Cada vez mais decisivo, Raphael Veiga se aproxima de recorde de gols na carreira em uma temporada

Raphael Veiga do Palmeiras comemora seu gol com Danilo, contra o Red Bull Bragantino durante partida válida pela sexta rodada do Brasileirão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Ao balançar as redes do Red Bull Bragantino, Raphael Veiga chegou a 16 gols em 26 jogos

O jogo do Palmeiras no último sábado, frente ao Red Bull Bragantino, foi outra validação da fase decisiva que Raphael Veiga vem vivendo. O meia anotou o gol que selou a vitória palmeirense por 2 a 0.

Aos 53 minutos do segundo tempo, Breno Lopes puxou um rápido contra-ataque e foi derrubado por Cleiton dentro da área. Na penalidade máxima, Veiga foi para a bola e converteu seu 24º pênalti pelo clube. “Gosto muito de fazer gol, não importa se é de pênalti ou bola rolando, o importante é marcar e a equipe vencer, que é o principal”, disse o jogador após a partida.

O camisa 23 chegou a 16 gols na temporada atual em 26 jogos (média de 0,61 por jogo) e está cada vez mais próximo de ultrapassar seu recorde pessoal, que é de 20 tentos, anotados no período passado. Meio-campista com uma forte chegada à área, Veiga elevou seus números de gols marcados desde 2020.

  • 2020: 18 gols em 57 jogos (vice-artilheiro do elenco, atrás de Luiz Adriano);
  • 2021: 20 gols em 54 jogos (artilheiro do elenco);
  • 2022: 16 gols em 26 jogos (artilheiro do elenco).

Ao contabilizar os jogos do Mundial de Clubes, que são considerados para a temporada anterior, os números de gols do jogador sobem para 18. Somando com as sete assistências distribuídas, são 25 participações diretas, o que o faz ser o líder do critério entre todos os jogadores da Série A em 2022.

Na lista dos maiores goleadores da História do Palmeiras, Veiga está na 45ª posição, empatado em números de gols (61) com Ernesto Imparato, Rinaldo e Fedato.

Raphael Veiga é completo, segundo Abel Ferreira

Para o técnico Abel Ferreira, apesar da fase goleadora e decisiva do meio-campista, o que mais o impressiona em Veiga é sua capacidade de entender o jogo ofensiva e defensivamente.

Raphael Veiga do Palmeiras em disputa com Léo Realpe do Red Bull Bragantino, durante partida válida pela sexta rodada do Brasileirão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

“O que mais me impressiona nele não é o que ele joga com bola, sua marcação, seus pênaltis convertidos ou os dribles. Ele é um jogador completo. Quando precisa correr pra trás, ele ajuda. O que me impressiona é o seu compromisso, o jogador robusto que ele é”, disse Abel Ferreira, na semana passada.

Aos 26 anos e próximo de atingir 200 jogos pelo clube, Raphael Veiga tem contrato com o Palmeiras até o final de 2024.