0
X
1

29/04/2021 - 22:00

Palmeiras 0x1 Inter de LimeiraCesar Greco

O Palmeiras não encaixou um bom jogo esta noite no Allianz Parque e foi derrotado pela Inter de Limeira por 1 a 0, no lance final do jogo.

Com o time “G2”, assim denominado por Abel Ferreira, o Verdão fez novos testes, desenvolveu alternativas, errou, corrigiu, e tentou buscar o resultado nos últimos 20 minutos, sem sucesso – até acabar surpreendido por um lance infeliz de Esteves e sofrer o gol a um minuto do fim.

Primeiro tempo

3'
Palmeiras

Gustavo Scarpa bateu falta aberta da direita direto em direção ao gol; Jeferson deu rebote e Felipe Melo ficou com o gol aberto, era só tocar para dentro, mas o veterano acabou se atrapalhando e escorou torto, para fora.

11'
Palmeiras

Gustavo Scarpa tabelou com Wesley, ficou de frente, enquadrou o corpo e bateu forte, mas a bola subiu demais.

12'
Inter de Limeira

Felipe Saraiva tentou fazer a jogada pela direita mas soltou a bola para Roger, que tinha pouco ângulo e arriscou meter a injeção na bola; Weverton estava atento e fez a defesa.

16'
Palmeiras

Willian tabelou com Wesley mas a bola foi cortada pela defesa; Esteves pegou a sobra e emendou um canudo de primeira; a bola chegou a raspar no travessão antes de sair.

17'
Inter de Limeira

Roger brigou na esquerda, tocou atrás para Lucas Batatinha, que viu a penetração de Rafael Santos, que finalizou com pouco ângulo – Weverton mais uma vez estava bem colocado.

18'
Palmeiras

Zé Rafael tabelou com Scarpa, tentou enfiar para o camisa 14 mas a zaga cortou; ele mesmo pegou a sobra e bateu para o gol da meia-lua; a zaga desviou a bola para escanteio.

28'
Inter de Limeira

Rafael Santos bateu escanteio da esquerda; Roger testou pressionado e a bola ficou fácil para Weverton.

30'

Wesley prendeu o pé numa disputa de bola e torceu o tornozelo esquerdo. Giovani entrou em seu lugar.

33'
Palmeiras

Felipe Melo inverteu para a esquerda para Gabriel Menino, que tocou curto para Scarpa; o meia engatilhou e bateu de curva; Jeferson foi na última gaveta e fez uma defesaça, mandando a escanteio.

35'
Palmeiras

Willian puxou o contra-ataque, avançou rápido e tocou na direita para Scarpa, entrando na área; Willian e Giovani fechavam pelo meio e Scarpa tentou o toque de volta, mas passou muito atrás, para ninguém. O chute para o gol de direita seria a melhor opção; estava livre.

40'
Palmeiras

Viña lançou Esteves no corredor; o camisa 6 foi ao fundo e cruzou por baixo; Zé Rafael fez o corta-luz e a bola chegaria inteira para Scarpa fuzilar, mas Giovani estava no meio do caminho e atrapalhou a finalização.

46'

Com boa arbitragem, Raphael Claus encerrou o primeiro tempo.


Segundo tempo

O Palmeiras voltou sem alterações para o segundo tempo.

2'

Mayke afastou errado, Bruno Xavier cruzou para Roger livre na pequena área; com Weverton batido o camisa 9 testou colocado, mas a bola beijou o pé da trave direita.

6'
Inter de Limeira

Rafael Santos bateu escanteio da esquerda; Deivid testou com alguma liberdade no primeiro pau, mas a bola saiu por cima.

13'
Palmeiras

Felipe Melo inverteu para a esquerda na entrada da área; Zé Rafael fez o corta-luz e Esteves emendou de primeira; pegou forte, mas sem direção.

17'

Patrick de Paula e Raphael Veiga entraram nos lugares de Gustavo Scarpa e Zé Rafael.

19'
Palmeiras

Patrick de Paula cruzou da esquerda; a bola passou por Giovani mas chegou em Gabriel Menino, que amorteceu e bateu forte de três dedos; a bola encheu a rede pelo lado de fora.

25'
Inter de Limeira

Rafael Santos cruzou da esquerda; Bruno Xavier disputou pelo alto e testou por cima do gol.

27'

Rony e Luiz Adriano entraram nos lugares de Willian e Gabriel Menino.

29'
Palmeiras

Raphael Veiga cruzou da direita; Luiz Adriano escorou e Jefferson fez ótima defesa.

33'
Palmeiras

Raphael Veiga bateu falta da direita no primeiro pau; Viña se antecipou à zaga e testou; mas a bola saiu por pouco.

36'
Palmeiras

Giovani recebeu na direita, puxou para dentro e arriscou sem perigo, com todo o ataque armado. Personalidade demais.

37'
Inter de Limeira

Wellinton chegou pela esquerda na pequena área e rolou buscando Roger, mas Esteves chegou grande na cobertura e salvou o Palmeiras.

45'
Palmeiras

Patrick de Paula inverteu para a direita; Raphael Veiga aparou e disparou cruzado; Jefferson fez boa defesa.

46'
Palmeiras

Rony cruzou da esquerda; Felipe Melo surgiu com um centroavante e testou firme; Jefferson fez uma defesa gigantesca

48'
Palmeiras

Giovani foi ao fundo pela direita e cruzou; Felipe Melo testou e a bola saiu pelo alto.

49'
Inter de Limeira

Gol da Inter – Esteves falhou numa rebatida e deu nos pés de Bruno Xavier, que partiu para cima do camisa 6 e bateu cruzado, da meia-lua, e colocou no canto direito de Weverton.

51'

Raphael Claus encerrou o jogo.



Ficha Técnica

Inter de Limeira

Jefferson
Matheus Alexandre
Renan Fonseca
Thalisson
Rafael Santos
Deivid
Igor Henrique
Thiaguinho
Lucas Batatinha
Bruno Xavier
Rondinelly
Pedro do Rio
Felipe Saraiva
Wellinton
Roger
Thiago Carpini
TÉCNICO


Fim de jogo

Foi uma noite dura, em que os jogadores claramente não conseguiram atingir o mesmo grau de concentração dos jogos realmente importantes.

A diferença técnica era latente, mas o aprendizado das inovações táticas tratou de nivelar as equipes. O Verdão teve apenas alguns lampejos de bom futebol, insuficientes para ir às redes.

É verdade que passamos perto em algumas oportunidades – a começar do primeiro lance do jogo, num gol incrível perdido por Felipe Melo, em que faltou reflexo. A história do jogo teria sido completamente diferente.

Assim como sobrou eficácia dois dias antes, faltou neste jogo. Como havia faltado no domingo. Jogar dia-sim-dia-não tem dessas oscilações. É óbvio.

Danilo Barbosa brilhou como zagueiro central, tanto nas funções defensivas, quanto na saída de bola. Patrick deu novo vigor ao time – pena que, por uma questão de administração física, apenas por 20 minutos. O mesmo podemos dizer de Veiga, Rony e Luiz Adriano.

Esteves cometeu um erro capital, mas dez minutos antes havia salvo o time numa cobertura muito precisa. O gol da Inter, era para ter saído antes não fosse sua intervenção. Esquecer disto seria quase uma desonestidade.

Abel fez uma aposta correta. Como o resultado não foi o esperado, as críticas a essa aposta ganham eco. Mas tomar a decisão de colocar o quarteto por mais de 20 minutos seria um risco desnecessário. Aos profetas do acontecido, as batatas.

Tudo o que foi preconizado antes do estadual começar precisa ser sustentado agora. O discurso, quase unânime, era de que a competição não valia nada, que era uma obrigação contratual e que jogaríamos com times alternativos; e que o resultado não poderia abalar a preparação para a parte da temporada que realmente interessa.

Agora é a hora de absorver uma muito provável eliminação e pensar com a cabeça de fevereiro. Não é tão difícil. VAMOS PALMEIRAS!





  • O Abel tentou a classificação ontem quando colocou alguns titulares mesmo que por poucos minutos. Com a derrota acredito, e espero, que não fará isso no próximo jogo. Tem que ganhar na terça-feira.

  • Vamos focar agora nas copas, mas é muito difícil ser Bi campeão nesses campeonatos, o último Bi da Libertadores foi o Boca em 2000 e 2001 e o único Bi da Copa do Brasil foi cruzeiro em 2017 e 2018, não é fácil defender o título nesses campeonatos, o Paulista a FPF fez o jogo sujo e nao vamos conseguir defender o título, colocaram os melhores do interior no nosso grupo e estão encavalando nossos jogos.

  • No final do jogo, o repórter pergunta pro jogador do Palestra, não lembro quem, se era vexame não se classificar pra prox fase. Pra mim, vexame é o calendário. Pra mim, vexame é a condução da pandemia no Brasil. Pra mim, vexame é cornetar e decretar que jovens jogadores inexperientes não prestam por causa de um jogo desse. Vexame é pichação de muro por parte de vândalos. Vexame é dar importância pra um campeonato mequetrefe desses e tentar desestabilizar um trabalho que ainda está começando.

  • Única nota ruim foi a contusão do Wesley.

    Para mim, Danilo Barbosa foi o melhor em campo. Muito seguro, lúcido e versátil. Vai ser importante demais nos jogos críticos que interessam.

    Giovani vai se mostrando opção real. Dribla fácil e está menos ansioso.

  • Como o jogo é hoje e o próximo é domingo, as chances de se repetir a escalação no próximo jogo é alta, embora se dose o tempo em campo.