Campeão da Recopa, Palmeiras se reapresenta na Academia de Futebol com treino técnico

Mayke e Gustavo Scarpa durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Sem os atletas que atuaram por mais de 45 minutos contra o Athletico-PR, Palmeiras iniciou a preparação para enfrentar o Guarani

O elenco do Palmeiras se reapresentou na manhã desta sexta-feira na Academia de Futebol após a conquista da Recopa Sul-Americana sobre o Athletico-PR. A equipe deu início à preparação para o confronto contra o Guarani, que acontecerá neste domingo, pelo Campeonato Paulista.

A atividade não contou com as presenças dos jogadores que atuaram por mais de 45 minutos na última quarta-feira, que permaneceram na parte interna do Centro de Excelência para trabalhos regenerativos. Em campo, os demais jogadores realizaram treino técnico.

O foco das movimentações foi aprimorar a troca de passes rápidos e a marcação em campo reduzido. Giovani, Vanderlan, Pedro Bicalho e Lucas Freitas participaram dos exercícios, assim como Gustavo Scarpa, que treinou sem restrições. Luan e Gabriel Menino seguem em tratamento.

O último treino antes do confronto contra o Guarani acontecerá neste sábado na Academia de Futebol, às 16h. O Verdão é o líder do Grupo C com 17 pontos e uma vitória contra a equipe de Campinas deixará o Palmeiras próximo da classificação para a fase seguinte; Mirassol (16), Botafogo (15) e Ituano (14) completam a chave.

Palmeiras tem ampla vantagem nos confrontos contra o Guarani

O Guarani é a quinta equipe que mais vezes o Palmeiras enfrentou na História. Aconteceram 190 embates e a vantagem palmeirense é enorme: 97 vitórias, 48 empates e 45 derrotas.

Ao contarmos apenas partidas válidas pelo Campeonato Paulista, os números apresentam 128 jogos, com 68 triunfos do Palmeiras, 36 empates e 24 vitórias do Guarani.

Contando apenas partidas oficiais, o time campineiro não derrota o Verdão desde 2012. Neste recorte, no entanto, houve apenas três confrontos (vitória do Palmeiras por 4 a 1, em 2013; 1 a 0 em 2020; e 2 a 1 em 2021).