Anderson Barros revela pedido à CBF para adiar clássico contra o Santos

O diretor de futebol do Palmeiras Anderson Barros, concede entrevista coletiva, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Diretor de futebol do Palmeiras, Anderson Barros quer o adiamento por conta das ausências de Weverton e Danilo, que foram convocados

O goleiro Weverton e o meio-campista Danilo foram convocados pelo técnico Tite, da Seleção Brasileira, na quarta-feira, e desfalcarão o Palmeiras em até cinco partidas. Por conta da ausência dos dois, que são titulares da equipe de Abel Ferreira, o clube pediu à CBF o adiamento do clássico contra o Santos, marcado para o dia 29 de maio.

“São três, quatro e por que não cinco jogos? A Seleção vai voltar da Ásia numa terça, e o Palmeiras tem jogo na quarta, contra o Atlético-GO. Como você aproveita da melhor forma esses atletas? O jogo do Santos não está nem dentro da data Fifa, mas tem que liberar antes para que eles possam obedecer a programação. Acho que a CBF não pode permitir esse desequilíbrio hoje. É o mínimo que ela pode atender é à solicitação do Palmeiras para que esse jogo contra o Santos seja adiado”, disse Anderson Barros, em entrevista ao site GE.

De acordo com a entidade, os convocados que atuam no futebol brasileiro devem se juntar à seleção no dia 26 de maio. O Brasil enfrentará a Coréia do Sul, no dia 2 de junho, e o Japão, no dia 6. Há a possibilidade de mais um amistoso ocorrer, já que o duelo contra a Argentina, marcado para o dia 11, foi cancelado e a CBF busca um novo adversário.

“O Palmeiras perde esses dois, mas tem outros atletas selecionados, como é o caso do Gustavo Gómez. Não perde dois, perde três porque faz um bom trabalho. Quantos países no mundo não param por causa de uma data Fifa. A gente fica extremamente prejudicado”, complementou o diretor de futebol.

Caso se confirme a realização do terceiro amistoso, além do clássico contra o time de Vila Belmiro, os palmeirenses desfalcarão a equipe contra o Atlético-MG, Botafogo e Coritiba. O duelo frente ao Atlético-GO, citado por Anderson Barros, também pode não ter a presença dos selecionados.

Anderson Barros critica calendário do futebol brasileiro

Desde que chegou ao Palmeiras, Abel Ferreira sempre teve que lidar com as ausências de seus principais jogadores por conta de convocações. Em inúmeras oportunidades o treinador criticou a organização do calendário do futebol brasileiro, que não pausa os campeonatos em datas Fifa.

“O calendário hoje prejudica principalmente aqueles que fazem um bom trabalho. O Palmeiras é um clube que nos últimos anos chega em quase todas as finais e por isso é penalizado por ter um número de jogos excessivos, tem uma condição de treinamento diferente dos demais clubes. Tudo isso por causa de um calendário em que a gente não é capaz de encontrar soluções”, criticou Barros.

“Nós acabamos por prejudicar o trabalho de toda uma comissão técnica, não só do Abel. De todos os profissionais, porque não conseguimos entregar a eles todos os atletas em condições. É uma situação extremamente delicada, mas que as partes não podem ser prejudicadas. Temos que sentar, discutir e encontrar uma solução para isso. Precisamos atender a Seleção? Sim. Como você não permite que um atleta convocado não esteja na seleção a quatro ou cinco meses de uma Copa do Mundo? Não podemos fazer isso e nunca fizemos isso. O que a gente pede hoje é que a CBF tenha essa sensibilidade e encontre um caminho, principalmente para o jogo do Santos”, finalizou.

Palmeiras e outros 7 clubes assinam documento para criação de nova liga no futebol brasileiro

Palmeiras e outros 7 clubes assinam documento para criação de nova liga no futebol brasileiro.
Fernando Torres

Palmeiras foi representado pela presidente Leila Pereira

Em reunião na manhã desta terça-feira, em um hotel em São Paulo, o Palmeiras e outros sete clubes assinaram documento para a criação de uma nova liga de futebol no país, a ‘Libra’ (sigla para Liga do Futebol Brasileiro). O Verdão foi representado pela presidente Leila Pereira.

Red Bull Bragantino, SCCP, Flamengo, SPFC, Santos, Ponte Preta e Cruzeiro também estiveram de acordo com a proposta apresentada pela empresa Codajas Sports Kapital e assinaram o documento.

Estiveram presentes na reunião 18 representantes dos clubes da Séria A – Juventude e Cuiabá foram as exceções, e mais cinco da Série B (Cruzeiro, Vasco, Guarani, Ponte Preta e Sport). De acordo com o presidente do Santos, Andres Rueda, um novo encontro foi marcado para o próximo dia 12, na sede da CBF, e contará com a presença das 40 equipes que integram a primeira e segunda divisão do futebol brasileiro.

Presidente do Palmeiras se pronuncia após reunião

Ao final do encontro, Leila Pereira, por meio das redes sociais do Palmeiras, afirmou que a criação da nova liga será um “marco” para o país.

“Tenho convicção de que a criação da LIBRA representa um marco na gestão do futebol nacional. Com os clubes unidos e trabalhando em conjunto, vamos potencializar as nossas receitas e oferecer aos torcedores um espetáculo de primeiro nível”, disse a mandatária.

Enquanto uma nova liga ainda é discutida no futebol nacional, o Palmeiras entra em campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo para enfrentar o Fluminense, no Allianz Parque.

Palmeiras divulga preleção de Felipe Melo antes da final; confira

Felipe Melo comemora conquista da Copa Libertadores pelo Palmeiras contra o Flamengo, após partida pela final da Libertadores 2021, no Estádio Centenário, em Montevideo.
Reprodução

Um dos capitães da equipe, Felipe Melo entrou em campo só no final do segundo tempo da prorrogação

O Palmeiras alcançou o tricampeonato da Copa Libertadores ao bater na tarde deste sábado, em Montevidéu, o Flamengo por 2 a 1. Os gols do Verdão foram anotados por Raphael Veiga, aos 5 minutos da etapa inicial, e Deyverson, aos 4 do primeiro tempo da prorrogação.

O volante Felipe Melo fez um discurso vibrante no vestiário do Verdão, antes dos jogadores subirem ao gramado do estádio Centenário. Aos 38 anos, Melo é um dos principais líderes do elenco palmeirense e dividiu com Gustavo Gómez o momento de levantar a taça da Libertadores.

Por não estar 100% fisicamente, o camisa 30 iniciou a decisão entre os reservas e só foi colocado em campo nos minutos finais do segundo tempo da prorrogação, no lugar de Piquerez, quando o placar apontava 2 a 1 para o Palmeiras.

Durante a festa palmeirense no gramado do Centenário, Felipe Melo aproveitou para rebater a provocação de Willian Arão, que afirmou que o Flamengo venceria o duelo por 2 a 0: “Senhor Arão, você disse que o Flamengo venceria por 2 a 0. Só nos seus sonhos”, disse.

Confira a preleção de Felipe Melo:

Coração quente e cabeça fria: os bastidores da vitória sobre o Santos

Bastidores da TV Palmerias/FAM: Rony comemora seu gol com Gustavo Scarpa, Zé Rafael e Piquerez, pelo Palmeiras contra o Santos, durante partida válida pela trigésima rodada do Brasileirão 2021, na Vila Belmiro.
Cesar Greco

Bastidores mostraram o último papo de Abel Ferreira com os atletas, além da comemoração de Rony e Raphael Veiga, os autores dos gols

A TV Palmeiras/FAM lançou na noite desta segunda-feira, em seus canais oficiais, os bastidores da vitória palmeirense por 2 a 0 sobre o Santos, no último domingo.

Como de costume, as filmagens mostraram toda a preparação dos atletas no pré-jogo, com foco nas últimas falas de Abel Ferreira antes dos jogadores subirem ao gramado da Vila Belmiro.

“Vou ter uma coisa pela primeira vez desde que estou aqui [no Brasil]. Uma das razões que eu vim para o futebol brasileiro é para jogar com o estádio cheio. Esta pressão que nos ajuda a melhorar e obriga a desafiarmos a nós próprios. É jogo de coração quente e cabeça fria”, discursou.

“Quanto mais nos xingam, quanto mais nos insultam, mais vamos jogar! Mais vamos impor nosso jogo e mais concentrados ficaremos”, finalizou.

A reação dos palmeirenses após a concretização da vitória também foi registrada, assim como os depoimentos de Rony e Raphael Veiga, que foram às redes pelo Palmeiras.

“Foi uma jogada muito rápida. Assim que o Dudu deu o passe pro Veiga eu pedi a bola entre a zaga e o goleiro. Fui feliz e pude fazer o gol. Muito contente pelo gol e mais ainda pela vitória”, disse o camisa 7, que voltou a marcar após um mês – seu último tento havia sido diante do América-MG.

“Acompanhei a jogada desde o começo e, quando a bola chegou no Rony, pedi o passe. Ele podia ter chutado, mas foi feliz no passe. A bola veio na velocidade certa e eu pude acertar um belo chute”, comentou Raphael Veiga, artilheiro do Palmeiras na temporada.

Confira os bastidores da vitória palmeirense sob a lente da TV Palmeiras/FAM

Em busca da sexta vitória consecutiva, o Palmeiras enfrentará nesta quarta-feira o Atlético-GO, no Allianz Parque. Com 55 pontos, o Verdão é o atual segundo-colocado do Brasileirão, 10 atrás do líder, Atlético-MG.

“Tem que respeitar!”: Palmeiras divulga os bastidores da classificação à final da Libertadores; confira

Foto: bastidores da comemoração do elenco do Palmeiras após classificação para final da Libertadores 2021.
Cesar Greco

Além das tradicionais filmagens no pré e pós jogo, bastidores contou com declarações de Felipe Melo e Gabriel Veron

Na última terça-feira, o Palmeiras se classificou pela segunda vez consecutiva à final da Libertadores ao empatar em 1 a 1 com o Atlético-MG. O time buscará o tricampeonato contra o Flamengo, no dia 27 de novembro, em Montevidéu.

Ainda em clima de celebração, o Verdão divulgou hoje de manhã, em seu perfil oficial no Facebook, os bastidores do duelo. As filmagens mostraram toda a preparação da delegação antes da partida e também o discurso final de Abel Ferreira na concentração.

“Vocês sabem quem são. Não chegamos aqui por acaso. Somos os donos do nosso futebol. Cada um de vocês sabe bem o que tem que fazer. Com fé, com sabedoria. Que Deus vos capacite. Aqui e agora!”, estava escrito no telão projetado pela comissão técnica.

Ao final do jogo, a frase “tem que respeitar!” foi repetida diversas vezes por quase todos os jogadores e também por alguns membros da comissão técnica.

“Nós somos o campeão da Libertadores. Tem que nos respeitar! Nós somos o campeão e vamos jogar como campeão”, enfatizou Rogério Godoy, o treinador de goleiros.

Bastidores contou com declarações de Felipe Melo e Gabriel Veron

Capitão da equipe no jogo e um dos jogadores mais experientes do Palmeiras, Felipe Melo falou sobre a classificação e também de jogar novamente em um estádio com torcida contra.

“Jogo importante contra um time muito bom, treinador muito bom, o Cuca. Não é à toa que poderia ter chegado na sua 3ª final de Libertadores. Jogadores bons tecnicamente, fisicamente. E mesmo assim soubemos jogar, tivemos a cabeça no lugar e buscamos as soluções”, contou Melo, e depois prosseguiu: “Estava desacostumado a jogar com torcida. Futebol é assim, é paixão. Quando você entra e é vaiado, é um combustível. Todos que vieram e gritaram, fizeram uma festa bonita para o Palmeiras”.

Gabriel Veron, autor da assistência para o gol de Dudu, falou sobre sua volta por cima.

“Nunca deixei de acreditar em mim e no meu trabalho. Hoje, graças a Deus, fui recompensado por isso e espero seguir dessa forma”, declarou Veron.

Confira os bastidores pelas lentes da TV Palmeiras/FAM: