Estreia na 2ª fase do Paulista: Sub-17 do Palmeiras goleia e Sub-15 fica no empate

Estreia na 2ª fase do Paulista: Sub-17 do Palmeiras goleia e Sub-15 fica no empate.
Fabio Menotti

Sub-17 do Palmeiras venceu o Botafogo-SP, enquanto o Sub-17 empatou com o União São João

Na manhã de sábado, jogando fora de casa, as equipes Sub-15 e Sub-17 do Palmeiras estrearam na segunda fase do Campeonato Paulista.

Atuando em Araras, no estádio Doutor Hermínio Ometto, o Sub-15 enfrentou o União São João e ficou no empate em 1 a 1 – os mandantes saíram na frente do marcador, mas Luis Saboia empatou o duelo para o Verdão.

O técnico Léo Mendes escalou o Palmeiras com Kauan; Luis Saboia, Thiago, Luiz Silva Marcus Vinnicius; Felipe Goto, Erick Belé Ítalo; João Gabriel, Heittor Murilo Dourado.

Foi a primeira vez na competição em que o Palmeiras deixou pontos pelo caminho. Agora, a campanha da equipe é de oito vitórias e um empate, com 45 gols marcados e cinco sofridos. Na próxima rodada, o Verdão recebe o Comercial no sábado, às 9h, na Academia de Futebol 2, em Guarulhos.

Sub-17 do Palmeiras aplica goleada

Estreia na 2ª fase do Paulista: Sub-17 do Palmeiras goleia e Sub-15 fica no empate.
Fabio Menotti

No segundo jogo do dia, em Ribeirão Preto, o time Sub-17 não tomou conhecimento do Botafogo-SP e goleou o adversário por 5 a 2, mantendo os 100% de aproveitamento na competição. O destaque do jogo foi Mateus Patolino, que foi às redes por duas vezes – Riquelme Fillipe, João Cintra e Márcio Vitor completaram o placar.

Como o Palmeiras faz o primeiro jogo da final da Copa do Brasil Sub-17 nesta terça-feira, contra o Vasco, Alexandre Torrezan, auxiliar técnico de Rafael Paiva, optou por colocar em campo a equipe alternativa: William; João Cintra, Felipe Alves, Lucas Santos Kauan Vítor; Ramon, Uberaba Rafael Coutinho; Mateus Patolino, Riquelme Fillipi Luighi.

O time volta a campo pelo Paulista no sábado que vem, às 11h, para enfrentar o Osvaldo Cruz, também na Academia de Futebol 2. Já o duelo frente à equipe carioca, na decisão do torneio nacional, acontecerá no Allianz Parque, às 21h30.

O torcedor palmeirense poderá assistir à final no estádio; para isso, basta realizar a doação de um agasalho ou cobertor em bom estado no dia do jogo. A troca do item pelo ingresso será feita no Portão C, na Rua Padre Antônio Tomás, a partir das 19h30 – os torcedores se acomodarão no setor Central Leste.

Sub-17 do Palmeiras goleia Atlético-MG e larga na frente nas quartas-de-final da Copa do Brasil

Sub-17 do Palmeiras goleia Atlético-MG e larga na frente nas quartas-de-final da Copa do Brasil.
Carlos Santana

Com show de Endrick e Luis Guilherme, Sub-17 do Palmeiras venceu os mineiros por 5 a 0

Na tarde de quarta-feira, a equipe Sub-17 do Palmeiras entrou em campo para enfrentar o Atlético-MG, no jogo de ida pelas quartas-de-final da Copa do Brasil da categoria. O duelo ocorreu no estádio das Alterosas, em Belo Horizonte.

O Verdão dominou o time mineiro desde o início do jogo e, com gols de Luis Guilherme (2x), Endrick, Thalys e Estêvão, goleou o adversário por 5 a 0. Com a vitória, a equipe chegou ao quarto triunfo em quatro jogos pela competição, com 26 gols marcados e apenas dois sofridos.

Com o reforço de Endrick, o Palmeiras foi a campo com Cesar; Gilberto (João Cintra), Fellipe Jack, Gabriel Vareta e Arthur (Ramon); Vitor André (Uberaba), Figueiredo e Thalys (Estêvão); Cauê (Riquelme Fillipi), Luis Guilherme (Mateus Patolino) e Endrick.

O duelo de volta está marcado para acontecer na terça-feira da semana que vem (24), na Arena Barueri, às 19h. O Palmeiras pode perder por até quatro gols de diferença que ainda assim se classifica.

Sub-17 do Palmeiras volta a campo no sábado

Antes do segundo jogo contra o Atlético-MG, contudo, a equipe comandada por Rafael Paiva volta a campo neste sábado, pelo Campeonato Paulista Sub-17.

O Palmeiras enfrentará o São José, às 11h, no estádio Martins Pereira. O Verdão, assim como na Copa do Brasil, também tem 100% de aproveitamento no estadual.

Sub-15 e Sub-17 do Verdão vencem e mantêm 100% de aproveitamento no Paulista

Sub-15 e Sub-17 do Verdão vencem e mantêm 100% de aproveitamento no Paulista.
Fabio Menotti

Jogando na Academia de Futebol 2, em Guarulhos, equipes Sub-15 e Sub-17 do Verdão triunfaram sobre o Taubaté

Na manhã deste sábado, na Academia de Futebol 2, em Guarulhos, as equipes Sub-15 e Sub-17 do Palmeiras entraram em campo e venceram os seus confrontos contra o Taubaté, em partidas válidas pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

Na primeira partida do dia, o time Sub-15 comandado por Léo Mendes venceu o adversário por 2 a 0. Em uma jogada de falta ensaiada, Matheus Lacort abriu o marcador aos sete minutos; já na segunda etapa, aos 27’, o meio-campista Daniel Eller, que entrou no decorrer do jogo, aproveitou cruzamento de Marcus Vinnicius e fez o segundo gol.

A escalação inicial do Verdão Sub-15 foi Luiz Felipe; Luis Saboia, Thiago Luiz Silva e Marcus Vinnicius; Lucas Quitzau, Felipe Goto e Ítalo; Erick Belé, Talison e Matheus Lacort.

A equipe palmeirense volta a campo no próximo sábado para enfrentar o União Mogi, às 9h, no estádio Francisco Nogueira, em Mogi das Cruzes. Com a vitória, o Palmeiras Sub-15 segue com 100% de aproveitamento e nenhum gol sofrido: três vitórias e 16 tentos anotados.

Estêvão brilha na vitória do Sub-17 do Verdão

Palmeiras vence Sant German por 10 a 1 e avança de fase na Copa do Brasil Sub-17.
Fabio Menotti

Na sequência, foi a vez do time Sub-17 entrar em campo para enfrentar o Taubaté. Com grande partida de Estêvão, que fez um gol e participou diretamente dos outros três, o Palmeiras venceu por 4 a 0; Cauê (2x) e Rafael Coutinho completaram o placar.

Um dos atletas mais promissores da base palmeirense, o meio-campista Estêvão estreou na equipe Sub-17 do Palmeiras. O jogador nasceu em 2007 e integrou a categoria Sub-15 em 2022.

Para o duelo, o técnico Rafael Paiva optou por rodar a equipe, que no meio da semana jogou pela Copa do Brasil, e escalou o Verdão com Luis Eduardo; João Cintra, Eduardo, Fellipe Jack e Lucas Santos; Uberaba, Ramon e Estêvão; Riquelme Fillipe, Cauê e Lucas Aguiar.

O Sub-17 entrará em campo pelo Paulista no sábado que vem, às 11h, para também enfrentar o União Mogi. Antes desse confronto, a equipe enfrenta o Remo, na quarta-feira, no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil; o primeiro jogo é com mando do Palmeiras.

Sub-15 e Sub-17 do Palmeiras conhecem grupos e tabela do Campeonato Paulista de 2022; novos comandantes das equipes são apresentados

Sub-15 do Palmeiras supera Ferroviária e conquista o título do Campeonato Paulista.
Fabio Menotti

Sub-15 e Sub-17 do Palmeiras estão no Grupo 10 de suas categorias e iniciarão a disputa no dia 16 de abril

As equipes Sub-15 e Sub-17 do Palmeiras conheceram esta semana o regulamento e os seus adversários na disputa do Campeonato Paulista de suas categorias. Após adotar um formato mais enxuto em 2021, devido à pandemia da Covid-19, o torneio volta aos seus moldes tradicionais em 2022.

Os campeonatos começarão no dia 9 de abril, com o Sub-15 jogando às 9h e o Sub-17 entrando em campo às 11h, como na disputa do ano passado. A final do torneio está prevista para o dia 2 de novembro.

A primeira fase é composta por 68 clubes, divididos em 12 grupos (do grupo 1 ao 8 são seis agremiações; do 9 ao 12 são cinco). Classificam-se à segunda fase, que será formada por 32 times em 8 grupos, as duas melhores equipes de cada chave; e o mesmo regulamento vale para seguir à terceira fase. Chegam ao mata-mata as equipes que ficarem em primeiro ou segundo lugar de suas chaves.

Em 2021, o Sub-15 do Verdão sagrou-se campeão ao bater a Ferroviária; já a categoria Sub-17 ficou com o vice-campeonato.

Confira os adversários do Sub-15 e Sub-17 do Palmeiras na primeira fase do Paulista

Os grupos das duas categorias serão compostos pelos mesmos clubes. Confira:

  • Sub-15 e Sub-17 – Grupo 10
    • Palmeiras
    • Guaratinguetá
    • Taubaté
    • São José
    • União Mogi

Novos comandantes

Ambas as categorias chegarão para a disputa do Campeonato Paulista com treinadores novos. Rafael Paiva, que no início desse ano havia sido contratado para o Sub-15, foi promovido e assumirá a vaga deixada por Orlando Ribeiro, no Sub-17.

“Neste ano teremos campeonatos tradicionais e importantes para o desenvolvimento da garotada, para que cheguem preparados ao Sub-20 e, posteriormente, ao profissional. Temos um grupo bem qualificado, com alguns atletas de Seleção Brasileira, e vamos trabalhar bastante para chegar ao topo e tornar o Palmeiras campeão”, declarou ao site oficial do Palmeiras.

O Sub-15, por sua vez, será treinado por Léo Mendes, que estava no Sub-20 da Ferroviária desde 2016. Neste ano, alcançou a terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior e, em 2021, colocou o time de Araraquara entre os quatro melhores no Paulista da categoria. Além disso, Mendes foi o comandante da equipe feminina da Ferroviária e venceu a Libertadores em 2015.

“Todos somos humanos, e a formação do atleta, seja no masculino ou no feminino, independentemente da categoria, passa pelo desenvolvimento como pessoa dentro e fora de campo. A integração das áreas, com participação da psicologia e da pedagogia, faz total diferença nesse processo. Tenho convicção de que isso formará melhor o atleta no futuro”, disse Léo.

A estreia das duas equipes ocorrerá no dia 16 de abril, contra o São José, na Academia de Futebol 2, em Guarulhos.

Nos pênaltis, Sub-17 do Palmeiras fica com o vice do Campeonato Paulista

Nos pênaltis, Sub-17 do Palmeiras fica com o vice do Campeonato Paulista.
Fabio Menotti

Após vencer o jogo de ida fora de casa por 3 a 1, contra o SCCP, o Sub-17 do Verdão sofreu dois gols no tempo normal e foi derrotado por 4 a 3 nos pênaltis

Na manhã desta segunda-feira, no Allianz Parque, o Palmeiras encarou o SCCP no segundo jogo da final do Campeonato Paulista Sub-17 e foi derrotado pelo rival nos pênaltis, terminando o torneio como vice-campeão.

Após vencer o jogo de ida por 3 a 1, fora de casa, o Verdão perdeu por 2 a 0 no tempo normal e caiu nas penalidades máximas por 4 a 3.

O técnico Orlando Ribeiro escalou a equipe do Verdão com: Zé Henrique; Gilberto (Carlinhos), Mina (Gabriel Vareta), Serafim Gustavo Lopes; Belluco (Allan), Léo (Marquinhos) e Gustavo Sciencia; Wendell (Thalys), Kauan Santos Daniel (Jota).

O Palmeiras esteve pela quarta vez consecutiva na final do estadual. Na História, o clube já conquistou a competição 13 vezes (1926, 1927, 1936, 1941, 1944, 1952, 1955, 1960, 1961, 1966, 1972, 2011 e 2018).

O jogo

O atacante Allan terminou a temporada com 24 gols marcados, pelo Sub-17 do Palmeiras.
Fabio Menotti

Com boa vantagem construída no primeiro jogo, o Palmeiras entrou em campo esperando o SCCP em seu campo para conseguir sair em transição. Entretanto, nos primeiros minutos, o rival neutralizou as saídas e pressionou o Verdão até fazer seu primeiro gol, marcado por Kayke, aos 10 minutos.

Após o tento sofrido, o Palmeiras subiu de produção e começou a criar perigo contra o gol adversário. O atacante Daniel por duas vezes arrematou com perigo, porém, não conseguiu chegar às redes e o primeiro tempo acabou em 1 a 0 para o SCCP. Esse resultado ainda dava o título ao Verdão.

Para o segundo tempo, o SCCP, precisando de mais um gol para levar o duelo para os pênaltis, voltou em cima do Palmeiras e controlou todas as ações nos primeiros 15 minutos, chegando a marcar um gol que foi anulado por impedimento.

Para tentar mudar a situação, Orlando promoveu quatro alterações: saíram Belluco, Mina, Gilberto e Daniel; entraram Allan, Gabriel Vareta, Carlinhos e Jota.

As mudanças funcionaram e o Verdão teve boas oportunidades de igualar o placar. Mas, aos 38 minutos, o SCCP chegou ao 2 a 0 após uma falha na saída de bola palmeirense e o jogo foi para os pênaltis.

Nas cobranças das penalidades máximas, o rival não desperdiçou nenhuma batida; já o Palmeiras parou duas vezes no goleiro adversário, com Thalys e Kauan Santos.

A campanha do Palmeiras no Campeonato Paulista Sub-17 até a final

O Palmeiras esteve no Grupo 6 da primeira fase, ao lado de Flamengo-SP, ECUS, Guarulhos, São José e Nacional e se classificou na liderança da chave, com 26 pontos. Já na segunda fase, contra Ferroviária, ECUS e Ibrachina, o Verdão obteve 100% de aproveitamento: seis vitórias, 18 gols marcados e três sofridos.

No mata-mata, a equipe eliminou o Flamengo-SP com duas vitórias (2×0, fora de casa, e 3×0 como mandante). Na semifinal, novamente contra a Ferroviária, empate por 1 a 1 em Araraquara-SP e vitória por 1 a 0 em casa, com gol marcado por Endrick.

Ao todo, a campanha do Palmeiras na competição foi de 18 vitórias, três empates e uma derrota, com 75 gols marcados e 19 sofridos.