Invicto no Palmeiras, Paulo Victor analisa goleada sobre o Oeste

Paulo Victor em jogo do Palmeiras contra o Athletico-PR, durante partida válida pela trigésima sétima rodada do Brasileirão 2021, na Arena da Baixada.
Fabio Menotti

Contratado em outubro, Paulo Victor Gomes acumula 21 jogos comandando o Sub-20 do Verdão, com 15 vitórias e seis empates

Na noite de quarta-feira, o Palmeiras duelou contra o Oeste pelas quartas-de-final da Copinha e goleou o adversário por 5 a 2. A postura do time contra a equipe de Itápolis Barueri foi a mesma dos duelos anteriores, diante do Atlético-GO e Internacional: pressionar bastante o adversário nos minutos iniciais para abrir vantagem no placar e controlar o restante do jogo.

Para o técnico Paulo Victor Gomes, que concedeu entrevista à TV Palmeiras/FAM após o jogo, essa forma de começar as partidas é fruto de “um trabalho que estamos fazendo nos últimos três meses”.

“Fizemos uma grande partida hoje, sobretudo no primeiro tempo, tivemos o controle das ações. Conseguimos colocar em prática tudo que treinamos e construímos o placar com 20 minutos”, acrescentou.

Se a etapa inicial do Palmeiras foi de muita intensidade, o segundo tempo foi de administração do resultado e alterações na equipe. De acordo com PV, diminuir o ritmo nos últimos 45 minutos de jogo era importante para refrescar os jogadores fisicamente e evitar suspensões.

“Na segunda etapa a gente aproveitou para tirar os jogadores que estão pendurados, além de poupar outros por conta da questão física. A sequência de jogos na Copinha é muito pesada e isso cobra um preço. Sofremos dois gols, algo que acaba sempre incomodando; gostamos da solidez defensiva, mas isso faz parte do processo. A gente precisa descansar agora, se preparar para o próximo adversário”, analisou.

Paulo Victor segue invicto no comando do Palmeiras

Paulo Victor durante partida entre Palmeiras e Ceará, válida pela trigésima oitava rodada, do Brasileirão 2021, na Arena Barueri, em Barueri-SP.
Fabio Menotti

Contratado em outubro do ano passado para substituir Wesley Carvalho, PV segue sem perder no comando da equipe Sub-20 palmeirense. Até o momento, são 15 vitórias e seis empates, além do título do Campeonato Paulista da categoria.

“São 21 jogos desde a minha chegada, em outubro. Foram vários jogos em um curto espaço de tempo, são 21 partidas em 80 dias. De qualquer forma isso tem sido produtivo pela sequência de ideias, deles [os jogadores] se adaptarem aos jogos e a gente tem tirado proveito dessa maratona. Trabalhamos sempre em conjunto com os atletas, construímos juntos. Assim a gente suporta essa maratona e conseguimos apresentar um bom futebol e ter desempenho”, ressaltou.

O próximo desafio do treinador e do Verdão na Copinha será o clássico contra o SPFC. Valendo uma vaga para a final, as duas equipes se enfrentam no próximo sábado, às 19h, na Arena Barueri, com transmissão ao vivo pelo SporTV e pela Rede Vida.