2
X
3

Pré-Jogo

Pré-jogo Universitário x Palmeiras

Na noite desta quarta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras inicia sua trajetória em busca do tricampeonato da Libertadores, quando visita o Universitário, do Peru.

Depois de viver uma semana atribulada, o Verdão tenta virar a página e iniciar uma nova História, na primeira partida realmente “pra valer” da temporada 2021.

Palmeiras

DESFALQUES
Lesionados:
Luan Silva, Gabriel Veron e Lucas Lima
Suspenso: Viña

PalmeirasDepois de poupar quase todos os titulares (com exceção de Wesley e do suspenso Viña) no domingo contra o Botafogo, Abel Ferreira poderá contar com as voltas de Raphael Veiga e Gabriel Menino, que foram poupados por desgaste muscular, e deve escalar a força máxima à disposição para esta estreia.

Se não tiver nenhuma surpresa de última hora e se não optar por nenhum esquema alternativo, o time deverá ir a campo com Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo e Danilo; Rony, Raphael Veiga e Wesley; Luiz Adriano.

Universitário

UniversitárioA equipe do Universitário está em início de temporada e ainda está dando ritmo a seus jogadores, depois de realizar apenas três jogos em 2021. A equipe vem de uma vitória magra diante da Universidad San Martín por 1 a 0 – e o adversário ainda reclama de um gol não validado pela arbitragem.

O técnico argentino Ángel Comizzo provavelmente mandará a campo a seguinte formação: Carlos Cáceda; Aldo Corzo, Federico Alonso, Nelinho Quina e Luis Valverde; Armando Alfageme e Gerson Barreto; Alberto Quintero, Hernán Novick e Luis Urruti; Enzo Gutiérrez.

Números

  • Palmeiras e Universitário já se enfrentaram 12 vezes e jamais empataram: foram 8 vitórias do Verdão e 4 dos peruanos;
  • Dessas 12 partidas, 10 foram em solo peruano e o Palmeiras venceu sete;
  • Quatro partidas foram válidas pela Libertadores; o Palmeiras venceu três;
  • Faça os cruzamentos de dados históricos como quiser usando nosso Almanaque. Clique aqui!

Odds

Os peruanos são zebra absoluta. Os principais sites de aposta pagarão, em média, para cada real aplicado:

UniversitárioUniversitário: R$ 7,50
Empate: R$ 4,50
PalmeirasPalmeiras: R$ 1,40

No calendário

O Palmeiras já disputou 34 jogos no feriado de 21 de abril e venceu 14. Veja a lista completa clicando neste link.

Arbitragem

Christian FerreyraÁrbitro Principal:
Christian Ferreyra

VAR:
Rodolfo Otero

Parpite

O clichê determina que estreia é sempre difícil. E é mesmo – o que não quer dizer que o Palmeiras não tem condições de impor seu jogo e sair de Lima com uma boa vitória. Dá Verdão: 3 a 0, com gols de Luiz Adriano, Raphael Veiga e Gustavo Gómez. VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Fox SportsFox Sports

Facebook Watch

Pós-Jogo

Universitário x PalmeirasCesar Greco

O Palmeiras venceu o Universitário por 3 a 2, na abertura do Grupo A da Libertadores, e começou bem a caminhada em busca do tricampeonato.

Depois de abrir vantagem de 2 gols no placar com muita superioridade, o time sofreu uma pane geral com a expulsão de Alan Empereur e com o gol tomado logo na sequência, acabou levando o segundo e quase tomou a virada – mas os nervos voltaram a ficar no lugar e o Verdão chegou à vitória num gol de raça do menino Renan, o Justiceiro.

Primeiro tempo

8'
Palmeiras

Danilo acionou Luiz Adriano, que fez o pivô para a chegada de Raphael Veiga, que experimentou de pé direito – a bola saiu ao lado da trave esquerda de Carvallo.

9'
Palmeiras

Luan lançou do meio do campo; Patrick de Paula infiltrou na área e brigou com a dupla de zaga; a dupla se atrapalhou e Patrick conseguiu recolher e virou para o gol, mas a bola saiu perto do rodapé esquerdo.

19'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Raphael Veiga bateu escanteio da direita, no primeiro pau; Alan Empereur raspou e Danilo fechou no segundo pau para conferir com tranquilidade.

25'
Palmeiras

Raphael Veiga bateu falta da direita no primeiro pau; Luan apareceu completamente livre mas testou em cima de Carvallo, que pegou firme.

31'
Palmeiras

Raphael Veiga construiu o ataque da direita para a esquerda, tabelou com Victor Luis, foi ao fundo, cruzou e Rony chegou na risca da pequena área para disputar pelo alto com a zaga, mas a bola saiu por cima do travessão.

36'
Palmeiras

Marcos Rocha bateu lateral para Danilo, que tabelou com Patrick, recebeu de volta, limpou e bateu colocado de esquerda; a bola saiu raspando a trave direita de Carvallo.

46'
Palmeiras

Após escanteio batido por Rony pela esquerda, Luiz Adriano disputou no primeiro pau, a bola atravessou e Alan Empereur tocou pro meio, para a chegada de Luan, que bateu da marca do pênalti sem marcação – a bola bateu no travessão e saiu.

46'

Logo na sequência, o juiz uruguaio, que estranhamente marcou falta em qualquer esbarrão, encerrou o primeiro tempo.


Segundo tempo

6'
Palmeiras

GOLAÇO DO PALMEIRAS! Luan fez um lindo lançamento para Rony, que matou no peito, foi ao fundo, entrou na área e fez um passe preciso para a chegada de Raphael Veiga, que executou Carvallo, sem chances de defesa.

9'
Palmeiras

Marcos Rocha fechou como centroavante após contra-ataque puxado por Rony; ele não conseguiu o espaço para finalizar, atrasou a jogada; a bola voltou para Rony que cruzou e o próprio Marcos Rocha tentou o cabeceio, mas errou o gol.

13'
Universitário

Após falta da esquerda, Danilo teve uma pane mental e escorou de bunda para o meio da pequena área; o próprio Danilo se atirou na bola antes que Gutiérrez fuzilasse Weverton; a bola ficou suspensa e Novick tentou testar para o gol, mas Weverton estava bem colocado.

15'
Universitário

Após escanteio da esquerda, Weverton socou a bola e Barreto pegou o rebote da meia-lua, mas mandou por cima do gol.

18'

Alan Empereur se enroscou por baixo com Novick, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Wesley e Danilo Barbosa estavam à beira do campo prontos para entrar.

18'
Universitário

Gol do Universitário – Na cobrança da falta, Novick aproveitou a desorganização da defesa, ganhou de Marcos Rocha pelo alto e testou no canto direito de Weverton.

22'
Universitário

Gol do Universitário – Danilo disputou a bola dentro da área, foi empurrado e tocou o braço esquerdo na bola. O juiz marcou o pênalti que Gutiérrez converteu com uma batida forte no meio alto do gol.

23'

Abel Ferreira mandou Danilo Barbosa no lugar de Raphael Veiga e Luiz Adriano deu lugar a Renan.

27'
Universitário

Na bola levantada na área, foi a vez de Weverton ter uma pane mental – ele deixou a bola pingar em sua frente e foi bizarramente encoberto – Corzo não conseguiu aproveitar.

28'

Esteves entrou no lugar de Victor Luis.

30'

Após escanteio da esquerda, Luan foi ostensivamente seguro dentro da área por Quina; o juiz nada marcou; na sequência da jogada, Renan escapou de ser expulso porque foi com o cotovelo no rosto de Corzo.

42'
Palmeiras

Danilo Barbosa recebeu por dentro e arriscou – a bola saiu por cima do gol.

46'
Palmeiras

Esteves conduziu por dentro, chegou na frente da área e mandou uma sapatada; Alonso meteu a cabeça na bola e foi a nocaute.

48'
Palmeiras

Luan levantou na área; Alonso tentou se antecipar e testou contra; a bola foi no travessão e saiu em escanteio.

49'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gustavo Scarpa bateu o escanteio e Renan entrou como um raio para disparar um míssil para o fundo das redes.

50'

Logo depois da saída de bola o juiz encerrou o jogo.





Fim de jogo

Teria sido uma grande injustiça se o Palmeiras não tivesse vencido o jogo. O domínio no primeiro tempo foi avassalador e o placar de 1 a 0 foi modesto. Tanto que o time chegou ao segundo gol logo no início do segundo tempo e a partida estava totalmente controlada.

Uma sequência de dois lances, no entanto, tirou o time do prumo completamente, Abel já tinha Wesley na beira do campo quando Alan Empereur foi expulso; antes de refazer as mexidas o Universitário diminuiu; o momento mental não foi bem digerido pelo time e Danilo acabou fazendo um pênalti em função disso. Estava decretado o empate.

Com um homem a mais, e depois de tirar dois gols de desvantagem, era de se esperar que o time peruano crescesse mais ainda e que a vontade de virar o jogo fosse imensa, mas eles chegaram ao limite. Voltaram a se retrair, mesmo em vantagem. Abel percebeu isso e remontou o time da mesma forma que no início, mas sem um meia centralizado.

Forçando pelos flancos, chegou ao gol da vitória, que fez justiça ao que foi o jogo em sua maior parte do tempo.

Curiosamente, não poderíamos reclamar se Renan, o autor do gol redentor, tivesse sido expulso quinze minutos antes, ao acertar o cotovelo no rosto do adversário numa disputa aérea.

Mas no mesmo lance o juiz teria que marcar pênalti sobre Luan. Aliás, o juiz poderia não ter dado cartão para Alan, se não quisesse, nos dois lances em que aplicou. E se quisesse, poderia ter marcado carga do jogador peruano em Danilo no lance do pênalti. É bom o Palmeiras já começar a prestar atenção nas arbitragens.

(Se bem que não acontece nada nos bastidores mesmo, então não faz muita diferença.)

Abel deu uma volta um pouco longa, mas acertou bem o time nas substituições. A montagem inicial também foi bem pensada e funcionou bem, e ainda poupou Wesley fisicamente.

Mas o mais importante de tudo foram os três pontos. O Universitário vai tirar pontos de quem for o eliminado na chave. Por pouco não corremos o risco de ser esse time.

O ponto de atenção, claro, foi a falta de malandragem ao tomar o primeiro gol. Alguém precisava cair, deitar, rolar e chamar os bombeiros, até a partida esfriar, e para dar tempo do treinador pensar bem as substituições. Deixaram o jogo pegar fogo. É muita cabacice.

Tirando esses 15 minutos de pane, o time foi muito superior e soube explorar a falta de força do time da casa. Entre mortos e feridos, salvaram-se todos, graças a Renan, o Justiceiro. Vida longa! VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

0

R$ 0,00

Christian Ferreyra

Universitário

Carvallo
Corzo
Alonso
Quina
Valverde
Alfageme
Barreto
Murrugarra
Quintero
Novick
Guarderas
Urruti
Gutiérrez
Valera
Ángel Comizzo
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Não teve culpa nos gols, mas a saída em falso desestabilizou emocionalmente a defesa, mais ainda. Um lance bizarro.
5
Luan
Parecia apreensivo no primeiro tempo, cometendo pequenos erros evitáveis, mas voltou para a órbita normal e ajudou muito no ataque com lançamentos primorosos.
7
Gustavo Gómez
Partida comum, sem chamar a atenção.
6
Alan Empereur
Não merecia ter tomado o primeiro amarelo. A rigor, nem o segundo. Mas precisava ter sido mais cuidadoso.
5.5
Marcos Rocha
Domínio completo do setor. Quanto ao segundo gol, dá pra livrar a cara - a defesa estava toda bagunçada porque o Alan tinha acabado de ser expulso.
6
Wesley
Não teve tempo suficiente para criar aquela bagunça tradicional na defesa adversária.
6
Patrick de Paula
Jogou de volante, de meia e até de centroavante; com muita maturidade, não caiu na milonga dos adversários - e foi bem provocado.
7.5
Gustavo Scarpa
Entrou como ala pela direita para bater o escanteio do gol da vitória - pela esquerda.
6.5
Danilo
Era de longe o melhor do time, até cometer dois erros absurdos e ser outro agente de desestabilização do time. Mesmo assim, o saldo é positivo.
7
Victor Luis
Muito aplicado e entregando exatamente o que se espera dele; nem mais, nem menos.
6.5
Esteves
Entrou com muita fome de atacar, e deu certo.
6.5
Raphael Veiga
Com o time cheio de posse de bola, seu futebol aparece. E mais um golaço para a coleção.
7.5
Danilo Barbosa
Entrou e preencheu os espaços burocraticamente - e tá bom demais.
6
Luiz Adriano
Partida tática, sempre abrindo espaços, voltando para fazer o pivô e com muitos toques de qualidade.
6.5
Renan
Esteve na beira do abismo para ser expulso, sobreviveu e marcou um golaço aos 50 minutos. O Justiceiro.
7.5
Rony
Jogo após jogo, sempre com participações decisivas em jogadas de gol.
7
Abel Ferreira
Abel Ferreira
Deu uma volta um pouco longa, mas conseguiu rearmar o time com qualidade para buscar o resultado. Mas muita gente não entendeu.
7





  • Quase rolou outra Parmerada, mas ficou no quase, até o Weverton quase deu uma vacilada e tomou uma cobertura, ufa. Gosto desse esquema com 3 zagueiros, acho que com Viña e G.Menino tem tudo pra dar certo, com os laterais que jogaram ontem não rola não.

  • O Defensa e o Del Valle empataram , 1×1, com essa vitoria de ontem somos o líder do grupo já, se vencer o próximo jogo contra do Del Valle no Allianz ja disparamos na liderança, o grupo é traiçoeiro mas temos futebol pra vencer todos os jogos, e fazer uma boa campanha de novo

  • A expulsão do Alan beira o absurdo!
    Luan foi o melhor da zaga, de longe.
    Veiga e Ronny estão jogando muito.
    Torcida precisa dar paz pro Abel trabalhar

  • O que mais me impressiona é palmeirense criticando uma vitória fora de casa com 1 a menos na Libertadores…

    • Impressionante. Ganhar fora de casa no último minuto, com 1 a menos era motivo de entusiasmo. A torcida mudou muito.

  • Não dá pra pedir um futebol bonito na Libertadores: as copas de 1999 e 2020 estão aí para comprovar.
    As Academias dos anos 60, 70 e 90 ganharam tudo no Brasil, mas não conquistaram a América.

  • Acho ótimo que Abel esteja implantando o jogo com três zagueiros.

    Nossos laterais são muito eficientes como alas, mas deixam muito a desejar na marcação.

    Entendo que é o esquema bastante flexível, facilitando tanto na hora de fechar a casinha como partir pra cima na pressão.

  • O lobby da imprensa pra arrancar o Abel já começou, e nas redes sociais, YouTube também. Esses dias ouvi “que trabalho do Abel?” por um deles, nem lembro onde foi.

    De qualquer forma, gostei de como o time jogou até a expulsão. Só um detalhe que o Marcos Rocha marcar o 9 adversário em bola aérea é uma atrocidade, aquilo ali tem que ser reprisado e revisado no CT.

    Triste também pelo Victor Luis, parece uma sombra do que ele já foi. Naquele time horroroso de 2014 ele era um oásis de sobriedade, hoje é capaz de ele tropeçar na bola… Quem sabe o psicológico se ajusta durante o ano, vamos precisar dele.

  • Bom esse esquema com 3 zagueiros.Vendo PP e Danilo toda hora lá na frente.LE com Vina vai ajudar ainda mais.
    Minha dúvida é como aproveitar Wesley e Veron… Aí tem mudar

  • Palmeiras jogou muito bem.

    Empereur não deveria ter tomado o primeiro cartão amarelo.

    Luan tem a melhor saída de bola do Brasil.

    Palmeiras foi campeão na temporada passada, principalmente, por causa de Abel e seu staff.

    Imprensa quer derrubar Abel e alguns Palmeirenses estão caindo nessa conversa.

    Abram o olho…

    • Concordo Willy! Como o Conrado mencionou, a arbitragem era “caseira”! Precisamos que o presidente trabalhe os bastidores para que não sejamos prejudicados! Será que ele fará isso? Marcos Rocha infelizmente falhou no primeiro gol do Universitário (ele deve ser banco – compor elenco)! G Menino quando estiver recuperado deve ser o titular na lateral/ala direita. E Viña na esquerda! Luan foi bem em que pese infelizmente a nossa torcida cair na onda da imprensa! Renan deve ser titular no próximo jogo se for mantido o esquema de três zagueiros, e vamos torcer para ele aproveitar a chance (certamente nos trará muita alegria)! Nossa torcida corneteira não pode cair na pilha da imprensa! #Fechadocom Abel

      • Também acho Roberto. Com Gabriel Menino e Viña nas laterais o esquema funcionará muito melhor.

        Foi Abel que nos salvou…

  • É… a fase tá negra! Se não abrir o olho, arrisca passar vexame nesse grupo, que de fraco não tem nada.

  • Eu fico me perguntando, será que o Gabriel Menino prefere ficar no banco para um volante dq assumir a LD?

    • não acho que tem relação com preferencia do jogador, mesmo pq o jogador não tem de preferir nada. é uma escolha do treinador que passa, entre outras coisas, pelo aspecto físico e tático. ninguém fora do time sabe como ele está ou qual a ideia da escalação alem do Abel. pra mim, me parece mais cautelosa no inicio, e ele deve soltar o time aos poucos. mas, isso é só achismo da minha parte. e ainda assim, o Palestra teve o dominio do jogo no prim tempo.

      • Quando o jogador é deslocado de sua posição ele tem sim o direito de aceitar ou não, vc vai se lembrar bem do caso do Scarapa quando virou LE

  • Realmente espero que a escalação seja essa.
    Um garoto ao lado do Melo para que Felipe possa distribuir o jogo.
    Essa escalação do Verdazzo é a ideal no momento, e com ela venceremos, os críticos diram que nosso futebol foi burocrático, com clubismo e desdém, e conforme formos avançando dirão que foi graças a sorte.
    Uma coincidência o brasileiro que iria nos enfrentar caiu na pré-libertadores.
    Saudações palestrinas.

  • Se comentamos sobre reforços para ataque, o Santos falido tem algumas peças interessantes….quem sabe não aceitam uma troca com Lucas Lima…..os caras são ruins de troca, já aceitaram Ranielli e Fraldinha pelo monstro Cezar Sampaio…..

    • Realmente essa troca foi um dos melhores negócios que o Palmeiras fez em toda a sua história. Muito difícil o raio cair 2 vezes no mesmo lugar.

  • Bom, vale lembrar que a Comebol é uma instituição muito pobre, coitada, então não tem VAR na primeira fase. Só torço pra galera ficar calma e concentrada, pq não dá pra comparar os times e elencos. Se fizermos nosso trampo (elenco, comissão técnica e torcida) vai dar tudo certo. Ou assim espero.

  • Depois de ler as considerações sobre o jogo no Verdazzo, me veio algo alheio a cabeça: alguém, lembra, lamenta, se preocupa com a ausência de Lucas Lima? A resposta da grande maioria resume o sentimento do palmeirense pelo jogador!

    • Eu tinha a esperança de que com Abel ele se encontraria. Ele e o Borja foram dois caras em que gastamos um caminhão de dinheiro e não vingaram. Uma pena! Hoje o time carece de jogadores e o clube de dinheiro…

      • bom, o Borja é o jogador mais caro da historia do Palestra, essa grana nunca recuperaremos. Já o Lucas Little veio de graça em fim de contrato. O problema foi o bendito contrato de 5 anos.

  • Temos que somar 3 pontos hoje, teoricamente o Universitario é o mais fraco do grupo, os outros dois gostam de aprontar , estamos num grupo bem chato

  • O Palmeiras parece um campeão vagalume: ganha ano sim, ano não. A impressão é que os jogadores se acomodam com os louros e levamos um ano pra retomar a gana de ser campeão. Espero estar errado, mas esse ano não espero grande coisas…

    • em 2015 ganhamos a Copa do Brasil e 2016 o Brasileiro, acho que nos últimos 6 anos intercalamos anos com conquistas e anos sem títulos, 2017 e 2019 respectivamente, pq os rivais acordaram mesmo, creio que em 2017 não ganhamos o brasileiro pq roubaram muito pro Corica e em 2019 não levantamos nenhum caneco tbm pq o Cheirinho do Jorge Jesus tava bem forte mesmo.