6
X
0

Depois de um início em que o Palmeiras teve problemas em transformar o domínio em chances concretas, tudo ficou mais fácil após a expulsão de Quintero. Viña e Menino se mandaram de uma vez; os dois Danilos avançaram, e foi praticamente um jogo de ataque contra defesa.

Com a bola rondando a área peruana o tempo todo, os gols podiam ter saído bem antes dos 40 minutos. A bola finalmente balançou as redes de Carvallo numa jogada dos dois alas, e com a porteira aberta, o emocional dos visitantes desmoronou.

No segundo tempo o Palmeiras marcou cinco, valeram só quatro; e podia ter sido muito mais. O espaço que nossos avantes encontraram, mesmo contra uma linha de cinco defensores, era incrível, com passes forçados no meio dos zagueiros sempre encontrando um atacante com chances de dominar, girar e concluir.

A despeito da fraquíssima partida do adversário, o placar precisa ser respeitado. Nossos jogadores responderam a um momento delicado, de muita pressão, e devolveram a confiança ao grupo às vésperas de um jogo já crucial na disputa do Brasileirão, que começa no domingo.

Que nossa torcida consiga virar a página do estadual de uma vez, dê um tempo nas desconfianças e volte a jogar ao lado do Verdão.  Todo o incentivo é fundamental para domingo, num jogo de seis pontos. O elenco fez por merecer. VAMOS PALMEIRAS!

Ficha Técnica

0

R$ 0,00

Cristian Garay

Escalação

Universitário

Carvallo
Corzo
Rugel
Alonso
Velarde
Quina
Valverde
Alfageme
Murrugara
Guarderas
Zevallos
Quintero
Valera
Gutiérrez
Ángel Comizzo
TÉCNICO


Primeiro tempo

1'
Palmeiras

Com menos de um minuto de bola rolando, Zé Rafael já arriscou o primeiro chute de fora para experimentar o goleiro Carvallo, que foi no rodapé direito para fazer a defesa.

7'
Palmeiras

Carvallo calculou mal a saída do gol pela lateral e disputou a bola fora da área; a bola sobrou pra Zé Rafael que ligou com Gustavo Scarpa, que recebeu pela meia esquerda e arriscou a batida – forte, mas muito alta.

17'

Quintero foi lançado em velocidade; Weverton saiu da área para se antecipar e foi atingido no rosto pelo panamenho, que recebeu cartão vermelho.

Depois da expulsão, Danilo Barbosa avançou e virou praticamente um volante; os dois laterais foram totalmente liberados e o Palmeiras passou a jogar numa espécie de 2-4-2-2.

27'
Palmeiras

Zé Rafael enfiou no comando; a zaga rebateu e Danilo pegou a sobra, abriu para Willian que bateu cruzado – Carvallo foi no canto e pegou firme.

29'
Palmeiras

Gabriel Menino fez a jogada pela direita e cruzou por baixo; Alonso se antecipou a Willian, que estava pronto para marcar, e cortou – a bola ainda bateu no camisa 29 e saiu em tiro de meta.

36'
Palmeiras

Mais uma vez o Palmeiras troca passes na frente da área adversária e Gustavo Scarpa arrematou da meia direita, por cima do gol.

37'
Palmeiras

Gustavo Scarpa foi lançado dentro da área; cortou para dentro e iludiu o goleiro na hora do arremate – Carvallo pulou no canto direito e Scarpa rolou no canto esquerdo, mas a bola beijou o pé da trave.

40'
Palmeiras

Mais um chute sem perigo – desta vez; Wesley arriscou de longe e Carvallo defendeu sem nenhum problema.

41'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gabriel Menino cruzou da direita; a bola desviou levemente em Alonso e ficou na medida para Viña escorar de pé direito para as redes de Carvallo.

44'
Palmeiras

Depois do escanteio da direita, a bola atravessou a área e chegou em Willian, que bateu cruzado, forte – a bola ainda triscou no bico da chuteira de Danilo Barbosa e saiu a um palmo da trave direita de Carvallo.

45'
Palmeiras

Wesley recebeu no bico da área, balançou o corpo e tentou o chute de curva, mas abola saiu à esquerda do gol.

46'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gustavo Scarpa tentou a tabela com Zé Rafael; no corte da zaga a bola se ofereceu para o próprio Zé Rafael, que girou rápido e colocou no canto esquerdo de Carvallo.


Segundo tempo

O Palmeiras voltou sem alterações para o segundo tempo.

5'
Palmeiras

Wesley atacou pela esquerda e rolou para a entrada de Viña; o uruguaio tentou o chute cruzado a zaga fez o corte parcial e sobrou para Wesley, que aproveitou e bateu no canto do goleiro. A arbitragem, erradamente, marcou impedimento. O corte do zagueiro, claramente, foi um segundo lance e não um desvio.

9'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Após cruzamento da direita, o goleiro Carvallo saiu mal e Viña pegou a sobra e bateu sem goleiro; Valverde salvou em cima da risca e a zaga tirou da área; Gustavo Gómez pegou a sobra na meia lua, ajeitou e bateu forte para o fundo das redes.

15'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gabriel Menino enfiou na direita para Gustavo Scarpa, que deu uma bela finta de corpo e bateu forte, por baixo, para a pequena área; o goleiro rebateu mal, a bola pulou na canela de Corzo e se ofereceu para Willian, que só tocou para o gol vazio.

18'
Palmeiras

Willian cruzou da direita, no segundo pau; Wesley testou no chão e a bola saiu à direita, por pouco.

20'
Palmeiras

Gabriel Menino serviu a Wesley na meia-lua; o camisa 11 girou e tocou para Gustavo Scarpa, que tirou o zagueiro e bateu por baixo – Rugel se atirou e evitou o quinto gol.

25'
Palmeiras

Gabriel Menino bateu falta da esquerda; Viña cabeceou e Carvallo fez uma enorme defesa no canto esquerdo; no rebote Willian tentou mas foi travado.

30'

Luan, Rony e Luiz Adriano foram para o jogo; saíram Gustavo Gómez, Alan Empereur e Willian.

31'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Viña cruzou da esquerda, Gabriel Menino testou no segundo pau e Rony apareceu na pequena área para fazer de peixinho o quinto do Palmeiras.

36'

Veiga e Patrick de Paula entraram nos lugares de Wesley e Danilo.

 

40'
Palmeiras

Raphael Veiga enfiou no facão para Rony, que tirou do goleiro e finalizou com pouco ângulo – a bola ia entrando de mansinho mas a zaga chegou para salvar em cima da risca.

44'
Palmeiras

Gabriel Menino cruzou da direita e Rony testou com liberdade, com toda a pose. Carvallo pegou bem no canto direito.

45'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Velarde se atrapalhou, recuou mal na pressão de Patrick de Paula e Rony se antecipou para fuzilar Carvallo.



Notas


Jogador
Descrição
Nota
Weverton
Não precisou defender nada, mas leva 7 pela coragem em meter a cara numa dividida daquelas!
7
Danilo Barbosa
Zagueirou no começo, depois avançou um pouco, mas não participou muito do jogo.
6.5
Gustavo Gómez
Outro que não teve nenhum trabalho na defesa, mas deixou o seu lá na frente.
7
Luan
Bateu cartão.
6.5
Alan Empereur
Jogo ideal para recuperar ritmo.
6.5
Rony
Em 20 minutos, fez dois gols e perdeu outros dois. Parece que tem pacto.
8
Gabriel Menino
Partidaço, mostrando que a parte física podia realmente estar sendo um problema.
8.5
Danilo
Suas duas principais funções são proteger a zaga e ajudar na saída de bola: não precisou fazer nada disso.
7.5
Patrick de Paula
Quase não deu tempo de jogar, mas mesmo assim ainda participou de um lance de gol.
s/n
Zé Rafael
Reagindo, mostrando que pode ser útil. Tem uns no banco que nem isso podem dizer.
7.5
Gustavo Scarpa
Segue jogando muito, decisivo. Valeu a pena insistir.
8
Viña
Tem sempre que ser a primeira opção. Só pode ficar de fora se o jogo for muito secundário.
9
Willian
Jogo no padrão Willian de 2018; sempre perigoso, chato, decisivo e deixando o seu.
8
Luiz Adriano
Pouco tempo em campo.
s/n
Wesley
Vai voltando à boa fase pré-lesão; chegou a guardar o seu, injustamente anulado.
8.5
Raphael Veiga
Mesmo com pouco tempo em campo, conseguiu articular jogadas importantes.
7
Abel Ferreira
Abel Ferreira
Escolha de escalação correta; mesmo podendo mandar o time principal a campo, guardou o elenco para o jogo de seis pontos de domingo; mandou a campo atletas cheios de vontade de ganhar espaço e que não traziam o peso da derrota no estadual. Deu muito certo.
7




  • O Palmeiras vai ganhar do Flamidia pra mostrar quem eh que manda e que já superou o vice.
    Vamos ganhar a Liberta e BR esse ano. Anota ai.

    • Podemos ser campeões de tudo, com o mais belo futebol jogado, durante 100 anos que continuaremos a dar vexame.

  • O drible de corpo do Scarpa no quarto gol foi coisa de cinema.

    O time peruano vai precisar de um quiropraxista para consertar a coluna do marcador.

  • Eu queria entender, a nossa torcida tem desconfiança do que, de quem ?

    Com um elenco equilibrado, sem nenhum jogador diferente no elenco, campeão da Libertadores e Copa do Brasil, a torcida está desconfiada do que, de quem ?

    • Esses que insistem que está tudo errado tem desconfiança, sim! De si próprios!

      Vão continuar com a cantilena, pois assim, esculhambando jogadores e comissão técnica ficam com a ilusão de estar resolvendo suas frustrações. Não irão, é claro.

  • gostaria apenas de destacar o fato de que um time não se faz de 11 jogadores. tem muita gente, como o Rony por exemplo, que se dependesse de uns e outros já teria saído do Palestra a muito tempo. nós precisamos do elenco todo pois nem sempre todos vão estar bem, seja fisicamente seja tecnicamente seja mentalmente. ficar decretando que fulano não presta, beltrano é ruim, é um tiro no pé. precisamos de todos. daqui a pouco tem Copa America, depois abre a janela internacional e vai ser um Deus nos acuda. acho que falta inteligencia em algumas criticas feitas no calor do momento. são humanos, não maquinas, e toda maquina quebra, imagina a inconstância humana.

  • 3 x 0 – Patrick, Rony e Viña

    para um público, zero pagantes.

    Acertei o 5×0 da final de 2008 e no desempate por público, ganhei a camisa, q não levei, do Parmerista. Não lembro se já era Verdazzo. Tive problemas após o contato com Conrado e não busquei-a.