Vinicius fala sobre Jailson e projeta reta final do Palmeiras no Brasileirão

Vinicius Silvestre durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol, em São Paulo-SP.
Fabio Menotti

Um dos atletas do profissional que ainda não saiu de férias, Vinicius espera passar boas referências aos mais jovens

O Palmeiras entra em campo na noite desta segunda-feira para enfrentar o Athletico-PR, na Arena da Baixada, em jogo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Tricampeão da Libertadores após vencer o Flamengo no último dia 27, o clube decidiu por antecipar as férias dos principais jogadores e também da comissão técnica, optando por escalar os atletas do Sub-20 nas últimas duas rodadas (contra Athletico-PR e Ceará). Do elenco principal, apenas o goleiro Vinicius, o zagueiro Kuscevic e o meio-campista Matheus Fernandes ficaram no elenco.

Há quase 16 anos no clube, Vinicius, que será o mais experiente da turma, espera contribuir com os mais jovens e comentou sobre a reta final palmeirense no Brasileirão.

“Fico lisonjeado de estar participando deste momento, com este grupo [de garotos]. Eu procuro aprender com todos do profissional e espero que os da base também possam aprender comigo, que eu consiga passar boas referências para eles. É um motivo de orgulho, estou há quase 16 anos no Palmeiras, é uma honra enorme desfrutar com esses meninos que têm uma qualidade incrível”, disse à TV Palmeiras/FAM.

“Estou concentrado para dar o meu máximo, como sempre procurei fazer. Fizemos uma excelente preparação e espero que a gente faça bons jogos. Vamos em busca dos resultados positivos”, acrescentou o camisa 1.

Com 62 pontos ganhos em 36 rodadas, o Palmeiras, terceiro colocado, não terá mais sua posição na tabela de classificação alterada até o fim do campeonato, independentemente dos resultados que irá obter.

Vinicius fala sobre Jailson

Além de projetar as duas últimas partidas do Verdão na temporada, Vinicius falou também sobre Jailson, que não renovou contrato e se despediu do clube após sete anos. O experiente goleiro deixou o Verdão com cinco títulos conquistados e 104 jogos disputados.

“Jailson é um cara muito querido, tenho uma admiração e um respeito grande por tudo que ele fez por mim. Por tudo que nós evoluímos juntos também. Ele é um espelho pra mim e pra todos. Gratidão resume o que eu sinto por ele”, finalizou.