Após vitória, Gustavo Scarpa comemora invencibilidade do Palmeiras como visitante no Brasileirão 2022

Gustavo Scarpa do Palmeiras em disputa com Guilherme Castilho do Ceará, durante partida válida pela vigésima rodada do Brasileirão 2022, na Arena Castelão.
Cesar Greco

Em entrevista na saída do gramado do Castelão, Gustavo Scarpa também comentou pênalti marcado para o Ceará: “Meio estranho”

O Palmeiras venceu o Ceará na tarde deste sábado, por 2 a 1, e manteve a invencibilidade como visitante no Campeonato Brasileiro. Em 10 partidas, o Verdão saiu vitorioso em seis oportunidades e empatou outras quatro.

“É importante, pra equipe que quer ser campeã brasileira, conseguir bons resultados fora de casa”, destacou Gustavo Scarpa, em entrevista ainda no gramado da Arena Castelão. “Não podemos nos contentar com empates, ainda mais vestindo a camisa do Palmeiras. Buscamos a vitória desde o começo e fomos coroados com o bom resultado”, finalizou o camisa 14.

Com o triunfo, o Palmeiras chegou aos 42 pontos no Brasileirão e espera o término da rodada para saber se aumentará a diferença para os times que vem logo abaixo na tabela. Além disso, a equipe tem o melhor ataque (33) e a melhor defesa (14) da competição.

Gustavo Scarpa comenta pênalti para o Ceará

O gol do Ceará, marcado por Mendoza de pênalti, também foi comentado por Scarpa. O camisa 14 afirmou que o árbitro Anderson Daronco recebeu a confirmação da penalidade pelo VAR, mas, ainda assim, reclamou da marcação.

Gustavo Scarpa em jogo do Palmeiras contra o Ceará, durante partida válida pela vigésima rodada do Brasileirão 2022, na Arena Castelão.
Cesar Greco

“Sobre o lance do pênalti do Ceará, confesso que, na minha visão dentro do campo, não foi falta. O Daronco, rapidamente, disse que confirmaram o pênalti [no VAR]. Mas o pessoal do Palmeiras já me alertou que não foi, a própria transmissão também disse que não foi. É meio estranho, ainda bem que construímos um resultado que [o pênalti] não nos prejudicou no resultado final”, declarou.

“O Daronco é um excelente árbitro, o trio é bom. Mas, se não foi mesmo, é estranho, já viemos de um negócio esquisito aí contra o SPFC. Temos que fazer muito dentro de campo para que a decisão da arbitragem não interfira no nosso resultado”, finalizou.

Após o triunfo no nacional, o Palmeiras direciona o foco para a Copa Libertadores. Na quarta-feira, a equipe visita o Atlético-MG no primeiro jogo das quartas-de-final.