1
(3)
X
2
(4)

Palmeiras 1x2 Defensa Y JusticiaCesar Greco

O Palmeiras foi derrotado pelo Defensa Y Justicia por 2 a 1 em Brasília, agora à noite; perdeu na decisão por pênaltis e deixou escapar a Recopa Sul-Americana.

O Verdão teve a taça nas mãos por duas vezes, mas a deixou escapar numa autêntica parmerada e agora foca no desenrolar da temporada regular, que está apenas começando.

Primeiro tempo

3'
Defensa Y Justicia

Braian Romero avançou pela direita e cruzou por baixo; Bou chegou inteiro para escorar, mas Marcos Rocha apareceu na cobertura e salvou o Palmeiras.

8'
Palmeiras

Danilo lançou para Wesley entre os zagueiros; o ponta amorteceu, tirou o goleiro e tocou para o gol; Frías correu e salvou em cima da risca – mas o lance estava parado por impedimento de Wesley.

15'
Defensa Y Justicia

Benítez chutou de longe; Weverton estava bem colocado mas a bola quicou à sua frente e explodiu em seu peito; Pizzini pegou o rebote de primeira e emendou para fora.

16'
Palmeiras

Viña cruzou da intermediária buscando Rony; a zaga afastou e Raphael Veiga tentou emendar da meia-lua, mas pegou mal na bola.

18'

Raphael Veiga roubou a bola no campo de ataque e lançou Rony na área; o atacante dominou, tirou da marcação, foi calçado e foi ao chão – o árbitro mandou seguir. Depois de muita reclamação, o VAR foi acionado e Leodán González marcou o pênalti.

21'
Palmeiras

GOL DO PALMEIRAS! Raphael Veiga bateu firme no lado direito do gol e abriu o placar para o Verdão.

27'
Palmeiras

Wesley roubou a bola no campo de defesa e tocou para a corrida de Rony, que teve a chance de partir em direção ao gol mas acabou deixando o zagueiro cobrir; Wesley seguiu na corrida e recebeu do lado direito, mas na hora de finalizar Loaiza chegou por trás e travou o chute.

30'
Defensa Y Justicia

Gol do Defensa Y Justicia – Matías Rodríguez lançou por trás de Gustavo Gómez para Pizzini, que rolou para a chegada de Braian Romero, que escorou para o canto direito de Weverton.

36'
Defensa Y Justicia

Mais uma boa jogada pela direita; Braian Romero finalizou e Weverton fez a defesa parcial; Benítez pegou a sobra de frente e Weverton fez excepcional defesa a escanteio.

47'

Fraco, Leodán González encerrou o primeiro tempo.


Segundo tempo

3'
Palmeiras

Após roubada de bola no campo de ataque, Rony recebeu, entrou na área e bateu cruzado; Unsaín fez a defesa firme por baixo.

5'
Defensa Y Justicia

Pizzini recebeu pelo lado direito, teve liberdade e bateu de fora, por cima do gol.

Breno Lopes passou a compor a linha defensiva, do lado direito. Linha de cinco.

6'
Defensa Y Justicia

Pizzini fez ótima enfiada para Braian Romero, que ganhou de Gustavo Gómez e saiu na cara de Weverton, que fechou o ângulo e impediu o gol.

10'
Defensa Y Justicia

Benítez bateu escanteio fechado da direita, Weverton estava atento e impediu o gol olímpico.

15'
Palmeiras

Rony tabelou com Patrick de Paula, recebeu livre na área, enquadrou o corpo e soltou a bomba – a bola foi em cima de Unsaín, que rebateu para longe.

17'

Mayke e Gabriel Veron entraram nos lugares de Breno Lopes e Wesley.

20'

Viña disputou com Frías na ponta-esquerda, ganhou a jogada, foi agarrado pelo argentino e na queda desferiu um chute no adversário. Leodán González expulsou o uruguaio após a consulta ao VAR e não marcou a falta para o Palmeiras.

Mayke, que entrou para fazer a ponta direita, acaba cobrindo a lateral esquerda depois da expusão de Viña.

O Palmeiras passou a cozinhar o jogo, bem fechado, e o time argentino não conseguia penetrar em nossa defesa.

31'

Saiu Raphael Veiga para a entrada de Gabriel Menino.

34'
Palmeiras

Gabriel Veron foi lançado em velocidade, entrou na área e bateu de bico; Unsaín fez a defesa e quase Rony aproveita o rebote, mas Unsaín fica com a bola em cima da risca. Veron sentiu lesão no lance.

37'

Alan Empereur e Felipe Melo entraram nos lugares de Veron e Patrick de Paula.

48'
Defensa Y Justicia

Gol do Defensa Y Justicia – Alan Empereur cortou a bola mas não afastou; Benítez emendou um chutaço de fora; Weverton não foi bem na bola e ela entrou.

50'

Após cinco minutos de acréscimo, o árbitro encerrou o jogo em seu tempo normal.


Prorrogação - Primeiro tempo

O Palmeiras se posicionou num 5-3-1, com Rony isolado na frente.

3'

Felipe Melo lançou Rony na área; Unsaín foi no corpo do atacante do Verdão e fez a falta. Leodán González precisou ir ao VAR, mas marcou o pênalti.

7'

Formou-se uma confusão, e Braian Romero acabou recebendo o cartão vermelho.

10'
Palmeiras

Gustavo Gómez bateu mal, rasteiro, fraco, e Unsaín defendeu no lado esquerdo.

19'

Após quatro de acréscimo, o árbitro encerrou o primeiro tempo da prorrogação.


Prorrogação - Segundo tempo

Luiz Adriano entrou no lugar de Marcos Rocha. O Palmeiras se posiciona no 5-2-2; com Gabriel Menino na direita, Mayke na esquerda, Felipe Melo e Danilo no meio e Luiz Adriano e Rony na frente; o Defensa se armou no 4-4-1.

O segundo tempo da prorrogação foi apenas brigado, mas o desgaste físico não permitiu um jogo mais elaborado. O árbitro, desta vez sem acréscimos, encerrou a prorrogação.

Ficha Técnica

0

R$ 0,00

Leodán González

Defensa Y Justicia

Unsaín
Matías Rodríguez
Brítez
Frías
Meza
Benítez
Breitenbruch
Loaiza
Hachen
Enzo Fernández
Pizzini
Merentiel
Rotondi
Isnaldo
Braian Romero
Walter Bou
Escalante
Sebastián Beccacece
TÉCNICO

Disputa de Pênaltis

Palmeiras

Defensa Y Justicia

Gabriel Menino
Frías
Luiz Adriano
Merentiel
Gustavo Gómez
Isnaldo
Rony
Enzo Fernández
Weverton

Fim de jogo

Como sempre, não existe um fator isolado que tenha determinado a derrota e o resultado amargo. Foi uma coletânea de ocorrências:

  • mesmo sendo a jogada de maior perigo, marcar a saída de bola mais na frente após o meio do primeiro tempo deu ao adversário o espaço entre as linhas que eles tanto gostam para criar. Assim, empataram o jogo. O Palmeiras deveria seguir marcando mais atrás, mais compactado, e preservar o espaço para a correria do trio de ataque;
  • Gustavo Gómez fez, seguramente, sua pior partida com a camisa do Palmeiras;
  • o árbitro Leodán González foi péssimo, deixando de marcar um pênalti claro a favor do Palmeiras, a despeito de ter marcado outros dois (após consulta ao VAR);
  • a saída de Wesley foi, salvo problemas físicos, incompreensível. Foi punida pela expulsão de Viña;
  • o lateral uruguaio cometeu um erro infantil, ignorando a existência do VAR. Desde 2018, dar aquela pernada malandra na extensão do lance não existe mais no futebol;
  • Weverton falhou a dois minutos do fim. A bola passando por suas mãos foi como a taça escorrendo entre os dedos de toda a torcida;
  • não dá mais para aceitar esse tipo de performance nos pênaltis.

Mas nem tudo foi um horror. Luan jogou com um alvo nas costas e foi o melhor jogador do Palmeiras em campo, ao lado de Felipe Melo, outro jogador muito cobrado por parte da torcida após o jogo de domingo.

Aliás, o fato de dois jogadores criticados terem sido os melhores jogadores do time em campo, ao passo que os favoritos Weverton, Gustavo Gómez e Viña, além do professor Abel, que são unanimidade (com justiça), terem sido os piores, dará um nó na cabeça do pessoal da corneta. E agora, pedirão a cabeça de quem?

Com esta final, finalmente a temporada 2020 acabou (a Supercopa e a Recopa são extensões das vitórias de 2020) e agora o time volta os olhos exclusivamente para a temporada 2021.

Deste momento em diante, o Palmeiras vai jogar por cinco semanas seguidas num ritmo de três jogos por semana. Será desumano; cruel. E entre esses jogos, uma fase de grupos de Libertadores com adversários complicados – entre eles, o mesmo que enfrentamos esta noite, cujo jogo parece encaixar bem contra o nosso.

Agora é que é hora de vermos se nossa torcida vive de vitórias ou se vive de Palmeiras.

Enquanto isso, nossa diretoria parece estar dormindo, em sono profundo… zzZZZzzzZZzzz… ACORDA! E VAMOS PALMEIRAS!





  • O time precisa de reforços. Enquanto isso para mim hoje os onze são
    Weverton , Mayke, Luan, Gomes e Viña
    Melo, Patrick , Danilo e Veiga (este meio campo para jogos grandes) ou
    Melo , (um dos meninos), Veiga e Scarpa.
    Rony e Wesley.
    Rony Bigode e Wesley num 4/3/3.

  • Abel escalou mal. Felipe Melo jogou contra o Grêmio de terno. Ele põe moral nesses bananas, tem que jogar junto com Patrick (ou Danilo) para correrem por ele. Abel demorou pra substituir, e quando fez inventou. Ontem era jogo de adultos. Jogo pra entrar com o Bigode no lugar do Breno. Meio com Melo, Patrick Danilo, Scarpa e Veiga , frete Rony e Wesley. Esse time é muito melhor para trabalhar a bola e partir em velocidade.

  • Tem que virar a chave, sexta feira tem clássico que vai direcionar. Restante da temporada, uma derrota e os ânimos vao ficar muito quente. Precisamos de um meia armador, lateral para suprir M Rocha, e um atacante pq o L Adriano não está com a cabeça no Palmeiras. E se o Dudu voltar vamos ter mais tranquilidade. Infelizmente não se contratarmos urgente não vamos ter bons frutos no restante da temporada.

  • Abel precisa parar de ser capa de revista e treinar o time. Ele definitivamente não é Guardiola e nem o Mourinho. Parar de inventar, parar de ser professor pardal. Marcs Rocha de terceiro zagueiro não dá. Jogar com 4 laterais não existe, fazer o Breno de lateral, o time perde poder de ataque. Zé Rafael não dá. Melo tbem não. Precisa de um homem de frente, na verdade dois, um ponteiro e um centroavante. Parar de inventar Rony de centroavante, põe o William quando não tiver Luiz Adriano. Parar de se achar e ser expulso toda hora, junto com a comissão técnica. Domingo, foi expulso ele e o auxiliar que ficou no lugar dele. Ontem de novo mais um auxiliar, preparador e gerente de futebol expulsos.

  • Os melhores ontem:
    – Luan (quem diria, de longe, o melhor da defesa; nem parecia que teve seu whatsapp vazado criminosamente depois dos vacilos de domingo)
    – Rony (incansável, guerreiro e decisivo – se tivesse mais intimidade com a bola, seria um atacante completo)
    – Felipe Melo (quando entrou, parecia um adulto colocando ordem na bagunça das crianças)

    Os piores:
    – Gustavo Gomez (pela primeira vez, dava medo quando a bola ia na direção dele; e amarelou nos pênaltis, dava para ver na cara dele que a fralda estava cheia)
    – Danilo (parecia um convidado para uma festa em que não conhece ninguém – completamente perdido)
    – Bruno Lopes (estava em campo?)
    – Weverton (irreconhecível, antes das mãos de alface aos 48 do segundo tempo, já tinha soltado bolas que eram para agarrar; não passou segurança nenhuma, a ponto de os argentinos começarem a chutar de fora da área, achando que o gol estava aberto)
    – Abel (precisa rever suas escolhas, seu temperamento à beira do campo – que contagia o time negativamente – , e até algumas decisões táticas. Tem crédido pelas grandes conquistas, mas, como sabemos, a memória da torcida é curta)

  • Rony se enrola todo com a bola, mas é incrível como dá o sangue em campo sempre e, mais do que isso (porque muito esforço sem resultado não adianta nada), é o mais decisivo dos jogadores de linha. Sofreu 3 pênaltis, embora o juiz ladrão só tenha marcado dois. Por isso, eu daria uma nota maior para ele, pelo reconhecimento à postura e à eficiência do cara numa final. E gostei da nota do Conrado para o Gomez. Teve uma noite de Leandro Almeida. O que me preocupa mais – além da omissão da diretoria que não traz reforços que tornariam o Palmeiras favorito absoluto num jogo como esse – é a sequência de notas baixas (acertadamente) para o Abel. O portuga tem crédito demais, mas tem escalado errado, substituído pior ainda, escolhido mal batedores de pênalti (que parecem não ter sido treinados para isso) e ainda fica dando chilique 100% do tempo, arrumando treta até por cobrança de lateral, deixando o time todo à flor da pele. Se a diretoria tivesse um cara corajoso, chamaria o técnico para rever essas posturas e questionar essas escolhas. Agora, começo de temporada, é a hora de fazer esse alinhamento. Não no momento em que ele estiver à beira de uma demissão.

  • O nosso camisa DEZ tem 29% de aproveitamento em pênaltis. A camisa que já foi de Ademir da Guia e Alex…

    • Nosso camisa 10 é o Raphael Veiga que acerta todos os penais e cobra muito bem.
      Lucas lima tem a 10 nas costas mas nem se quer entra mais em campo.

  • Rony foi o melhor em campo.

    A diferença do Felipe Melo para os meninos, é que Felipe normalmente toma as melhores decisões quando está com a bola.

    É uma pena que ele já não tenha mais o vigor físico ideal para jogar 90 minutos…

  • Acho que tem algumas coisas que foram cruciais pra perder esse título, a expulsão do Vina num momento que o Palmeiras estava segurando o jogo e sofrendo pressão, o Defensa tava vindo pro tudo ou nada e ficamos com um a menos, Weverton é foda um goleiraço mas falho no segundo gol , Gomez numa jornada muito infeliz não se perde um pênalti numa prorrogação e o Abel insistir na escalação do Breno que é limitadíssimo, tendo Willian e Luiz Adriano .Não ganhamos nenhuma das duas, nem a Recopa e nem a Supercopa , eu estava bem confiante que pelo menos a Recopa o Palmeiras levaria, principalmente pelo bom futebol apresentado domingo e por ter vencido o primeiro jogo.

  • Discordo em relação ao melhor jogador do jogo, o melhor jogador na noite de ontem foi o RONY…..

  • O futebol ta uma bagunca nem da pra cobrar dos jogadores…alguém aqui sabe quando terminou a ultima temporada e quando comecou a nova?

    • Na real a temporada 2021 começou com o Derby em Itaquera pelo Paulistão que empatou 2×2 , o primeiro jogo seria contra o São Caetano mas foi adiado por conta da Copa do Brasil, e depois foi realizado e o Palmeiras ganhou de 3×0, essa Recopa e a Supercopa são torneios de pré temporada de 2021, a partir de agora todos os jogos serão pela temporada 2021, a não ser que tenha outra paralisação que obrigue a temporada 2021 se estender até ano que vem, igual foi a 2020

  • Breno Lopes não serve pra ser titular não, tá na história do Palmeiras e tudo mais, foi herói , mas não acho que tenha futebol pra ser titular, nesse jogo eu arriscaria entrar com o Rony , Wesley e Luiz Adriano de centroavante, se não desse certo eu colocaria o Willian e aí sim depois o Breno.

  • Só esqueceu de dizer que o River teve uma sorte absurda no jogo de ida por não ter perdido por cinco a zero.

  • Esquentar a cabeça com torneio de pré temporada, que não vale nada, só se fosse muito burro pra ficar queimando jogador

    • Tem razão quanto a besteira que será ficar queimando peças do elenco…..mas é um campeonato nível CONMEBOL, muito mais importante que o campeonato que a Globo e a CBF fizeram força para dar visibilidade semana passada. Essa é a verdade, esse, dos dois campeonatos, era o título a ser ganho.

  • Tinha q ter trazido Montiel e Carrascal do River.. vacilaram.. iam trazer muita qualidade para a LD e Meia.

    • Não trouxeram pq o Anderson de Barros estava ocupado vigiando duas tartarugas. Uma fugiu e voltou prenha, a outra escapou e não voltou mais.

  • Concordo.. diretoria já demorou demais para trazer jogadores e estão achando q vamos ganhar títulos com o mesmo time. Lateral direito e meia titulares para ONTEM!! Liberta já vai começar!!

  • Rapaz, jogamos mal sim, mas esse time nem de longe é uma porcaria. Pelo contrário! Não vou brigar com um colega verde especialmente em um momento como esse, mas não ganhamos tudo que ganhamos em 2020 por sorte.

    • O time é bom, mas limitado. Superou minhas expectativas, mas ainda tem um monte de falhas. Sem críticas pessoais, mas não consegue sair jogando…. Que time bom ou bem treinado tem essa característica?

  • A critica que eu faço, a unica pq perder essas duas taças não significam nada PRA MIM, é que a galera precisa se acalmar. Apilha tá demais. E não pode levar essa pilha pro resto da temporada. Estamos em 2021 e não em 1970. Não dá pra ter porrada todo jogo. Não dá pra perder o controle todo jogo. Só isso, de resto, bola pra frente. Torcedor tem de apoiar na boa e na ruim. Ninguém é Pelé quando ganha nem Mané quando perde. Mas, novamente essa é só a minha opinião, a unica que eu posso dar. E respeito quem discorda.

    • Apoiar eu apoio, mas às vezes tem que vir uma corneta. Ontem novamente quando entrou o Mike eu já vi o filme. Breno Lopes de titular só pode ser pra mostrar que faltam peças. O Portuga é ótimo técnico, mas ontem ele estava testando os ânimos. O Palmeiras tem elenco pra jogar muito mais. Aqueles chutões do Weverton foram uma vergonha contra o River… Eis que ontem fizeram novamente. Tomou uma baita pressão desnecessária.

      • o time fez 3 jogos após a volta das férias, os 3 foram finais, fica complicado exigir que o time jogue como jogou ano passado. O Flamerda estava mais entrosado e foi pau a pau, o da Argentina eu não sei pq não acompanho mas, aposto que tbm está no meio do campeonato deles. Lógico que perder não é bom, mas, na Libertadores precisa ser diferente. O campeonato da FPF não vale nada pra gente.

    • Excelente ponto. Eu não vejo falha do Weverton no segundo gol, Alan deveria ter dado um chutão pra frente.
      Weverton cobrou o penalti para proteger os jogadores.
      Abel precisa mudar a sua postura na lateral do campo, esse nervosismo acaba passando para os jogadores.

      • Concordo. O zagueiro tinha que isolar a bola, e o Weverton se apresentou para ser escudo dos caras. Imagina se o Luan ou Danilo perdem outro penalty em final.

  • O time argentino deve comemorar muito este título que jamais deverá ser repetido em sua história.

    Afinal, tinham 0% de chances de vencer e venceram.

  • O começo de temporada que deveria ser tranquilo, será de muita pressão por duas taça de pouco valor perdidas. E quarta que vem já tem Libertadores.

  • Faltou malandragem…
    Más realmente.. toda a sorte que a gente teve na libertadores, principalmente contra o River, se foi agua abaixo. Perder penalti durante o jogo e tomar gol no último minuto…
    Se o viña nao fosse expulso parecía questao de tempo Fazer um gol…
    Más tem que arrumar esse meio campo, essa estrategia. Tem que Ter mais posse de bola, brigar pelo meio campo

    • Cara, ja que vc tocou nesse assunto, eu sou da opiniao, ja faz tempo, que tenha um treino com as lendas por jogo, tipo, Evair e finalização, uma semana, um Assunção e as faltas, e por ai vai, mas, não tem tempo, calendário todo cagado, o time acabou de voltar de ferias, então… é só um sonho. Sem contar que nem sei se isso é prioridade pra jogador ficar treinando depois do treino, algo me diz que não.

  • Apesar daqueles que criticaram o Abel por tirar ferias com a familia, apesar daqueles que queriam mandar o Luis Adriano embora por algo que a punicao sempre foi multa, apesar do pessoal que quer se livrar do Luan, como se as outras opcoes fossem melhores, apesar do pessoal que critica o Veron por se contundir, apesar daquele pessoal que quer mandar o Abel embora por brigar pelo Palmeiras quando é roubado, apesar daqueles que queriam mandar embora o Veiga, apesar daquele pessoal que acha que os juizes sao todos honestos e quando perde é por que devia ter jogado mais, apesar daqueles que queriam mandar embora o Rony, um dos melhores da Libertadores, o Verdao vai manter sua vocação de vencedor e trazer mais uma taça para o futuro salao de trofeus do Allianz. Scoppia Palestra!!!

    • Cara, as pessoas são umas cretinas. São os mesmos que pediram o goleiro sub23 quando o Weverton falhou contará o Libertad se não me engano. Como se essas mesmas pessoas não fizessem merda. A diferença eh que ninguém se importa com elas. Quem chora, chora de barriga cheia e um dia vai sentir falta.

  • Onze inicial dos adeptos: Weverton – Menino – Kuscevic (Empereur) – Gomez – Vina – Danilo – PK – Veiga – Rony – Wesley – Luiz Adriano.

    Palmeiras campeão!

    • Boa Bruno! Só trocaria o Rony pelo G Veron! Danilo e PK no meio campo são fundamentais! Sem eles não teríamos passado pelo River Plate na Libertadores 2020! Felipe Melo e Zé Raphael são banco! G Menino tem que ser efetivado na lateral direita!

    • O Abel não vai sacar o Luan e nem o Rocha, podem esquecer… Acho que as únicas mudanças poderão ser no meio (Danilo no lugar do Zé) e no ataque (Luiz Adriano). O Abel é coerente e ele sempre fala que prestigia quem trabalha, quem tá sempre lutando e tal, ele não vai queimar o Luan.