Weverton é convocado por Tite e será desfalque do Palmeiras no mata-mata do Paulistão

Weverton em jogo do Palmeiras contra o São Paulo, durante partida válida pela quarta rodada do Paulistão 2022, no Morumbi.
Cesar Greco

Weverton será ausência no jogo das quartas-de-final e em uma eventual semifinal

Na manhã desta sexta-feira, o técnico Tite, da seleção brasileira, divulgou a lista dos jogadores convocados para as duas próximas rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar.

Assim como ocorreu nas últimas convocações, o goleiro Weverton foi chamado pelo treinador e desfalcará o Palmeiras em ao menos um jogo do mata-mata do Campeonato Paulista.

Já classificado para a Copa do Mundo, o Brasil enfrentará o Chile, no dia 24, e a Bolívia, dia 29, na altitude de La Paz. Por conta dessa convocação, o arqueiro não estará disponível a Abel Ferreira para o confronto de quartas-de-final, na qual o Verdão está garantido, que deve ocorrer no dia 23.

Além disso, caso o Palmeiras siga avançando, Weverton também não poderá atuar na semifinal, prevista para acontecer no final de semana do dia 26, e pode até ser desfalque no primeiro jogo das finais, previsto para o dia 30, caso o Palmeiras siga avançando.

Além de Weverton, outros pilares defensivos também podem ser desfalque

Weverton em jogo do Palmeiras contra o São Paulo, durante partida válida pela quarta rodada do Paulistão 2022, no Morumbi.
Cesar Greco

O Palmeiras também pode ter que jogar o mata-mata do Campeonato Paulista sem o zagueiro Gustavo Gómez, que deverá ser confirmado na lista do Paraguai; e o lateral Piquerez, que está na pré-lista do Uruguai.

Com Luan ainda machucado, Abel Ferreira só deverá ter Marcos Rocha dos considerados titulares da defesa para os jogos decisivos.

“Fico preocupado quando nossos jogadores vão para seleções e, se não jogam, perdem a competitividade. Temos que aceitar. Nossos jogadores vêm tendo um ótimo desempenho e é normal que alguns deles, sobretudo os defensores, sejam convocados. Vamos dar o nosso melhor, mas logicamente não teremos o mesmo nível competitivo. Isso já ocorreu ano passado. Fico triste quando nós não paramos nas datas Fifa, porque nos faz pensar se vale a pena investir em jogadores internacionais, se em momentos de decisão não temos eles. Isso não é justo”, reclamou Abel em entrevista coletiva após a vitória sobre o Guarani, domingo passado.