“Realizado”, diz Raphael Veiga sobre completar 150 jogos no Palmeiras

Raphael Veiga comemora o golaço contra o SCCP no Allianz Parque
Cesar Greco

Em conversa com a TV Palmeiras/FAM, Raphael Veiga falou sobre o reencontro com a torcida

O meia Raphael Veiga, um dos pilares da equipe desde a chegada de Abel Ferreira, completou na última quarta-feira, no duelo contra o América-MG, 150 jogos com a camisa do Verdão. Veiga foi o segundo jogador da semana a alcançar esta marca – no domingo, foi a vez do zagueiro Gustavo Gómez atingir o expressivo número de partidas.

Contratado em janeiro de 2017, como revelação do Coritiba, o camisa 23 demorou para engrenar no Palmeiras, chegando a ser emprestado na temporada seguinte para o Athletico-PR. Após o bom ano no Furacão, voltou ao Verdão com mais experiência e, a partir do segundo semestre de 2021, tornou-se um dos destaques do time.

Ao todo, além das 150 partidas disputadas, o meia tem 36 gols (terceiro na lista de artilheiros do elenco), 12 assistências e três títulos (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores).

“Se eu vestisse na minha vida uma vez a camisa do Palmeiras, eu já estaria feliz. 150 então? Me sinto realizado, é uma marca realmente importante e significativa e a forma de eu retribuir tudo isso é dentro de campo”, disse à TV Palmeiras/FAM.

Raphael Veiga deve ir a campo no duelo do Verdão contra o Red Bull Bragantino, na noite deste sábado. Terceiro colocado do Brasileirão, o Palmeiras vive uma sequência ruim: dos 10 jogos, venceu apenas duas partidas, empatou outras duas e perdeu seis vezes.

“A gente fica chateado quando perde ou empata, mas aqui não faltam trabalho e dedicação. A gente está disputando o Campeonato Brasileiro e não está nada perdido ainda. Tem muita coisa para acontecer. A gente já viu muitos times com pontos na frente e no final, perderam o campeonato. Temos que fazer o nosso trabalho. Daqui até a Libertadores tem alguns jogos, tem que concentrar e ir passo a passo sabendo que vai ser muito importante os jogos do Brasileiro. É dar nosso melhor sempre”, declarou.

Raphael Veiga fala sobre a volta dos palmeirenses ao Allianz Parque

Para o duelo contra o Bragantino, o Palmeiras terá um reforço que não conta há mais de um ano e meio: sua torcida. Por conta da pandemia da Covid-19, o último jogo com a presença dos palmeirenses no Allianz Parque foi em março de 2020, no confronto diante do Guaraní, do Paraguai.

Desde então, a torcida palmeirense teve que assistir de casa os três títulos conquistados pelo clube na temporada passada.

“É muito importante jogar com a nossa torcida, a gente sente saudade deles. Tenho amigos em outros times que falam que realmente a torcida do Palmeiras ajuda e apoia muito. Então, espero que eles compareçam e nos incentivem, porque faz toda a diferença”, finalizou Raphael Veiga.