Palmeiras obtém 100% de aproveitamento contra os rivais e garante liderança geral do Paulistão

Danilo do Palmeiras em disputa com Willian do SCCP, durante partida válida pela sexta rodada do Paulistão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Palmeiras recebeu o SCCP no Allianz Parque e venceu por 2 a 1, com gols de Raphael Veiga e Danilo

O Palmeiras entrou em campo na noite desta quinta-feira, no Allianz Parque, para enfrentar o SCCP, em partida atrasada da sexta rodada do Campeonato Paulista. Com gols de Raphael Veiga e Danilo, o Verdão venceu o rival por 2 a 1 e manteve a invencibilidade na competição.

Com o triunfo, o Palmeiras chegou a 29 pontos e também assegurou a liderança geral da primeira fase da competição. Caso siga avançando no mata-mata, a fará todos os jogos decisivos no Allianz Parque, já que nenhum outro clube alcançará a pontuação do Verdão. Vale lembrar que pelo regulamento do Paulistão os clubes seguem somando pontos mesmo nos jogos eliminatórios.

Nas quartas-de-final, o Palmeiras ainda espera pela definição de seu adversário, o que deve acontecer na rodada final da fase de classificação, no próximo domingo. No momento, o Ituano é o segundo colocado com 18 pontos, seguido de Botafogo (18) e Mirassol (17). O duelo pelo mata-mata deve ocorrer na quarta-feira da semana que vem.

Palmeiras atinge feitos importantes

Por conta da disputa do Mundial de Clubes, a tabela de jogos do Palmeiras no Campeonato Paulista precisou ser alterada e a Federação Paulista de Futebol optou por colocar os três rivais para o time enfrentar em sequência (SPFC – 10/3; Santos – 13/3; e SCCP – 17/3).

Na História, o Palmeiras já tinha enfrentado os três rivais em sequência onze vezes; no entanto, a série atual foi a primeira em que a equipe venceu todas as partidas. Vale ressaltar, entretanto, que em 1933 aconteceu algo parecido: o Palestra Itália enfrentou três rivais e venceu todos os jogos; mas uma das três equipes era o São Paulo da Floresta – o primeiro confronto contra o SPFC aconteceu em 1936.

Além disso, na atual configuração do Campeonato Paulista, que teve início em 2014, foi a primeira vez que o Palmeiras venceu os três rivais na primeira fase. Com Abel Ferreira e sua comissão técnica no comando, o clube disputou 21 clássicos, obteve 10 vitórias, perdeu quatro e empatou outros sete.

“A equipe ainda tem muito a trabalhar, a crescer. No Brasil há muita empolgação, mas temos que ser humildes. Temos uma equipe jovem. Vamos manter os pés no chão, o que vem de fora eu não controlo. O fundamental também é nos mantermos unidos. Mais do que nunca sinto e sei o que é ser palmeirense”, disse Abel, sobre os triunfos contra os rivais.