1
X
0

Palmeiras 1x0 InternacionalCesar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras, a duríssimas penas, venceu o Internacional na noite deste sábado por 1 a 0, e segue sustentando a espetacular série invicta no Brasileirão que começou no ano passado e que já atinge 26 partidas, igualando o feito da Academia de 72/73.

O resultado foi conquistado com extrema dificuldade – após o gol de Deyverson, a 12 minutos, o Verdão deu muito espaço e posse de bola ao Inter, que pressionou bastante em busca do gol, mas parou em nosso sólido sistema defensivo.

Primeiro tempo

3'
Palmeiras

Gustavo Scarpa bateu falta perigosa, pelo lado esquerdo, mas acertou a barreira.

4'
Palmeiras

Após escanteio da esquerda batido por Dudu, Deyverson desviou no primeiro pau, a bola encobriu Lomba e Iago salvou em cima da risca.

5'
Palmeiras

Marcos Rocha bateu lateral na área; Dudu, sem marcação, mal precisou saltar para desviar com a testa – a bola saiu raspando o rodapé direito de Marcelo Lomba, batido.

12'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Dudu bateu escanteio da direita e Deyverson testou no primeiro pau, cruzado, tirando de Marcelo Lomba e abrindo o placar para o Verdão.

O Inter tornou o jogo mais físico para frear o domínio do Verdão e várias tretinhas aconteciam a todo lance. Na maior delas, o confronto foi entre Felipe Melo e Guerrero, que receberam cartão amarelo.

24'
Internacional

Nico López arriscou de fora e assustou Weverton, que apenas observou a bola passar.

29'
Palmeiras

Em mais um lateral de Marcos Rocha, Felipe Melo testou e a bola saiu por pouco.

30'
Internacional

Iago cruzou da esquerda; Nico López dominou com estilo, girou e obrigou Weverton a fazer boa defesa.

39'
Internacional

Após escanteio da direita, Weverton foi bloqueado na saída do gol; o juiz não quis dar a falta e o gol ficou aberto, mas a defesa do Palmeiras afastou o perigo.

44'
Internacional

Sarrafiore tentou a finalização de fora, fácil para Weverton.

46'
Internacional

De novo Sarrafiore tentou de fora, desta vez mandou por cima.

Fraco, sem confiança, o juiz Wagner do Nascimento Magalhães encerrou o primeiro tempo com 47 minutos. Depois do gol, o Palmeiras deixou o Inter tomar as iniciativas da partida e recorreu pouco às jogadas verticais em velocidade para aproveitar os espaços.


Segundo tempo

Desde o início do segundo tempo o panorama foi o mesmo da parte final do primeiro: o Inter tomando as iniciativas, sem conseguir criar chances concretas; o Palmeiras confiava em seu sistema defensivo e era muito mais agudo nas poucas chances de contragolpe que criava.

5'
Internacional

Lindoso tentou o chute de fora mas a bola desviou em Bruno Henrique, saindo a escanteio.

14'
Palmeiras

Em contra-ataque rápido, Dudu errou o domínio, mas mesmo assim controlou a bola e conseguiu ótimo cruzamento para a chegada de surpresa de Bruno Henrique, que cabeceou firme, mas na direção de Lomba, que defendeu no reflexo.

15'

Felipão trocou Zé Rafael, apagado, por Hyoran.

O Inter tinha o domínio completo das ações mas não conseguia transformar em chances de gol – apenas um ou outro chuveirinho ou chutes de fora sem maiores pretensões. O Palmeiras mantinha o contra-ataque como arma.

22'

Moisés entrou no lugar de Gustavo Scarpa e o meio ficou mais guarnecido.

23'
Palmeiras

Dudu bateu falta rápido, achou Bruno Henrique na área e a finalização foi forte, mas Marcelo Lomba fez a defesa.

28'
Palmeiras

Mais um contra-ataque do Verdão; Dudu cruzou, a bola desviou na zaga e entraria no ângulo, mas Lomba defendeu com tranquilidade.

35'

Dudu, cansado, deu lugar a Raphael Veiga.

Os dez minutos finais foram de intensa pressão do Inter, mas a defesa do Palmeiras, muito bem protegida e bem postada, seguia repelindo as tentativas. Não havia chances de gol claras dos gaúchos.

40'
Palmeiras

Hyoran lançou Raphael Veiga do campo de defesa e partiu em velocidade; Veiga conseguiu o passe para o meio da área; Deyverson brigou, a zaga cortou e a bola sobraria para Hyoran, de frente, mas ele teve problemas para dominar a bola e perdeu grande chance.

42'
Palmeiras

Moisés lançou Veiga na área; Lomba rachou com ele e a bola sobrou para Hyoran; livre, com apenas dois jogadores de linha do Inter protegendo o gol, ele poderia ter colocado a bola em um dos cantos, mas preferiu o chute forte e ela subiu demais.

Após quatro minutos de acréscimo, o árbitro encerrou o jogo.



Ficha Técnica

Internacional

Marcelo Lomba
Zeca
Rodrigo Moledo
Victor Cuesta
Iago
Rodrigo Lindoso
Edenilson
Rafael Sóbis
Patrick
Sarrafiore
D'Alessandro
Nico López
Guilherme Parede
Guerrero
Odair Hellmann
TÉCNICO


Fim de jogo

Poucas vezes um time confiou tanto em seu sistema defensivo. O Palmeiras conseguiu abrir o placar após a pressão inicial e passou 3/4 do jogo apenas se defendendo para armar contra-ataques. O gol de Weverton sofreu poucas ameaças diretas, mas o Inter manteve a posse no campo de ataque por muito tempo. O Palmeiras abusou da sorte.

Os contra-ataques também não funcionaram; a ligação não foi eficiente. A pouca inspiração de Zé Rafael e Gustavo Scarpa contribuíram para esse fraco desempenho ofensivo. No final, Hyoran perdeu um gol feito.

O Palmeiras foi mais eficiente e mereceu a vitória. Ms se o Inter tivesse conseguido o empate, não teria sido injusto. Felipão deve avaliar a atuação de hoje e corrigir essa tendência excessiva de dar espaço para o adversário – numa noite inspirada do ataque adversário, o resultado poderia ser outro e um princípio de crise estaria instalado na Academia de Futebol. Felizmente, vencemos, e agora viramos a chavinha para a Libertadores. VAMOS PALMEIRAS!