Willian Bigode se despede e recebe homenagem do Palmeiras

Homenagem na despedida do atacante Willian, na Academia de Futebol, em São Paulo-SP.
Luiz Guilherme Martins

Após cinco temporadas e cinco títulos conquistados, Willian diz: “Palmeiras estará sempre no meu coração”

Willian Bigode não ficará no Palmeiras para o ano de 2022. O atacante, que assinará um contrato com o Fluminense, se despediu oficialmente do Verdão e foi homenageado pelo clube na Academia de Futebol.

Ao site do Palmeiras, o atacante agradeceu ao clube e afirmou que o “Palmeiras estará sempre no meu coração”.

“Eu sei a importância de conquistas para um atleta, sei que os troféus têm um valor muito especial para toda a instituição e para o nosso torcedor, mas hoje eu tenho o entendimento que, para mim, o que mais vale é aquilo que vou deixar para as pessoas, aquilo que as pessoas vão falar de mim. Não fiquei aqui cinco meses, foram cinco anos. Fico muito feliz com aquilo que me dediquei, não somente como atleta, mas também como amigo, quando, por exemplo, tive oportunidade de dar um abraço e ter uma compaixão com o próximo”, disse.

“Às vezes a pessoa está tendo um dia ruim e eu pude ajudar com um abraço, com uma palavra de ânimo… Saio daqui muito feliz, muito grato por todo o carinho desde a minha chegada e de cabeça erguida. Aqui cresci como atleta, como homem, como pai de família. A vida é feita de ciclos e vi que era o momento ideal para ir para outro desafio. Saio pela porta da frente e no dia de amanhã, quando voltar para visitar, tenho certeza de que será de uma forma leve e isso eu valorizo muito. O Palmeiras estará sempre no meu coração”, completou.

Willian Bigode chegou ao Palmeiras em janeiro de 2017 e deixou seu nome marcado na História do clube. Foram 253 partidas disputadas, 66 gols marcados e cinco títulos conquistados (Campeonato Brasileiro 2018Campeonato Paulista 2020Copa do Brasil 2020 e as Libertadores 2020 e 2021).

“Cada troféu tem um sabor especial. O ano de 2018 começou de forma complicada, quando perdemos uma final para o nosso rival, mas conseguimos seguir com uma regularidade dentro do Brasileiro e terminamos o ano com o título. Estava no meu auge, pude bater recordes de jogos e, na última partida, recebi a notícia de que rompi o ligamento, após dar o passe decisivo para o Deyverson. Porém valeu a pena, vou ser bem sincero, valeu a pena! É um título com um gosto muito especial para mim”, comentou.

Ele se despede do Verdão sendo o 2º maior artilheiro do século e o sexto maior em campeonatos brasileiros.

Confira o vídeo de despedida de Willian Bigode: