0
X
2

Foi a vitória do entrosamento. Jogando com a mesma formação que entrou em campo em Montevideo, o Palmeiras enfrentou um time que veio armado apenas para contra-atacar.

Assim, com a bola no pé, foi preciso achar espaços para construir as jogadas de ataque. E isso não foi problema para o time de Abel Ferreira, que chegava à frente com até sete jogadores sem se expor defensivamente.

Rony, muito móvel, foi fundamental nessa busca por espaços. Raphael Veiga e Dudu conseguiram jogar com toque curtos e rápidos, contando com o apoio de Danilo e Mayke pela direita, e de Zé Rafael e Gustavo Scarpa pela esquerda.

Com toda essa qualidade, as jogadas aconteciam e o gol era questão de tempo. Demorou, mas saiu, no último lance do primeiro tempo, após enfiada de Danilo para Rony, que fez o pivô para Zé Rafael arrematar com muita categoria.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro: no primeiro lance, aos 34 segundos, Dudu ampliou o placar com uma bela jogada individual, aproveitando invertida de bola de Gustavo Scarpa.  A conclusão foi espetacular, com a bola na gaveta.

Abel percebeu que não precisava forçar o jogo e desfez a linha de 3 zagueiros, segurando Mayke, liberando Scarpa para jogar mais à frente e convertendo Piquerez em lateral. Assim, o segundo tempo transcorreu com o time num 4-2-3-1.

Com muito calor em Novo Horizonte, o time preferiu controlar o ritmo do jogo e conduziu a disputa com 2 a 0 no placar até o final, com muita tranquilidade.

Após cinco jogos-treino no período de volta das férias, nossos atletas não sentiram tanto a falta de ritmo de jogo; as jogadas em que pode-se perceber a cintura um pouco dura e as pernas meio presas não foram tão comuns quanto costumam ser nas partidas iniciais de temporada.

Diante de um time que também mostra entrosamento, já que preservou a base de 2021, o Palmeiras se impôs com naturalidade. A superioridade no meio-campo foi fruto da intensidade imposta por Zé Rafael e principalmente Danilo, o melhor em campo.

O apoio dos laterais e a movimentação do trio de frente foi bem coordenado. Nossos jogadores já sabem quando e para onde devem correr em cada situação do jogo, e assim o Palmeiras criou várias oportunidades e permitiu muito pouco ao time da casa.

Como primeiro jogo do ano, foi acima do esperado – o que, a menos de dez dias do embarque para Abu Dhabi, aumenta as esperanças de um grande papel do Verdão no Mundial. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

Escalação

Novorizontino

Giovanni
Lucas Ramon
Lucas Mendes
Wálber
Bruno Aguiar
Reverson
Léo Baiano
João Pedro
Willean Lepu
Marcinho
Léo Tocantins
Danielzinho
Cleo Silva
Welinton
Michel Douglas
Douglas Baggio
Léo Condé
TÉCNICO


Primeiro tempo

2'
Palmeiras

Rony recebeu pela esquerda, fez jogada individual e bateu de fora, com força, mas na direção de Giovanni, que defendeu bem.

12'
Palmeiras

Gustavo Scarpa bateu escanteio da direita; Luan testou da marca do pênalti visando o canto direito de Giovanni, mas mandou para fora.

23'
Palmeiras

Dudu fez bom giro pela esquerda e abriu para a passagem de Gustavo Scarpa, que cruzou na área; Mayke ajeitou de cabeça e Zé Rafael deu a chicotada de primeira – Giovanni foi no canto direito e rebateu; Danilo pegou a sobra na meia-lua e emendou por cima.

27'
Palmeiras

Danilo abriu rápido para Gustavo Scarpa, que cruzou por baixo; Rony fechou por dentro, de frente para o gol, mas passou da linha da bola e não conseguiu escorar.

28'

A arbitragem pausou o jogo pra a reidratação. Os jogadores aproveitam para conversar com os treinadores, como de praxe.

38'
Palmeiras

Danilo conduziu por dentro e tocou para Zé Rafael, que tocou rápido para Dudu; o camisa 7 girou e abriu para Rony, aberto pela direita. O cruzamento veio rápido, por baixo, e Zé Rafael fechou por dentro, na pequena área, mas foi travado por Wálber.

41'
Palmeiras

Piquerez apoiou e abriu na esquerda para Gustavo Scarpa, que achou Rony por dentro – ele tirou de um marcador e bateu forte para o gol, de frente – a bola passou lambendo a trave direita de Giovanni, que ficou cravado, só torcendo.

44'
Novorizontino

Danielzinho tabelou com Reverson e tentou bater de bico, com pouco ângulo, mas não pegou bem na bola.

47'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Danilo enfiou para Rony, que fez o pivô para a chegada de Zé Rafael, que da meia-lua disparou inapelável no canto esquerdo de Giovanni.

48'

Logo depois do gol, Luiz Flávio de Oliveira encerrou o primeiro tempo.


Segundo tempo

O Palmeiras voltou sem alterações dos vestiários.

1'
Palmeiras

GOLAÇO DO PALMEIRAS! Gustavo Scarpa recebeu aberto pela esquerda e virou o jogo; Raphael Veiga raspou de cabeça e Dudu pegou a sobra aberto pela direita, trouxe para dentro e bateu de canhota, de curva, na gaveta direita de Giovanni.

Abel desmontou a linha de três zagueiros, avançando Scarpa e convertendo Piquerez em lateral.

10'
Novorizontino

Danielzinho espetou para Michel Douglas na meia-lua; o atacante girou rápido e tentou surpreender Weverton com um chute de efeito, mas a bola saiu à direita do gol.

12'
Novorizontino

Danielzinho recebeu por dentro com alguma liberdade e arriscou de média distância – a bola saiu à esquerda do gol; Weverton acompanhou com tranquilidade.

17'
Palmeiras

Scarpa tabelou com Veiga e espetou para a infiltração de Zé Rafael, que finalizou com pouco ângulo; Giovanni abriu o compasso e rebateu; na volta a bola bateu na cabeça de Zé Rafael, foi para o meio da pequena área e a defesa aliviou.

18'

Três mexidas no Verdão: saíram Zé Rafael, Scarpa e Dudu; entraram Atuesta, Wesley e Gabriel Veron.

29'

O árbitro fez mais uma pausa para reidratação.

31'

Murilo entrou no lugar de Luan.

35'

Rafael Navarro entrou no lugar de Raphael Veiga.

44'
Palmeiras

Em lançamento longo na direção de Rony, Giovanni se antecipou e saiu com as mãos pelo alto, mas o goleiro estava fora da área. O VAR interviu e o goleiro do Novorizontino foi expulso. Léo Baiano foi improvisado no gol.

49'
Palmeiras

Atuesta bateu a falta rasteiro, no canto do goleiro improvisado, mas errou o alvo.

50'
Palmeiras

Em nova falta, desta vez na meia direita, Atuesta tentou o ângulo mas errou de novo.

52'

O árbitro encerrou a partida.



Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Quase não teve trabalho.
6.5
Mayke
Defendeu e apoiou em alto nível, como se não fosse início de temporada.
7.5
Gustavo Gómez
Pouco trabalho na defesa, apareceu bem nos lançamentos.
6.5
Luan
Partida tranquila para ser zagueiro.
6.5
Murilo
Mostrou alguma qualidade na saída de bola.
6
Piquerez
Só apoiou no segundo tempo, quando o time já não atacava muito.
6
Gustavo Scarpa
Segue participando de pelo menos metade das jogadas de perigo.
7
Wesley
Apareceu pouco.
6
Danilo
O melhor em campo; polivalente, defendeu, armou e atacou com muita intensidade.
8.5
Zé Rafael
Além de fazer um golaço, foi fundamental para o Verdão dominar o meio.
8
Atuesta
Um ou outro bom desarme; apareceu mesmo nas faltas - pena que não aproveitou a ausência de goleiro.
6
Raphael Veiga
Oscilou um pouco, parecia ainda sentir a inatividade em algumas jogadas.
6.5
Rafael Navarro
Pouco tempo em campo.
s/n
Dudu
Sabemos que ele sobe de produção com o avanço da temporada. Se ele jogar muito mais do que hoje, vai pra Copa.
8
Gabriel Veron
Ganhou um bichinho fácil.
s/n
Rony
Era o atacante mais adequado para este tipo de jogo, com muita mobilidade e luta.
7.5
Abel Ferreira
Abel Ferreira
Afiadíssimo, comandou um sistema coletivo impecável, aproveitando o entrosamento de quase todo o elenco.
8




  • Me perdoe a 5ª série: com o resultado do ontem, o Palmeiras termina a sua 5ª rodada como líder isolado do torneio, com 100% de aproveitamento, melhor defesa e melhor ataque e com os artilheiros da competição. Campanha incontestável! 😉