2
X
3

Universitário x PalmeirasCesar Greco

O Palmeiras venceu o Universitário por 3 a 2, na abertura do Grupo A da Libertadores, e começou bem a caminhada em busca do tricampeonato.

Depois de abrir vantagem de 2 gols no placar com muita superioridade, o time sofreu uma pane geral com a expulsão de Alan Empereur e com o gol tomado logo na sequência, acabou levando o segundo e quase tomou a virada – mas os nervos voltaram a ficar no lugar e o Verdão chegou à vitória num gol de raça do menino Renan, o Justiceiro.

Primeiro tempo

8'
Palmeiras

Danilo acionou Luiz Adriano, que fez o pivô para a chegada de Raphael Veiga, que experimentou de pé direito – a bola saiu ao lado da trave esquerda de Carvallo.

9'
Palmeiras

Luan lançou do meio do campo; Patrick de Paula infiltrou na área e brigou com a dupla de zaga; a dupla se atrapalhou e Patrick conseguiu recolher e virou para o gol, mas a bola saiu perto do rodapé esquerdo.

19'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Raphael Veiga bateu escanteio da direita, no primeiro pau; Alan Empereur raspou e Danilo fechou no segundo pau para conferir com tranquilidade.

25'
Palmeiras

Raphael Veiga bateu falta da direita no primeiro pau; Luan apareceu completamente livre mas testou em cima de Carvallo, que pegou firme.

31'
Palmeiras

Raphael Veiga construiu o ataque da direita para a esquerda, tabelou com Victor Luis, foi ao fundo, cruzou e Rony chegou na risca da pequena área para disputar pelo alto com a zaga, mas a bola saiu por cima do travessão.

36'
Palmeiras

Marcos Rocha bateu lateral para Danilo, que tabelou com Patrick, recebeu de volta, limpou e bateu colocado de esquerda; a bola saiu raspando a trave direita de Carvallo.

46'
Palmeiras

Após escanteio batido por Rony pela esquerda, Luiz Adriano disputou no primeiro pau, a bola atravessou e Alan Empereur tocou pro meio, para a chegada de Luan, que bateu da marca do pênalti sem marcação – a bola bateu no travessão e saiu.

46'

Logo na sequência, o juiz uruguaio, que estranhamente marcou falta em qualquer esbarrão, encerrou o primeiro tempo.


Segundo tempo

6'
Palmeiras

GOLAÇO DO PALMEIRAS! Luan fez um lindo lançamento para Rony, que matou no peito, foi ao fundo, entrou na área e fez um passe preciso para a chegada de Raphael Veiga, que executou Carvallo, sem chances de defesa.

9'
Palmeiras

Marcos Rocha fechou como centroavante após contra-ataque puxado por Rony; ele não conseguiu o espaço para finalizar, atrasou a jogada; a bola voltou para Rony que cruzou e o próprio Marcos Rocha tentou o cabeceio, mas errou o gol.

13'
Universitário

Após falta da esquerda, Danilo teve uma pane mental e escorou de bunda para o meio da pequena área; o próprio Danilo se atirou na bola antes que Gutiérrez fuzilasse Weverton; a bola ficou suspensa e Novick tentou testar para o gol, mas Weverton estava bem colocado.

15'
Universitário

Após escanteio da esquerda, Weverton socou a bola e Barreto pegou o rebote da meia-lua, mas mandou por cima do gol.

18'

Alan Empereur se enroscou por baixo com Novick, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Wesley e Danilo Barbosa estavam à beira do campo prontos para entrar.

18'
Universitário

Gol do Universitário – Na cobrança da falta, Novick aproveitou a desorganização da defesa, ganhou de Marcos Rocha pelo alto e testou no canto direito de Weverton.

22'
Universitário

Gol do Universitário – Danilo disputou a bola dentro da área, foi empurrado e tocou o braço esquerdo na bola. O juiz marcou o pênalti que Gutiérrez converteu com uma batida forte no meio alto do gol.

23'

Abel Ferreira mandou Danilo Barbosa no lugar de Raphael Veiga e Luiz Adriano deu lugar a Renan.

27'
Universitário

Na bola levantada na área, foi a vez de Weverton ter uma pane mental – ele deixou a bola pingar em sua frente e foi bizarramente encoberto – Corzo não conseguiu aproveitar.

28'

Esteves entrou no lugar de Victor Luis.

30'

Após escanteio da esquerda, Luan foi ostensivamente seguro dentro da área por Quina; o juiz nada marcou; na sequência da jogada, Renan escapou de ser expulso porque foi com o cotovelo no rosto de Corzo.

42'
Palmeiras

Danilo Barbosa recebeu por dentro e arriscou – a bola saiu por cima do gol.

46'
Palmeiras

Esteves conduziu por dentro, chegou na frente da área e mandou uma sapatada; Alonso meteu a cabeça na bola e foi a nocaute.

48'
Palmeiras

Luan levantou na área; Alonso tentou se antecipar e testou contra; a bola foi no travessão e saiu em escanteio.

49'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gustavo Scarpa bateu o escanteio e Renan entrou como um raio para disparar um míssil para o fundo das redes.

50'

Logo depois da saída de bola o juiz encerrou o jogo.



Ficha Técnica

0

R$ 0,00

Christian Ferreyra

Universitário

Carvallo
Corzo
Alonso
Quina
Valverde
Alfageme
Barreto
Murrugarra
Quintero
Novick
Guarderas
Urruti
Gutiérrez
Valera
Ángel Comizzo
TÉCNICO


Fim de jogo

Teria sido uma grande injustiça se o Palmeiras não tivesse vencido o jogo. O domínio no primeiro tempo foi avassalador e o placar de 1 a 0 foi modesto. Tanto que o time chegou ao segundo gol logo no início do segundo tempo e a partida estava totalmente controlada.

Uma sequência de dois lances, no entanto, tirou o time do prumo completamente, Abel já tinha Wesley na beira do campo quando Alan Empereur foi expulso; antes de refazer as mexidas o Universitário diminuiu; o momento mental não foi bem digerido pelo time e Danilo acabou fazendo um pênalti em função disso. Estava decretado o empate.

Com um homem a mais, e depois de tirar dois gols de desvantagem, era de se esperar que o time peruano crescesse mais ainda e que a vontade de virar o jogo fosse imensa, mas eles chegaram ao limite. Voltaram a se retrair, mesmo em vantagem. Abel percebeu isso e remontou o time da mesma forma que no início, mas sem um meia centralizado.

Forçando pelos flancos, chegou ao gol da vitória, que fez justiça ao que foi o jogo em sua maior parte do tempo.

Curiosamente, não poderíamos reclamar se Renan, o autor do gol redentor, tivesse sido expulso quinze minutos antes, ao acertar o cotovelo no rosto do adversário numa disputa aérea.

Mas no mesmo lance o juiz teria que marcar pênalti sobre Luan. Aliás, o juiz poderia não ter dado cartão para Alan, se não quisesse, nos dois lances em que aplicou. E se quisesse, poderia ter marcado carga do jogador peruano em Danilo no lance do pênalti. É bom o Palmeiras já começar a prestar atenção nas arbitragens.

(Se bem que não acontece nada nos bastidores mesmo, então não faz muita diferença.)

Abel deu uma volta um pouco longa, mas acertou bem o time nas substituições. A montagem inicial também foi bem pensada e funcionou bem, e ainda poupou Wesley fisicamente.

Mas o mais importante de tudo foram os três pontos. O Universitário vai tirar pontos de quem for o eliminado na chave. Por pouco não corremos o risco de ser esse time.

O ponto de atenção, claro, foi a falta de malandragem ao tomar o primeiro gol. Alguém precisava cair, deitar, rolar e chamar os bombeiros, até a partida esfriar, e para dar tempo do treinador pensar bem as substituições. Deixaram o jogo pegar fogo. É muita cabacice.

Tirando esses 15 minutos de pane, o time foi muito superior e soube explorar a falta de força do time da casa. Entre mortos e feridos, salvaram-se todos, graças a Renan, o Justiceiro. Vida longa! VAMOS PALMEIRAS!





  • Quase rolou outra Parmerada, mas ficou no quase, até o Weverton quase deu uma vacilada e tomou uma cobertura, ufa. Gosto desse esquema com 3 zagueiros, acho que com Viña e G.Menino tem tudo pra dar certo, com os laterais que jogaram ontem não rola não.

  • O Defensa e o Del Valle empataram , 1×1, com essa vitoria de ontem somos o líder do grupo já, se vencer o próximo jogo contra do Del Valle no Allianz ja disparamos na liderança, o grupo é traiçoeiro mas temos futebol pra vencer todos os jogos, e fazer uma boa campanha de novo

  • A expulsão do Alan beira o absurdo!
    Luan foi o melhor da zaga, de longe.
    Veiga e Ronny estão jogando muito.
    Torcida precisa dar paz pro Abel trabalhar

  • O que mais me impressiona é palmeirense criticando uma vitória fora de casa com 1 a menos na Libertadores…

    • Impressionante. Ganhar fora de casa no último minuto, com 1 a menos era motivo de entusiasmo. A torcida mudou muito.

  • Não dá pra pedir um futebol bonito na Libertadores: as copas de 1999 e 2020 estão aí para comprovar.
    As Academias dos anos 60, 70 e 90 ganharam tudo no Brasil, mas não conquistaram a América.

  • Acho ótimo que Abel esteja implantando o jogo com três zagueiros.

    Nossos laterais são muito eficientes como alas, mas deixam muito a desejar na marcação.

    Entendo que é o esquema bastante flexível, facilitando tanto na hora de fechar a casinha como partir pra cima na pressão.

  • O lobby da imprensa pra arrancar o Abel já começou, e nas redes sociais, YouTube também. Esses dias ouvi “que trabalho do Abel?” por um deles, nem lembro onde foi.

    De qualquer forma, gostei de como o time jogou até a expulsão. Só um detalhe que o Marcos Rocha marcar o 9 adversário em bola aérea é uma atrocidade, aquilo ali tem que ser reprisado e revisado no CT.

    Triste também pelo Victor Luis, parece uma sombra do que ele já foi. Naquele time horroroso de 2014 ele era um oásis de sobriedade, hoje é capaz de ele tropeçar na bola… Quem sabe o psicológico se ajusta durante o ano, vamos precisar dele.

  • Bom esse esquema com 3 zagueiros.Vendo PP e Danilo toda hora lá na frente.LE com Vina vai ajudar ainda mais.
    Minha dúvida é como aproveitar Wesley e Veron… Aí tem mudar

  • Palmeiras jogou muito bem.

    Empereur não deveria ter tomado o primeiro cartão amarelo.

    Luan tem a melhor saída de bola do Brasil.

    Palmeiras foi campeão na temporada passada, principalmente, por causa de Abel e seu staff.

    Imprensa quer derrubar Abel e alguns Palmeirenses estão caindo nessa conversa.

    Abram o olho…

    • Concordo Willy! Como o Conrado mencionou, a arbitragem era “caseira”! Precisamos que o presidente trabalhe os bastidores para que não sejamos prejudicados! Será que ele fará isso? Marcos Rocha infelizmente falhou no primeiro gol do Universitário (ele deve ser banco – compor elenco)! G Menino quando estiver recuperado deve ser o titular na lateral/ala direita. E Viña na esquerda! Luan foi bem em que pese infelizmente a nossa torcida cair na onda da imprensa! Renan deve ser titular no próximo jogo se for mantido o esquema de três zagueiros, e vamos torcer para ele aproveitar a chance (certamente nos trará muita alegria)! Nossa torcida corneteira não pode cair na pilha da imprensa! #Fechadocom Abel

      • Também acho Roberto. Com Gabriel Menino e Viña nas laterais o esquema funcionará muito melhor.

        Foi Abel que nos salvou…

  • É… a fase tá negra! Se não abrir o olho, arrisca passar vexame nesse grupo, que de fraco não tem nada.

  • Eu fico me perguntando, será que o Gabriel Menino prefere ficar no banco para um volante dq assumir a LD?

    • não acho que tem relação com preferencia do jogador, mesmo pq o jogador não tem de preferir nada. é uma escolha do treinador que passa, entre outras coisas, pelo aspecto físico e tático. ninguém fora do time sabe como ele está ou qual a ideia da escalação alem do Abel. pra mim, me parece mais cautelosa no inicio, e ele deve soltar o time aos poucos. mas, isso é só achismo da minha parte. e ainda assim, o Palestra teve o dominio do jogo no prim tempo.

      • Quando o jogador é deslocado de sua posição ele tem sim o direito de aceitar ou não, vc vai se lembrar bem do caso do Scarapa quando virou LE

  • Realmente espero que a escalação seja essa.
    Um garoto ao lado do Melo para que Felipe possa distribuir o jogo.
    Essa escalação do Verdazzo é a ideal no momento, e com ela venceremos, os críticos diram que nosso futebol foi burocrático, com clubismo e desdém, e conforme formos avançando dirão que foi graças a sorte.
    Uma coincidência o brasileiro que iria nos enfrentar caiu na pré-libertadores.
    Saudações palestrinas.

  • Se comentamos sobre reforços para ataque, o Santos falido tem algumas peças interessantes….quem sabe não aceitam uma troca com Lucas Lima…..os caras são ruins de troca, já aceitaram Ranielli e Fraldinha pelo monstro Cezar Sampaio…..

    • Realmente essa troca foi um dos melhores negócios que o Palmeiras fez em toda a sua história. Muito difícil o raio cair 2 vezes no mesmo lugar.

  • Bom, vale lembrar que a Comebol é uma instituição muito pobre, coitada, então não tem VAR na primeira fase. Só torço pra galera ficar calma e concentrada, pq não dá pra comparar os times e elencos. Se fizermos nosso trampo (elenco, comissão técnica e torcida) vai dar tudo certo. Ou assim espero.

  • Depois de ler as considerações sobre o jogo no Verdazzo, me veio algo alheio a cabeça: alguém, lembra, lamenta, se preocupa com a ausência de Lucas Lima? A resposta da grande maioria resume o sentimento do palmeirense pelo jogador!

    • Eu tinha a esperança de que com Abel ele se encontraria. Ele e o Borja foram dois caras em que gastamos um caminhão de dinheiro e não vingaram. Uma pena! Hoje o time carece de jogadores e o clube de dinheiro…

      • bom, o Borja é o jogador mais caro da historia do Palestra, essa grana nunca recuperaremos. Já o Lucas Little veio de graça em fim de contrato. O problema foi o bendito contrato de 5 anos.

  • Temos que somar 3 pontos hoje, teoricamente o Universitario é o mais fraco do grupo, os outros dois gostam de aprontar , estamos num grupo bem chato

  • O Palmeiras parece um campeão vagalume: ganha ano sim, ano não. A impressão é que os jogadores se acomodam com os louros e levamos um ano pra retomar a gana de ser campeão. Espero estar errado, mas esse ano não espero grande coisas…

    • em 2015 ganhamos a Copa do Brasil e 2016 o Brasileiro, acho que nos últimos 6 anos intercalamos anos com conquistas e anos sem títulos, 2017 e 2019 respectivamente, pq os rivais acordaram mesmo, creio que em 2017 não ganhamos o brasileiro pq roubaram muito pro Corica e em 2019 não levantamos nenhum caneco tbm pq o Cheirinho do Jorge Jesus tava bem forte mesmo.