Mayke volta a atuar depois de 3 meses e abre disputa pela lateral-direita para a final da Libertadores

Mayke durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Mayke passou por uma artroscopia no joelho no final de setembro e não disputava uma partida desde agosto

O Palmeiras goleou o Atlético Goianiense na noite de ontem, por 4 a 0 (Raphael Veiga, Rony, Gustavo Scarpa e Breno Lopes foram às redes) e manteve a sequência vitoriosa dentro do Campeonato Brasileiro nos últimos jogos – são seis triunfos seguidos.

Com o resultado da partida definido antes da metade do segundo tempo (Scarpa anotou o terceiro aos 18 minutos), o técnico Abel Ferreira pôde fazer algumas mudanças para descansar os titulares, como as saídas de Veiga, Luan e Rony, e também teve a possibilidade de dar rodagem a Mayke, que não atuava há mais de três meses.

A última vez que o camisa 12 havia entrado em campo foi em 7 de agosto, na derrota por 3 a 2 para o Fortaleza, no Allianz Parque. Depois disso, permaneceu como opção e, no final de setembro, passou por uma cirurgia no joelho direito.

Com a volta de Mayke, que jogou por 24 minutos contra o Dragão, Abel Ferreira tem mais uma opção para a lateral-direita, visando o confronto diante do Flamengo, pela decisão da Copa Libertadores, já que Marcos Rocha, dono da posição, está suspenso. O outro atleta que pode atuar nesta função em Montevidéu é Gabriel Menino, que para muitos palmeirenses seria o substituto imediato.

O camisa 25, no entanto, também ficou um período parado devido a uma lesão no tornozelo e, desde que se recuperou, não foi mais utilizado.

Mayke ou Gabriel Menino? Abel tem 16 dias e 4 jogos para definir

Abel Ferreira durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Com o Campeonato Brasileiro praticamente definido, o foco do Palmeiras se volta todo para a decisão da Libertadores, que acontecerá no próximo dia 27. Diante disso, o técnico Abel Ferreira tem 16 dias e quatro jogos para definir quem será o escalado no lugar de Marcos Rocha.

“Temos duas opções para o lado direito [Mayke e Gabriel Menino] e vamos ver qual será a melhor opção. Espero que o Mayke fique bem para sabermos qual estará disponível. Ou talvez outro. Depende das ideias do treinador”, chegou a dizer Abel Ferreira após o triunfo diante do Santos.

Caso não opte por Mayke ou Menino, Abel pode recorrer a alguns atletas que já atuaram improvisados no setor, como Gustavo Gómez (com Felipão, em 2018), Kuscevic, Luan ou até mesmo alterando o esquema atual e colocando Breno Lopes, que jogou assim no Campeonato Paulista, ou Rony, que fez a função no duelo diante do Bahia.