1
X
3

Pré-Jogo

Pré-jogo Palmeiras x Coritiba

No início da noite desta quarta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras recebe o Coritiba no Allianz Parque, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No primeiro dos 24 jogos de preparação para a temporada 2021, Vanderlei Luxemburgo tenta provar que pode ser o técnico para comandar o Verdão no ano que vem. O foco este ano é terminar no G6 para garantir uma vaga na Libertadores.

Palmeiras

PalmeirasDESFALQUES
Lesionados:
Luan Silva e Luan
Suspensos: ninguém
Convocados: Weverton, Gustavo Gómez, Viña e Gabriel Menino

Pendurados: Ramires, Wesley, Felipe Melo e Danilo

Ainda com muitos desfalques, o Verdão tenta fazer uma operação especial para poder contar com Gabriel Menino e Weverton, que jogariam pela seleção da CBF no Peru 21 horas antes da partida contra o Coritiba.

A lesão de Luan no último sábado obriga Luxa a lançar mão de Emerson Santos – a não ser que o zagueiro esteja tão queimado que o treinador prefira recorrer ao garoto Renan.

No meio, Luxa pode escalar Danilo no lugar de Ramires. No setor ofensivo, só Wesley e Luiz Adriano parecem ter lugar certo; as outras duas vagas estão em aberto e cinco jogadores brigam por elas: Gustavo Scarpa, Zé Rafael, Lucas Lima, Willian e Raphael Veiga.

Um possível time para o jogo desta noite é Weverton (Jailson); Marcos Rocha, Felipe Melo, Emerson Santos (Renan) e Esteves; Patrick de Paula e Gabriel Menino (Danilo ou Ramires); Zé Rafael, Lucas Lima e Wesley; Luiz Adriano.

Coritiba

Coritiba

No Coritiba, o técnico Jorginho também tem muitos problemas, a maioria no setor defensivo. O volante Nathan Silva está suspenso e Matheus Sales, que é nosso, não pode jogar por cláusula contratual.

Jonathan e Rodolfo Filemon não foram relacionados e especula-se que tenham contraído a Covid-19. O zagueiro Rhodolfo segue no DM.

Assim, remendando o time aqui e ali, Jorginho pode mandar a campo a seguinte formação: Wilson; Natanael, Ramón Martínez (Henrique Vermudt), Sabino e William Matheus; Hugo Moura e Matheus Galdezani; Gabriel, Giovanni Augusto e Robson; Ricardo Oliveira.

Números

  • Em 59 confrontos, o Palmeiras ganhou 23, empatou 17 e permitiu 19 vitórias do Coritiba;
  • Como mandante, o Palmeiras venceu 17 jogos, empatou seis e perdeu outras seis;
  • Em 43 partidas válidas por campeonatos brasileiros, temos uma pequena vantagem: 16 vitórias contra 15, mais 12 empates;
  • Foram apenas duas partidas no Allianz Parque, com uma vitória para cada lado.

No calendário

O Palmeiras já disputou 14 jogos no dia 14 de outubro e venceu nove vezes. Veja a lista completa clicando neste link.

Lei do Ex

Do lado de cá: Zé Rafael e Raphael Veiga
Do lado de lá:
William Matheus

Arbitragem

Jefferson Ferreira de MoraesÁrbitro Principal:
Jefferson Ferreira de Moraes

Caio Max Augusto VieiraVAR:
Caio Max Augusto Vieira

Projeção de pontos

De acordo com a projeção de pontos feita antes do início do campeonato, estamos praticamente fora da disputa. Vamos treinar para o ano que vem e foco no G6!

Parpite

Vai empatar: zero a zero.

Transmissão

TNTTNT

EI

PFCPFC

Pós-Jogo

Palmeiras 1x3 CoritibaCesar Greco/Ag.Palmeiras

Num jogo para entrar para a História como um dos mais vergonhosos de todos os tempos, o Palmeiras foi derrotado pelo Coritiba por 3 a 1 e somou sua terceira derrota seguida.

Os jogadores deixaram claro que não querem a permanência de Vanderlei Luxemburgo, e fizeram isso da pior forma possível. É até compreensível o desejo por mudança. Mas a forma como se faz isso, enraizada na boleiragem brasileira, é vergonhosa.

Primeiro tempo

7'
Coritiba

Gol do Coritiba – bola cruzada da direita por baixo por Hugo Moura; ninguém cortou e Robson tocou para o gol vazio.

Os jogadores do Palmeiras não corriam, não faziam o movimento de quem quer ganhar uma bola, entravam nas disputas com o pé mole, para perder. Estava claríssimo.

14'
Palmeiras

Gabriel Veron costurou pela esquerda e rolou para a área; Zé Rafael estava de frente e pegou de primeira, livre… e recuou para o goleiro.

15'
Coritiba

Yan Sasse avançou pelo meio sem ser incomodado e sentou a perna; Weverton espalmou a escanteio.

17'
Palmeiras

Luiz Adriano abriu na direita para Marcos Rocha; o cruzamento veio por baixo e a bola passou por todo mundo na risca da pequena área.

23'
Coritiba

Gol do Coritiba – Robson recebeu na meia-lua, sem marcação, girou e colocou na gaveta direita de Weverton

32'

Ramires entrou no lugar de Zé Rafael.

33'

Esteves sentiu lesão e entrou Willian – Scarpa veio para a lateral esquerda.

35'
Coritiba

Rodrigo Muniz recebeu por dentro, saiu de Felipe Melo com muita facilidade e bateu à direita de Weverton.

37'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Scarpa rolou para Patrick de Paula, que deu uma cavadinha achando Veron atrás da zaga do Coritiba; o camisa 27 tocou com tranquilidade na saída de Wilson.

40'
Palmeiras

Gabriel Veron cruzou da esquerda no segundo pau buscando Ramires, mas Wilson foi no terceiro andar para tirar o gol do camisa 18.

41'
Palmeiras

Patrick de Paula experimentou de fora, mas mandou à direita de Wilson.

47'
Coritiba

Yan Sasse tocou para Robson dentro da área, entre Marcos Rocha e Felipe Melo o atacante dominou cara a cara com Weverton, que cresceu e fez a defesa.

50'
Palmeiras

Patrick de Paula sofreu falta frontal de média distância. Gustavo Scarpa bateu, a bola desviou na barreira e saiu. O juiz encerrou o primeiro tempo antes que o escanteio fosse cobrado.


Segundo tempo

Rony entrou no lugar de Marcos Rocha; Danilo no de Patrick de Paula. Gabriel Menino foi para a lateral direita.

1'
Palmeiras

Gabriel Veron cruzou da esquerda no segundo pau; Rony tentou testar mas não pegou bem na bola.

8'
Coritiba

Robson bateu falta da meia esquerda; Weverton catou firme.

15'
Palmeiras

Rony fez a jogada de ponteiro direito e tentou cruzar duas vezes; na segunda achou Veron na marca do pênalti, mas a testada saiu torta.

16'
Coritiba

Matheus Galdezani, com muito espaço, arriscou o chute frontal, mas Weverton encaixou, bem colocado.

19'
Coritiba

Gol do Coritiba – Hugo Souza foi acionado pela esquerda e cruzou no meio da área; Giovanni Augusto ganhou de Gustavo Scarpa e escorou para o gol. Mais um gol de churrasco.

21'
Palmeiras

Após escanteio, a zaga rechaçou; Danilo pegou a sobra e emendou forte, mas sem direção.

22'
Coritiba

Robson foi lançado em profundidade, fez o breque e humilhou Felipe Melo, mas na hora de bater não pegou bem e deu na mão de Weverton.

26'
Palmeiras

GOLAÇO DO PALMEIRAS, mas anulado. Willian comandou a tabela – tocou para Luiz Adriano, recebeu de volta tocou para Gabriel Veron, que fez o gol, mas estava um pouquinho à frente da linha da bola.

30'
Palmeiras

Gustavo Scarpa cruzou da esquerda e mais uma vez Gabriel Veron testou da marca do pênalti – e mais uma vez escorou mal, facilitando para Wilson.

35'

Raphael Veiga entrou no lugar de Luiz Adriano.

39'
Palmeiras

A zaga do Coritiba rebateu mal e Gustavo Scarpa pegou a sobra pra bater forte; a bola saiu beijando a rede e deu a impressão de gol.

40'
Palmeiras

Gustavo Scarpa levantou no segundo pau; Rony fechou bem e mergulhou para testar firme, mas Wilson fechou bem o ângulo e salvou o Coritiba.

48'
Palmeiras

Bola na área do Coritiba; Rony tentou emendar de esquerda mas mandou por cima do gol.

50'

Fim do jogo aos 50 do segundo tempo.





Fim de jogo

Até o segundo gol do Coritiba, nosso time foi um catado jogando churrasco. Alguns jogando sério, mas pelo menos meia dúzia correndo para não chegar, dividindo para perder, forçando cartões de forma escancarada e até finalizando de forma displicente.

Com 2 a 0 no placar, o Coritiba acabou contaminado pelo clima de churrasco da partida – e nosso gol saiu exatamente numa jogada de churrasco. Não se vê um gol como o que Veron marcou no futebol profissional.

A aproximação no placar despertou a vontade de ganhar nos atletas. Todos os jogadores acabaram contagiados e voltamos a ter uma partida profissional. O gráfico do SofaScore acima deixa isso claríssimo.

Mas o Palmeiras pagou o preço da bagunça que o time virou. Substituições forçadas e elenco reduzido fizeram com que o time tivesse como laterais Menino e Scarpa, e como meia organizador, Ramires. Não vai ganhar de ninguém assim. Ao contrário, acabou foi levando o terceiro, em mais um gol de churrasco.

O Palmeiras chegou até a fazer um golaço, diminuindo a desvantagem para 3 a 2, mas o impedimento por dois dedinhos de Gabriel Veron matou a jogada mais bonita da partida, conduzida por Willian, um atleta para ser admirado por várias gerações de palmeirenses.

Vanderlei Luxemburgo não tem a menor condição de seguir no comando do Palmeiras. Infelizmente é assim que a banda toca. Esse expediente largamente usado pelos atletas no país é mais uma face da educação de nosso povo. É altamente reprovável, claro. Mas nem todos os jogadores são Willians e ainda estamos muito longe disso.

Já vivemos crises  piores. Sairemos dessa, só não sabemos quando. Pode ser já; pode levar anos. Isso é ser palmeirense: na boa e na ruim. Seguimos torcendo, cheios de aflição.

Luxa ainda não caiu oficialmente, mas vai cair. Que venha o próximo e VAMOS PALMEIRAS!

 

Ficha Técnica

Coritiba

Wilson
Natanael
Henrique Vermudt
Ramón Martínez
Sabino
William Matheus
Hugo Moura
Matheus Galdezani
Matheus Bueno
Yan Sasse
Gabriel
Giovanni Augusto
Robson
Matheus Oliveira
Rodrigo Muniz
Neílton
Jorginho Amorim
TÉCNICO

Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Sem culpa nos gols, ficou indignado com a derrota.
6
Marcos Rocha
Puxou o tapete.
s/n
Rony
Deu até peixinho pra tentar marcar um gol.
6
Felipe Melo
Puxou o tapete.
s/n
Renan
Não era essa a estreia com a qual ele sonhou por tantos anos.
s/n
Esteves
Será que sentiu mesmo ou deu um jeito de não participar da farsa?
s/n
Willian
É um ídolo do Palmeiras. Parabéns Willian.
7.5
Patrick de Paula
Puxou o tapete.
s/n
Danilo
Tentou jogar, mas jogou mal, muito mal.
5
Gabriel Menino
Começou destoando: deu carrinho, dividiu, gritou... sob olhares curiosos dos companheiros.
6.5
Gustavo Scarpa
Enquanto era ponta-direita, marcou a linha lateral. Quando virou lateral-esquerdo, decidiu jogar.
6
Zé Rafael
Puxou o tapete. Com força.
s/n
Ramires
Tentou jogar. Mas no caso dele, é como se não tentasse.
5
Gabriel Veron
Tava na tapetada no primeiro tempo, mas se empolgou com o gol e os velhos arranques deram o ar da graça no segundo tempo. Ficou mal com as duas turmas.
6.5
Luiz Adriano
Não dá pra saber em qual turma estava porque a bola não chegava.
6
Raphael Veiga
Esse fica sem nota porque não teve muito tempo mesmo.
s/n
Vanderlei Luxemburgo
Vanderlei Luxemburgo
Não dá para avaliar no jogo porque os jogadores não o obedeceram. Mas sua trajetória, é claro, chegou ao fim.
s/n





  • Estes jogadores que “tapetaram” vão ser difíceis de engolir no grupo de agora em diante. Ou eles saem logo, ou vão rachar mais ainda o time.

  • Bastante pertinente a avaliação do Lucas Esteves. Me fez refletir aqui e de fato a saída dele foi bem esquisita.

  • Não concordo com a avaliação do Willian e do Patrick de Paula.
    Willian é um jogador mediano, e o Patrick se contaminou. Precisamos ter cuidado com nosso garotos.

    • E desde quando o cara tem de obrigatoriamente ser craque pra ser ídolo? Willian é acima da média em futebol e em comprometimento, tanto que é um dos mais regulares do Brasil em sua função já há uns bons anos.

  • Já que vai começar tudo de novo, que a limpeza seja geral. A começar pela laranja podre FM. Pesado, chegando atrasado em todas, fazendo lançamentos pra ninguém. Pra não falar do caráter.

    • Concordo em gênero, número e grau. Por mim nem teria o contratado. Piorou com a invenção do Luxa de colocar como zagueiro. Tchau!

  • Por mim, todos os puxadores de tapete no mínimo deveriam ser negociados. Sem exceção. A má administração e as panelas levaram o Cruzeiro pra onde está hoje. E vencemos 2016 porque tinha comando e respaldo pra um treinador chegar jogando as laranjas podres fora. Hoje, não temos o respaldo, nem treinador e tampouco diretoria. Presidente covarde. Um banana com selo Tirone de qualidade.

  • Jogo difícil de assistir, um pouco pior que contra o SPFC e Botafogo.

    Nesse jogo ficou evidente que tem uma rapaziada que não honra a camisa do clube, nosso problema não é o técnico e sim o presidente. Esse sim tem que sair e nunca mais pisar nas dependências do Palmeiras.

    São três derrotas seguidas e o sonho do de décimo primero título se foi. Fora as três derrotas, o Palmeiras tem mais empates do que vitórias no BR até aqui.

    Em tempo, o que esperar de jogadores que derrubam técnico?

  • Aproveito o momento corneta pra falar uma coisa que me incomoda há tempos, ainda mais agora, prestando atenção no gramado da arena da baixada. A qualidade do serviço feito na instalação de nosso gramado é horrível. Da pra ver as emendas e as faixas não são alinhadas com as linhas de demarcação do campo, serviço amador aceito pelos nossos dirigentes.
    Que venha um bom técnico e que a gente surpreenda ainda esse ano.

  • Seria absurdo esperar que a diretoria faça uma ligação para o Lucescu, ex-treinador do Shakhtar Donetsk? Treinou 200 brasileiros lá, sabe falar português, conseguiu grandes resultados com um time marginalizado na Europa.

    Acho que todo mundo tá cansado de Dorival e Abelão. Luiz Adriano deve ter o whats dele…

  • Vai esperar ser desclassificado da copa do Brasil e Libertadores pra demitir o Luxa. Que presidente banana eh esse???? Já deu. Arruma logo outro nome pra salvar o time e o ano.

  • Que partida ridícula! Jogadores desinteressados e técnico perdido, só gritando ao lado do campo. Em número de pontos, conseguimos ficar mais perto do Z4 do que dos líderes. Pra mim, o Brasileiro já era…

  • As diferentes escalações e as substituições só mostram que o Luxemburgo está mais perdido que bolinha de gude em mesa de sinuca. Não tem um propósito de jogo, não tem coesão, não conhece o elenco. Ele parece fazer mudanças na base do “tira esse e põe aquele pra ver no que vai dar”.

    Foi um dos melhores treinadores que eu já vi no mundo da bola, mas hj está mais interessado em defender suas ideias do que o seu trabalho.

    A declaração infeliz depois do jogo contra o Botafogo, foi só mais um empurrãozinho para o fim da ultima passagem (espero eu!) dele pelo Palmeiras.

  • É sempre deprimente, para qualquer time, quando a situação chega em um ponto em que os jogadores decidem parar e derrubar o técnico. Nem é com sacanagem, é por omissão.

    Mais deprimente que isso é perceber que isso era a única saída.

  • Tudo dentro dos “conformes”. Ou alguém aqui acha que depois das últimas declarações (e do péssimo trabalho) do Luxa, alguém iria se matar por ele?

    Só lamento porque a instituição (que é infinitamente maior que esse catado) e a torcida não mereciam nada disso.

  • Põe o time num 4-1-4-1 de merda. Toda hora muda o esquema tático. 4-4-2, 4-3-3 e agora isso… Igual ao jogo do São Paulo. O time está perdidinho em campo mais uma vez. Se esse Luxemburgo não cair hoje, independente do resultado, não sei o que mais será preciso… O ataque óbvio do Palmeiras é num 4-3-3 com Wiliam, LA e Wesley. É o que a gente tem de melhor. Meio com 3 jogadores. PP, Menino e Veiga. Qual a dificuldade pô??? Mandou o Veiga pra banco de novo… O cara que fez as melhores partidas como meia nesse time.

  • Cachorro morto é lento demais pqp e tá parecendo uma barata tonta. Não sabe o que faz. Tá na hora de aposentar

  • Felipe Melo totalmente perdido… Todos os lances na conta dele. Que tristeza de jogo! Esse primeiro tempo me lembrou de algumas goleadas que sofremos nesse século: Mirassol e o próprio Coritiba… Tomara q no segundo tempo as coisas mudem pq se continuar essa bagunça defensiva tomaremos outra dessas goleadas históricas.

  • Demissão de Luxemburgo é apenas uma questão de tempo. Se não for agora após nossa vitória, será logo ali…

  • “Loucura é continuar fazendo a mesma coisa e esperar resultados diferentes”.
    Frase erroneamente atribuída à Alberta Einstein, mas que cabe como uma luva no atual momento do nosso Palmeiras.

  • Já que o ano está praticamente perdido (literalmente), eu já colocaria outro técnico agora, para ele ir preparando o time de 2021.

  • Negociar um jogador como o Bruno Henrique, que além de termos outras opções no elenco, está claramente desmotivado e´uma coisa .
    Agora você liberar um Zagueiro como o VH, que também nunca foi um Alfredo Mostarda, mas seria muito útil até o final da temporada, por uma merreca, é bastante preocupante.
    Tínhamos um lado esquerdo muito bom com GG e VH como opção, mas nestes 2 últimos jogos e hoje contra o coxa não temos ninguém. Esta situação se repetirá por muitos jogos até o final do Brasileiro.
    Vão trazer alguém que seja um bom reserva do GG ???? Duvido .
    Serão meses com jogos toda quarta e domingo, esta diretoria está brincando com coisa muito séria, todo mundo que conhece um pouco de Palmeiras sabe o que pode acontecer com resultados ruins seguidos.

  • Enquanto o Luxa for o treinador, não tenho esperança de nada. TODO MUNDO sabe que isso não ia dar certo, não esta dando certo, e não temos futuro com ele. Só o infeliz do presidente não vê isso. Que tristeza.

  • “Vanderlei Luxemburgo tenta provar que pode ser o técnico para comandar o Verdão no ano que vem…”

    Pelo amor de Deus não! Já provou que não deveria nem ter voltado esse ano!
    No mais, no aguardo de mais um empate num jogo horroroso, como tem sido ultimamente!

  • Na minha opinião deveria colocar o Wesley de Carvalho até dezembro e aguardar para ver o que vai acontecer. Renato Gaúcho não está muito bem no Grêmio. Ou quem sabe o Cuca de volta. Só que tem que haver uma faxina no elenco. Principalmente em seus desafetos. Um time que empata com os juniores dos urubus, perde para o Botafogo e principalmente para os bambis dá esperança de que? O pior é quem está no comando do clube.

    • Exatamente. Cuca era o técnico certo pro palmeiras. Ganhou em 2016, é palmeirense e vem fazendo um grande trabalho no Prantos. E o melhor é que o Cuca voltando o traste do FM vai embora.

    • O Cuca? De jeito nenhum. Ganhou, foi embora, voltou e não repetiu o sucesso de 2016. Renato Gaúcho foram 2 anos só, 2016 e 2017. Não gosto dele porque o considero arrogante demais. Quem eu traria então? Não sei.

      • Voltou e não repetiu por culpa do morto do Felipe Melo que o sabotou e a diretoria preferiu ficar com ele. Veja o histórico do Cuca e o trabalho mais recente dele no Santos. Eu traria ele ou algum argentino: Heinze, Gareca.

  • É mto cedo pra desistir do campeonato, tá mto embolado… 3 vitórias consecutivas aí já jogam qlqr um lá pra cima. Claro q não é fácil conseguir essas 3 vitórias, ainda mais com o Luxa, mas… vamos lá!

  • Ainda bem que o Matheus Sales ainda é nosso e não vai colocar o Lucas Lima no bolso de novo.

    E vou entrar no coro da confraria: jogo de hoje vai mostrar se o time tá fechado com o Luxemburgo ou não. E se não tiver, melhor a diretoria não enrolar e agir enquanto é tempo.

  • Jogo chave para sabermos se os jogadores querem ou não luxa para o próximo ano. Depois daquela coletiva desastrosa.

  • Vamos jogar bem e ganhar. O campeonato é longo e muita coisa pode acontecer. Ainda é cedo para entregar os pontos. 4×0 com 3 do Luiz Adriano.

  • A postura dos jogadores nesse jogo vai demonstrar se eles estão fechados com o Luxa ou não. Expectativa (minha) de um jogo muito ruim (mais um), aí vai ser a deixa pra eu cancelar o Premiére, pelo menos economizo e não me irrito com esse catado.