Transformando a deslealdade em padrão

Com graves problemas financeiros, o presidente do SCCP Roberto de Andrade acusou o golpe. Em entrevista coletiva, ao lado do técnico Fábio Carille, fez o que todo gestor malsucedido costuma fazer: culpou o “momento do Brasil”.

É verdade que o país passa por problemas conjunturais que afetam mortalmente a economia, sobretudo os pequenos empresários. Mas no mercado que atua, o SCCP jamais poderia colocar a culpa dos problemas financeiros que enfrenta no vazio que o peito de sua camisa hoje ostenta.

Desleal
Diego Ribeiro/globoesporte.com

É uma vergonha que um clube com a quantidade de torcedores que tem o SCCP, que continua recebendo uma fábula de dinheiro da RGT, coloque a culpa no “momento do Brasil” por não conseguir pagar uma fatura de 60 mil reais.

Mas mais vergonhoso ainda foi quando o presidente interrompeu uma pergunta que estava sendo feita ao treinador, na qual se traçava um paralelo com outros clubes brasileiros que estão conseguindo manter o nível de investimento alto no time de futebol. De forma grosseira, Andrade disse que os parceiros desses outros times “são bancos”, e que não é dinheiro do clube, em clara alusão ao Palmeiras – e pior, disse que a competição está sendo DESLEAL.

Chega a ser desnecessário rebater esta deselegância; a relação entre Palmeiras e Crefisa é totalmente lícita e fruto da grandeza de nosso clube. Ao deixar escapar o termo “DESLEAL”, o presidente do SCCP revelou inconscientemente o desespero por que passa. É como o garotinho mais magrinho da rua que é mandado para o gol, avisa os outros amiguinhos que “não vale bomba” e sai de campo chorando quando leva a primeira bolada na cara.

Vamos falar sobre ser desleal

No campeonato paulista de 1977, o atacante Ruy Rey, da Ponte Preta, xingou descontroladamente o árbitro Dulcídio Wanderley Boschillia, notoriamente um pavio-curto, com menos de dez minutos de jogo na finalíssima. Poucas semanas depois, foi anunciada sua contratação pelo SCCP. Isso é meio desleal.

Talvez deslealdade seja conseguir que trouxessem um juiz da Argentina para assaltar a Portuguesa numa semifinal de Campeonato Paulista, como em 1998. Ou ganhar um título em cima do pequeno Brasiliense, precisando para isso de uma enorme ajuda do famoso juiz Carlos Eugênio Simon.

Possivelmente seja desleal manipular os bastidores para que se mandassem jogar novamente todas partidas em que Edilson Pereira de Carvalho, que confessou participar de manipulação de resultados para beneficiar apostadores. As duas partidas em que o SCCP perdeu seis pontos foram limpas, mas mesmo assim foram redisputadas e quatro pontos importantes foram recuperados. Talvez não o suficiente para evitar que o Inter fosse campeão, mas nada que uma arbitragem criminosa de Marcio Rezende de Freitas não desse um jeito.

Se formos lembrar de mais arbitragens como essas, o post não acaba nunca.

Desleal é receber milhões e milhões da RGT a mais do que os outros clubes durante anos e achar que não havia desequilíbrio.

Desleal, sem dúvida alguma, é mamar nas tetas do governo federal através de um generoso patrocínio da Caixa Econômica Federal, muito acima do valor de mercado, por anos a fio.

Não vale bomba!

O SCCP se acomodou; não se preparou para quando a fonte da Caixa secasse. Talvez o clube estivesse muito ocupado comemorando o ano de 2012 ou admirando os acabamentos em mármore do estádio que foi erigido por uma construtora corrupta como agrado a um poderoso político corrupto.

Agora fala em deslealdade. Só falta falar que no próximo jogo “não vale bomba”.

  • Muito boa a matéria falou tudo o que eu queria falar, desleal como disse é construir um estádio com dinheiro publico para lavar dinheiro e seus diretores e presidentes saberem disso, desleal é ser chamado o time do apito amigo…um dia a casa cai porque todas essas maracutaias serão descobertas.

  • Sem contar que em 3 rodadas do br, 3 penaltis contra não marcados. E depois vão frisar algum erro que acontecer contra até o fim do campeonato e se dizer prejudicados pela arbitragem.

  • Deslealdade é o que esse Sr e os demais responsáveis por essa latrina fazem com sua torcida há 5 anos prometendo a venda dos Naming Rights pra sair do vermelho, como que por um passe de mágica. O estádio é patrimônio público e está cedido ao clube sujo via concessão publica. Nunca vai ter os NR comercializados. Vão ter que devolver pro banco mais cedo ou mais tarde.

  • Avisa o Roberto de Andrade, que, segundo o pessoal do marketing, SEMANA QUE VEM o SCCP fecha os “namings rights” do estádio e dai entra uma graninha pra pagar os credores…… kkkkkkkk

    Lembram do Dudu comedor de sanduíche do desenho do Popeye? Eu te pago na terça-feira!!! Essa terça-feira nunca chegou!!!

  • Texto muito bom, Conrado!
    E você ainda pegou leve, nem falou de MSI, mafioso da Geórgia, Kia e tal.

    Vai ser lindo quando a Lava-jato chegar pra valer no estádio deles.
    Detalhe: a dívida é sabidamente impagável, e o CT deles é uma das garantias.
    Vão ficar sem nada, que é o que merecem.

    Ah, também faltou lembrar que devem a série B pelo que aconteceu em 2000.

    Enfim, nosso rival é o retrato da parte ruim do Brasil: corrupção, malandragem, jeitinho, negócios escusos.
    Deslealdade é elogio para eles.

  • “É como o garotinho mais magrinho da rua que é mandado para o gol, avisa os outros amiguinhos que “não vale bomba” e sai de campo chorando quando leva a primeira bolada na cara.”

    Perfeita (e hilariante) analogia, Conrado. Texto matador como o habitual!

  • Não to gostando nada da postura no Brasileiro. Ficar com a cabeça só na Liberta é um grde erro, pois é um torneio difícil, cheio de armadilhas e, agora, mata-mata. Se é eliminado ficamos sem nada pro resto do ano.

  • Pra começo de conversa, o time deles de 2012 só foi possível por ajudar de patrocínio estatal (inflacionado), sonegação de impostos, e graa desproporcional da tv. Sem jogar sujo, nunca teriam montado o time que ganhou o “mundial” (contra o São Caetano da Inglaterra). Mas isso, nunca vi ninguém da imprensa comentar….

  • rapaz, esse small club from Sao Paulo nao para e nao vai parar de fazer nosso pais passar vergonha, eh um espelho de uma boa parte lixo, corrupta e aproveitadora que eh o Brasil. Mas sempre que a teta seca, tem que chorar, senão não mama mais.

  • Desleal são as cotas de TV. Desleal são 2 mundiais com uma libertadores. Desleal é construir estádio com dinheiro público. Desleal é o BR 2005.
    Gambá imundo, querendo jogar a culpa de sua ineficiência em não conseguir pagar suas contas e ser colocado no pau por inúmeros credores, na eficiência alheia.
    Acham que uma empresa séria como a Crefisa iria colocar grana num clube sujo, cheio de gente enrolada na Lava Jato?
    Ora , me poupe.

  • Na concepção dessa instituição somos desleais pois só conhecem este jeito de agir, Tudo lá é assim, então, é natural que pensem que esta é a única forma de proceder .
    O paladino da lealdade considera nosso patrocínio, que é um negócio comercial individual desleal, mas nunca se rebelou contra a cota de televisão, que é um negócio comercial coletivo, que favorece, por coincidência, seu clube.
    Não me lembro deste senhor denunciando na imprensa os negócios com parceiros obscuros que sua agremiação fez ao longo do tempo bem como não me recordo de ter dado piti quando um antecessor acabou com o Clube dos Treze para poder, “negociar condições mais vantajosas” que a concorrência.
    No fundo, não passa de mais um dirigente medíocre fazendo o que de melhor sabem fazer, jogar a culpa de sua incompetência nos outros e posar de vítima inocente.

  • Desleal é não ter vergonha na cara, não ter o que dizer e falar merda. Porque “os mundial” deles não paga essa divida?

  • ?????? Palmas Conrado! Perfeito e cirúrgico! Um post que eu gostaria muito de escrever! Muito bom mesmo! A verdade dita sem rodeios!

  • Talvez nada que o Palmeiras faça deva ser exaltado por aqueles que não são Palmeiras… Afinal o Palmeiras basta para quem é Palmeiras… E pra quem não é Palmeiras, resta-lhes o rancor por não serem Palmeiras… A todos esses, nossos mais profundos pesares… Pois sabemos sempre levar de vencida… A dureza do prélio não tarda!

  • na matéria da ESPN, fala-se que eles têm 89 PROTESTOS! e eles vêm falar de “deslealdade”.

    #PQP

  • Conradi
    Antes de tudo, parabéns pelo excelente texto.
    Desleal como?
    Aonde o Sr. Roberto de Andrade quer chegar?

  • Essa semana depois da colocação na camisa da estrela vermelha que simboliza nosso mundial, recebi e-mail de um gambá tentando ironizar nossa conquista. E este mesmo indivíduo, que diz não se importar com futebol, JOGOU FORA a camisa de seu time alguns anos atras e comemorou os títulos que ganhou recentemente.
    Eles sentiram o golpe que aplicaram a si mesmos e estão remoendo nosso sucesso.
    Que não nos sabotemos, para que o sucesso seja duradouro mesmo se não for campeão todo ano.

  • Dopping esportivo e deslealdade é o que a Rede Globo tenta fazer com as cotas de TV.

    Má gestão, adiantamento de cotas de TV, modelo de parceria para aquisição do estádio, foram alguns dos motivos da derrocada deles.

    Lembro muito bem,em 2012 e 2013, quando todos menosprezavam o Palmeiras por sua situação eaportiva e financeira.

    Graças a Belluzzo pelo acordo do modelo de construção do Allianz Parque e, principalmente, graças a Nobre por ter sanado os problemas financeiros do Palmeiras, temos novamente a grande oportunidade de nos tornarmos o maior clube da América.

    Só depende de nós não cometermos os erros do passado…

  • Lembro de uma entrevista do André Sanchez se gabando de não pagar impostos para montar o time de 2012… Essa instituição não merece nem q escrevamos as iniciais dela, essa é a verdade. Vc já citou tudo no ótimo texto… Se o Brasil não fosse a piada q é, essa instituição seria rebaixada até aprender a gastar o q ganha! Como aqui a coisa funciona no “jeitinho” é dado todo o mérito a eles por ganharem um título insignificante mesmo na dificuldade financeira e o Palmeiras é ridicularizado por ser competente em sua gestão… Esse é o Brasil!

  • Gambás incompetentes e chorões! Cansaram de ganhar mais dinheiro que todos através de patrocínio federal e dinheiro da TV, e agora ficam com mimimi! Vão se f…!

  • melhor resposta tem de ser no próximo Derby: seja onde for e — como diria o célebre ex-presidente deles mesmos, — “haja o que hajar”, meter-lhes uma sapecada de fazer os caras errarem o vestiário!

    #AvantiPalmeiras

  • Mais um post perfeito. Ah, que vontade de que todos os torcedores gambás lessem esse texto e percebessem como o timeco deles é sujo.

  • Todo castigo para esse clube é pouco, para purgar todo essa hipocrisia seria necessário outros 80 anos de irrelevância até conseguir outro título de expressão.

    Esse mané acusou o golpe, esta chorando as claras.

  • Não se poderia esperar algo diferente desse tipinho de dirigente que ainda se vê no Brasil.

    Felizmente temos pessoas profissionais e competentes para não nos fazer passar por esse tipo de vergonha. Que assim seja por muito tempo, para que a gente continue vendo os rivais chorando e passando vergonha em frente às câmeras.

  • Precisamos tomar cuidados, ouvindo a entrevista do Roberto não me parece que ele cita o patrocínio da Crefisa com o Palmeiras como desleal, ele apenas como todos os rivais que estão com uma tremenda dor de cotovelo, citar o fato de um banco, diga-se de passagem particular e não do governo sair da curva neste momento, justamente à favor do Palmeiras e não a favor do seu time de coração. Outra coisa é que tanto o Roberto como o Fábio serem uns dos poucos “curintianos” que possuem bom senso para analisar alguma coisa, isto sim é um ponto fora da curva !!!!!!.

  • Na mora! te considero pra caramba, mas achei arrogante seu post! Primeiro que nem deveria tocar em assuntos de outros clubes mesmo que este tenha usado o nome da nossa instituição. Segundo que me deu a entender que esta se achando que o Palmeiras esta mais organizado que outras instituições. Na minha opinião, organização e planejamento não é mérito é obrigação de todo clube. Parabéns aos que tem, mas é mais que obrigação e aos que não tem só lamentos.

    • “Primeiro que nem deveria tocar em assuntos de outros clubes mesmo que este tenha usado o nome da nossa instituição.”
      Quando você tiver um site chamado Marcazzo, você determina a linha editorial. Aqui, essa responsabilidade não é sua.

      Neste momento, acho mais produtivo você se preocupar com sua interpretação de texto.

      • Dei só minha opinião meu amigo! não precisa se ofender… se você publica textos em blogs abertos esta passivo de concordância ou não. Mais uma vez eu vou dizer que eu considero muito este site, tem material de muita qualidade aqui! porém nesta postagem sua achei sem necessidade e com um teor de superioridade aos adversários, o que não tem necessidade. Mas enfim se você não gostou ou achou que minha interpretação foi errada na próxima você expressa melhor os fatos, talvez eu entenda! abraços

    • O chorão e pouco justo presidente gamba ATACOU (mesmo que nas entrelinhas) a Sociedade Esportiva Palmeiras e o seu patrocinador, como se a parceria fosse algo ilegal ou desleal e vc vem aqui se posicionar contra um post que defende de forma justa o seu time…Vc tá de brincadeira

  • Small club nojento e sem historia, sem historia positiva porque negativa tem uma longa historia de covardia e trapaça, por isso nunca vai ser grande e sempre vai ser piada, e como tudo que é pequeno e mesquinho acha que a grandeza e sucesso dos outros é “desleal”.

  • Desespero desses imundos.
    EB e os jogadores do Verdão deveriam levar 100 chibatadas por deixarem esses vermes ganharem o paulista desse ano.

    Lava Jato Neles!

  • E a Caixa Econômica Federal não é banco, não é? Banco da união, mantido com recursos públicos…