Sexta do Palmeiras: Luan homenageado e preparação finalizada com mudanças na equipe

Luan e Zé Rafael durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol, em São Paulo-SP.
Fabio Menotti/Palmeiras/by Canon

Raphael Veiga volta a ficar à disposição e Gustavo Gómez está fora; duelo pode garantir a classificação do Palmeiras

O Palmeiras finalizou na manhã desta sexta-feira os preparativos para o duelo contra o Mirassol, válido pela 10ª rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. A partida acontece neste sábado, na Arena Barueri, às 18h. Até o momento, 8.900 ingressos foram vendidos de forma antecipada.

Em campo, os jogadores fizeram atividades posicionais, com ênfases em transições, passes entre linhas e movimentações, além de um trabalho recreativo.

A escalação do Palmeiras para o confronto terá mudanças em relação ao clássico do último domingo. Recuperado de uma infecção ocular, Raphael Veiga está à disposição e deve voltar ao time titular; por outro lado, Gustavo Gómez lesionou e pode ser substituído por Naves, se o técnico Abel Ferreira mantiver o esquema com três zagueiros.

O jogo contra o Mirassol pode garantir a classificação antecipada do Verdão para o mata-mata do Paulistão. Para isso acontecer, basta que os comandados por Abel Ferreira vençam seu compromisso e a Ponte Preta, terceira colocada, não conquiste os três pontos diante do SCCP.

Palmeiras homenageia Luan

Após a atividade desta sexta-feira, o zagueiro Luan foi homenageado por recentemente completar 250 jogos pelo clube. Das mãos do vice-presidente Paulo Buosi, o camisa 13 recebeu uma placa e uma camisa enquadrada em alusão à marca alcançada.

“Feliz e honrado. É motivo de muito orgulho representar este clube, que é o maior do Brasil. Atingir essa marca de 250 jogos é um privilégio muito grande, algo que consegui alcançar junto aos meus companheiros, que também têm marcas expressivas aqui dentro. Fico feliz porque realmente somos uma família, vivemos o clube intensamente. Acima de tudo, gostamos e somos apaixonados pelo que vivemos aqui”, disse o zagueiro, que também elogiou Naves.

“Muito feliz pelo Naves. O desenvolvimento dele está sendo muito rápido, surpreendente. Ele tem muito potencial. Sou suspeito para falar porque eu vejo o estilo de jogo dele e lembro um pouco de mim quando era mais novo. Para mim, ele tem mais potencial do que eu tinha na idade dele e acredito que ele pode ter uma grande carreira. É um garoto de cabeça boa, de família legal. Torço muito por ele”, finalizou.

Lesão de Gómez é a chance para Naves atingir as expectativas internas do Palmeiras

Naves em partida do Palmeiras contra o SCCP, válida pela nona rodada do Paulistão 2024 na Arena Barueri, em Barueri-SP.
Fabio Menotti/Palmeiras/by Canon

Naves deve ganhar mais minutos em campo após o capitão palmeirense fraturar um dos dedos do pé esquerdo

Substituído ainda no primeiro tempo do Derby do último domingo, Gustavo Gómez sofreu uma fratura em um dos dedos do pé esquerdo e ficará afastado dos gramados pelos próximos jogos do Palmeiras. A lesão do paraguaio aconteceu após dura entrada do atacante Romero.

Com Gómez fora de combate, Naves deve ganhar mais minutos na equipe. A Cria da Academia, que entrou no lugar do camisa 15 no clássico, foi um dos destaques do duelo, mostrando segurança na defesa e participando do lance do primeiro gol, marcado por Endrick.

Multicampeão na base, o zagueiro estreou pelo time principal do Verdão em 2021, em duelo contra o Ahtletico-PR, pelo Campeonato Brasileiro. São apenas 21 jogos como profissional, mas muitos elogios recebidos, de companheiros e do técnico Abel Ferreira.

“O Naves é sinistro, ele joga demais. Tem muito mais para mostrar ainda, quando ele pegar uma sequência de cinco jogos, esquece. É diferenciado. Os passes que ele acha, ninguém vê. Só ele”, disse Murilo, em entrevista ao Palmeiras Cast.

“Quem o conhece dos treinamentos e das oportunidades que teve, sabe muito bem. Feliz de ver o começo de carreira dele e com a certeza de que terá uma linda carreira no Palmeiras”, relatou Luan, em maio do ano passado.

O técnico Abel Ferreira destaca, além da qualidade técnica, a postura do defensor em campo, seja nos jogos ou nos treinamentos. “O Naves é um jogador de muita qualidade, mas o que mais me surpreende nele é sua maturidade e a sua seriedade nos treinamentos. Para mim isso é fundamental. São nos treinos que eles passam confiança e recebem a confiança do treinador”, declarou o treinador, ainda em 2022.

O jogador de 21 anos foi a campo três vezes na temporada. Além do Derby, ele atuou contra o Red Bull Bragantino e diante do São Bernardo.

Números de Naves no Campeonato Paulista:

  • 3 jogos;
  • 11 desarmes (líder entre os defensores do Palmeiras);
  • 2 interceptações;
  • 12 cortes;
  • 14 bolas recuperadas;
  • 19 disputas de bola vencidas (3º entre os defensores do Palmeiras);
  • 82% dos passes certos;
  • 2 passes decisivos;
  • 12 lançamentos certos (52%);
  • 3 finalizações.

Gustavo Gómez cita orgulho em jogar pelo Palmeiras e quer título da Supercopa: “Entrar ainda mais na história”

Gustavo Gómez durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Capitão do Verdão, Gustavo Gómez busca o 12º título pelo clube

O Palmeiras realizou nesta sexta-feira, na Academia de Futebol, mais uma sessão de treinamentos de olho na Supercopa Rei, contra o SPFC. Pelo segundo dia consecutivo, o elenco trabalhou cerca de uma hora de atividades táticas.

Um dos líderes do plantel e jogador multicampeão pelo clube, Gustavo Gómez concedeu entrevista ao final da atividade e falou sobre o desejo de ganhar mais um título com a camisa palmeirense.

“Vai ser um jogo muito legal, um clássico em uma final. Sabemos o que é jogar uma decisão, algo muito difícil, e estamos preparados para enfrentar um jogo assim. Faremos o nosso melhor para tentar ganhar mais um título”, disse.

“Para mim, é um orgulho muito grande fazer parte deste elenco tão vitorioso. A gente vai tentar entrar ainda mais na história. Temos um grupo muito bom, unido e trabalhador. Vamos dar o nosso melhor para conquistar mais uma taça importante”, complementou o zagueiro.

No Verdão desde 2018, Gómez é o zagueiro com mais títulos da História do Palmeiras. São 11 conquistas, sendo oito delas como o capitão da equipe.

Feitos de Gustavo Gómez pelo Palmeiras:

Com reforços na zaga, Palmeiras treina de olho em duelo importante pelo Brasileiro

Mayke e Gustavo Gómez durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Recuperado de lesão, Luan trabalhou ao lado dos companheiros novamente; Gustavo Gómez volta ao time do Palmeiras no final de semana

O Palmeiras realizou o penúltimo treino antes da partida contra o Fluminense na tarde desta sexta-feira, na Academia de Futebol. Líder do Brasileirão, o Verdão encara o time carioca no Allianz Parque buscando a vitória para ficar mais próximo do título.

E para o duelo, o técnico Abel Ferreira contará com retornos importantes ao time titular. Voltando de suspensões, Gustavo Gómez e Mayke começarão entre os titulares. Já Luan, que treinou normalmente outra vez, pode voltar à equipe depois de se recuperar de uma lesão na coxa.

Em campo, Abel e seus auxiliares comandaram atividades táticas, focadas em objetivos que os jogadores tiveram de cumprir, e uma movimentação técnica de seis contra seis em campo reduzido.

O meia Luis Guilherme, em processo de transição física depois de sentir um problema na coxa, também trabalhou com o grupo. Estêvão, novidade na relação do último jogo, segue treinando com os profissionais.

De volta, Gustavo Gómez comenta Palmeiras x Fluminense

Gustavo Gómez durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

O personagem após o treino foi o zagueiro Gustavo Gómez, que projetou um confronto difícil diante do Fluminense.

“Será um jogo complicado contra um grande time. Eles conquistaram a Libertadores neste ano e têm um time muito bom. Todos os jogos contra eles foram difíceis, aqui e no Rio, mas a gente vai fazer a nossa parte e se entregar para tentar conquistar uma vitória em nossa casa e nos deixar um pouco mais perto da conquista do Brasileirão”, afirmou o capitão palmeirense.

“Será uma decisão. Vamos encarar da melhor forma, com todos concentrados, e vamos fazer o que estamos fazendo, que é jogar, propor jogo, e tentar ficar mais perto do nosso objetivo, que é ganhar o Brasileirão. Vejo o nosso elenco muito bem neste sentido”, completou Gómez, que sofreu duas expulsões nos últimos dois jogos em que esteve em campo.

Fogueira, pouca minutagem e titularidade: como foram os palmeirenses na data Fifa

Fogueira, pouca minutagem e titularidade: como foram os palmeirenses na data Fifa.
Reprodução

Endrick e Raphael Veiga entraram na fogueira no Maracanã para tentar salvar o Brasil, enquanto Richard Ríos pouco jogou e Gustavo Gómez manteve a regularidade

A data Fifa virou uma questão para o Palmeiras, comissão técnica e para a torcida em 2023. As convocações para as seleções são inevitáveis, uma vez que o elenco do clube é qualificado.

Entretanto, o fato que mais incomoda é o retorno dos atletas ao clube após as passagens pelas seleções, principalmente os que passam pela Amarelinha – desta vez, foram convocados Endrick e Raphael Veiga (Brasil); Richard Ríos (Colômbia); e Gustavo Gómez (Paraguai), além do baixo desempenho apresentado pelo coletivo na volta das atividades do calendário nacional.

O retrospecto do Verdão no ano logo após as datas Fifa é de uma vitória (diante do Goiás) e três reveses (Água Santa, Bahia e Atlético-MG). Para buscar o bicampeonato Brasileiro seguido e o 12º em sua História, o Palmeiras precisará reverter o histórico ruim.

Mas, como foram os desempenhos dos palmeirenses neste último período com as seleções? Abaixo, o Verdazzo destrincha o desempenho de cada jogador:

Endrick e Raphael Veiga na fogueira

Endrick e Raphael Veiga, como era esperado, pouco atuaram. Destaque do Palmeiras, o atacante de 17 anos acumulou 26 minutos em campo e só foi acionado por Fernando Diniz para tentar evitar as derrotas para Colômbia e Argentina. Fora de posição e em um time desorganizado, o palmeirense pouco pôde fazer e somou apenas oito toques na bola nos dois confrontos.

Veiga, por sua vez, entrou apenas contra a Argentina. Jogando longe de onde rende melhor (atuou aberto pela direita), o meia esteve em campo por 14 minutos e o que lhe restou foi a entrevista pós-jogo para tentar explicar mais uma derrota brasileira. O lado positivo, para os palmeirenses, é os dois voltarem ao clube mais descansados para a reta final do Brasileirão.

Poucos minutos, mas vitórias

Richard Ríos viveu sua segunda experiência na seleção da Colômbia. O meio-campista começou a ser lembrado por Néstor Lorenzo após sua afirmação no Palmeiras. Ríos, no entanto, ainda é apenas uma peça complementar da equipe colombiana.

Nesta janela de duas partidas, Ríos foi a campo uma vez – justamente na vitória sobre o Brasil. Foram 16 minutos jogados e um bom desempenho apresentado: 100% de aproveitamento nos passes e nos duelos vencidos, além da participação do início da jogada do gol da vitória por 2 a 1. Contra o Paraguai, o jogador não saiu do banco de reservas, mas comemorou mais uma vitória, desta vez por 1 a 0.

Capitão e dono da posição – mais desgastado

Gustavo Gómez é um símbolo no Paraguai. Capitão da equipe, o zagueiro manteve a regularidade, foi titular e atuou em todos os minutos na data Fifa. Apesar de não comemorar nenhuma vitória, o defensor palmeirense mostrou mais uma vez porque é um dos principais jogadores da posição na América do Sul, finalizando o período com 10 ações defensivas certas, um drible sofrido apenas e com as melhores notas pelo Sofascore (7.0, contra o Chile, e 7.1 diante da Colômbia). Gómez ainda teve dois passes decisivos e uma grande chance criada, no lado ofensivo.

Dentre todos os atletas do Palmeiras chamados, Gómez é o que voltará mais desgastado. Ele deve voltar ao clube na quinta-feira e treinar com elenco na sexta. Vale lembrar que o camisa 15 será reforço diante do Fortaleza, já que não atuou frente ao Internacional.