Gustavo Scarpa lamenta empate, mas ressalta: “melhor 1 ponto do que nenhum”

Gustavo Scarpa comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Avaí, durante partida válida pela décima quarta rodada do Brasileirão 2022, na Ressacada.
Cesar Greco

Novamente titular, Gustavo Scarpa anotou um dos gols do Palmeiras no empate em 2 a 2 com o Avaí

O Palmeiras perdeu a chance de abrir cinco pontos de vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro ao empatar em 2 a 2 com o Avaí na tarde deste domingo, em jogo disputado no estádio da Ressacada.

A equipe adversária saiu na frente no último lance do primeiro tempo, mas o Verdão chegou a virar o marcador com Gustavo Scarpa e Rony. Entretanto, Jean Pyerre, de falta, igualou o placar na metade final do jogo.

“O objetivo era sair com a vitória, mas é preciso falar também do mérito da equipe adversária. O Brasileirão é um campeonato difícil e, claro que o melhor é sempre vencer, mas o empate fora de casa não é tão ruim; é melhor um ponto do que nenhum”, disse Scarpa ao final do jogo, que completou analisando o desempenho palmeirense.

“Apesar de não termos feito um bom primeiro tempo, conseguimos impor nosso ritmo no segundo e fomos melhores, chegamos até virar o jogo. Mas o Jean fez um baita de um gol e não tem o que fazer, infelizmente”, finalizou o camisa 14.

O próximo jogo do Verdão na competição nacional será no sábado que vem, às 21h, diante do Athletico-PR, no Allianz Parque. Antes desse confronto, no entanto, o Palmeiras joga pela Libertadores frente ao Cerro Porteño, na partida de ida das oitavas-de-final do torneio continental.

Gustavo Scarpa sobe no ranking dos artilheiros da temporada

Gustavo Scarpa comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Avaí, durante partida válida pela décima quarta rodada do Brasileirão 2022, na Ressacada.
Cesar Greco

Vivendo ótima fase, Gustavo Scarpa chegou a oito gols na temporada ao balançar as redes do Avaí. Assim, o camisa 14 ultrapassou Rafael Navarro e Zé Rafael e, atualmente, ocupa o terceiro lugar na lista dos artilheiros do Verdão em 2022, atrás de Rony (14) e Raphael Veiga (16).

Além dos gols, o meio-campista também se destaca nas assistências. São 11 na atual temporada e 50 desde que passou a vestir a camisa palmeirense.