Evolução do Palmeiras tem nome; FlaPress entra em pânico

Com a exibição de gala do último sábado, o Palmeiras mostrou a tão esperada evolução que a torcida vinha cobrando – e num jogo que, em tese, não deveria servir para isso, pois se tratava de um clássico, onde a garra e o coração normalmente transcendem a estratégia e a obediência tática.

De forma surpreendente, Eduardo Baptista conseguiu encaixar seu 4-1-4-1. As duas linhas finalmente ficaram mais próximas; a compactação tornou o time bem mais sólido na defesa e capaz de dominar o meio do campo – sem Cueva, o SPFC foi engolido sem a menor dificuldade no setor.

Thiago Santos conseguiu balançar entre as laterais com tranquilidade, pois estava bem coberto. Os espaços eram muito mais facilmente preenchidos. E a saída de bola, fortalecida pela volta de Mina ao time titular, funcionou perfeitamente – Fernando Prass não precisou recorrer aos chutões que vimos na Argentina. Com uma boa saída de bola, pudemos ver mais triangulações pelas laterais e com isso, mais chances de gol. Tudo isso com Dudu extremamente inspirado e o entrosamento entre Guerra e Borja reaparecendo. Só pode dar muito certo.

Danilo das Neves Pinheiro

Linhas compactadas, saída de bola, ocupação de espaço, triangulações. Tudo isso tem um nome: Danilo das Neves Pinheiro, o popular Tchê Tchê. É impressionante como o Palmeiras rende com esse rapaz em campo. A lendária camisa 8 do Palmeiras, que já foi de Leivinha, Jorge Mendonça e Mazinho, ganhou um dono à altura, com todo o respeito ao Lucas Barrios.

Tchê Tchê comemora seu gol contra o SPFC - 11/03/2017
César Greco / Ag.Palmeiras

Com Tchê Tchê, qualquer esquema tende a encaixar. Sua movimentação, intensa, diminui os espaços do adversário quando o Palmeiras não tem a bola e sempre dá opções de passe quando temos a posse. Parece que jogamos num “5-2-4-2”. Como bônus, este ano, vem mostrando uma faceta não tão desenvolvida em 2016: 2 gols em 4 jogos, os dois em chutaços de fora da área.

Uma fatalidade o afastou de campo no primeiro jogo do Paulista: uma queda contra o Botafogo lesionou gravemente o úmero esquerdo. Rapidamente, recuperou-se e voltou a mostrar futebol em altíssimo nível. Com Tchê Tchê em campo, o encaixe do time aparece com muito mais facilidade, mesmo com 5 titulares de fora, e o Palmeiras surgiu de fato com um dos grandes candidatos aos títulos que disputa. Eduardo Baptista e toda a torcida do Palmeiras agradecem.

Flapress em pânico

A imprensa flamenguista percebeu que o monstro acordou e tenta de todas as formas desmerecer nosso crescimento. Com uma cara de pau deslavada, tentam atribuir ao aporte financeiro da Crefisa todo o sucesso do Palmeiras. Convenientemente, se esquecem de algumas coisas:

  • O que a Crefisa faz não é nada diferente do que a Kalunga fez no SCCP e do que a Unimed fez ao Fluminense por muitos anos. E se procurar, teremos mais exemplos semelhantes, como o BMG no Atlético-MG, ISL no Grêmio e Flamengo e Hicks Muse e MSI no SCCP – nunca se viu nenhuma matéria desmerecendo os títulos conquistados por esses times durante essas parcerias;
  • A Crefisa é uma empresa privada e faz o que quiser com seu dinheiro. Se o marketing da empresa julga positivo investir “x” no Palmeiras, ninguém tem nada a ver com isso;
  • A Petrobras patrocinou o Flamengo por mais de uma década enquanto a maioria dos clubes do Brasil tinham patrocínios ínfimos batalhados no mercado;
  • O Flamengo segue sendo agraciado por uma empresa pública – agora, a Caixa – com um contrato muito maior do que o de todos os outros times, exceto o SCCP;
  • O Flamengo e o SCCP ainda usufruem de uma verba da televisão muito maior que todos os outros clubes;
  • A Crefisa banca cerca de 20% do orçamento do Palmeiras; o restante vem de receitas fantásticas como sócio-torcedor, bilheteria, contrato de TV e uma administração financeira que tem como premissas não adiantar parcelas de nenhum contrato e que, assim, paga menos juros bancários.

Sabendo de tudo isso, a torcida palmeirense não pode passar recibo. Não devemos dar moral para esse trabalho de assessoria informal que a imprensa rubro-negra tenta prestar a seu clube. Ignorar, não entrar em debate vazio e diminuir a audiência desses párias é o que a nossa torcida fará de mais inteligente. VAMOS PALMEIRAS!

  • Boboris

    Aqui no Rio é palpável o temor que a torcida deles tem pela gente. O mais legal, porém, é ver os vascaínos torcendo pelo nosso sucesso, já que o time deles eles têm consciência que não seria páreo para barrar a mulambada neste ano.

    • Erich Monteiro

      Boboris, procure Palmeiras RJ no Facebook e cola cum nóis!

      • Boboris

        Oi Erich, já sigo vocês no Face, e assisto sempre as finais em Copacabana junto com a galera inteligente que torce pelo maior do Brasil e mora no RIO.

    • MonacoParmerista

      Boboris:

      a adesão vascaína é já tradicional! Na final de 89 — um dia antes do segundo turno Collor-Lula — depois do gol do Sorato que matou o JdLeonor em casa, uns 4 gomos do Panetone tomados pelos vascaínos passaram a gritar “PALMEIRAS, PALMEIRAS, …” a bambiada queria fulminar os caras, mas tiveram de aguentar essa humilhação a mais, além de perderem o brasileiro em casa aquele ano.

      abrazzo.

  • Marcio Binotti

    Impressionante o que jogou o Tchê Tchê ontem. Parecia que ele estava jogando e não que havia ficado 35 dias parado. Realmente faz muita diferença nesse time, especialmente para o esquema preferido pelo Eduardo Batista.
    O Dudu é outro que está jogando uma enormidade! Ele é fácil o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro atualmente. Joga muita bola!
    Vamos ver se depois desse resultado nossa torcida da um tempo para o Eduardo Batista. O time está encaixando e ele já mostrou que entende de futebol. Vamos deixar o cara trabalhar.

  • Marco Oliveira

    Como joga bola o Tchê ². É incrível.

    Preciso aprender a ignorar a Flapress, mas é difícil demais. Ainda mais com matérias como a do Mauro e o extremo desserviço que esse senhor faz.

  • Paulo Ponciano

    Não só da mídia mulambo/gambá como também dos torcedores desesperados que vem com essa conversinha de que dependemos apenas da Crefisa ou com a velha e já batida frase “o Palmeiras não tem mundial”….
    Sempre que vejo dou risada, pois é nítido o desespero dos rivais em relação ao nosso time! Basta ignorar e saborear mais títulos importantes, como fizemos nos anos anteriores… Enquanto os rivais ficam só no cheirinho!
    AVANTI!

    • Andre Gatti

      A única piadinha que sobrou aos rivais é uma mentira. Eu tenho dó…

  • “Ah, que isso… elas estão descontroladas!”

    CHOLA MAIS!

  • michelblopes

    “A Crefisa banca cerca de 20% do orçamento do Palmeiras; o restante vem de receitas fantásticas como sócio-torcedor, bilheteria, contrato de TV e uma administração financeira que tem como premissas não adiantar parcelas de nenhum contrato e que, assim, paga menos juros bancários.”

    Essa é a parte que deve ser clara a cada torcedor palmeirense. Sem a grande adesão ao Avanti nada disso é possível. O que adianta se vangloriar de ter a maior torcida do país se apenas uma parcela minuscula dela é sócio-torcedora, frequenta estádios e consome produtos oficiais?

    • Paulo Fontes

      Pelo que eu li, e parece que saiu na própria ESPN, essa cota é até menor, foi de pouco mais de 15% do orçamento do ano passado.
      Claro que o aporte financeiro deles tem sido importante para turbinar as contratações, mas é pura cretinice dizer que dependemos da Crefisa.

  • Vctr81

    pnc dessa midia mulamba, vao ver na pratica quem é o melhor time… seria lindo eliminarmos eles da liberta esse ano

    • MonacoParmerista

      e logo nas oitavas, pra eles já caírem fora logo cedo!

      • Paulo Fontes

        Seria ótimo hein, mas para isso, seria necessário que um fosse 1º e outro 2º em seus respectivos grupos, acho mais viável que o confronto aconteça a partir das quartas-de-final.

  • Renato Galera

    Tche Tche – melhor custo beneficio dos últimos anos…

  • André_Verdão

    É gostoso ver o pânico da Flapress, nao consigo me irritar mais com isso, ate gosto de ver o desespero deles. Espero que o EB mantenha todos os jogares do meio q jogaram conta o São Paulo. Guerra, Michel Bastos, Dudu, Tche Tche, Thiago Santos ficou um baita meio campo, gostei demais!

  • Old and Wise

    Jogamos muito bem contra o SPFW….e foi praticamente o mesmo time que contra os gambás…Até o titularissimo Felipe Melo jogou contra os gambás….a presença de Tchê Tchê foi importante mas nao explica a mudança dos humores dos torcedores. Uma ova que Eduardo Baptista mudou algo. O time jogou para ganhar e nao com aquela malemolência que apresentamos contra o curintia. Foi só isso. Melhor seguir o conselho do Verdazzo e APOIAR incondicionalmente o time até o clássico contra os sardinhas…deixar o treinador ganhar corpo e parar de dar uma de ” engenheiro de obras prontas”. Enche o saco o torcedor que, após o resultado, fica falando que devia ter feito isso e aquilo e, quando o time ganha, nao vem confessar a estupidez que faria no lugar do treinador que acertou o time. Nao aparece um dizendo que nao escalaria o Fabiano…nem outro que reclama do Bigode…e nem outro que reclama a presença do Roger Guedes. “Eu ganho…nos empatamos e vcs perdem ” essa é a logica de muito corneta chato…

    • Wkocks

      acho que está melhorando a cada jogo. Não vejo no elenco nenhum jogador ruim que não tenha condições de vestir a nossa camisa. Precisamos apoiar e parar de cair na pilha da imprensa. Vejo no EB uma pessoa honesta, trabalhadora que erra assim como todos os treinadores e tem muito mais acerto que erros. O gigante vai apavorar ainda muito mais

  • Didi

    Ver todas as torcidas rivais mordendo a testa por nos verem voar alto só deixa o momento melhor ainda.

  • Palmeiras07

    Conrado, falei sobre isso nos primeiros posts de pós-jogo aqui, o esquema 4-1-4-1 só daria certo com Tche Tche e Moises. O Moises ainda está fora, mas obviamente o esquema funcionaria muito melhor com ele em campo.

  • Uηwɑηtєd Øηє™

    Não sei porque o Tiozinho da Crefisa foi dar moral e responder aquele cara viu.. Aquele xarope deve estar feliz, conseguiu a manchete que ele tanto queria.

  • Renan Antunes

    Agora o SR CREFISA tem que se retratar! Quando era a Crefisa que se sentia prejudicada, o Palmeiras pedia desculpas. QUERO VER AGORA!

    • Fernando Castro

      Discordo. Lendo a entrevista completa, dá pra entender que ele paga bem mais por amor ao clube, e não por ter sido enganado pelo Nobre.

      • Renan Antunes

        Desculpe, não fui claro. Meu comentário foi mais um desabafo frente ao desaforo desta entrevista. Na verdade minha crítica é ao Sr. Crefisa quando ele diz que “paga mais do que vale” e isto é uma mentira. Acredito que esta frase é prejudicial ao Palmeiras. O Palmeiras vale, sim, todo o montante destinado a ele (mercadologicamente). Quando ocorriam situações invertidas (onde o Palmeiras se posicionava e a Crefisa se sentia prejudicada) o Palmeiras tinha que pedir desculpas e se retratar. Desta vez, acredito que o Palmeiras deveria exigir da CREFISA um pedido de desculpas pela frase INFELIZ deste senhor.

        • Fernando Castro

          Entendi o raciocínio agora. Cê tá certo.

  • Thiago Sturzenegger

    Acho que o dono da patrocinadora mandou bem demais na entrevista com o Mauro Cezar:

    Vale a pena investir em patrocínio no futebol?
    José Roberto Lamacchia – Você conhecia a Crefisa antes de patrocinarmos o Palmeiras?

    Não me lembro antes de ver a marca na camisa do clube. Possivelmente já havia visto, mas não fixou…
    Lamacchia
    – E faço anúncios na (TV) Globo há anos. Mesmo assim muita gente só
    passou a conhecer mesmo a Crefisa depois que colocamos nossa marca na
    camisa do Palmeiras.

  • Ricardo Brites

    Nunca se esqueçam que tanto a mídia nojenta quanto a torcida do framerda morrem de medo da gente, o flalido nada mais é que uma invenção dá mamãe RGT, respondam esses pseudos jornalistas com conteúdo, isso nós temos de sobra! VAMOS PALMEIRAS!!!

  • Carioca Verdão

    É impressionante o clubismo de nossa imprensa esportiva. Os caras estão tirando a máscara de vez! Qdo da revelação do nosso patrocínio, quase 3x maior do q o framengo, já havia tido uma leve insinuação de lavagem de dinheiro! Não adianta, é um bando de torcedor travestido de jornalista!

  • Antonio Paulino

    Acostumo dizer que é muito fácil fazer boa “jestão” com 70 milhões a mais no orçamento. O flamerda e os gambás ganham isso da mamãe globo. Se PN tivesse esses 70 paus a mais no nosso orçamento, ele não precisaria emprestar um centavo. Nos quatro anos de mandado, seria 280 kilos. Nesse assunto a imprensa não toca.

    Outra coisa que me deixou muito indignado foi o Profut. Parcelamento de 25 anos, pode? Os clubes de futebol profissional, em geral, só recolhem 5% de contribuição previdenciária sobre suas receitas e o FGTS. Uma empresa normal paga 20% sobre o valor da folha, IRPJ, CSLL, PIS, Cofins, etc. Esses safados, especialmente urubus e gambás, foram para o Congresso fazer lobby pela aprovação do projeto. O Palmeiras, Chapecoense e Atlético Paranaense que se sacrificaram para regularizar a situação foram muito prejudicados. A prova disso é que dos grandes o Palmeirais foi o único que não aderiu ao parcelamento. Parcelamentos especiais de tributos não passam de 180 meses para as empresas que realmente geram empregos. E podem acreditar, teve vários clubes registrando superavit no balanço de 2015. Reverteram as provisões de juros e multas. Olhem o lucro do Vasco da Gama (120 mil) e Botafogo (108).

    Hoje arrecadamos 78 mil com patrocínio. Caso esse valor fosse ajustado ao mercado, ainda sim, com todos os espaços coberto, arrecadaríamos no mínimo uns 45 mil. Isso não vai diminuir o nosso tamanho. A continuar com uma gestão responsável, seremos sempre fortes. A nossa receita é muito diversificada. O PN foi muito eficiente nesse sentido. Apostou na renegociação das dívidas, com juros menores e alongamento dos prazos (ele fez esse discurso no início de seu mandato), incremento do Avanti e, principalmente, na manutenção de um time forte. Para os antis, dinheiro bem administrado gera dinheiro. É um círculo virtuoso. Time bom, estádio cheio, mais patrocínio, mais receitas e, claro, mais títulos. Nesse momento, O que eu vejo é muito medo da imprensa e dos torcedores rivais em relação ao nosso futuro maravilhoso.

    Avanti Verdão!!!!!!!!!! Chora gambazada!!!!!!!!!!!!! Chora urubuzada!!!!!!!!!!!!!!

  • Sandro Sgobi

    O que o assessor oficial do FRA na imprensinha fez hoje foi um ataque frontal à Sociedade Esportiva Palmeiras. É tão covarde que já bloqueou milhares de palmeirenses nas redes sociais. Por outro lado, acho que DE NOVO o casal Crefisa abriu brecha para jornalistas e canais mal intencionados pinçaram “aquele ponto” e tentarem diminuir o Palmeiras com manchetes infames como as que vimos hoje. O vozinho e a tiazinha têm que saber que tudo oq falam será usado contra o Palmeiras. Qualquer um que se envolva comercialmente com o Palmeiras tem q estar ciente da repulsa que o time causa em setores da mídia. E só pra constar: Ele disse que paga a mais tendo como parâmetro O QUE SE PAGA EM GERAL NO MERCADO e não a marca Palmeiras. E em diversas passagens da entrevista frisou o imenso retorno da parceria.

    • Rafael Capelini

      Na verdade eles ‘dão essas brechas’ meio que de proposito, assim como deram ano passado e no anterior, pois sabem que essas polemicas vazias, acaba aumentando ainda mais a exposição da MARCA deles, cabe ao Palmeiras exigir que eles respeitem mais o parceiro que tanto retorno trazem a eles, mostrando que essas polemicas pra chamar atenção são desnecessárias, e as vezes podem chamar atenção de form mais negativa do que positiva, pra propria marca deles.

      • Verdazzo

        o que é uma entrevistinha de nada se eles podem comprar uma vaga no conselho?

        • Rafael Capelini

          De Fato a palavra ‘exigir’, dentro dessa realidade, acaba ficando totalmente fora de contexto. Digamos, que caiba aos conselheiros ‘atentos a preservação da imagem institucional da SEP’ ‘convencer’ o casal Crefisa que essas ‘polemicas vazias’ só pra aparecer, podem ser mais negativo do que positivo pra exposição da marca deles…

          • Wkocks

            a melhor forma é ignorar esses canais imparciais. Ontem coloquei no Bem-amigos para ver o que o Dudu e quando começou o blá-blá do Moré tirei. Linha de passe também intragável. Fui assistir um filme. O que importa é que o Verdão destruiu o time do “futebol mais bonito”

  • Rafael Capelini

    Kkk,

    Dou muita risada dessas declarações desesperadas da mídia e torcedores acéfalos rivais (os com meio QI nem tentam esse argumento) achando que isso vai “desmerecer” de alguma forma nossas conquistas.

    Só tenho à dizer a esses:
    Meu, para!! Olha o ridículo que vocês estão passando com insinuações de ‘doação’ da Crefisa/FAM.

    O ‘casal Crefisa’, são dos mais astutos empresários desse país, não perdem dinheiro de forma alguma. Tem que ser muito, mas MUITO infantil pra ‘achar’ que eles tomem qualquer atitude empresarial que não seja visando o máximo de RETORNO possível, ‘por bondade’. kkk

    Eles enriqueceram EMPRESTANDO DINHEIRO!!! ou seja, o ‘negócio’ deles nada mais é do que uma ‘agiotagem legalizada’. Já viu algum agiota que vive com ‘prejuízo’???

    Se eles pagam ‘mais do que o ‘valor corrente de mercado pelo patrocínio’, é porque essa diferença de valores garante a eles uma exposição muito, mas MUITO MAIOR!!! e por consequência um RETORNO também MUITO MUITO MUITO MAIOR!!!

    rsrsrsrs a inveja pode até não matar, mas que deixa a vida do invejo UMA AMARGURA… ah,isso deixa…

    • Fernando Castro

      Outra coisa: pelo menos, pra mim, a Crefisa só entrou na minha cabeça quando começou a estampar o nosso manto. Antes disso, me limitava a comparar o ator dos comerciais com o Henrique ceifador.

      • Rafael Capelini

        O próprio Titio Crefisa fala isso durante a entrevista, só que isso o ‘fabricante’ da noticia prefere ignorar…

  • Alex Relax

    Vale lembrar que o atual presidente do Flamengo era diretor do BNDES e curiosamente, o BNDES liberou uma verba para a Peugeot e curiosamente, a Peugeot patrocinou o Flamengo. Situação idêntica ocorreu com a Jeep. Depois do aporte financeiro do BNDES a Jeep passou a patrocinar o Flamengo.

    • Marcelo Faria

      Tá informado heim? Pois é, o que esperar de Flapress, Gambápress e políticos corruptos??? Enquanto o Palmeiras nada contra a maré, fazendo uma gestão mais eficiente e consciente, outros seguem carregados pelos benefícios bancados pelo povo.

  • Alex Relax

    O Palmeiras perdeu do Curintias porque entrou numa tiriça desgraçada, enquanto os gambás entraram pensando que era final de copa do mundo.

  • Giuliano Varela

    Aquele morfético do Mauro Cezar Pereira fez uma entrevista com o Lamachia titulada “Presidente da Crefisa sabe que investe mais do que o Palmeiras vale”.

    Tudo para desmerecer os rivais do timinho dele. Que desespero!

    • Wkocks

      por que ele não vai investigar os patrocínios estatais nos clubes com dinheiro do povo

    • Márcio S

      Titulo totalmente pinçado no meio da entrevista, totalmente fora de contexto. Deveria ter vergonha de se dizer jornalista

    • Fernando Castro

      Pegar uma frase no meio de uma entrevista completa, sem o contexto que a integra, só pra chamar a atenção. Seria como se a mídia marrom pegasse o “Devolvam esse Borja!” e saísse replicando com base no título.

      Um paradoxo: patrocínio estatal pode, particular bem acima dos rivais não. Como entender?

    • greensemstress

      Mas o asno é tão orelhudo que não percebeu que o Sr. Lamacchia disse clara e explicitamente que
      após o patrocínio ao Verdão, a Crefisa ganhou muito mais visibilidade (entenda-se penetração) no mercado e a FAM aumentou muito em numero de alunos. Resumindo, uma pessoa que conhece e muito o mercado financeiro, sabe muito bem que está aplicando o dinheiro onde ele rende e não é um recalcado atolado em frustrações que vai conseguir diminuir a grande fase administrativa/financeira e as conquistas no gramado conseguidas pelo VERDÃO!
      O semblante deste indivíduo já mostra o estado de espírito dele.
      Além do mais, o Sr. Lamacchia está fazendo isso pelo time que ele ama, é juntar a fome com a vontade de comer.
      Avanti VERDÃO!!!

  • Anderson

    Fico feliz que nessa crise não precisemos de dinheiro que deveria ser usado para financiar casas, micro empresários. A imprensa prega o profissionalismo da boca pra fora. Enquanto estamos zerando dívida ruim, eles preferem enaltecer grupos que vivem de favorecimentos, pois nunca conseguem ser os maiores e melhores do Brasil, seja no futebol, seja na administração. Ajuda ae, pô! Tô acostumado a ser come e dorme!

  • Czar_SP

    Esse mauro cézar é um homúnculo.

    Esta desesperado e já usa o pós-verdade para tentar desvirtuar uma informação.

    Coloca na manchete uma distorção estúpida vomitada pelo seu cérebro vil, o famoso “fato alternativo”.

    Se a informação verdadeira lhe causa desconforto, basta inventar uma mentira e anuncia-la como verdade. Neste ponto ele tem razão. Salvo exceções, o povo brasileiro é burro e preguiçoso. Não consegue discernir a calúnia da verdade porque nunca lê nada além da segunda linha da matéria.

    E assim as opiniões são formadas.

    A mídia palestrina hoje é mais importante do que jamais foi. Salve!

    • Rodrigo Marques Carvalho

      Muito boa explanação. Confesso que tive que ir no dicionário para ver o que quer dizer homúnculo.

  • Rafael Capelini

    Só uma coisa que eu esqueci de falar ontem, é o DESSERVIÇO que esse energúmeno desse MCP (e seus cumpinchas) presta ao futebol brasileiro e ao próprio timinho dele com essa campanha ridícula tentando impingir que o valor que o Palmeiras recebe é “alto demais”.

    Grande ‘estimulo’ pra que outras empresas invistam valores mais altos também né retardado…
    Isso vindo de alguém que se presta ao papel de ‘paladino’ da ‘evolução do futebol brasileiro’, que enganou muita gente durante algum tempo se passando por uma pessoa que pleiteava mudanças sérias em nosso futebol, que ‘lutava’ por um “futebol brasileiro mais forte”…
    QUE PAPELÃO!!!

  • muñeco

    Eu cumpro meu papel exemplarmente: nem sabia do que ou quem vcs estavam falando, até ler os comentários abaixo.

    Só leio Beting e PVC.

    • Rafael Capelini

      Desculpa, mas PVC apesar de ‘Palmeirense’ é outro pau mandado da mídia marrom, com várias ‘opiniões vendidas’, apesar de ser tecnicamente perfeito.

  • Valdimir Tibúrcio da Silva

    Algumas coisas passam desapercebidas e que precisam ser recuperadas. Por exemplo, alguém se lembra de cabeça o patrocínio do Atlético, Internacional, Bahia. Pois é, se você pegar um torcedor que não seja Palmeirense ela vai se lembrar da Crefisa. Em outras palavras, nenhuma parceria dá tanto retorno e visibilidade do Palmeiras/Crefisa/Fam. A Caixa distribui mais 170 milhões anuais em patrocínio e é discutível se tem mais visibilidade. Outra questão importante é que a camisa do Palmeiras não é partilhada por vários patrocinadores, como ocorre com outros clubes. Às vezes você nem consegue ver com clareza quem é o patrocinador do clube e isso não ocorre no Palmeiras. A Crefisa/Fam paga também pela exclusividade. Hoje a Crefisa/Fam é conhecida no país inteiro; sempre está nas mídias. Alguém acha que isso não dá retorno para a Crefisa/Fam? Ninguém queima dinheiro; a Crefisa/Fam deve gastar mais, mas também deve ter maior visibilidade e retorno.

  • Marco

    Eu não sei o valor do faturamento do grupo crefisa/fiam, mas esse valor que pagam ao verdão deve ficar proximo dos 3% do faturamento anual ou nem isso, tá barato pois a exposição que estão tendo é espetacular

  • Henrique

    Falavam que o Palmeiras contratava de mais e que o elenco não era tudo isso. Ganhamos a Copa do Brasil e o Brasileiro. Valorizamos os jogadores, não houve desmanche e de quebra contratamos os dois melhores jogadores da America. Trouxemos um técnico moderno, da “nova geração”, coisa que a imprensa tanto valoriza.

    BATEU O DESESPERO!!!

    O marketing feito entre Palmeiras e Crefisa é monstruoso, dá muito retorno para os dois lados. A Crefisa não se sobrepõem ao Palmeiras e vice-versa. É como manteiga no pão!

  • Antonio Frederico

    A verdade é que o Palmeiras incomoda. O Palmeiras causa o sentimento de inveja nas pessoas. Eu teria muita inveja do Palmeiras se eu fosse torcedor de outro time. Compreendo o desespero. Mas nunca é tarde para mudar. Por R$ 12,99/mês você pode deixar de sentir inveja e entrar para a família Palmeiras. Pare de sentir só o cheirinho, venha sentir o gostinho de ser campeão com a gente!!!

    • Rafael Capelini

      Cara, que frase ESPETACULAR!!!

  • Henrique

    Obrigado pela exposição Mauro Cesar!!!

  • Lucas MS

    Gostaria de agradecer a imprensa pela ampla divulgação e promoção de nossos patrocinadores, isso mostra a força de nossa marca! Quanto mais falarem, mais a CREFISA investe! Obrigado a todos colaboradores!!!!!!

  • Mauro Miguel

    Mordam os cotovelos torcedores rivais travestidos de imprensa

  • Mauro Miguel

    Essa síndrome de perseguição dos palmeirenses se justifica. S

  • Mauro Miguel

    Sempre fomos. Desde o Palestra.

  • Mauro Miguel

    E sempre levamos de vencida. Campeões. De fato

  • Valdimir Tibúrcio da Silva

    Eu imagino o Palmeiras para o próximo jogo: Prass, Jean, Mina, Edu Dracena, Zé Roberto, Felipe Mello, Tche Tche, Michel Bastos, Guerra, Dudu e Borja.

  • Valdimir Tibúrcio da Silva

    Só para lembrar que em 2016 o patrocínio da Crefisa/Fam representou pouco mais de 16% do Faturamento Bruto do Palmeiras de quase 500 milhões. Para os invejosos, bom ressaltar, que só com a arrecadação de jogos o Palmeias já ultrapassou 150 milhões e a renda líquida é em torno de 80 milhões por ano. O São Paulo, pões 56 mil no Murumbi e a renda do jogo não chega a 800 mil. No último jogo, colocamos 36 mil pessoas no estádio para uma renda de mais de 2 milhões e 300 mil. Palmeiras em renda bate todos os times grandes do país; também bate todos os times grandes do país no sócio torcedor. Então vamos colocar os pingos nos is: palmeiras arrecada mais com sócio torcedor, estádio, renda de jogo, patrocínio, vendas de direitos da televisão, venda de jogador, premiação (16 milhões no campeonato brasileiro), entre outros e, por isso, chegou a quase 500 milhões em 2016 e tem um orçamento de 430 milhões para 2017, sem contar venda de jogador. Mais Palmeiras está pagando o Paulo Nobre e suas dívidas. Nos próximos 5 anos o Palmeiras vai praticamente aniquilar suas dívidas. Esse é o medo. Um time que fatura muito e tem pouca dívida.

  • Andre Luís Sousa Araújo

    A Flapress também está louca para ver Dudu deixar o Palmeiras. Já vi um dizer que ele tem que repetir na Europa o sucesso do Palmeiras para garantir vaga na seleção, e outro dando notícia de que há um time turco interessado nele.