4
X
0

Palmeiras 4x0 FortalezaCesar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras jogou muita bola na estreia do Campeonato Brasileiro e goleou o Fortaleza por 4 a 0 no Allianz Parque. Com o resultado, o Verdão assume a liderança da tabela logo na primeira rodada e mostra para a RGT o quanto é importante para seu produto.

O grande nome do jogo foi Zé Rafael, que entrou logo a sete minutos no lugar de Ricardo Goulart, que sentiu lesão no joelho. Vamos torcer para que não tenha sido nada grave e que nosso camisa 11 se recupere rápido.

Primeiro tempo

5'
Fortaleza

Wellington Paulista domina na frente da área e dispara rasteiro, sem muita força – Weverton caiu no canto direito para fazer defesa tranquila.

7'

Ricardo Goulart sentiu o joelho operado e pediu para sair – ainda não se sabe a gravidade do problema. Zé Rafael entrou em seu lugar.

8'
Palmeiras

Ótima jogada de Diogo Barbosa pela esquerda; o cruzamento por baixo alcançou Deyverson, que fez a parede, para a chegada de Bruno Henrique, que soltou a perna; Felipe Alves deu rebote e Dudu completou para as redes, mas estava impedido – o bandeira assinalou e o VAR confirmou.

O campo estava muito molhado, sobretudo perto do Gol Norte, no lado direito do ataque do Palmeiras – a bola muitas vezes corria menos que o esperado naquele trecho.

 

16'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Mais uma boa jogada de Diogo Barbosa, desta vez quem aparou foi Zé Rafael, que puxou para fora, tirou de dois zagueiros e bateu cruzado de esquerda, vencendo Felipe Alves.

27'
Palmeiras

Zé Rafael articulou o ataque pela esquerda, conduziu em direção ao meio e inverteu para Dudu, que se projetou por trás da zaga; o chute de dentro da área saiu forte e bem colocado, mas Felipe Alves fez uma excelente defesa, de mão trocada, e salvou o segundo gol.

43'
Palmeiras

Dudu puxava o contra-ataque mas foi calçado por Carlinhos; o camisa 7 mesmo assim se levantou e sairia na cara do gol, mas o juiz Bráulio da Silva Machado não observou a vantagem e marcou a falta, aplicando cartão ao lateral do Fortaleza. Foi muito xingado pela torcida, com razão.

47'
Palmeiras

Gustavo Scarpa bateu falta da direita; a bola passou por Deyverson e Zé Rafael fechou no segundo pau – no que ela bateu no chão molhado, correu um pouco mais do que o camisa 8 esperava e ele escorou sem conseguir dar direção – a bola saiu à direita do gol.

O juiz, que foi muito mal, inventando várias faltas, parando nosso ataque e irritando a todos de verde, encerrou o primeiro tempo aos 47 minutos.


Segundo tempo

1'
Palmeiras

Após cruzamento da direita, Deyverson conseguiu bom cabeceio, mas foi na direção de Felipe Alves, que saltou para sair na foto e espalmou a escanteio. Na cobrança, Quinteros tentou afastar e quase fez contra, mas o goleiro estava lá de novo para salvar o Fortaleza.

3'
Palmeiras

Gustavo Scarpa, mais ligado no segundo tempo, fez boa jogada pela esquerda e cruzou para a chegada de Bruno Henrique, que tentou finalizar mas bateu de joelho na bola, facilitando para Felipe Alves.

13'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Bruno Henrique, bem mais solto e com presença no ataque, abriu na esquerda para Zé Rafael; o camisa 8 fez um passe magnífico, por baixo, que cruzou toda a área e achou Marcos Rocha livre para escorar para o gol vazio: 2 a 0.

19'
Fortaleza

Edinho bateu de fora e Weverton defendeu com tranquilidade.

19'
Palmeiras

O Palmeiras saiu rápido e Dudu fez sua jogada característica, mas pelo lado direito, invertido: ele puxou para o meio e bateu de chapa, de perna esquerda. A bola ia na gaveta direita de Felipe Alves, que voou para espalmar a escanteio. Defesaça!

20'
Palmeiras

Dudu cruzou no segundo pau e Gustavo Gomez chegou escorando para o gol, mas Felipe Alves fez mais uma enorme defesa.

21'
Fortaleza

O Fortaleza tentou sair das cordas: após encontrão aéreo entre Felipe Melo e Luan, a bola sobrou para Osvaldo, que bateu cruzado; Weverton deu rebote e o próprio Osvaldo fuzilou, para nova defesa do goleiro do Verdão. Monstruoso.

25'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Marcos Rocha bateu lateral na área, Dudu desviou no primeiro pau e a bola chegou em Zé Rafael, que fechava do outro lado, e o camisa 8 só empurrou para as redes.

28'
Palmeiras

Marcos Rocha arriscou de fora mas chutou por cima do gol.

32'
Palmeiras

Gustavo Scarpa, aplaudido, deu lugar a Lucas Lima.

36'
Palmeiras

Também ovacionado, Dudu deu lugar a Hyoran.

42'
Palmeiras

Hyoran correu na direita para aproveitar um contra-ataque e foi lançado. Ele estava marcado por Carlinhos, que estava na bola, mas furou bisonhamente. Hyoran se surpreendeu com a falha e errou a passada, desperdiçando o lance que era gol certo.

43'
Palmeiras

Zé Rafael engatilhou de fora e chutou cruzado, mas a bola saiu sem perigo. Ele foi muito aplaudido, mesmo assim.

47'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Marcos Rocha tabelou com Lucas Lima e cruzou por baixo; Lucas Lima chegou para finalizar mas furou; a bola chegou em Bruno Henrique na parca do pênalti e ele desta vez não desperdiçou, tocando a bola no canto esquerdo de Felipe Alves – ela ainda beijou a trave e morreu na bochecha da rede, do outro lado.

Com três minutos de acréscimo, o juizão encerrou o jogo.



Ficha Técnica

Fortaleza

Felipe Alves
Tinga
Quintero
Roger Carvalho
Carlinhos
Paulo Roberto
Felipe
Edinho
Marcinho
Osvaldo
Gabriel Dias
Junior Santos
Kieza
Wellington Paulista
Rogério Ceni
TÉCNICO


Fim de jogo

Foi uma grande exibição do Palmeiras – mais uma. Os laterais e os volantes estão cada vez mais entrosados, coordenando a vez de cada um descer; com isso, vimos Bruno Henrique, Diogo Barbosa e Marcos Rocha sendo importantíssimos na construção do placar. Zé Rafael entrou bem demais e comandou as ações, e mesmo com partidas sem grande brilho de Dudu, Scarpa e Deyverson, o conjunto funcionou muito bem.

O Palmeiras, a cada partida, tem um jogador diferente que pode desequilibrar – desta vez foi o camisa 8. E assim o Verdão vai mostrando, na Libertadores e na estreia do Brasileirão, que é protagonista da temporada e que vai disputar todos os títulos.

Que a RGT entenda que não dá pra ficar sem um dos times mais importantes do campeonato; que valorize nossa demanda e reconheça que precisa ceder nesta queda de braço, para que ninguém perca mais dinheiro e para que todas as torcidas, além da nossa, possam acompanhar o Verdão nesta temporada. VAMOS PALMEIRAS!