1
X
0

10/07/2019 - 21:30

Pré-Jogo

Pré-jogo Palmeiras x Internacional

Na noite desta quarta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras recebe o Internacional, no jogo de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil. Com o todo o elenco à disposição, Felipão vai ter que decidir entre usar a força máxima, instituir o rodízio que funcionou bem no ano passado, ou usar uma solução intermediária.

Palmeiras

PalmeirasCom todos os atletas entregues ao departamento médico antes da parada recuperados – a exceção pode ser Mayke, que ainda tem certos cuidados com a região do púbis – Felipão inicia a primeira de dez semanas com alternância total entre jogos das copas (no meio das semanas) com os do Brasileirão (aos finais-de-semana). Isso deve implicar um plano diferenciado de jogo, usando todo o elenco que tem à disposição para prevenir lesões, sem perder rendimento.

Assim, tanto podemos ter um time com Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo e Bruno Henrique; Dudu, Lucas Lima e Zé Rafael; Deyverson; quanto uma escalação com Fernando Prass; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Thiago Santos e Moisés; Gustavo Scarpa. Raphael Veiga e Willian; Borja – ou uma solução que mescle as peças desses dois times, e ainda pode usar Matheus Fernandes, Hyoran, Ramires, Jean ou Arthur Cabral.

Se vira aí Felipão!

Inter

InternacionalNo treino de segunda-feira, o Inter perdeu um titular importante com lesão muscular: Zeca para por três semanas e dará lugar a Bruno, aquele mesmo que era do SPFC. Para o lugar de Iago, vendido ao Augsburg, joga Uendel, enquanto Natanael, contratado para suprir a saída, se ambienta ao clube. Willian Pottker, opção de banco, também sofreu lesão muscular na intertemporada e não deve estar à disposição do treinador.

Guerrero volta da seleção peruana e, sem descanso, deve ir para o jogo, a não ser que a comissão técnica o alivie. Neste caso, Rafael Sóbis já está de sobreaviso.

Lidando com tudo isso, Odair Hellmann deve escalar o time com Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado e Edenílson; Nico López, Patrick e Nonato; Guerrero (Rafael Sóbis).

Números

  • O Inter segue sendo um dos poucos clubes com número significativo de confrontos que sustenta vantagem contra o Palmeiras. São 30 vitórias do Verdão, 37 do Inter e 23 empates, num universo de 90 partidas. Este confronto na Copa do Brasil é uma boa oportunidade de diminuir esta diferença.
  • Sob mando do Palmeiras, foram 40 jogos e o Palmeiras venceu 20, empatou 10 e perdeu outras 10.
  • Em Copas do Brasil já houve três cruzamentos: em 1992, o Inter levou a melhor, com uma bela ajuda da arbitragem. Em 2015 e 2017, o Verdão despachou os gaúchos e avançou na competição.
  • Desde a inauguração do Allianz Parque, foram cinco partidas e o Verdão só não ganhou uma: foram quatro vitórias e um empate. Os três últimos jogos terminaram com o placar mínimo a nosso favor.

No calendário

O Palmeiras já disputou 18 jogos no dia 10 de julho, com 8 vitórias, 6 empates e 4 derrotas:

Lei do Ex

  • Do lado de cá: Lucas Lima teve uma rápida passagem por Porto Alegre.
  • Do lado de lá: José Aldo saiu da nossa base e pode aparecer no banco.

Arbitragem

Wilton Pereira SampaioÁrbitro Principal:
Wilton Pereira Sampaio

Igor Junio BenevenutoVAR:
Igor Júnio Benevenuto

Parpite

O Palmeiras deve buscar o placar mais dilatado possível, não apenas pensando na própria Copa do Brasil, mas também para poder administrar o elenco nesta duríssima sequência de jogos. Caso consiga controlar o Inter defensivamente, pode tomar a iniciativa de jogo para construir uma boa vantagem, embora o Inter tenha uma boa defesa. Dá Verdão: 2 a 0, com gols de Dudu e Bruno Henrique, para 34.567 pagantes.  VAMOS PALMEIRAS!

Transmissão

Escolha a imagem e sincronize com o áudio da transmissão AO VIVO no canal do Verdazzo do YouTube!

TV GloboGlobo (para SP, RS, MG, MT e MS)

SporTV 2SporTV 2

PFCPFC

 

Pós-Jogo

Palmeiras 1x0 InternacionalCesar Greco/Ag.Palmeiras

Palmeiras e Internacional fizeram um jogo bastante agradável e movimentado esta noite no Allianz Parque, com os jogadores participando em alto nível técnico. O Palmeiras venceu por 1 a 0 e leva a pequena vantagem para o jogo de volta, em Porto Alegre, dentro de uma semana.

O placar magro deixou um gosto agridoce: apesar da vitória, a disputa permanece muito aberta, já que não há o gol qualificado nesta edição da Copa do Brasil e qualquer vitória magra do Inter levará a disputa para os pênaltis. E o Palmeiras poderia ter forçado mais no final do jogo em busca do segundo gol.

Primeiro tempo

O primeiro tempo começou em altíssimo nível, com as duas equipes imprimindo um ritmo muito forte na partida. Apesar disso, nenhuma chance de gol real foi criada. O Palmeiras, mesmo com menos posse de bola, chegava com muito mais perigo à área gaúcha e pecava apenas no último passe, sempre na base das saídas velozes e toques de primeira.

19'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Na primeira bola em que o último passe saiu, o Verdão foi às redes: depois da bola parada, a defesa do Inter rechaçou e Bruno Henrique aproveitou a sobra na direita; mesmo cercado por Nonato, conseguiu um cruzamento perfeito, na cabeça de Zé Rafael, que estava estranhamente desmarcado; o camisa 8 apenas desviou a bola e tirou de Marcelo Lomba, que não teve o que fazer.

23'
Internacional

Num raro lance de ataque dos gaúchos, Nico López arriscou de longe, pegou bem na bola, que ia na gaveta, mas Weverton estava bem colocado para dar dois passos para o lado e tocar para escanteio.

25'
Palmeiras

Dudu recebeu de Diogo Barbosa e finalizou forte; a bola desviou em Rodrigo Dourado e, amortecida, chegou fácil para Lomba.

33'
Palmeiras

Zé Rafael roubou a bola na intermediária, tabelou com Deyverson, cortou para dentro e bateu bem; Lomba fez boa defesa.

42'
Palmeiras

Bruno Henrique bateu falta na barreira; Dudu tentou emendar o rebote de sem-pulo e pegou em cheio na bola, mas não conseguiu dar direção – ela saiu à esquerda do gol do Inter.

48'
Palmeiras

Dudu cruzou da direita; Gómez só raspou de cabeça e Luan conseguiu testar com firmeza, mas bem na direção de Marcelo Lomba, que agarrou firme.

Wilton Pereira Sampaio, que conforme o esperado fez uma péssima arbitragem, terminou o primeiro tempo logo depois deste lance.


Segundo tempo

5'
Palmeiras

Diogo Barbosa puxou o contra-ataque e acionou Deyverson, que deu um passe de primeira, do jeito que dava, para a chegada de Zé Rafael, que finalizou de dentro da área, para mais uma defesa de Marcelo Lomba.

7'
Palmeiras

Após jogada com Lucas Lima pela direita, Dudu recolheu, puxou para dentro e bateu de esquerda, com curva, buscando o ângulo direito de Marcelo Lomba, mas a bola saiu com perigo.

10'
Palmeiras

Mais um bom contra-ataque do Verdão, após bola roubada no meio por Lucas Lima; a bola passou por Deyverson e Bruno Henrique até chegar em Dudu, que se precipitou na tentativa de finalização, batendo mal, para fora.

17'
Palmeiras

Ótima bola enfiada por Bruno Henrique na área, buscando Zé Rafael; Rodrigo Moledo cortou parcialmente e Diogo Barbosa emendou de esquerda – um canhão, mas a bola saiu por cima.

22'
Internacional

O Inter ameaçou pela primeira vez no segundo tempo: bola cruzada da esquerda, Guerrero escorou para trás e Nico López chegou batendo, mas não pegou com força e Weverton defendeu firme.

24'
Palmeiras

Num contra-ataque fulminante, o Palmeiras tinha três contra um, mas Deyverson errou completamente o passe para Dudu e desperdiçou uma chance de ouro.

24'
Internacional

O Inter respondeu rápido e Uendel foi lançado na esquerda; do bico da área ele tentou surpreender Weverton, mas chutou para fora.

25'

Felipão mexeu pela primeira vez, trocando Lucas Lima por Raphael Veiga.

26'
Internacional

Nico López tentou mais um chute de fora, mas não pegou bem na bola e isolou.

32'

Felipe Melo pediu substituição. Pouco depois, Rafael Sóbis tentou envolvê-lo numa confusão, aproveitando que o camisa 30 estava amarelado. Felipe Melo felizmente não embarcou, e quem acabou levando o cartão foi Sóbis. Thiago Santos entrou no lugar do pitbull.

35'
Palmeiras

Belíssima jogada de ataque, coordenada por Zé Rafael; a bola passou por Deyverson e chegou em Bruno Henrique, que finalizou de dentro da área, mas Bruno se atirou na bola e evitou o perigo para o gol de Lomba.

Nos minutos finais o Palmeiras não jogou como se estivesse precisando de mais um gol para ter mais tranquilidade no jogo da volta. Comportou-se como se fosse jogo valendo três pontos, satisfeito com a contagem mínima. O Inter é quem tinha motivos para gostar do placar, e passou a se preocupar só com a defesa.

44'
Palmeiras

Zé Rafael bateu falta d direita, mal, para fora. Foi seu último lance em campo e ele deu lugar a Willian, após quase oito meses da séria lesão no joelho. O camisa 29 foi extremamente festejado pela torcida no Allianz Parque, numa demonstração de muito carinho.

49'

Não deu muito tempo de Willian participar do jogo, que foi encerrado pela arbitragem aos 49 minutos.





Fim de jogo

O jogo foi muito agradável, o Verdão foi muito melhor, mas não transformou essa superioridade num placar confortável para o jogo de volta. O que aumenta o desconforto é saber que o time teve a chance de forçar mais no final do jogo mas preferiu seguir com o plano normal de jogo, como se não fosse um mata-mata.

Com um elenco mais forte e um plano tático muito sólido, o Palmeiras segue como favorito à vaga nas semifinais, mas o Inter não está morto. Uma derrota por um gol não estava nem um pouco fora dos planos do time gaúcho. A partida de volta, na semana que vem, será duríssima.

O Palmeiras inicia a rotina de virar e desvirar a chavinha. No sábado, volta o Brasileirão e já temos um clássico, no Morumbi. 2019 começou a pegar fogo e o Verdão precisa muito de nosso apoio. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

36.443

R$ 2.414.083,15

Wilton Pereira Sampaio

Palmeiras

GOL
Weverton
LAD
Marcos Rocha
ZAG
Luan
ZAE
Gustavo Gómez
LAE
Diogo Barbosa
VOL
Felipe Melo
VOL
Thiago Santos
VOL
Bruno Henrique
MEI
Dudu
MEI
Lucas Lima
MEI
Raphael Veiga
MEI
Zé Rafael
MEI
Willian
ATA
Deyverson
TÉCNICO
Luiz Felipe Scolari

Internacional

GOL
Marcelo Lomba
LAD
Bruno
ZAG
Rodrigo Moledo
ZAE
Victor Cuesta
LAE
Uendel
VOL
Rodrigo Dourado
VOL
Edenílson
MEI
Nico López
MEI
Rafael Sóbis
MEI
Patrick
MEI
Nonato
MEI
D'Alessandro
ATA
Guerrero
ATA
Guilherme Parede
TÉCNICO
Odair Hellmann

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Seguro e bem colocado, só falhou numa reposição de bola perigosa.
7.5
Marcos Rocha
Discretíssimo, preso, pouco ameaçou o reserva Uendel.
6
Luan
Mostrou força e inteligência. Cada vez mais entrosado com Gómez.
7.5
Gustavo Gómez
Partida corretíssima, jogou mata-mata como se deve.
7.5
Diogo Barbosa
Excelente participação, tanto na defesa quanto nos velozes contra-ataques.
8
Felipe Melo
Quase se perdeu no excesso de vibração no primeiro tempo, o que lhe custou um amarelo. Foi sua única falha na partida. Foi brilhante na disputa pelo meio-campo, engoliu Patrick.
7.5
Thiago Santos
Apenas deu sequência ao trabalho de Felipe Melo, com competência.
6
Bruno Henrique
Mostrou muita chegada ao ataque, com qualidade, tanto para finalizar, quanto para servir - e Zé Rafael agradeceu.
7.5
Dudu
Abusou das jogadas de efeito, muitas delas desnecessárias. Mesmo com menos objetividade, foi muito perigoso para Lomba.
7
Lucas Lima
Como sempre, numa rotação um pouco abaixo dos demais. O esquema não lhe favorece.
6.5
Raphael Veiga
Um ou outro arranque ao ataque, bem menos do que poderia.
6
Zé Rafael
Além de ter sido um dos articuladores mais ativos, decidiu o placar aproveitando a liberdade dentro da área - e o cruzamento perfeito de Bruno Henrique.
8.5
Willian
Certamente não vai se esquecer da manifestação da torcida em sua entrada no campo.
s/n
Deyverson
Atrapalhado, desengonçado, em modo lacraia, não acompanhou o raciocínio dos companheiros e matou vários ataques.
5
Luiz Felipe Scolari
Luiz Felipe Scolari
Abriu mão de forçar o time em busca de um placar mais dilatado. Confia demais no elenco e na vantagem mínima. Scolarismo puro.
6