Gustavo Scarpa celebra noite de 3 gols e comenta renovação de contrato: “vai dar tudo certo”

Gustavo Scarpa comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Deportivo Táchira, durante partida válida pela fase de grupos da Libertadores 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Eleito pela Conmebol o melhor jogador da partida, Gustavo Scarpa anotou um hat-trick contra o Deportivo Táchira

O meia Gustavo Scarpa foi o principal nome do Palmeiras na vitória por 4 a 1 sobre o Deportivo Táchira, pela Libertadores. Titular, o camisa 14 marcou três gols e foi eleito pela Conmebol o melhor jogador da partida.

“Estou muito feliz, foi a primeira vez na carreira que anotei um hat-trick. Foi muito importante pra mim e pro Palmeiras também. Conseguimos a melhor campanha e fazer parte desse momento da História do clube é muito gratificante”, disse o jogador, que também comentou a conversa com os colegas no lance do quarto gol, que foi o segundo pênalti da partida.

“A gente sabe que o futebol é coletivo, mas todos têm suas pretensões individuais. O importante é a gente não deixar isso passar do ponto e tomar à frente da prioridade que é o bem do grupo como um todo. Eu já tinha brincado com o pessoal que mais um pênalti iria acontecer no segundo tempo e que queria bater. Todos querem marcar um gol, mas na hora todos compreenderam e está tranquilo”, complementou.

O Palmeiras alcançou o 100% de aproveitamento em toda a fase de grupos da Libertadores e ampliou a série de invencibilidade na temporada. A equipe não perde há 13 partidas, número recorde desde a chegada de Abel Ferreira ao clube.

“Estamos muito bem. Apesar de todos os títulos, a equipe não se acomodou em nenhum momento e vamos em busca de mais conquistas. Nada é por acaso”, acrescentou o jogador.

Gustavo Scarpa se coloca à disposição da comissão técnica

Com a ausência de Raphael Veiga, que testou positivo para Covid-19, Gustavo Scarpa foi o escolhido para fazer a função de meio-campista central. Apesar de ser sua posição de origem, o camisa 14 vem sendo importante para o esquema de Abel Ferreira também como um ponta esquerda. O jogador já comentou sobre sua preferência em atuar mais por dentro, mas se coloca à disposição da comissão técnica para atuar em outras funções.

Gustavo Scarpa em jogo do Palmeiras contra o Deportivo Táchira, durante partida válida pela fase de grupos da Libertadores 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

“Todo mundo sabe da minha preferência, já conversei com o Abel sobre isso, mas ele também sabe que pode contar comigo em outras posições. Cada jogador tem sua facilidade em atuar em sua função de origem, mas eu já demonstrei em outros momentos que consigo render como um ponta ou até lateral. Estou para ajudar e o mais importante que falar, foi eu mostrar isso em campo”, disse Scarpa.

Por fim, Scarpa falou sobre a sua situação contratual. O jogador tem contrato com o Palmeiras até o final do ano e está em negociações com o clube para a renovação do vínculo. “Tem-se resolvido esse assunto e acredito que vai dar tudo certo no final, todas as partes vão se entender”, finalizou.