Surto de Covid-19 e desfalques: Abel reencontra adversário que foi seu primeiro grande desafio no Palmeiras

Abel Ferreira em jogo do Palmeiras contra o Goiás, durante partida válida pela vigésima segunda rodada do Brasileirão 2022, no estádio Hailé Pinheiro.
Cesar Greco

Último confronto entre Palmeiras e Goiás registrou primeira derrota de Abel à frente do Verdão

Após o revés para o Ceará na estreia, no Allianz Parque, o Palmeiras volta a campo pelo Campeonato Brasileiro na tarde deste sábado para enfrentar o Goiás, fora de casa.

Os times voltam a se enfrentar depois de uma temporada, já que o Goiás jogou a Série B no ano passado. O último confronto entre as duas equipes, em novembro de 2020, registrou a primeira derrota de Abel Ferreira no comando do Verdão – à época, a equipe vinha de nove jogos invictos.

Entretanto, além da equipe goiana, o Verdão precisou enfrentar outro adversário naquela partida: os desfalques. Nada menos do que 20 jogadores não estavam aptos para entrar em campo. Zé Rafael estava suspenso; Felipe Melo e Wesley machucados; enquanto outros 17 atletas haviam sido infectados pela Covid-19 – o Palmeiras era o time do Brasil que vivia o maior surto de coronavírus no período.

Se já não bastasse todas as ausências, a comissão técnica teve que lidar com outros dois problemas durante o jogo: Luiz Adriano, artilheiro do time à época, lesionou-se com 25 minutos de jogo; e Mayke, aos 39’ do primeiro tempo, foi expulso.

Sem seu principal atacante, com atletas improvisados e com um jogador a menos por 60 minutos, o Verdão foi valente, chegou a ter uma ótima oportunidade no final do jogo, mas acabou derrotado com um gol sofrido nos minutos finais. O duelo foi considerado o primeiro grande desafio de Abel no comando Palmeiras, conforme escrito por ele e sua comissão técnica no livro “Cabeça Fria Coração Quente”.

Historicamente, o Palmeiras enfrenta dificuldades para enfrentar o Goiás jogando como visitante. Em 27 jogos, são dez vitórias para o Verdão, 11 derrotas e seis empates, o que representa um aproveitamento de 44,4% dos pontos.

Priorizando o Brasileiro, Abel deve colocar força máxima em campo

Campeão da Recopa Sul-Americana e do Campeonato Paulista no início de 2022, o Palmeiras de Abel Ferreira vem priorizando o Brasileirão no momento. Na Libertadores, a comissão técnica mandou a campo equipes alternativas nos dois jogos em que a equipe fez, e a gestão de energia funcionou: foram duas goleadas (4 a 0 no Deportivo Táchira; 8 a 1 no Independiente Petrolero) e liderança isolada do Grupo A.

Para o duelo deste sábado, jogadores importantes como Raphael Veiga, Dudu e Danilo devem retornar à equipe titular. Outro atleta que volta a ficar à disposição da comissão técnica é Gustavo Scarpa, que se recuperou de um trauma na coxa esquerda.

O Palmeiras realiza o último treino antes do jogo na manhã desta sexta-feira e logo em seguida embarca para Goiânia. O duelo acontece às 16h30 deste sábado, no estádio Hailé Pinheiro.