2
X
0

07/03/2021 - 18:00

Palmeiras 2x0 GrêmioCesar Greco

O Palmeiras venceu o Grêmio por 2 a 0 no Allianz Parque e sagrou-se tetracampeão da Copa do Brasil. Depois de vencer o time gaúcho em Porto Alegre, o Verdão ratificou a vantagem com uma vitória maiúscula, com toda a autoridade.

O título isola o Palmeiras como o terceiro maior vencedor da competição, atrás do próprio Grêmio, que tem cinco títulos, e do Cruzeiro, que tem seis.

Ficha Técnica

Grêmio

Paulo Victor
Vanderson
Victor Ferraz
Paulo Miranda
Kannemann
Churín
Diogo Barbosa
Maicon
Matheus Henrique
Thaciano
Jean Pyerre
Alisson
Guilherme Azevedo
Pepê
Ferreira
Diego Souza
Renato Portaluppi
TÉCNICO

Primeiro tempo

2'
Grêmio

Vanderson ganhou de Viña e cruzou por baixo; Pepê não conseguiu escorar e a bola atravessou nossa pequena área.

5'
Grêmio

Alisson recebeu de Thaciano bico da área, girou e tentou o ângulo direito de Weverton, mas errou o alvo.

7'
Palmeiras

Matheus Henrique errou o passe no meio; Raphael Veiga recuperou e enfiou rápido para Rony, que teve espaço e disparou, entrou na área mas demorou demais para definir, dando a chance para a chegada de Paulo Miranda, que travou a jogada.

18'
Palmeiras

Felipe Melo lançou Rony de três dedos; ele entrou na área e rolou para a chegada de Raphael Veiga, que bateu para as redes no contrapé de Paulo Victor – o bandeira anulou o lance marcando impedimento de Rony, por poucos centímetros.

23'
Grêmio

Bela triangulação entre Diego Souza, Alisson e Maicon, que chegou na marca do pênalti em condições de finalizar, mas demorou e a defesa do Palmeiras fechou e travou a jogada.

28'
Palmeiras

Raphael Veiga recebeu de Felipe Melo na direita, engatilhou e disparou; a bola pingou antes de chegar em Paulo Victor e dificultou a defesa do goleiro gremista.

35'
Palmeiras

Felipe Melo enfiou por baixo para Rony; Zé Rafael fez a infiltração mas Rony decidiu bater e mandou rasteiro, à direita de Paulo Victor. Zé Rafael sofreu falta na jogada mas o árbitro mandou seguir.

39'
Palmeiras

Viña bateu o lateral no bico da área; Rony deu um tapa esperto para dentro para a chegada de Zé Rafael, que emendou para fora, sem perigo.

41'
Palmeiras

Marcos Rocha apoiou e cruzou no bico da área; Viña escorou para dentro e Zé Rafael recolheu e deu o tapa buscando o canto esquerdo; Paulo Victor espalmou a escanteio.

43'
Palmeiras

Após lateral na direita, Rony acionou Wesley, que girou e buscou o ângulo esquerdo de Paulo Victor, mas a bola passou ao lado da trave com muito perigo.

47'

Bruno Arleu de Araújo encerrou o primeiro tempo, muito faltoso.


Segundo tempo

As duas equipes retornaram dos vestiários sem alterações.

1'
Palmeiras

Raphael Veiga arrancou por dentro e arriscou de meia distância; Paulo Victor defendeu em dois tempos.

5'
Palmeiras

Wesley apostou corrida com Paulo Miranda, que tocou para trás em direção a Paulo Victor, que recolheu com as mãos. O juiz não marcou o recuo porque não quis.

8'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Raphael Veiga arrancou, ganhou da marcação de Thaciano e tocou para Wesley, que entrou na área e tocou na saída de Paulo Victor.

10'
Grêmio

Pepê partiu em velocidade pela esquerda e cruzou; Thaciano quase passou da linha da bola mas ainda conseguiu escorar; a bola subiu e ficou fácil para Weverton.

18'

Zé Rafael deixou o campo para a entrada de Patrick de Paula.

30'

Três mexidas no Palmeiras: Mayke, Gabriel Menino e Willian entraram nos lugares de Raphael Veiga, Wesley e Luiz Adriano.

35'
Palmeiras

Marcos Rocha enfiou para Mayke, que cruzou por baixo; Willian fechou por dentro mas não conseguiu escorar, por dois dedinhos.

39'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Rony ganhou a bola na defesa e ligou rápido para Willian, que viu a disparada de Gabriel Menino e tocou na medida; o camisa 25 passou pela marcação de Matheus Henrique e bateu cruzado, por baixo de Paulo Victor, que aceitou.

47'

Percebendo o confronto resolvido, o árbitro encerrou o jogo com apenas dois minutos de acréscimo.





Fim de jogo

Foi um baile de bola. Depois de uma pressão do Grêmio nos primeiros dez minutos, o Palmeiras tomou conta da partida, controlou todas as ações, jogou FINAL e chegou ao resultado com todos os méritos.

O desespero inicial do Grêmio se justificou. O time claramente estava sem repertório e com os jogadores em fases técnicas não tão exuberantes. Assim, apostaram tudo num gol logo de cara para tentar minar o emocional do Palmeiras.

Os gaúchos até chegaram perto de ter sucesso, mas Pepê falhou na conclusão no único lance de gol real do Grêmio em todo o jogo. Precisando abaixar a intensidade física para suportar os 90 minutos,  nosso adversário se tornou presa fácil.

Nosso sistema defensivo, mais uma vez, fez uma grande partida. As transições ocorreram sem traumas; Felipe Melo e Raphael Veiga estavam inspirados, bem como Wesley, o craque da final. O primeiro tempo terminou como começou, mas a superioridade do Verdão pera flagrante.

O segundo tempo tratou de converter em números o que todos já estavam enxergando. Os gols saíram naturalmente, com a marca registrada deste time: saídas rápidas e mortais após roubadas de bola no campo de defesa. É verdade que o goleiro do Grêmio deu uma força do lado de lá, mas do lado de cá, Weverton sequer foi acionado.

Foi a final mais tranquila desde os 5 a 0 na Ponte Preta, em 2008. A pressão do palmeirense dificilmente passou dos 12 por 8 em todo o jogo. A temporada de 2020 terminou em grande estilo para o Palmeiras, que pela primeira vez em vários anos jogou o calendário completo.

Nossa torcida está, com razão, insuportável. Vamos aproveitar o momento, curtir com tudo o que nos cabe. Só não temos o direito de cairmos na soberba – tem gente tentando descobrir o que fazer com as bananas até hoje depois de incorrer nesse erro grosseiro.

Nosso elenco e comissão técnica descansarão nos próximos dias, de forma escalonada. Eles mereciam mais; infelizmente é o que a organização do futebol neste país lhes permite. De qualquer forma, fica aqui o agradecimento a todos pela temporada brilhante. Só não erguemos mais troféus porque era humanamente impossível, diante das condições de disputa.

Quinta já tem jogo pelo Paulista. Até lá, serão dias de regozijo profundo. Todos os palmeirenses merecemos!

PARABÉNS VERDÃO! VAMOS PALMEIRAS! 





  • No começo do jogo aquela bola cruzada na área que o jogador do Grêmio chegou atrasado e quase tocou pro gol, meu coração quase saiu pela boca…mas tbm só foi esse lance, o Palmeiras dominou o jogo todo o segundo tempo foi controle total do jogo. Agora depois de tantas decisões tantos jogos importantes e tantos títulos vou tirar um tempinho pra cuidar da minha vida.

  • “A pressão do palmeirense dificilmente passou dos 12 por 8 em todo o jogo.”

    Pô, Conras, assistimos outro jogo. Os primeiros 15 minutos foram assustadores. Com 5 de jogo o Grêmio já tinha cruzado na pequena área e finalizado duas vezes da área!

  • Agora em abril tem Supercopa , um campeonato jovem, so teve 3 edições até hoje, mas parece que vai entrar de vez no calendario do futebol brasileiro, e se é um titulo nacional , temos que ganhar, ainda mais pq o Corica ja ganhou uma , la em 1991, se eles tem, tbm temos que ter, agora o elenco vai tirar ferias , teremos uma sequencia contra equipes do interior , jogos tranquilos para a molecada e para o Lucas Lima, que ja acenou que quer jogar, vamos descansar agora e curtir essa tríplice coroa

  • O Renato tirou o Vanderlei pra colocar o goleiro reserva, falhou feio no gol do Gabriel Menino, temos nada haver com isso, não duvido o Renato ter escalado o frangueiro por superstição. É TETRA !!

  • Willian em má fase e melhor que muito jogador, muitos mesmo cara de entrega e boa tecnica, tem que renovar pra ele aposentar aqui igual o Dracena pq esses dois sao chama titulo so de ta no grupo ajuda

  • Estou bem calmo e confiante para este jogo, acho que esgotei tdo meu nervosismo e ansiedade dia 30 de janeiro, pelo menos para essa temporada. Avanti Palestra, seremos !

  • Diferente daquele time que levou a virada no pacaembu dando adeus a libertadores. O time de hoje tem um técnico que põe o time pra ganhar e não pra segurar um empate. Acredito que o Palmeiras vai se impor mesmo com essa pequena vantagem e vamos ganhar de 3×1. Gols de Veron, Patrick de Paula e Veiga.