Abel Ferreira celebra seriedade dos atletas e confirma Endrick fora do Mundial de Clubes

Abel Ferreira do Palmeiras em jogo contra o Novorizontino, durante partida válida pela fase de grupos, do Paulistão 2022, no Estádio Dr. Jorge Ismael de Biase.
Cesar Greco

Após vitória por 2 a 0 sobre o Novorizontino, Abel Ferreira confirmou também que rodará a equipe até o Mundial de Clubes

O Palmeiras estreou com vitória na temporada de 2022. Com gols de Zé Rafael e Dudu, o Verdão bateu o Novorizontino fora de casa por 2 a 0 e alcançou os três primeiros pontos no Campeonato Paulista.

Após o jogo, o técnico Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva e ressaltou a forma em que os jogadores encararam a partida.

“Gostei da seriedade da equipe. Eles estiveram 100% focados, competitivos e unidos, levando principalmente em conta todo o contexto do jogo, o forte calor e o gramado seco. Para nós, todos jogos são testes [para o Mundial], temos a obrigação de sempre jogar para ganhar e os atletas demonstraram muito comprometimento”, declarou.

Sensação do Palmeiras na Copinha, o atacante Endrick, de 15 anos, também foi assunto da coletiva do comandante. Depois de muitos rumores envolvendo o nome do garoto em relação a sua ida ou não ao Mundial de Clubes, Abel fez questão de avisar que o jogador não irá para Abu Dhabi e pediu calma.

“Em relação ao Endrick, nós vamos ao Mundial e se o clube achar por bem comprar uma passagem para ele e sua família à Disney, é o que ele precisa. Ele tem 15 anos e é preciso dar tempo ao tempo. Não tenham pressa, ele seguramente jogará pelo profissional”, revelou o treinador que prosseguiu elogiando a equipe Sub-20 do Verdão.

“Nossos meninos do Sub-20 estão por mérito próprio na final da Copinha e aproveito para felicitá-los pelos três jogos que fizeram no Brasileirão passado, no qual estiveram em um nível excelente. A comissão técnica e os diretores da base são muito capacitados”.

Abel comenta preparação para o Mundial

Até a viagem aos Emirados Árabes, o Verdão entrará em campo mais três vezes. Por isso, Abel comentou que será preciso rodar todo o elenco nos próximos jogos.

“Diante do que está o calendário, precisamos nos adaptar. Temos quatro jogos [até o Mundial] intercalados em dois dias de descanso, vamos juntamente com o Núcleo de Saúde e Performance fazer uma reunião e provavelmente vamos rodar a equipe, para que todos estejam devidamente preparados. Todas as partidas até lá serão testes e estamos preparados para isso”, finalizou.

Os adversários do Palmeiras até o torneio intercontinental serão a Ponte Preta (26/01), São Bernardo (30/01) e Água Santa (02/02). A estreia no Mundial de Clubes acontecerá dia 8 de fevereiro, contra Monterrey-MEX ou Al Ahly-EGI.

Confira outros trechos da coletiva de Abel Ferreira

– Mudanças na formação tática

“Podemos jogar em vários sistemas, mas o importante é que os jogadores saibam quais são os comportamentos que precisam ter, com ou sem a bola. Quando eles entendem o jogo, podem atuar em qualquer formação. Com o Piquerez como zagueiro é diferente de um defensor de origem, mas eu gosto dos sistemas que os jogadores consigam interpretar. Às vezes me pergunto porque no Brasil há tanta resistência com os 3 zagueiros, já que a última vez que o país ganhou a Copa do Mundo foi assim, portanto é um sistema versátil e agressivo ofensiva e defensivamente”.

– Reforços de 2022

“O meu papel dentro do clube é desenvolver os nossos jogadores em todos os níveis: tático, técnico e como pessoa, essa é minha principal função. Isso é o que importa, olhar para os recursos que tenho. Os que chegaram sabem perfeitamente que temos um elenco muito competitivo e conto com eles. Esta é a nossa identidade”.

– Ausência de Weverton e Gómez semanas antes do Mundial de Clubes

“Novamente vamos viver esse cenário. Já falei que quando estamos todos juntos somos mais fortes, mais competitivos. O Gómez e o Weverton são líderes do elenco, mas quem entrar em seus lugares seguramente dará a conta do recado”.