6
X
0

Palmeiras 6x0 Universitário no Allianz ParqueCesar Greco

O Palmeiras goleou o Universitário por 6 a 0 no Allianz Parque e garantiu o segundo lugar geral da fase de grupos da Libertadores da América 2021.

O placar foi atingido com muita facilidade após a expulsão do avante Quinteros, após dura dividida com Weverton. Jogando em modo ultraofensivo, com os laterais soltos, e contra uma equipe que se desmoronou mentalmente, dá para considerar que os 6 a 0 ficaram até baratos para os peruanos.

Primeiro tempo

1'
Palmeiras

Com menos de um minuto de bola rolando, Zé Rafael já arriscou o primeiro chute de fora para experimentar o goleiro Carvallo, que foi no rodapé direito para fazer a defesa.

7'
Palmeiras

Carvallo calculou mal a saída do gol pela lateral e disputou a bola fora da área; a bola sobrou pra Zé Rafael que ligou com Gustavo Scarpa, que recebeu pela meia esquerda e arriscou a batida – forte, mas muito alta.

17'

Quintero foi lançado em velocidade; Weverton saiu da área para se antecipar e foi atingido no rosto pelo panamenho, que recebeu cartão vermelho.

Depois da expulsão, Danilo Barbosa avançou e virou praticamente um volante; os dois laterais foram totalmente liberados e o Palmeiras passou a jogar numa espécie de 2-4-2-2.

27'
Palmeiras

Zé Rafael enfiou no comando; a zaga rebateu e Danilo pegou a sobra, abriu para Willian que bateu cruzado – Carvallo foi no canto e pegou firme.

29'
Palmeiras

Gabriel Menino fez a jogada pela direita e cruzou por baixo; Alonso se antecipou a Willian, que estava pronto para marcar, e cortou – a bola ainda bateu no camisa 29 e saiu em tiro de meta.

36'
Palmeiras

Mais uma vez o Palmeiras troca passes na frente da área adversária e Gustavo Scarpa arrematou da meia direita, por cima do gol.

37'
Palmeiras

Gustavo Scarpa foi lançado dentro da área; cortou para dentro e iludiu o goleiro na hora do arremate – Carvallo pulou no canto direito e Scarpa rolou no canto esquerdo, mas a bola beijou o pé da trave.

40'
Palmeiras

Mais um chute sem perigo – desta vez; Wesley arriscou de longe e Carvallo defendeu sem nenhum problema.

41'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gabriel Menino cruzou da direita; a bola desviou levemente em Alonso e ficou na medida para Viña escorar de pé direito para as redes de Carvallo.

44'
Palmeiras

Depois do escanteio da direita, a bola atravessou a área e chegou em Willian, que bateu cruzado, forte – a bola ainda triscou no bico da chuteira de Danilo Barbosa e saiu a um palmo da trave direita de Carvallo.

45'
Palmeiras

Wesley recebeu no bico da área, balançou o corpo e tentou o chute de curva, mas abola saiu à esquerda do gol.

46'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gustavo Scarpa tentou a tabela com Zé Rafael; no corte da zaga a bola se ofereceu para o próprio Zé Rafael, que girou rápido e colocou no canto esquerdo de Carvallo.


Segundo tempo

O Palmeiras voltou sem alterações para o segundo tempo.

5'
Palmeiras

Wesley atacou pela esquerda e rolou para a entrada de Viña; o uruguaio tentou o chute cruzado a zaga fez o corte parcial e sobrou para Wesley, que aproveitou e bateu no canto do goleiro. A arbitragem, erradamente, marcou impedimento. O corte do zagueiro, claramente, foi um segundo lance e não um desvio.

9'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Após cruzamento da direita, o goleiro Carvallo saiu mal e Viña pegou a sobra e bateu sem goleiro; Valverde salvou em cima da risca e a zaga tirou da área; Gustavo Gómez pegou a sobra na meia lua, ajeitou e bateu forte para o fundo das redes.

15'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Gabriel Menino enfiou na direita para Gustavo Scarpa, que deu uma bela finta de corpo e bateu forte, por baixo, para a pequena área; o goleiro rebateu mal, a bola pulou na canela de Corzo e se ofereceu para Willian, que só tocou para o gol vazio.

18'
Palmeiras

Willian cruzou da direita, no segundo pau; Wesley testou no chão e a bola saiu à direita, por pouco.

20'
Palmeiras

Gabriel Menino serviu a Wesley na meia-lua; o camisa 11 girou e tocou para Gustavo Scarpa, que tirou o zagueiro e bateu por baixo – Rugel se atirou e evitou o quinto gol.

25'
Palmeiras

Gabriel Menino bateu falta da esquerda; Viña cabeceou e Carvallo fez uma enorme defesa no canto esquerdo; no rebote Willian tentou mas foi travado.

30'

Luan, Rony e Luiz Adriano foram para o jogo; saíram Gustavo Gómez, Alan Empereur e Willian.

31'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Viña cruzou da esquerda, Gabriel Menino testou no segundo pau e Rony apareceu na pequena área para fazer de peixinho o quinto do Palmeiras.

36'

Veiga e Patrick de Paula entraram nos lugares de Wesley e Danilo.

 

40'
Palmeiras

Raphael Veiga enfiou no facão para Rony, que tirou do goleiro e finalizou com pouco ângulo – a bola ia entrando de mansinho mas a zaga chegou para salvar em cima da risca.

44'
Palmeiras

Gabriel Menino cruzou da direita e Rony testou com liberdade, com toda a pose. Carvallo pegou bem no canto direito.

45'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Velarde se atrapalhou, recuou mal na pressão de Patrick de Paula e Rony se antecipou para fuzilar Carvallo.



Ficha Técnica

0

R$ 0,00

Cristian Garay

Universitário

Carvallo
Corzo
Rugel
Alonso
Velarde
Quina
Valverde
Alfageme
Murrugara
Guarderas
Zevallos
Quintero
Valera
Gutiérrez
Ángel Comizzo
TÉCNICO


Fim de jogo

Depois de um início em que o Palmeiras teve problemas em transformar o domínio em chances concretas, tudo ficou mais fácil após a expulsão de Quintero. Viña e Menino se mandaram de uma vez; os dois Danilos avançaram, e foi praticamente um jogo de ataque contra defesa.

Com a bola rondando a área peruana o tempo todo, os gols podiam ter saído bem antes dos 40 minutos. A bola finalmente balançou as redes de Carvallo numa jogada dos dois alas, e com a porteira aberta, o emocional dos visitantes desmoronou.

No segundo tempo o Palmeiras marcou cinco, valeram só quatro; e podia ter sido muito mais. O espaço que nossos avantes encontraram, mesmo contra uma linha de cinco defensores, era incrível, com passes forçados no meio dos zagueiros sempre encontrando um atacante com chances de dominar, girar e concluir.

A despeito da fraquíssima partida do adversário, o placar precisa ser respeitado. Nossos jogadores responderam a um momento delicado, de muita pressão, e devolveram a confiança ao grupo às vésperas de um jogo já crucial na disputa do Brasileirão, que começa no domingo.

Que nossa torcida consiga virar a página do estadual de uma vez, dê um tempo nas desconfianças e volte a jogar ao lado do Verdão.  Todo o incentivo é fundamental para domingo, num jogo de seis pontos. O elenco fez por merecer. VAMOS PALMEIRAS!





  • O Palmeiras vai ganhar do Flamidia pra mostrar quem eh que manda e que já superou o vice.
    Vamos ganhar a Liberta e BR esse ano. Anota ai.

    • Podemos ser campeões de tudo, com o mais belo futebol jogado, durante 100 anos que continuaremos a dar vexame.

  • O drible de corpo do Scarpa no quarto gol foi coisa de cinema.

    O time peruano vai precisar de um quiropraxista para consertar a coluna do marcador.

  • Eu queria entender, a nossa torcida tem desconfiança do que, de quem ?

    Com um elenco equilibrado, sem nenhum jogador diferente no elenco, campeão da Libertadores e Copa do Brasil, a torcida está desconfiada do que, de quem ?

    • Esses que insistem que está tudo errado tem desconfiança, sim! De si próprios!

      Vão continuar com a cantilena, pois assim, esculhambando jogadores e comissão técnica ficam com a ilusão de estar resolvendo suas frustrações. Não irão, é claro.

  • gostaria apenas de destacar o fato de que um time não se faz de 11 jogadores. tem muita gente, como o Rony por exemplo, que se dependesse de uns e outros já teria saído do Palestra a muito tempo. nós precisamos do elenco todo pois nem sempre todos vão estar bem, seja fisicamente seja tecnicamente seja mentalmente. ficar decretando que fulano não presta, beltrano é ruim, é um tiro no pé. precisamos de todos. daqui a pouco tem Copa America, depois abre a janela internacional e vai ser um Deus nos acuda. acho que falta inteligencia em algumas criticas feitas no calor do momento. são humanos, não maquinas, e toda maquina quebra, imagina a inconstância humana.

  • 3 x 0 – Patrick, Rony e Viña

    para um público, zero pagantes.

    Acertei o 5×0 da final de 2008 e no desempate por público, ganhei a camisa, q não levei, do Parmerista. Não lembro se já era Verdazzo. Tive problemas após o contato com Conrado e não busquei-a.