Raphael Veiga, sobre os erros coletivos: “difícil falar se é falta de atenção”

Raphael Veiga comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Red Bull Bragantino, durante partida válida pela vigésima quinta rodada do Brasileirão 2021, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Artilheiro do Palmeiras na temporada, Raphael Veiga anotou seu 13º gol de pênalti pelo clube

No último sábado, o Palmeiras recebeu o Red Bull Bragantino no Allianz Parque, em jogo que marcou o reencontro da torcida com o time no estádio, e saiu derrotado por 4 a 2. Com isso, o Verdão chegou a seu quarto jogo sem vitória no Campeonato Brasileiro e viu a distância para o líder, Atlético-MG, aumentar.

Para o meia Raphael Veiga, que fez o segundo gol da equipe na partida, a má fase coletiva é difícil de explicar. Nos jogos anteriores, o técnico Abel Ferreira chegou a cobrar mais concentração dos atletas.

“É difícil falar se é falta de atenção ou não. São lances pontuais. Ninguém entra com vontade de falhar, mas realmente estamos cometendo erros que não podem acontecer, que estão terminando em gols dos adversários. E também, quando conseguimos chegar bem no ataque, temos que ser mais decisivos. Jogaremos uma final de Libertadores nas próximas semanas e não podemos deixar que algo externo nos influencie em campo. Temos que resolver”, disse o camisa 23.

“Sabemos que não estamos no máximo e não estamos mostrando em campo o que a gente já desempenhou. A gente sabe o tanto de bons jogos que já fizemos e nós somos cobrados para manter isso. A má fase não é nada intencional. Tem coisas que não estão acontecendo. Agora é trabalhar, não tem outro jeito de sair dessa situação”, completou.

Na busca pela reabilitação no Brasileirão, o Palmeiras terá pela frente o Bahia, nesta terça-feira, na Arena Fonte Nova. No retrospecto geral, as duas equipes já se enfrentaram 58 vezes e o Verdão tem ampla vantagem: 30 vitórias, 19 empates e 9 derrotas.

Raphael Veiga mantém artilharia e 100% de aproveitamento nos pênaltis

Raphael Veiga comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Red Bull Bragantino, durante partida válida pela vigésima quinta rodada do Brasileirão 2021, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Com o gol marcado no sábado, Raphael Veiga chegou ao 12º na temporada e segue na liderança isolada da artilharia; Rony e Willian, ambos com 10 bolas na rede, completam o top-3. A fase goleadora do meio-campista vem desde a temporada passada, quando anotou 18 gols e foi o vice-artilheiro do time, atrás apenas de Luiz Adriano com 20 tentos.

Com o contrato renovado recentemente até o final de 2024, Veiga manteve também o aproveitamento impecável nas cobranças de pênaltis. Seja no tempo regulamentar ou nas disputas eliminatórias, o camisa 23 nunca desperdiçou uma cobrança pelo Palmeiras. Foram 13 chutes e 13 gols.

Confira a lista com todos os pênaltis convertidos:

  • Palmeiras 1 x 0 Athletico-PR – Campeonato Brasileiro (2019)
  • Palmeiras 4 x 0 Godoy Cruz (ARG) – Copa Libertadores (2019)
  • Palmeiras 1 x 1 SCCP – Campeonato Paulista – (disputa – 2020)
  • Palmeiras 2 x 0 Fluminense – Campeonato Brasileiro (2020)
  • Ceará 2 x 2 Palmeiras – Copa do Brasil (2020)
  • Santos 2 x 2 Palmeiras – Campeonato Brasileiro (2020)
  • Palmeiras 3 x 0 Bahia – Campeonato Brasileiro (2020)
  • Palmeiras 2 x 2 Flamengo – Supercopa do Brasil (2021)
  • Palmeiras 2 x 2 Flamengo – Supercopa do Brasil (disputa -2021)
  • Palmeiras 1 x 2 Defensa Y Justicia (ARG) – Recopa Sul-Americana (2021)
  • Independiente Del Valle (ECU) 0 x 1 Palmeiras – Copa Libertadores (2021)
  • Universidad Católica (CHI) 0 x 1 Palmeiras – Copa Libertadores (2021)