Felipe Melo: as avaliações e os equívocos da diretoria

Felipe Melo
Cesar Greco / Ag.Palmeiras

Felipe Melo foi reintegrado ao elenco do Palmeiras. Depois de ter vazado um áudio em que dirigiu ao técnico Cuca palavras pesadas, o volante foi afastado dos treinos com o grupo por cerca de cinco semanas. Ontem, a decisão foi oficialmente revertida.

Em coletiva, o volante fez declarações confusas, ambíguas; não deixou de lado sua postura notoriamente arrogante e não se furtou nem a promover as redes sociais de seus filhos.

A trajetória de Felipe Melo no Palmeiras dura até agora cerca de nove meses, mas já tem mais manchetes, por exemplo, que a de Zé Roberto, que está prestes a completar três anos no clube e já levantou taça.

Certamente o desejo de toda a torcida é que essas manchetes fossem sempre valorizando suas performances dentro de campo, mas o que se vê é um atleta que se destaca muito mais por suas polêmicas, na maioria das vezes, negativas.

Avaliações

Felipe Melo foi objeto, até agora, de três avaliações por parte da diretoria e da comissão técnica: a que decidiu por sua contratação, a que chancelou seu afastamento, e a que determinou sua reintegração.

A contratação
Felipe Melo
REUTERS/Andres Stapff

Volante com Copa do Mundo no currículo, raçudo, com cara de Libertadores e muita técnica, parecia a escolha perfeita para substituir Gabriel, cujo empresário forçava a barra para transferi-lo para seu clube do coração. A despeito de sua conhecida tendência para atrair polêmicas, a esperança de todos no clube era a de que sua experiência prevalecesse e o nível técnico a ser exibido em campo compensasse um ou outro excesso.

A contratação foi aprovada por Eduardo Baptista, que via em Felipe Melo as características de um volante para jogar em seu esquema. O volante documentou sua chegada a São Paulo, de helicóptero, e publicou no Instagram. Em campo, Felipe Melo era um dos que se salvava em um time que evoluía a passos de cágado.

O fato mais marcante desta primeira fase do camisa 30 no clube foi a cilada sofrida por nossa delegação no Uruguai – situação cavada por ele mesmo em sua entrevista de apresentação. Sua performance na briga encheu os palmeirenses de orgulho.

O afastamento

Felipe MeloCom a troca de Eduardo por Cuca, Felipe Melo perdeu espaço entre os titulares. A ascensão de Thiago Santos e a chegada de Bruno Henrique ofuscaram ainda mais sua presença no elenco, algo que se agravou com a injusta suspensão imposta pela Conmebol.

Sua necessidade por holofotes fala muito alto. Relegado à condição de reserva, decidiu publicar um vídeo com suas preferências políticas. Personalidades públicas como Felipe Melo e Jair Bolsonaro, numa única pauta, é nitroglicerina pura.

Mas o pior ainda estava por vir. No final de julho, gravou o fatídico áudio no Whatsapp que atingiu Cuca e que obviamente vazaria. A diretoria precisou colocar na balança a gravidade da insubordinação com as consequências financeiras de um afastamento. Para preservar a autoridade de Cuca, confiando numa transferência que poderia atenuar as perdas financeiras, decidiu-se pelo afastamento. A escolha mostrou-se claramente equivocada, como veremos a seguir.

A reintegração

Diante da falta de ofertas concretas de outros clubes por seu futebol, os advogados do atleta, que passou a treinar em horários alternativos, ameaçaram o Palmeiras com uma ação por assédio moral.

Usando como aliado o poder que o tempo tem de amenizar os efeitos de declarações desastradas, a diretoria então ponderou novamente as consequências financeiras de manter o jogador afastado e decidiu reverter a decisão.

Não se sabe ao certo o valor que o Palmeiras busca resguardar diante da ameaça de ação jurídica. Não se sabe ao certo o grau de insatisfação de Cuca com a situação. Ninguém que não conviva no dia a dia da Academia de Futebol sabe avaliar as consequências desta decisão.

Equívocos

Felipe Melo
Divulgação

É muito fácil apontar os equívocos depois que as coisas dão errado. Mas à luz dos fatos, é inegável que a passagem de Felipe Melo é uma sucessão de erros. Sua contratação parecia boa, mas ele jamais correspondeu em campo de forma a fazer valer a pena sua avidez pelos holofotes e os efeitos negativos que vieram na carona.

Ao decidir por seu afastamento, a avaliação das consequências foram equivocadas: era necessário que ele fosse rapidamente negociado para evitar perdas financeiras com salários e uma ação jurídica, algo que não foi concretizado. E agora?

É bem pouco provável que Felipe Melo volte a vestir nossa camisa. Mas sua reintegração pode evitar que o clube seja penalizado em uma quantia monstruosa de dinheiro. Sua presença constante junto aos atletas, no entanto, pode gerar situações mais graves ainda. Se Felipe Melo não for rigorosamente vigiado, tem potencial para continuar fazendo estragos, mesmo que sua presença no elenco fique limitada a “reserva do Fabiano”.

Que a economia gerada por esta decisão se justifique, sem sacrificar a reação que o time está tendo ainda este ano, quando ainda sonha em buscar objetivos maiores no Brasileirão. Que esse dinheiro não vire pó perto de uma eventual deterioração da hierarquia e da autoridade de Cuca, o que pode prejudicar toda a temporada de 2018, para a qual já estamos nos preparando. Mas diante do histórico de avaliações e equívocos nesta trajetória, está difícil manter o otimismo. Só nos resta torcer.

  • Atila

    TO COM MEDO…

  • Helder Gonzales

    Até o ano passado, Felipe Melo era pra mim apenas o volante descontrolado que colocou a perder a boa campanha da seleção da Copa de 2010, ao agredir Robben e ser expulso nas quartas de final daquele torneio.
    Quando anunciaram sua contratação para o Palmeiras, fiquei desconfiado, mas dei crédito – vinha com a grife de ter disputado Copa e ter jogado em times grandes na Europa. Quem sabe, mais velho, o jogador não estaria também mais experiente e comportado?
    Logo na entrevista da estreia percebi que não iria dar certo. A declaração estúpida sobre dar tapa na cara de uruguaios mostrou logo o que Felipe Melo vislumbrava com a nossa camisa: autopromoção e polêmicas gratuitas. Dito e feito. E a confusão contra o Peñarol está aí para provar como esse tipo de atitude marketeira e inconsequente só prejudicaria o Palmeiras ao longo do ano.
    No campo, vimos um jogador lento que fez partidas regulares. Não foi um vexame, mas ficou longe de justificar todo o oba oba e, principalmente, o dinheiro envolvido em sua contratação.
    A discórdia com o Cuca foi a gota d’água. Insubordinado, Felipe Melo acha que pode mandar nos companheiros e que sabe mais do que o comandante. Claramente tudo que a gente não precisa, num clube onde tradicionalmente já tem gente demais tentando dar palpite onde não deve.
    Acho lamentável a postura de parte da torcida que caiu na “pose” marketeira dele de “jogador raçudo”, que dá tudo de si em campo, e topa desmoralizar o Cuca (que tem uma enorme história no clube) para ver o veterano jogador reintegrado.
    Também inexplicável a decisão de quem achou boa ideia dar um microfone a holofotes ao Felipe Melo depois de tudo o que aconteceu. Se o problema é jurídico, que seja tratado com discrição. Desastrosa coletiva ontem – como sempre.
    Seriamente, se eu fosse o Cuca, depois da entrevista de ontem daria um ultimato ao presidente: “ou eu ou ele”.
    Enfim, um mico total esse descontrolado do Felipe Melo. Até agora, pior contratação do Matos no Palmeiras.

    • Gabriel Pedro

      Excelente comentário. Concordo com tudo menos a parte de que a confusão com o Peñarol foi culpa do Felipe Melo. Falar isso é meio que falar que o Valdivia criou problemas pro Palmeiras por ele ter sido sequestrado e a culpa foi dele por isso.

    • Ralf Olbertz

      Só discordo da situação no Uruguai, aquilo foi uma emboscada, NADA justifica aquilo!

      Se até no processo criminal vc pode invocar o direito de legítima defesa, exigir que um jogador apanhe quando atacado é um absurdo digno de Comnebol..

      Abraços.

      • Rafael Capelini

        Pelo que entendi, acho que não quis dizer que foi ‘justificado’ ou ‘desculpável’ a palhaçada dos uruguaios, mas sim, que serviu de combustível pra inflamar ainda mais o comportamento ridículo daqueles carcamanos que não sabem perder. No minimo se colocou na posição de se tornar ‘alvo’ dos caras.

        • Ralf Olbertz

          Eu entendi isso, por isso ressaltei que NADA justifica, nem essa situação.

          Acho um erro por a culpa da incompetência da Comnebol no cara. Ele foi falastrão, mas isso não é antidesportivo, tanto que quando ele falou isso, ninguém se preocupou em puni-lo, aí quando foram pra cima dele pra dar porrada, puniram ele.

    • Didi

      Perfeita análise.

    • Franco

      Gostei da análise. Gostei inicialmente da contratação e não tive esse feeling quando da primeira entrevista. Acho ele em campo um pouco melhor do que você descreveu, considero melhor que Tiago Santos e Bruno Henrique, mas nada que justifique seu retorno. Nada. Outro contraponto que gostaria de fazer à sua análise é que, em minha percepção, Cuca é péssimo para administrar vestiário e apostaria que tem parcela de culpa na origem da celeuma. Nosso treinador é ótimo nas quatro linhas e fraco fora delas (vide casos com Marcos Rocha e Luan do galo e Barrios no Verdão só para citar alguns). Desconfio que em pouco tempo não estará mais entre os maiores do Brasil.

  • O trecho final do texto é a síntese do pensamento que tenho sobre esta situação toda – pior do que pensar no prejuízo financeiro (Que já está feito), o pior é manter essa bomba no dia a dia dos treinos, justo agora que estamos com uma reação em curso e, aos poucos, o Cuca finalmente vai dando cara de time competitivo a este elenco. O Felipe precisa ser vigiado, e mesmo essa tal vigilância será feita ‘pisando em ovos’. A reintegração desse cara pode ser á tragédia final para um 1995, parte 2. Só nos resta torcer.

  • Matheus Alves

    Expectativa: que ele jogue muita bola, fale muito pouco, ajude o time, faça 3 gols contra os gambás, abrace o cuca e diga que o ama na coletiva pós-título brasileiro.

    Realidade: vai ser pouco usado (se for usado) e sair no fim do ano.

    • Helder Gonzales

      Esse é o cenário otimista né. Acho que o realista é: vai contaminar o ambiente e forçar a queda do Cuca, jogando por terra o planejamento para 2018 e (toc toc toc) coloando em risco a classificação para a Libertadores.

  • Boboris

    Sinceramente não gosto de ficar fazendo previsões, tampouco sou daqueles que falam depois “eu não disse?”, mas me atrevo a “prever” que esse sujeito não chega a ficar um mês na Academia. Vai criar mais confusão com o Cuca e vai embora de vez. “Podem printar”, kkkkk

    • Helder Gonzales

      tomara!

      • MonacoParmerista

        Tomara 2!

  • Ralf Olbertz

    O meu maior medo dessa situação toda é que FM esteja sendo usado (ou ajudando espontaneamente) a enfraquecer o Cuca e, quem sabe, até o Mattos, pois ele contratou e deu a cara a tapa quando afastou!

    A questão é que aquele grupo político comandado por vcs sabem quem, querem os dois fora do Clube e os dois não precisam conviver em um ambiente conturbado, pois se estalarem os dedos conseguem novos contratos em qualquer outro clube.

    Cuca é mais fácil de repor, AMattos é bem mais complicado, podendo até mesmo afastar a boa imagem conseguida junto a gigantes europeus!

    O clima na academia vai ficar uma bosta, FM vai continuar sendo FM, mesmo não sendo relacionado, vai continuar criando mal estar no elenco durante os treinamentos, mostrou força junto a diretoria, fez uma queda de braço e ganhou! Cuca ficou desmoralizado entre os jogadores, que por mais que tenham apoiado a decisão do treinador, não podiam externar e agora veem que o técnico não tem tanto poder, outros insatisfeitos que estavam quietos, podem se unir ao coro do FM e a coisa ficar insustentável..

    Como eu já disse.. se foi um erro afastá-lo, cometeram o segundo a reintegrá-lo.. ameaça de ação não é nada, pode ganhar e pode perder, o estrago a imagem do jogador seria ainda maior e, com uma proposta de transferência, pode exigir a desistência da ação para liberar o jogador..

    • Saulo Tuchê 9X

      “Cuca é mais fácil de repor”… Cite 3 exemplos de reposição à altura do Cuca, por favor.

      • Marcelo Mussarelli Corghi

        eu não diria mais fácil, mas sim menos díficil.

      • Ralf Olbertz

        Cite 3 exemplos de reposição para o AMattos!

        Disse mais fácil do que repor AMattos, não disse que qualquer um poderia repor, por favor.

    • Czar_SP

      Cuca é mais fácil de repor simplesmente porque terá que ser reposto. Nem que seja por um interino.

      No caso de Mattos, entendo que não haverá reposição nenhuma. Mustafá (ou algum indicado por ele) será o (i) responsável pelo depto de futebol. Esta será a grande tragédia.

      • Ralf Olbertz

        Técnicos vem e vão, infelizmente é coisa corriqueira, um diretor de futebol do gabarito do AMattos simplesmente não existe no mercado (Caetano que seria outro com o mesmo gabarito, está empregado).

        E ainda tem a questão de que se ele pedir demissão, pra ir pra um clube menos conturbado, vai acontecer o que você disse, pressão para colocar um B-4 no lugar, daqueles que fazem vaquinha pra contratar Wesley..

        Desesperador!

  • Marcio Binotti

    Segundo o Cuca, o cara havia demonstrado arrependimento e isso o tornava grande, para o Cuca. Ai reintegram o cara, colocam ele para dar uma coletiva, onde ele deve ter sido muito bem orientado pela assessoria de imprensa, mas na coletiva ele, ao invés de mostrar humildade, demonstra toda sua arrogância, e faz questão de mostrar que não pediu desculpas ao Cuca (Isso foi o que ele disse na resposta ao repórter, não da pra ter outra interpretação ao que ele falou). Ai, posteriormente, vendo a cagada feita, a assessoria dele deve te-lo orientado a fazer as postagens no twitter, tentando consertar a cagada.
    Acho que ele tem futebol para ajudar o Palmeiras, é um cara experiente e cascudo, mas poderia ter usado melhor esse afastamento para realmente aprender com os erros e melhorar.
    Acho muito difícil ele, com essa personalidade, conseguir novamente um espaço no time, principalmente com o Cuca no comando.
    Que ao menos ele não atrapalhe, se ja fizer isto está de bom tamanho.

  • Junior Joyce Rocha

    Honestamente gosto do futebol dele, é acima de todos os volantes que temos no elenco. A grande questão, que muita gente anestesiada pelo título do ano passado prefere não discutir, é a pífia atuação de Cuca no comando técnico do time.

    – treinador que nunca ganhou nenhum título relevante até chegar no Galo
    – conhecido aqui no Rio como um baita chorão
    – virou o tipico treinador brasileiro arrogante que o time só funciona do jeito dele, com os jogadores dele, com as escolhas dele
    – não consegue tirar o melhor de cada jogador e armar o time pra explorar esse potencial
    – ridiculamente aposta num sistema de marcação homem-a-homem deixando inúmeros buracos na defesa
    – adora esse papo “tem que saber sofrer”.. Coisa de botafoguense isso
    – o time no ano passado jogava mal demais, principalmente no segundo turno, senão fosse a grande fase do Jailson e péssima capacidade dos nossos proprios adversários não teriamos ganhado nada…

    Fato. FM mandou mal demais, mas ainda é jogador do Palmeiras e nunca desrespeitou nossa camisa ou tradição, mas usa-lo como bode expiatório para uma serie de equívocos da diretoria e da própria equipe esse ano me parace um ato bem COVARDE!!!!

    • Saulo Tuchê 9X

      Cara, aí no RJ o GJ33 tbm é conhecido como chorão, mas é campeão Olimpico, da Copa do Brasil e Brasileiro… não li depois disso! Abs

    • Gabriel Pedro

      Você tá falando mal do Cuca? Nem terminei de ler esse absurdo.

      • Saulo Tuchê 9X

        A única forma de perdoar é pq o cara acompanha a Globo-RJ, embora não merecesse nem esse post caso a preferência televisiva seja, de fato essa

        • Gabriel Pedro

          Eu sou de Niterói-RJ. Acompanho a Globo-RJ. Cuca é o melhor treinador do Brasil, contando com o da seleção.

          • Saulo Tuchê 9X

            Assistir e repetir é uma coisa. Filtrar e ter discernimento é pra poucos! Aqui em Brasília tbm é Globo-RJ, mas parei de assistir faz tempo!

        • Junior Joyce Rocha

          Não mesmo.. Mas obrigado, tv a cabo e internet nos ajudam a ter um pouquinho de escolha sobre o que assistimos. O fato de eu estar numa midia palestrina já demonstra que o que você comentou não é coerente.

      • Junior Joyce Rocha

        Cuca é santo? Performance x resultado… Acho a performance do time fraca, bem fraca … Acho feio demais o time como jogava desde o ano passado, mas respeito quem gosta. Não é meu estilo de treinador preferido.

    • Czar_SP

      Concordo com algumas coisas. Poucas.

      Cuca era mesmo um chorão. Mas evoluiu.

      De resto, discordo bastante.

      E F. Melo DESRESPEITOU MUITO o clube e o técnico.

      Quando viu que não seria titular fez a opção de se colocar acima de tudo e provocar um imenso barraco por puro egoísmo. Não havia motivo para isso. Não se acende um fósforo quando se está dentro de um barril de pólvora – como é o Palmeiras, Agora perdeu o meu respeito.

  • Marco

    Acho que foi uma atitude amadora deixar ele fazer uma coletiva, sabendo que é polemico e que a midia gosta de distorcer as coisas, seria mais sensato o Cuca falar, e ser curto e grosso. Bom pessoal estou aqui para dizer que esta tudo resolvido conversamos, houve pedido de desculpas com o grupo,, nos acertamos e ele esta reintegrado e pronto. Se ele vai jogar, ser titular, nos treinos é que saberemos.

    • Gabriel Pedro

      Concordo em partes com vc, pq se por um lado foi perigoso, por outro os nomes da Crefisa e FAM estão em todas as emissoras.

  • Saulo Tuchê 9X

    Sinceramente, meu maior medo é com a integridade física dos atletas nos treinos, após rodadas e rodadas de banco, isso QUAANDO ele for convocado… Não duvido nada de um mau caráter desse!

    • Bruno Silva

      Vc quer dizer q ele pode querer quebrar alguém em um rachão?

      • Saulo Tuchê 9X

        Não duvido!

  • Galdino

    Acho que o presidente resolveu dar mais uma chance, pensando em todo o valor investido e na qualidade de jogador. Pontuo aqui que não seria legal ve-lo fazendo sucesso num rival. Porém, na primeira pisada de bola, ele sai, perderemos um bom dinheiro, mas tudo bem. Hoje o Palmeiras pode se dar ao luxo de perder em negócios mal feitos. Afinal, se todas as contratações dessem 100% certo, que ideal seria, não?

  • Gabriel Pedro

    Na entrevista, quando ele diz que “se tivesse laranja podre, na hora que tirasse então o time começaria a ganhar e não foi isso o que aconteceu”, foi o momento em que eu vi que ele não se importa com o Palmeiras, e sim apenas com a situação dele. Se antes existia uma dúvida de que ele não vem com boas intenções, agora é certeza. Espero que essa blindagem seja bem feita.

    • Saulo Tuchê 9X

      Claramente torceu contra a evolução do time. Pra falar pouco!

    • Claudinei José de Oliveira

      Excelente observação.

  • Marcelo Paiva

    Acho [ACHISMO PURO] que isso pode sinalizar que não teremos o Cuca ano que vem. O trabalho dele este ano não foi bom. É nítido como o time regrediu em relação ao de 2016. Acredito que ao atingir o objetivo de colocar o clube na libertadores do ano que vem ele [Cuca] peça a liberação.

    • Saulo Tuchê 9X

      Mas o time não tem o desafogo do GJ, não tem a segurança defensiva e certeza de gols lá na frente com Mina e VH. Não tem Jean acertando chutes de longe e pênaltis, não tem Egídio acertando cruzamentos. Certo. A culpa deve ser do Cuca. Ele é técnico e não milagreiro!

      • Marcelo Paiva

        Concordo com seu ponto de vista. Mas ele está lá pra tentar solucionar os problemas. Se fosse fácil qualquer Zé da vida serviria. Nessa hora ele tem que mostrar o seu diferencial de treinador e achar algo parecido com um time. Não temos uma equipe definida, esquema tático etc.

        • Saulo Tuchê 9X

          O problema é que, além dos itens citados por mim, no ano passado as crises de “cabeça-dura” dele davam certo. Hoje, está se forçando a pensar diferente. Algo que só tende a trazer evolução ao PALMEIRAS. Mesmo sendo um remédio amargo, acredito que no fim será positivo!

  • Anderson diassis

    E vai ser difícil achar time pra ele, é muito caro e tem mais 2 anos de contrato.
    Ano que vem vai sair ele ou o cuca e creio que o treinador que vá embora, já que ele mesmo não aparenta estar contente no clube.
    E aí de novo trocamos de treinador, começa tudo do 0, nos 4-5 primeiros meses se o time não estiver “voando” trocamos de novo.
    Então se cuca realmente sair, que ja tenha um nome no termino do campeonato brasileiro e de sequencia, essa palhaçada de ser o “real madrid da america” e golear todos os times fudeu com o ano de 2017.

    • Saulo Tuchê 9X

      Eu adoro essas observações dos leitores de mentes: “já que ele mesmo não aparenta estar contente no clube.”

      • Eternopalestrino

        Seriam X-Men?

        • Saulo Tuchê 9X

          Professor Xavier perde de goleada!!!

  • Verdazzo

    Tem gente monopolizando a área de comentários como se fosse chat.
    Recomendo um pouco de calma.
    Reler as regras para comentários pode ser uma boa ideia.

  • Claudinei José de Oliveira

    Lastimável as decisões das pessoas que estão gerindo o Verdão. Esse mau caráter nem era pra ter vindo, mas já que veio, torci pra que o Verdão saísse bem do enrosco, mas o que ficava mesmo no ar era que a sepultura de 2017 estava sendo cavada. A reintegração foi a derradeira pá de terra em cima da mesma. Esse energúmeno encerra a carreira no Verdão, infelizmente, a não ser que ele vá de graça a um “dos inúmeros times que tinham interesse” nele, mas, até de graça parece difícil. Isso é que é planejamento.

  • Czar_SP

    Não dá para saber o que se passa na cabeça dos envolvidos (bem… na cabeça oca de FM até que dá para ter uma boa ideia).

    Tudo pode dar certo, mas o risco do pior cenário se concretizar é gigantesco. Este cenário seria a perda de poder de Cuca e de Mattos, a troca de treinador e o fim do cargo do diretor remunerado.

    Seria um prejuízo enorme, incalculável. E não só para 2018. O horizonte será grotesco, principalmente se levarmos em conta quem está doido para colocar as mãos no departamento de futebol.

    Temo uma reação em cadeia (inclusive com debandada de patrocinadores) e uma melancólica volta aos anos 80.

    Perguntas que eu gostaria de fazer ao Galiotte:

    – Você acha que esta “economia” ao evitar o rompimento do contrato de FM faz todo este risco valer a pena?

    – Acha mesmo que vai ter o respeito de alguém, ou mesmo manter a governabilidade, quando tudo o que o Nobre construiu começar a escorrer pelas suas mãos?

    • Ralf Olbertz

      Já pensou um daqueles diretores “palmeirenses” que fazem vaquinha on line pra trazer jogador refugo do campeonato Alemão.. Que desespero!

  • Claudinei José de Oliveira

    Ah, esqueci de perguntar uma coisa: se o departamento jurídico tinha medo de uma ação por assídio moral pelo afastamento, o clube não teria amparo jurídico para mover também uma ação contra o jogador, por tudo o que aconteceu?

  • Renato Galera

    FM perdeu uma chance incrível de pedir desculpas publicamente … inclusive acho q a maioria dos torcedores e jornalistas estavam esperando q acontecesse.

    mostra bem 1 dos lados mais tristes do Brasil: pessoas sem nenhum preparo com microfone nas mãos!!

    • xandresoares

      Não entendi do porque da entrevista coletiva…
      Era só alguém ter perguntado:
      – Felipe, você vai pedir desculpa publicamente?
      – Não vou não, vou dizer que pedi desculpa para o clube, só.
      – Então fica de boa aqui, não precisa dar entrevista. Anunciamos seu retorno numa publicação na pagina do clube.
      Se ele gosta de polemizar, que o fizesse por conta própria nas redes sociais, agora polemizar usando a estrutura do clube, é muita burrice.

      • Renato Galera

        incrível, não é !!? … como um cara pode ser tão burro!! e o pior, tá toda hora postando burrice … !!

  • Antonio Frederico

    Talvez os questionamentos dos demais atletas possam ter motivado essa volta atrás. O rojão financeiro dava pra suportar, mas tem mais coisa por trás disso. Além do mais, não vejo o Cuca enfraquecido, se existe mesmo um lobby por parte dos atletas sobre FM, esse lobby foi atendido, então agora vem a contrapartida deles que é jogar bola. Pra imprensa pouco me importa, sempre pisaram na gente, desde que haja paz e tranquilidade dentro do elenco, o resto que se dane.

    • Bruno Silva

      Acho que a solução mais sensata seria uma troca, nem que pegassem uma pequena parte do “rojão financeiro” e oferecessem junto com FM, em uma troca com Nico Lopez ou outro jogador que pudesse ser útil aqui. Mas reintegrá-lo jamais!

  • Felipe Vila

    A única forma de ele voltar a jogar é se o Cuca mudar o esquema de marcação. Ele insiste na marcação individual, precária hoje em dia e ainda mais com a escolha dele de uma linha de defesa envelhecida, Dracena 36, jean 31, michel bastos 34, luan 24

  • Lucas Dalmáz

    Infelizmente, a contratação desse “ativo do clube” se tornou o pior erro da Era Mattos (pior que Ryder Mattos, Fellype Gabriel e Leandro Almeida(!!!)). E que pode trazer consequências terríveis! A pior delas: manutenção do Felipe Melo e saídas de Cuca e do Alexandre Mattos para 2018. Confio que com vaga direta na Libertadores (mínimo 4º lugar) isso não aconteça.
    Uma pena que uma contratação tão celebrada esteja resultando nisso.
    Torcer pro “ativo do clube” não atrapalhar o restante da temporada e conseguir algum trouxa no fim do ano pra trocar por outro jogador ou algum novo pólo esportivo convencer que ele está no esporte errado (hoje, vejo mais futuro no boxe ou MMA, até de digital influencer, do que no futebol).

  • Paulo

    Nossa, quanta tempestade em copo de água einh gente kkkkk parece até que FM matou alguém, ele deve ser o lúcifer encarnado kkkkkk.
    Realmente concordo que ele fala muita buesta nas coletivas, mas no final ele admitiu que pediu desculpas e tudo foi conversado com o cuca e o grupo. E ponto! Mas a imprensa canalha logo destacou apenas alguns pontos da coletiva, e nós palmeirenses caímos na lorota dos jornalistas “imparciais”, tipo Kfuri, Praetzels e Mauros Cesars da vida. Vixxe, o Alex Miller do +90 quase teve um filho após a entrevista do FM kkkkk. Menos gente, bem menos…
    E tem outra, a frase “se tivesse laranja podre, na hora que tirasse então o time começaria a ganhar e não foi isso o que aconteceu”, é mentira??? O time melhorou após a saída do FM??? Pelo que eu me lembro, o time caiu fora do libertadores, perdeu do Atl Paranaense, empatou com o pífio time do Vasco e do “timaço” da Chape em pleno Alianz Parque. Ganhou apenas dos bambi, um time morto rsrs.
    Enfim, o cuca, a comissão técnica e os jogadores já viam fazendo uma péssima campanha, com ou sem FM. O maior culpado pelo situação do time é o Sr. cuca, que inclusive começou a confusão ao mandar afastar FM. Então gente, se o time funcionar ou não, a culpa será do Sr. cuca, principalmente porque agora ele terá tempo de trabalho e terá que melhorar o time, com ou sem FM!!!

    • Claudinei José de Oliveira

      Só que o Cuca faz parte da história do clube. Não fica só no gogó. Falar até papagaio fala. Vi a entrevista. O cara é mau caráter sim e na primeira oportunidade sabota o Verdão.

      • Paulo

        Cuca faz parte da história sim, mas está numa péssima fase. O problema não é o FM, inclusive muitos jogadores do verdão falaram muito bem dele. Duvido que ele seja essa laranja podre que muitos falam. O Cuca é um grande técnico, mas sempre foi maluco, arranjando umas tretas por aí (lembrem do caso Barrios e R. Marques). Se o problema fosse o FM, com o afastamento o time ia voar no período, mas não foi isso que aconteceu.
        Infelizmente muitos torcedores caíram na pilha da mídia canalha, que odeia o FM.
        E como palmeirense, outras coisas mais graves me preocupam: o esquema inoperante do 4-3-3, a bizarra marcação individual do Cuca, a alta incidência de lesões, a ausência do Jaílson e a péssima faseo do Prass, os buracos na zaga, etc. FM pra mim não fede nem cheira, mas foi um erro afastá-lo.

        • Rafael Capelini

          “Infelizmente muitos torcedores caíram na pilha da mídia canalha, que odeia o FM.”

          INFELIZMENTE muito Palmeirense ainda tá na pilha que “é tudo CULPA da mídia canalha, tadinho do perseguido”.

          Sinceramente não dou um centavo pro que a mídia fala, nem presto muito atenção, a verdade é que o cara é um bobocão que além de não acrescentar nada ainda fica incomodando, criando mal-estar desnecessários.

          O Episódio do áudio foi uma das coisas mais ridículas e anti-profissionais que já vi na vida. NINGUÉM que faz isso merece qualquer refresco ou perdão. Enfim, que não atrapalhe o resto da temporada, já que passar vergonha alheia com suas abobrinhas nas redes sociais não teremos como escapar.

        • Gabriel Pedro

          Eu acho que vc não entendeu em relação a parte da “laranja podre”. Ninguém disse que ele é uma laranja podre. Ele foi afastado por insubordinação. O fato de ele abrir a boca e apontar que ele não era laranja podre, e usando o argumento de que o time iria começar a vencer se ele fosse mostra que ele tá preocupado em salvar a pele dele, não do Palmeiras. Pq não importa quem do grupo tá jogando, importa apenas se o Palmeiras tá indo bem. E é SÓ isso que importa.

        • Antonio A. Alves

          Concordo

        • Claudinei José de Oliveira

          Concordo que o seu ponto de vista é sensato e o respeito, menos no caso do FM. Tudo que o envolve está cercado de erros, desde sua contratação. A mídia joga contra o Verdão sim, porém é municiada por nossos próprios dirigentes.

    • Antonio A. Alves

      Valeu…

  • Ruan Santos

    Pensei em fazer um comentário expondo minha opinião sobre tudo isso, mas não adianta de nada. Ultimamente as cagadas fora de campo me deixam mais triste do que as derrotas. Perder faz parte do jogo, mas auto-sabotagem é ridículo. Bom, vou fazer qualquer outra coisa e pensar em Palmeiras só no sábado.

  • Rafael Capelini

    Falando apenas na matemática financeira, as ‘possíveis’ perdas com rescisão e multa, ou processo e indenização seriam ‘impactantes’ no orçamento do clube a ponto de justificar tamanho desespero para evitá-las??
    Se tomarmos como base o orçamento do ano passado e as projeções para esse ano e os próximos dois (tempo do contrato) chegaria a ser perto de pelo menos 1% desse orçamento, ou seria bem menos que isso?? Será que o clube se veria em alguma dificuldade para pagá-lo, CASO de fato tivesse que pagar, já que juridicamente não seria nenhum absurdo o clube sair vencedor do litígio?

    Continuando apenas analisando friamente a matemática financeira, sem levar em conta prejuízo esportivo, psicológico ou de arranhar a imagem de seriedade profissional do clube:

    Caso essa reintegração resulte em perda de controle do técnico sobre o elenco e/ou queda de rendimento da equipe à ponto de acabarmos fora da próxima Libertadores, os prejuízos com queda de receitas de contrato de Tv, bonificações por participação no torneio, bonificações por posição final no Brasileirão, bonificações do Patrocinador por não participar da ‘maior competição do continente’, Diminuição do ‘investimento extra’ devido a queda de visibilidade, entre outras não seriam ainda maiores??

    (Só o que a patrocinadora investiu no Borja pra ‘tentar ganhar’ a libertadores esse ano já dava pra pagar umas 2 ou 3 rescisões no minimo né?! Não deu certo, mas foi uma boa receita aplicada, que ainda pode gerar muito mais receita quando o Colombiano for vendido…)

    E se acrescentarmos nessas perdas todas acima a rescisão resultante de um ano de contrato da comissão técnica, já que provavelmente acabaria demitida com o cenário descrito acima??

    E se pra piorar de vez, também acrescentarmos mais um ano de rescisão de contrato com o Mattos e com o Cicero Souza, que também ficariam em cheque??

    (Não vou nem contabilizar a QUASE irreparável PERDA de repor Comissão e Diretoria remunerada, porque vai me dar úlceras, simplesmente não existe NINGUÉM mais gabaritado no país, nem pra um, nem pro outro)

    –E aí, apenas matematicamente falando, qual cenário traria maiores prejuízos financeiros??

    Acredito que as perdas do 1o seriam apenas uma pequena porcentagem quase insignificante do 2o, que ainda traria uma série de outras consequências negativas e perdas futuras…

    Será que nossa presidência fez essa avaliação de risco antes de agir??

    E o Dep. Jurídico, que frouxidão é essa diante dos advogados do pequinês??
    Precisava mesmo se borrarem todos por uma simples notificação?? Com todas as provas de desacato, desrespeito e até ameaça física “vou rachar ele no meio” produzidas e confessadas publicamente pelo próprio jogador, será que não conseguiriam um resultado mais favorável pro clube não?? Será que precisavam ceder tão pateticamente a pressão e chantagem?? Que falta de espinha, ou falta de fé no próprio taco, hein galera??

    • Czar_SP

      Até que se prove o contrário, a decisão de reintegrar o jogador, assim como a forma como tal decisão foi conduzida, demonstra uma IMENSA incompetência da direção do Palmeiras.

      É o que eu tenho dito: estão querendo implodir o prédio para eliminar uma simples infestação de pulgas.

      • Claudinei José de Oliveira

        Depois não adianta reclamarmos da imprensa gambá, se nosso próprio clube do coração a municia.

    • Ralf Olbertz

      Como eu disse, acho que essa reintegração esteja sendo usada pela oposição simplesmente para forçar a saída do AMattos e do Cuca, o caso FM foi usado para desestabilizar a continuidade deles no clube, toda essa matemática que você fez o Presidente poderia ter feito e se recusado a reintegrar o jogador.

      E “O Turista”, mais uma vez, cedeu a interesses escusos daqueles que vão lhe derrubar, ou torná-lo o pior presidente da SEP.

      Estamos trilhando, novamente, caminhos tortuosos!

  • Fedato Palmerista

    Acho que nosso atual presidente foi muito ” conciliador ” . Se fosse o Nobre iria para o “pau” com certeza, dependendo da postura dos advogados do FM.
    A ideia deve ser a reintegração, mas sem ao menos relacionar o cara para os jogos, para que no final do ano cheguem a um acordo.
    Só não sei quais as consequências que esta situação vai causar no grupo.
    E quem tem que assumir toda a bronca é o nosso presidente, o Cuca e o Mattos foram convencidos pelo mesmo a aceitarem tal situação .

    • rato_ verde

      Cara na moral , ai não tem nada a ver com o presidente , o jurídico fraco não previu assédio moral , situação corriqueira na justiça do trabalho , e que gera multa pesada ao infrator.
      Depois de receber a intimação não restou outra saída a não ser reintegrar o mala .
      Não será relacionado , e no final do ano , saíra do Palmeiras .

      • Fedato Palmerista

        Estou falando é que se der alguma mmmeeerda no elenco a culpa não é do Cuca nem do Mattos . O presidente neste caso tem que assumir a bronca, capiche ????

        • rato_ verde

          capichei !

  • Felipe Foltran

    Queria entender pq a diretoria trouxe esse problema novamente… Não agrega NADA dentro de campo e muito menos fora dele ! Não tem perfil de jogador do Palmeiras, não passa de um ex-jogador em atividade, mas que, inacreditavelmente, ainda possui apoiadores. Não interessa a parte jurídica, se o Cuca voltar a escala-lo, demonstrará uma fraqueza imensa, e a vergonha do torcedor Palmeirense irá aumentar ainda mais quando esse “jogador” entrar em campo.

    • Ferracini

      Concordo plenamente…esse cara não tem nada a ver com o Palmeiras!
      Mas eu ficaria muitíssimo surpreso se o Cuca escalar ele novamente, além de ser um desafeto, não encaixa no esquema de toques rápidos que já disse que irá adotar. É mais fácil o Cuca pedir demissão, caso forcem a barra.

      • Carlos Maccari

        Se perdermos o Cuca por causa disso será uma grande burrada da diretoria

        • Antonio A. Alves

          Acho que o Cuca não fica pra 2018

  • Ferracini

    Discordo da colocação de que “não se sabe ao certo o grau de insatisfação de Cuca com a situação”…porra, o cara o chamou de traíra, mau caráter, que iria rachá-lo no meio…caramba meu!!!
    E outra, pela entrevista que deu, eu pediria um exame de sanidade mental nesse sujeito!!

    • rato_ verde

      sanidade mental ? mas o pré-requisito e ter o míimo de massa cefálica , e o FM não tem o mínimo para teste.

      • Fedato Palmerista

        FM é totalmente xarope .

  • Juarez Ulhôa

    Conrado. Bananas de Pijamas, a Volta?

  • Carlos Maccari

    Se não jogar, e eu acho que não deve, não será negociado. Vamos ter que aturar essa mala por muito tempo ainda. Só espero que não tumultue o ambiente.

  • Anderson

    Espero que ele seja a última opção do elenco, aquela opção que existe porque faz parte do grupo. Não sei se a estratégia foi assim tão errada. Depois da merda, só restava afastar, até pra liberar o jogador pra procurar outro clube. O que o Palmeiras e o Felipe Melo não esperavam é que o jogador está queimado e ninguém quer, e consequentemente o jogador teve que forçar sua continuidade no clube que agora deve odiar. Quando sair, vai haver festa no Verdão, e ele sairá atirando.

  • Lucas Master

    Quem fala Mal do Felipe Melo é porque nunca passou por uma injustiça do Seu chefe onde trabalha, é muito fácil julgar os outros, eu sei que o bicho é linguarudo mas gosto de seu futebol, nessa Vida não podemos fazer com que todos se pareçam com a gente é nescessário conviver com as diferenças, se Deus quisesse todo mundo igual faria todos loirinho de olho azul.

    • Rafael Capelini

      Pra quem já viu Tonhão, Galeano, Gattuso, Amaralzinho Coveiro, Dunga…

      Dizer que o Felipe pequinês Melo é “raçudo” chega a dói no figado.

      Dizer que ele é “um líder” então, ai meu pâncreas. Nunca viu um cara,como os supracitados ou Antonio Carlos Zago, Maldini, Clebão… REALMENTE INFLUENCIANDO seus companheiros, fazendo eles jogarem mais, se doarem mais, Acreditarem. Tonhão e Amaral faziam isso só pelas atitudes e exemplo, tamanha a humildade, os outros além de exemplo ainda chamavam na chincha, mas sem aparecer, sem humilhar os companheiros, apenas injetando mais adrenalina positiva nos caras.

      Em NENHUMA partida o Melo fez isso. Jogou seu futebolzinho, com dedicação dentro de campo é verdade, mas sem nenhum brilho, sem nenhum protagonismo, Sem ser decisivo sem ser influência. Nenhuma partida ou lance decisivo. Nenhum título, apenas os 3×2 no Peñarol como vitória épica, e ele nem fez grande coisa durante o jogo. Nada de destaque. 25 jogos medianos, sem nada demais pra mostrar.

      E só causa confusão!! Só fala merda. Vive pra chamar a atenção. Adora um holofote.
      Pitbull nada, parece mesmo aqueles cãozinhos de latido estridente e irritante que ficam torrando a paciência no meio dos tornozelos sem parar. Yapyapyapyap, yapyapyapyapyap….

      Não é porque você foi injustiçado pelo seu chefe que significa que ele também foi. Cada caso é um caso. Só quem pode afirmar isso é quem lá esteve. Eu confio muito mais no Cuca do que nele.

    • Paulo

      Concordo, e tem outra coisa que eu queria falar, pra quem aguentou o mala do Valdívia uma “pá de ano”, aturar o FM é moleza!!! FM é um monge perto da tranqueira do chileno kkkkkk

    • Gustavo Arthuzo

      Por que você é injustiçado você pode DESRESPEITAR seu superior assim? E outra, injustiçado recebendo em dia um dos 5 maiores salários do elenco… até eu.

  • renato

    Tia Leila livrai – nos do Mala !

  • Charles

    Difícil analisar a decisão da diretoria, claramente estão tentando minimizar riscos potenciais com o afastamento do FM e também, porque precisam colocá-lo na vitrine para que possa ser negociado o mais rápido possível.
    Quanto ao Cuca, enquanto funcionário do clube, teve que acatar uma determinação de seus superiores, até aí tudo normal, agora, se vai usar o jogador, aí é outra estória.
    A única certeza é que o erro aconteceu quando decidiram contratá-lo. O potencial de risco era conhecido e a diretoria resolveu correr o risco, infelizmente não deu certo.
    Bola pra frente, o ideal agora é evitar ficar ruminando este caso e mantê-lo em evidência.

  • Lucas Vingilis Scridelli

    Eles estao deixando o F. Melo se queimar sozinho, já que botou advogado no meio vao dar as condicoes “jurídicas para o cara trabalhar…jájá ele faz mais uma cagada e o pessoal já demite ele por justa causa. Questao de tempo isso.
    Fico impressionado com a faltade profissionalismo que esse cara tem, se acha maior que os clubes por onde passa, nao a toa pegou uma geladeira na Inter

  • Felipe Martin

    emprestava para qualquer time ai do rio, minas, sul ou nordeste! Mandava para o vasco da gama! pagando metade do salario!

    • Rafael Capelini

      Eu PAGAVA 100% dos salários mais uns 100 mil pro Peñarol pega-lo emprestado até o fim do ano…

    • Gabriel Pedro

      Seria uma decisão bem mais segura de emprestar pra qualquer time que aceite ele até o fim do ano. Inter, Vasco, Botafogo, Fluminense, Avaí. Qualquer um.

  • Cara de Anão

    Diretoria amadora, tiraram totalmente a moral do Cuca diante do elenco.

  • Bruno Silva

    Aquele áudio infeliz do FM, não foi vazado. Foi divulgado mesmo. Ele claramente teve a intenção de jogar a merda no ventilador, tanto que o Cuca riu ironicamente ao saber da desculpa mentirosa de embriaguez que o FM deu depois da divulgação do áudio. Esse cara jamais deveria ser reintegrado, nem que o palmeiras pagasse o seu salário (integralmente) para ele jogar em outro time.

    O caráter desse sujeito é semelhante ao de um outro volante citado no texto que jogou no palmeiras, mas que hj veste a camisa imunda que ele merece.

  • Nero Azzurri

    Já começo a cogitar a possibilidade de Cuca não continuar, após esta situação. Que decidam logo, no máximo até outubro. Senão Feliz 2019. Muito sério o momento.

  • MonacoParmerista

    A impressão que fica do processo todo é que, como business process, nossa escolha inicial de atletas poderia receber uma revisão.

    Penso que, desde jan/15 possivelmente quando a sistemática usada hoje começou a ser praticada, o número de acertos é muito maior do que o de erros. Porém, dois casos pesados parecem representar deficiências em contextos de maior risco: Barrios e FM. (poderia talvez incluir o Borja no aspecto psicológico, mas ainda acredito que nossos profissionais conseguirão destravar a coisa)

    Barrios pelo real estado físico/capacidade de se adaptar com velocidade, algo não detectado anes de ele vir; e FM por todo potencial de polêmiica que, por tudo que aconteceu nestes 8 meses, teria de ser reconhecível à época da vinda dele.

    Penso que uma revisão desses pontos ajudará muito em novas negociações de maior valor.

    Quanto ao FM em si, o que mais lamento é que ele é mesmo um ótimo jogador. Porém, a personalidade que ele demonstrou até aqui parece bem problemática e a chance de usufruirmos do jogador me parece pra lá de diminuta.

    • Lucas Dalmáz

      Alexandre Mattos tem muitas qualidades e uma das principais é saber montar um elenco recheado e coeso, com 2,3 opções em cada posição desde o CRU-2013. Transformando vários bons jogadores em destaques de campeonatos e trazendo títulos para seus clubes.
      Porém, as falhas aparecem no momento que o seu comentário trata: os ativos de maior risco e ser o CARA da equipe. Nas duas temporadas no CRU teve o Júlio Batista e Dedé. Aqui, com mais temporadas (está na 3ª temporada) e mais dinheiro, já tiveram o Barrios (2015), – em 2016 foram contratações médias e sem dinheiro do Patrocínio por veto do Paulo Nobre – Felipe Melo e Borja nesse ano. Hoje, podemos dizer que todos deveriam ter rendido bem melhor e questionar o trabalho do Mattos, mas quando foram contratados, eram reforços de lotar o aeroporto (como realmente a maioria foi recepcionada).
      Meu sonho cínico seria filtrar o elenco atual e ano que vem não contratar ninguém, aproveitando base e emprestados. Mas com dinheiro em caixa, jogadores querendo atuar aqui, etc., provavelmente teremos contratações e Mattos terá uma nova chance de acertar no CARA do Palmeiras ano que vem.

    • Ferracini

      Para mim a situação é muito clara. Dificilmente um medalhão que já teve o seu auge de carreira dará certo no Palmeiras, pelo menos enquanto o Cuca for o técnico.
      Este tipo de atleta é de cadência de jogo, estilo que não é o que o Cuca quer. Vi hoje o trecho do treino em que foi treinada a saída de bola…cara, que bonito de ver Moisés, Guerra e Tchê-Tchê juntos. É essa a nossa arma contra a “nauseabunda tendência de jogar sem bola”…gostei da frase!!

      • MonacoParmerista

        realmente, a nauesabundancia abunda abundantemente!!!

      • Bruno Silva

        Um medalhão desses com salário alto é um péssimo investimento. É um jogador que já deu o que tinha que dar no futebol e o retorno financeiro é zero.

    • Bruno Silva

      Tanto Barrios como Felipe Melo e Borja, não foram contratados para trabalharem com o Cuca. Barrios veio quando Marcelo Oliveira era o treinador, e os outros dois vieram para atuar na equipe de Eduardo Baptista. São bons jogadores mas todos tem características diferentes das que o Cuca quer em campo, por isso não vingaram no time.
      Em 2018, com a permanência do Cuca, muito provavelmente as contratações serão pontuais, e tomara que sejam jogadores sem grife porém promissores, como foram nossas melhores contratações da era Mattos (Jailson, Victor Hugo, Mina, Tchê, Moisés, Roger Guedes).

      • Rafael Capelini

        Algum medalhão também é bem vindo, até por questão de Marketing.

        Mas tem que ser alguém que ainda não tenha atingido, ou ainda esteja no auge.

        Mattos vai ter que fazer o negocio mais acertado da vida dele.

        • Bruno Silva

          Sim, desde que a contratação esteja alinhada com os planos do treinador, e de preferência que seja alguém que dê pra recuperar o investimento no futuro. Tipo: Guilherme Arana… Gustavo Scarpa… Zeca… Edwin Cardona…
          Agora pegar um Felipe Melo da vida, que já “não tem mais o que provar pra ninguém”, pagando valores absurdos, não dá!

          • Rafael Capelini

            O Scarpa pra mim é a cara do Palmeiras, quando vejo o cara, imagino ele vestindo o Manto Sagrado Verde!!

            Tem aquele jeitão de meia clássico Palestrino!!

            Que pena que as flores fizeram jogo duro, teria sido sensacional, mas ano que vem seria minha prioridade, ele e os dois BONS laterais, se conseguir esse trio que você citou… seria sensacional.

          • Arana, Scarpa, Zeca, Gatito e Guilherme (Botafogo) são as prioridades do ano que vem.

  • Sandro Sgobi

    Palmeiras tá uma zona. Aceitar FM foi a gota d´água. Imagine que vc tem um negócio e seu empregado grava um áudio te chamando de babaca e diz que, enquanto vc for o dono da empresa, ela nunca vai vencer no mercado. Por último se oferece feito uma puta para as concorrentes e diz que elas estão todas te ligando querendo os seus serviços…..meu…é inacreditável esse rolo e falta de resolução da diretoria….Chega logo 2019…(sim, 9..)

    • Old and Wise

      Muito bom seu comentário. Foi exatamente isso que aconteceu e o presidente avaliou pessimamente a situação. Passados dois dias uma esmagadora parcela da torcida desaprovou a atitude da Diretoria. O Cuca está vendido no lance. Que falta faz um presidente que entende o que é ser firme!!!

  • Vitor

    Independente de ser o Felipe Melo, contratar um jogador de defesa de 34 anos, fazendo um contrato de 3 anos e segundo dizem, pagando 800 mil pro mês não pode ser considerado um bom negócio.
    A não ser que esse jogador fosse um craque, o que não é o caso.

    Mudando de assunto. Essa parada no campeonato brasileiro foi boa para o São Paulo, estão batendo o recorde de tempo sem perder.

    • Rafael Capelini

      “Mudando de assunto. Essa parada no campeonato brasileiro foi boa para o São Paulo, estão batendo o recorde de tempo sem perder.

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Sensacional essa!!

      Devem estar rasgando as pregas de ansiedade de ‘tentar’ sair da vice-lanterna.

      E TENHO FÉ que sairao em pouquissimo tempo mesmo da vice-lanterna!!

      O CAG tá crescendo e mais umas duas rodadas passam elas facin, facin… rsrsrsrs

  • Sergio Oliveira

    Fico imaginando o pé-de-meia que esse Alexandre Mattos está fazendo…

  • Aloisio rodrigues

    cadê o Conrado?
    tá vendo vcs foram trollar o Conrado no periscazzo, agora ele tá dando castigo.
    varios dias sem nenhuma publicação….

  • O retorno de Felipe Melo também pode ser chamado de “Atestado de B3”, devidamente assinado pelo nosso “conciliador” presidente.
    Com esse movimento, conseguiu tirar a autoridade dele, do Mattos e do Cuca, encher de moral um jogador regular (a entrevista de retorno comprova isso), mostrar a fraqueza e insegurança de sua gestão, colocar o ambiente do vestiário em risco extremo, recolocar o palmeiras nas páginas de fofoca futebolística e dar munição aos conselheiros e pseudo jornalistas que tem muito interesse no fracasso do clube.
    Volta Paulo Nobre.

    • Lucas Dalmáz

      Primeiro ano de mandato de presidente é sempre complicado. Ainda mais quando você tem que substituir um novo “ídolo”, que levantou o clube com dinheiro emprestado em seu nome, fez questão de levantar as taças e tem perfil de liderança totalmente oposto ao seu. Lembrando, em seu segundo mandato de presidente, já que o primeiro foi quase catastrófico.
      Culpar o Galiotte por ele não ser o Paulo Nobre é um erro. Comparar ele com Arnaldo e musgambá também. Todas decisões estão passando por ele, ele não decide sozinho como o primeiro e muito menos deixa tudo ser como quiserem igual os outros. Apesar de questionarmos as decisões, ele está no comando e está atuante. Perguntemos ao elenco de 2013 se eles gostaram das vezes que o Paulo Nobre invadiu o vestiário pra xingar todo mundo como na eliminação pro Atl-PR na Copa do Brasil… e o elenco atual que aparenta ter sentido apoio e confiança para que 2018 seja ainda melhor.
      Concluindo, só porque acabamos de achar uma forma que dê certo (2015-16), não quer dizer uma forma diferente esteja errada. Aliás, a mesma forma que deu certo, deu errado em 2013-14.
      Mesmo não concordando com tudo, acredito muito no trabalho da atual gestão e que colheremos frutos em 2018. Em janeiro devemos ter o elenco fechado do jeito que o Cuca montar e vamos terminar dez/18 implorando pela renovação do Cuca, Mattos. Na política, estaremos bem servidos com a reeleição de Maurício, volta do Paulo Nobre ou qualquer outro que não coloque todos poderes na mão do musgambá.
      DALEPORCO!!

      • Rafael Capelini

        Eu também estive evitando criticar demais o Galliote, exatamente por lembrar que no 1o mandato o Nobre também fez várias patacoadas e também cedeu a vários caprichos do Verme Gordo.

        Mas alguns desses vacilos não podem passar sem uma bela chamada de atenção:

        -As demissões por revanchismo político de pessoas altamente relevantes à Profissionalização do Clube
        -O fim da ‘blindagem’ do Futebol e retorno dos ‘vazamentos’
        -As férias fora de hora
        -A atual fraqueza do Dep. Jurídico
        -Toda a condução do caso Pequinês Melo

        Como pontos positivos:

        -Seguir dando respaldo ao Alexandre Mattos
        -Seguir trabalhando pela valorização de nossa História

        Não o condeno pela:

        -Condução do Processo de Eleição da Leila Pereira
        Achei muito mais um erro de extrema inabilidade política do Nobre que o deixou numa sinuca-de-bico antes mesmo de começar a trabalhar. Erro inclusive que culminou com as demissões que enfraqueceram a espinha profissional, portanto o Nobre também tem culpa nisso, mas não isenta a patacoada do Galiotte de ter demitido os caras.
        Não é “O Conciliador”?? Pois deveria ter conciliado a permanência deles mesmo eles tendo divergido no caso em questão!!

        O Caso Pequinês passou um pouco* dos limites do bom senso (*pra ser simpático), portanto já está fazendo por merecer por enquanto o adjetivo de FROUXO mesmo!!!

        Tomara que ele encontre logo seu caminho, consiga logo se desvencilhar das garras do Múmia e se torne um líder tão positivo quanto seu antecessor.

  • Luciano – Apuca

    Complicado esse texto hein, se o VERDAZZO que tem muita informação e sempre tenta nos passar uma visão mais otimista de apoio por ser um grande formador de opinião nosso está tão receoso, ai fiquei preocupado com isso tudo..rsrs. Infelizmente não temos um líder, nosso presida é muito fraco, e um cara assim não tem condição de comandar um gigante como o VERDÃO, essas falhas constantes de postura e atitude de liderança já nos custaram em boa parcela a maior parte dos objetivos de 2017 e podem inclusive nos custar o 2018 tb, visto que hoje não tem outra linha de raciocínio profissional que não seja a continuidade do CUCA desde a pré-temporada. Enfim, tudo o que foi plantado a duras penas nos últimos anos e que já começou a dar alguns bons frutos, pode ser quebrado nas mãos de um banana, ou melhor, “Conciliador ao extremo”. É torcer muito pra não dar mais zica, pois não tem lógica nenhuma essa volta do FM depois do que ele fez, independentemente do que esteja em contrato, que convenhamos, se nos pressiona a ter que engolir o cara, foi muito mal feito. VAMO VERDÃO ACABAR C/ ESSE PEQUENA ZICA CONTRA O galinho!!!!

  • Difícil acreditar que o cara vai ficar calado, na reserva, até o fim do ano.
    Quem foi o gênio que achou que seria uma boa ideia ele dar uma entrevista após a reintegração?

    • Andre Luís Sousa Araújo

      Se realmente não houvessem mágoas e tudo estivesse numa boa, o correto seria a entrevista ter sido não só dele, mas também do Cuca (e quem sabe até, também, do Mattos e/ou Galiote). Devia rolar até um abraço depois da coletiva, risadas e tapinhas nas costas, afinal, está tudo bem, não?

      Do jeito que ocorreu, parece que simplesmente disseram: “vai lá bicho, se explica, porque vc quem se enfiou nessa!”. Pôxa, jogaram o cara pra ser acuado pela imprensa (consideraram o potencial dele de já na coletiva falar bobagem de novo e azedar ainda mais a relação?)

      Ps. Não estou o defendendo, apenas analisando o fato da coletiva individual dele.

      Eu acredito que o bom coração do Cuca pode realmente ficar sem nenhuma mágoa do Felipe Melo, SE este último fizer por merecer tal perdão absoluto com um comportamento irretocável. Nos resta torcer mesmo.

      • Pro bem do Palmeiras, tomara que seu otimismo prevaleça sobre meu pessimismo. Abraço.

      • Rafael Capelini

        Eu também estive evitando criticar demais o Galliote, exatamente por lembrar que no 1o mandato o Nobre também fez várias patacoadas e também cedeu a vários caprichos do Verme Gordo.

        Mas alguns desses vacilos não podem passar sem uma bela chamada de atenção:

        -As demissões por revanchismo político de pessoas altamente relevantes à Profissionalização do Clube
        -O fim da ‘blindagem’ do Futebol e retorno dos ‘vazamentos’
        -As férias fora de hora
        -A atual fraqueza do Dep. Jurídico
        -Toda a condução do caso Pequinês Melo

        Como pontos positivos:

        -Seguir dando respaldo ao Alexandre Mattos
        -Seguir trabalhando pela valorização de nossa História

        Não o condeno pela:

        -Condução do Processo de eleição da Leila Pereira
        Achei muito mais um erro de extrema inabilidade política do Nobre que o deixou numa sinuca-de-bico antes mesmo de começar a trabalhar.
        Erro inclusive que culminou com as demissões que enfraqueceram a espinha profissional, portanto o Nobre também tem culpa nisso, mas não isenta a patacoada do Galiotte de ter demitido os caras.
        Não é “O Conciliador” pois deveria ter conciliado a permanência deles mesmo eles tendo divergido no caso em questão!!

        O Caso Pequinês passou um pouco* dos limites do bom senso (*pra ser simpático), portanto já está fazendo por merecer por enquanto o adjetivo de FROUXO mesmo!!!

        Tomara que ele encontre logo seu caminho, consiga logo se desvencilhar das garras do Múmia e se torne um líder tão positivo quanto seu antecessor.

  • Gabriel Pedro

    Uma questão que ninguém aqui levantou mas que é importante ressaltar: O profissionalismo do Cuca. O quanto ele quer trabalhar no Palmeiras e vestiu a camisa mesmo. Se ponha no lugar dele e veja o quanto ele se importa com o Palmeiras pra aceitar toda essa situação. Por isso defendo contrato vitalício para ele no Palmeiras. Podiam aproveitar e fazer um contrato vitalício pro Mattos também.

    • UNeto

      Contrato vitalicio? O do Mustafá ja nao esta bom o suficiente?
      Querem uma gestao profissional e falam em contrato vitalicio? Kkkkk
      Para de pagar o Cuca e o Mattos e veja o amor pelo time….
      Cuca sai no final do ano, igual ano passado… aguarde e confira…

  • Matheus Braga

    A enquete no GE diz que a maioria da torcida acha que ele tem que ser titular. Mesmo depois do que ele falou. Ele não se preocupou com o Palmeiras. Ele só quer saber do dele. E ainda citou nosso maior rival como uma possível oferta. E o que a torcida quer? Quer vê-lo de titular. ¯_(ツ)_/¯ Isso diz muito sobre o Palmeiras pós-Allianz Parque, Crefisa, etc.

    • Carlos José Da Silva Xavié

      Isso é a MV votando em peso, esses caras idolatram babacas como o FM, o pitbosta.

    • Rafael Capelini

      Enquete no GE deve ter um monte de torcedor de outro time votando.

      • Exato, eu votaria no Ceni no sp por mais 10 anos.

        • Bruno Silva

          kkkkkkkkk, o melhor de tudo é que ele é o maior responsável pelo rebaixamento das gazelas.