Elenco do Palmeiras realiza jogo-treino na Academia de Futebol; confira os times montados por Abel

Eduard Atuesta e Raphael Veiga durante jogo-treino do Palmeiras, disputado na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Último jogo-treino da temporada terminou em 2 a 2 no tempo normal, com a equipe de uniforme branco vencendo nos pênaltis por 4 a 3

Dividido em dois times e com uniformes oficiais (camisas I e II), o elenco do Palmeiras realizou na Academia de Futebol, na manhã desta quarta-feira, o último jogo-treino da pré-temporada. O confronto terminou em 2 a 2 no tempo normal, com a equipe de Branco vencendo nos pênaltis por 4 a 3.

A equipe verde foi formada por Weverton (Vinicius); Gómez, Luan e Piquerez; Mayke (Rafael Navarro), Danilo, Zé Rafael (Patrick de Paula) e Gustavo Scarpa; Raphael Veiga, Rony e Dudu. O time de branco foi escalado com: Marcelo Lomba; Kuscevic, Murilo e Jorge; Marcos Rocha, Gabriel Menino (Jailson), Atuesta e Wesley; Breno Lopes (Renan), Deyverson e Gabriel Veron.

O primeiro tempo, com duração de 35 minutos, terminou 1 a 0 para a equipe de branco. Logo no começo, Breno Lopes recebeu passe pela direita, invadiu a área e chutou forte. No intervalo, a única substituição foi a entrada de Vinicius no lugar de Weverton.

Na etapa final, Gabriel Veron fez jogada individual pela direita, levou para o fundo e cruzou para Deyverson se esticar e ampliar o placar para 2 a 0. Na sequência, na equipe de verde entraram Rafael Navarro na vaga de Mayke, empurrando Rony para a ala direita, e Patrick de Paula no lugar de Zé Rafael, enquanto na equipe de branco, Jailson substituiu Gabriel Menino.

A partir dos 20 minutos começou a reação da equipe de verde, com Veiga cobrando pênalti. Três minutos depois, Scarpa cobrou falta por baixo da barreira e deixou tudo igual.

Nas penalidades máximas, Jailson, Atuesta, Deyverson e Jorge foram às redes pelo time branco; Veiga, Navarro e Patrick de Paula marcaram pelo time de verde.

Deyverson comenta jogo-treino contra os companheiros

Ao final da atividade, o atacante Deyverson analisou o duelo e comentou a preparação da equipe na pré-temporada.

Deyverson durante jogo-treino do Palmeiras, disputado na Academia de Futebol.
Cesar Greco

“Abrimos o placar, fizemos o segundo e depois baixamos um pouco. Todos estão sujeitos a errar, mas acho que foi um erro do árbitro, acho que não foi pênalti para eles (risos). Mas, independentemente disso, foi uma atividade séria, como se fosse um adversário mesmo, e estamos nos preparando com muita intensidade para chegarmos todos fortes nos jogos”, disse.

O jogo-treino desta quarta-feira foi o último do Palmeiras nesta pré-temporada. Nas semanas anteriores, o clube já havia jogado contra o Pouso Alegre (2 a 2), Portuguesa (1 a 2), Juventus e Primavera (vitórias por 2 a 1).

O Verdão estreia oficialmente na temporada no próximo domingo, pelo Campeonato Paulista, contra o Novorizontino, fora de casa. Até este duelo, Abel Ferreira e seus auxiliares terão mais três dias de trabalho.