Conmebol é pressionada para liberar jogador do Boca suspenso para atuar contra o Palmeiras

Nandez e Fernando Prass
Mariano Álvez/Padre Y Decano

É forte a pressão sobre a Conmebol para que o meia Nahitan Nandez, do Boca Juniors, não precise cumprir toda a pena que lhe foi aplicada devido à briga em que se envolveu no jogo entre Peñarol e Palmeiras, no dia 26 de abril do ano passado, quando ainda defendia o time uruguaio.

Condenado a cumprir cinco jogos de suspensão, Nandez cumpriu dois, e ainda teria mais três partidas de gancho, o que compreenderia todo o primeiro turno da fase de grupos da Libertadores, incluindo a partida no Allianz Parque marcada para o próximo dia 11 de abril.

A imprensa argentina engrossa o coro a favor de Nandez, argumentando que Felipe Melo, que mesmo sendo vítima da situação, pegou seis jogos de suspensão, teve a pena reduzida pela metade após o Palmeiras recorrer em segunda instância. Ocorre que o Peñarol, eliminado da competição, não recorreu e o prazo se esgotou, não cabendo mais recurso.

Nandez vem sendo titular absoluto do meio-campo do Boca e é considerado peça fundamental no esquema do técnico Guillermo Schelotto. Daí vem o esforço dos argentinos, incluindo a imprensa, em pressionar a Conmebol para que revise a aplicação da pena.

No Brasil, silêncio absoluto da imprensa; só a mídia independente palmeirense se manifesta. O Palmeiras, mais uma vez, está sozinho nessa briga.

Derby

Derby - Daronco
Cesar Greco / Ag.Palmeiras

A pressão dos argentinos acontece na mesma semana em que o Palmeiras tem que se preocupar com os bastidores locais, a fim de se prevenir de novos problemas com a arbitragem no Derby do próximo sábado, em Itaquera.

Se dentro de campo Roger Machado e o elenco já estão fazendo um trabalho que se mostra bastante promissor, nos próximos dias teremos uma boa amostra de quanto o Palmeiras está preparado para se defender fora das quatro linhas na temporada de 2018.

Em 2017, deixamos para decidir a temporada na semana do último Derby e fomos claramente prejudicados nos dois jogos decisivos, nos tirando qualquer chance de conquista. Veremos agora o quanto essa lição foi aprendida.


Verdazzo é um projeto de independência da mídia tradicional patrocinado pela torcida do Palmeiras.

Conheça mais clicando aqui: https://www.padrim.com.br/verdazzo

  • Que ele estará em campo acredito que sim mesmo, pelo histórico de benevolência da Comebosta com times argentinos e uruguaios.

    Mas não será surpresa alguma.

    Ganhamos com ele em campo e vamos ganhar mais uma vez.

    Tô preocupado é com o jogo contra os gambás no campo inimigo.

    Palmeiras vai ter de manter a bola no pé…ganhar dos gambás, do árbitro centralizado e dos bandeiras abertos. E ainda do 4º árbitro, que lá estará apenas para delatar tudo contra o Palmeiras.

  • Todo mundo sabe que o Boca está para a Conmebol assim como os gambás estão para a CBF/RGT.
    Além disso, sempre um clube brasileiro vai ser prejudicado contra qualquer uruguaio ou argentino.
    Sou a favor de um boicote geral brasileiro em competições da Conmebol por uns 3 anos.
    Só assim seremos respeitados nesta várzea SulAAmericana.

  • É notória a força de bastidores dos times argentinos na Conmebol, especialmente o Boca, não se reverte esse quadro do dia para a noite, é um trabalho a longo prazo, q se ainda não começou a ser feito, precisa começar urgentemente. Em 2012, os gambás, via RGT, neutralizaram essa força, mas na edição seguinte o Boca já retomou o controle e garfou os gambás em pleno Pacaembu. Se trata de uma batalha longa.
    De qq maneira, não concordo com esse vitimismo de parte da torcida, q já começa a chorar de véspera. Uma coisa é tomar certas providências antecipadamente, outra é começar a se lamentar antes do ocorrido. Ano passado jogamos 3 vezes com os gambás, perdemos as 3 e não fomos roubados em nenhuma, pelo contrário, no primeiro jogo o erro do árbitro nos beneficiou. Na história do Derby temos vantagem! O Palmeiras é o maior vencedor do Brasil, a camisa q mais entorta varal, vamos nos concentrar no q interessa e parar de ficar se vitimizando como se fossemos pequenos.

      • Companheiro, é claro q qdo falo com meus amigos gambás boto a maior pilha q fomos roubados, apito amigo etc. Mas cá entre nós, não perdemos os 3 jogos ano passado pq “fomos garfados”, simplesmente não soubemos enfrentar o time deles ano passado, fosse com EB, Cuca ou AV. Fomos mal nos 3 jogos! Qdo o time esta bem, eventuais erros de arbitragem não definem o placar, afinal acontecem pro nosso lado tb. No primeiro jogo do ano passado ganhamos uma expulsão de presente e perdemos! Em mais de 400 Derbys a tônica é o equilibrio, tirando alguns jogos pontuais (o primeiro da semi do Paulista 86, por ex.) em q a arbitragem influencia diretamente, na maioria das vezes são outros fatores q decidem os Derbys.

        • PS – Acabou de sair a decisão da Conmebol, a pena do uruguaio NÃO foi reduzida e ele não enfrenta o Palmeiras! Como eu disse, vamos parar de chorar de véspera!

      • Junior, sinceramente, eu tb acho que não fomos roubados, chorar arbitragem é coisa de derrotado, podiamos ter ganhado todos mas prefirimos jogar de salto alto, eles jogaram o jogo da vida e nós estavamos jogando como se fossemos ganhar a qualquer momento, clássico é assim, quem tá com mais vontade de ganhar, ganha..

  • É lógico que esse cara vai jogar,qt ao Derby vai ser contra tudo e contra todos.
    O que a gente sobressair na técnica eles vão na ajuda externa
    Palmeiras Cazzo

  • Estranhamente em 2012, os Gambás “ganharam” a Libertadores, sem que houvesse um erro sequer que os prejudicasse. Inclusive o mais espantoso é que o Boca aparentou uma apatia impressionante (nos dois jogos). Coincidência ou não, o governo na época, que elevou a corrupção a níveis nunca vistos, tinha interesse direto no sucesso deles. Para mim, mais um ponto obscuro…

  • É claro que a Comebosta vai liberar o cara; times brasileiros (até os gambás) são sempre prejudicados por essa entidade.

    Quanto ao Derby, pelo lado de lá já começaram o movimento na segunda-feira… Saíram do jogo contra o RB reclamando da arbitragem. Sempre no jogo anterior ao Derby, os gambás reclamam da arbitragem e fazem aquela pressãozinha marota, pra que no Derby, a arbitragem os favoreça “em caso de dúvidas”.
    Jogada manjada e que acontece todo ano, e sempre dá certo.

    Nos últimos anos nosso clube se modernizou e agigantou em quase todos os segmentos. Mas quando o assunto é bastidores, ainda somos sonhadores, que ficam contemporizando acreditando que não seremos prejudicados e o árbitro vai ser imparcial.

      • Na Comnebol NENHUM clube brasileiro tem força..

        Lembra do jogo Marmitas x Boca em 2013? Roubaram eles em 4 oportunidades em UM JOGO.

        Comnebol é América Latina Espanhola contra nós.

        • Na verdade naquele ano estavam compensando o ano anterior, quando foram campeões;;;

          Muitos falam daquela defesa do frangássio no chute do Diego Souza, mas ninguem se lembra que o Vasco teve um gol legal (que daria a classificação para eles), anulado.

          • Só foram eventualmente beneficiados porque era contra outro clube brasileiro.

            Se fosse um time argentino, jamais aconteceria.

  • Esse Nandes é um monte de merda. É melhor que jogue mesmo. Quero ver o Pittbull meter aquele olhar malvado pra cima dele. hahaha

    • O problema não é nem pelo futebol dele (que não têm), e sim

      (1) pelo fato de que os jogadores vão achar que podem fazer o que quiser em campo, (ou até o mesmo um papelão igual ao que o time do Peñarol fez lá em Montevidéu) porque não existe uma punição exemplar e coerente por parte da CONMEBOSTA.

      (2) O pitbull que vêm se comportando muito bem e sendo fundamental em campo pode entrar na onda do uruguaio e dá-lhe uma na cara com responsabilidade, ou “sem responsabilidade.”

  • ainda bem que nosso gosto pelo VERDÃO é maior que o sentimento de sermos CM* numa situação como essa.

    #AcordaPresidente

  • O cara do Boca será liberado, não tenha dúvida. E no sábado espero um Verdão jogando um derby como deve ser jogado e muuuiiito diferente dos 3 jogos do ano passado em que jogamos contra eles como se o adversário fosse um Coritiba da vida e a gambaza como se fosse uma final de copa do mundo. Resultado: ressuscitamos o defunto 3x. Agora tem q ser diferente e colocar o prego no caixão!!!

  • Capaz que a Comnebol vai ajudar um time argentino..

    Lembram do River ano passado e os casos de doping, que na semana seguinte a Comnebol mudou o número de troca de atletas de 3, para 6 na segunda fase??

  • Mãos a obra nos bastidores Mauricio Galiotte! Você é homem ou um saco de batata? Defenda os interesses do Palmeiras porra!

  • Este cara não jogou porra nenhuma contra o Palmeiras na libertadores, só arrumou confusão. Se ele é peça fundamental neste time, o boca deve estar um lixo.

    • Mandei mensagem pra um amigo argentino e ele disse que o Boca está uma porcaria, zero expectativa pra esse ano.

  • Seria ótimo esse Nandez não jogar a primeira fase já que é tão importante pro boca. Mas já sabemos como essa Conmebol atua…