada, não ganhamos uma dividida e não arma nada tb. Só uma mudança radical agora, luca e mais uns 5 do elenco

  • Com exceção de Wesley, os ponteiros continuam arregando no um contra um, falta confiança. Se vc é ponteiro, ache espaço, não espere a defesa adversária de um time inferior tecnicamente esticar o tapete vermelho…..sintoma do futebol brasileiro, falta de jogadores dribladores no fundo de campo…..por isso a importância de Keno hj em dia, rsrsrs.

  • Algo que me causou muito preocupação durante o jogo, pq nos remete a desorganização tática: jogadores o jogo todo correndo no mesmo espaço, na mesma direção, principalmente no meio campo….pelo menos as jogadas de apoio nas laterais o time começou a realizar qdo estava em defasagem no placar…pq não realizam estas jogadas desde o começo do jogo (pergunta).

  • Fica provado que no Palmeiras, assim como em todos os clubes, precisamos de alguem no Dep. de futebol que entenda de futebol…..dirigentes e conselheiros entendem de política e do próprio umbigo, não sofrem, quem sofre é o amor do torcedor, por isso a falha de peças no elenco.
    Raramente laterais jogando de pé trocado dão certo, básico; como dito nas notas, a entrada lépida de um Zé rafael é sintomático nesse elenco, entram voando para agarrar a titularidade e, quando a obtem, caem no marasmo. Parece que rodar demais elenco minimiza esta ambição e jogadores se acomodam, desde que o futebol existe isso é notório; erro de planejamento com Verón, um tempo maior no sub-20 o teria preparado melhor, esta verde ainda; e a reserva de centroavante deveria ter sido melhor elaborada. Creio que a volta de Borja, com boa vontade de Luxemburgo, e jogando no 4-4-2 com Luis Adriano mais na velocidade poderia dar samba, tendo em vista que LA jogava desta maneira na Europa. Não somos donos da verdade, mas temos janela neste esporte, não vivemos o dia a dia do grupo, mas hj em dia o acesso as informações esta mais facilitado. Abraços Nação Alviverde!

  • Depois de um dia de trampo estressante, nada como sentar na frente da TV pra torcer pelo Palmeiras. Que saudade de ficar ansioso pra assistir um jogo.

  • Patrik de Paula irreconhecível ontem, alias, já faz 3 jogos que ele entrega a rapadura diversas vezes. Bigode perdeu 2 gols feitos, um chute que ele enfiou o pé e foi pra fora e um penalti protocolar batido a meia altura que é o sonho de todo goleiro, mas eu imagino que todos esses anos no futebol e não tenha ninguém no Palmeiras para tocar nesse assunto e orientar os jogadores sobre esses detalhes né? deve ser tabu falar de finalização e penaltis e cobranças de escanteio e faltas, vemos muitos times trabalhando bem esses conceitos, mas no palmeiras esse assunto parece esquecido ou proibido.

  • De cada 10 jogos, 7 eu vejo o Conrado falar das escolhas erradas do Luxa, um cara com tantos anos de futebol q ainda acha que pode tirar leite de pedra e não consegue achar um esquema tático decente com esse elenco que tem nas mão, temos um time apenas “ok” pra meio da tabela, e com certeza pode colocar boa parte da culpa no Sr. Galiotte.

    • Santinelli, costume atual do futebol brasileiro: treinadores experientes tidos como ultrapassados estão sentindo a crítica da imprensa/torcida e estão se alinhando a pseudos auxiliares mais novos com duvidosas mordenidades futebolísticas, para se sustentarem por um período maior no mercado, e invariavelmente dando errado. Vide a última passagem de Felipão e seu comparsa Turra….. creio dai as decisões equivocadas. temos vários exemplos no Brasil, Dorival Junior, Felipão, etc, etc….

      • Mas quem bate o “pau” na mesa não é o treinador/comandante? Falta sangue no zóio, o Luxa ta mto mole em outros tempos ele botava o nego no banco pra ver se acorda. O time é apático a maioria do tempo, não da pra ficar vivendo de uns 3 bons jogos da temporada, estamos em outubro e nada de diferente acontece, cansa ver esse time jogar e pior é a diretoria q não cobra nada e ainda paga um Dir de futebol q ninguém vê fazendo nada. Que desperdício de dinheiro.

  • Mal treinado pra caramba!!!! Não adianta tentar dar explicação que diferente dessa… Além do fato de ser covarde, sempre entrando para não perder, nunca vi o time desse senhor entrar para ganhar a temporada toda.

  • Criar um ranking com o que vimos ontem é bem difícil. Muita coisa errada. Vamos tentar.

    9. Mayke na lateral esquerda – Não posso pensar em criticar o jogador. O treinador deveria der observado que não dá. Não consigo imaginar o Mayke que vimos ontem voando no treinamento a ponto de justificar a escolha. Penso que seja mais sensato usar um jogador das categorias de base, que seja da posição, do que improvisar um destro nessa função.

    8. Bruno Henrique – Se pegar a estatística de todos os jogadores da série A, imagino que nosso volante esteja entre o topo dos atletas que mais toca pra trás ou de lado. É irritante como trava o jogo.

    7. Rony – Sabemos das limitações. Não vai jogar sempre contra o Bolívar. Francamente, vejo como jogador de segundo tempo, pra tentar arrumar algo em contra ataques com o time já ganhando. Jogando de titular ou como esperança de algo queimará o atleta e não conseguirão nem montar um DVD pra tentar vender nem ao futebol do oriente médio.

    6. Marcos Rocha – Ele não vai a linha de fundo porque não pode ou porque não consegue? Já que não apoia o ataque, como pode tomar tanta bola nas costas?

    5. William – Se entrega em campo, corre o tempo todo, marca seus gols, mas perde um caminhão de outros gols. E não é de hoje. A favor dele pesa o fato de que está quebrando galho por não termos outro centroavante.

    4. Elenco deficiente – Em uma só rodada faltou lateral, zagueiro e centroavante. Méritos da diretoria, planejamento impecável.

    3. Diretoria – De fato, demitir o Luxemburgo nesse momento não fará sentido, porque não tem como chegar um treinador que não possa se desfazer de umas peças e, também não terá reforços decentes pra compor o elenco com posições carentes. Mas essa gestão vem fazendo uma lambança atrás da outra. Jogadores medianos com sentados em contratos longos e ganhando muita grana que não entregam nada em campo não é culpa do atleta, é de total responsabilidade de quem se propôs a pagar por isso. Galliote e companhia deram sorte de ter pego uma boa leva de atletas da base, senão 2020 seria uma lástima.

    2. Luxemburgo – Vejo o Luxemburgo escalando os 11 iniciais, na grande maioria dos jogos, como um time que já começa carecendo de substituições. Muitas vezes fico com um sentimento que ele arma um time pra segurar jogo até metade do segundo tempo, para aí então tentar buscar a vitória. Esse perfil é perdedor, evidente que em algum momento esses 25 minutos finais não serão suficientes. Ontem era o Botafogo, e já não foi. Imagina tomar 2 gols fora numa Libertadores, de um time mais qualificado. Tragédia anunciada.

    1. Elenco descompromissado – O pior do que vi ontem. Não posso generalizar, porque não estou no dia a dia. Mas ao final do jogo de ontem foi possível ver nosso goleiro Jaílson e o meia Gustavo Scarpa saindo de campo gargalhando abraçados ao goleiro rival. Cazzo! Esses caras perderam pro vice-lanterna do campeonato! São amigos do Cavalieri? Sem problema. Mas liga pro cara depois do jogo, vai no vestiário pegar o sabonete pro cara, sei lá. Mas quando perde um jogo ridículo como o de ontem, é esperado ao menos que o cara se cobre um melhor desempenho, fique p*** com a derrota. É cômodo demais ganhar esse dinheiro todo sem esforço, sentados num contrato longo, sem cobrança, sem METAS.

  • Aqui no Brasil acho que só o Cuca seria uma boa escolha, mas tem aquela treta com o Felipe Melo.

    O jeito é buscar um gringo.

    O luxa foi um treinador brilhante, mas se perdeu com o tempo.

  • Ajustes pontuais:

    Um centroavante bom de bola para revezar com Luiz Adriano.

    Luxemburgo tchau.

    Time titular: Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gomez, Viña, Patrick, Menino, Veiga (Scarpa), William (Veron), Luiz Adriano, Wesley.

  • Este foi, de longe, o jogo que mais me tirou do sério. Olhar a escalação e ver Mayke improvisado, que nem a lateral direita sabe fazer, quando se tem o Scarpa que poderia dar muito mais profundidade ao time… ver Bruno Henrique mais uma vez, quando se tem Zé Rafael que dá muito mais mobilidade… e o Rony? Com Veron e Gabriel Silva no banco…

    No primeiro tempo nenhuma novidade, a mesma postura covarde dos outros jogos. Toques de lado e pra trás. Vez ou outra perdendo a bola para o ataque do Botafogo, ora através de passe errado do Jailson, ora pela sonolência de Bruno Henrique e Felipe Melo.

    No segundo, o time voltou sonolento, o técnico perdeu a hora e pronto, 2 a 0 para o Botafogo. Não deu nem 20 minutos, lá estava o Luxa colocando Scarpa, Zé Rafael, Veron… cena patética.

    Tivesse mais sorte conseguia até virar o jogo, tamanha a fragilidade do adversário. Custava entrar assim desde o início, pra vencer?

    Enfim, eu acreditava que o time poderia evoluir. O treinador não se ajuda.

  • Time muito desorientado, principalmente na defesa, o que dá para explicar pelas ausências e improvisações. Algumas atuações individuais muito abaixo também. Ainda assim, é melhor perder com alguma atitude, buscando o resultado, perdendo pênalti, perdendo gol, do que empatar mais uma vez sem produzir nada. Espero que a derrota não abale o time que estava o começando a ter mais confiança. No mais, acho que o elenco que já foi grande demais está enxuto demais. Falta zagueiro, falta lateral pela esquerda, mais um centroavante, pelo menos.

  • O Luxa que conhecíamos morreu por volta de 97 quando tomou um pé do Real Madrid. Esse que está aí é um senhor decadente e milionário que por isso achou que não precisava se atualizar. Bom quiseram técnico mais baratinho é isso aí. Curioso notar como o palmeiras despenca quando o tal do pitbull joga.

  • Caro Márcio

    Sim, acho que hoje o problema foi principalmente o Luxa. Porquê, até o momento do primeiro gol do adversário, estávamos jogando para perder de pouco. No fim, foi exatamente o que conseguimos.

    Eu concordo que FM está mesmo mal e falhou. Mas não houve alternativa a isso.

    Se o zagueiro está mal e o time se acovarda e não ataca, é óbvio que o caminho para a derrota já está pavimentado.

  • O time nao tem uma jogada ensaiada!!
    Única jogada é jogar a bola na área..
    Difícil.. difícil !!

  • Jogo para confirmar a evolução dos ultimos 2 jogos.

    Botafogo 0 x 2 Palmeiras, gols de Willian e Rony…

  • Mais um jogo que o goleiro adversário já jogou por aqui, o Cavalieri é um excelente goleiro, lembro quando estreou em 2006 foi cotado pra ser sucessor do Marcos.

    Mas acho que dá Verdão , 2×0, Willian e Veiga

  • Repito: Patrick na lateral esquerda da conta do recado e ganha espaço na seleção (vide Menino). Temos peças para repor os volantes. Scarpa na lateral é brincar com o atleta…

    • O luxa escala ele em todas as posições, menos na dele. Põe o Scarpa de goleiro cazzo!!! Que palhaçada…

  • Esse sim é um jogo para buscar um empate, já que o time está desfalcado mas como empatamos muito ao decorrer da rodada acaba precisando ganhar esse para ficar mais próximo do líder. Temos um elenco muito melhor do que eles.

  • Não confio nem um pouco em Scarpa na lateral (defensivamente). Qual a chance de ele fazer as diagonais e marcar os atacantes?