Gustavo Gómez minimiza discussão com Weverton

Gustavo Gómez do Palmeiras em disputa com Ronald do Fortaleza, durante partida válida pela trigésima quarta rodada do Brasileirão 2021, no Castelão.
Cesar Greco

Sobre a partida do Palmeiras contra o Fortaleza, Gómez lamentou a atuação do time no primeiro tempo

O Palmeiras foi a campo na noite deste sábado para enfrentar o Fortaleza, no estádio do Castelão. Jogando com a equipe titular, o Verdão não conseguiu segurar a equipe da casa e perdeu o duelo por 1 a 0.

Logo após o gol do Fortaleza, o goleiro Weverton e o zagueiro Gustavo Gómez discutiram em campo e precisaram ser separados por Luan e Danilo. Ao final do jogo, o paraguaio concedeu entrevista coletiva e minimizou a desavença.

“É um lance que acontece no jogo. O Weverton não percebeu que eu estava falando com o Abel e queria que eu reclamasse com o árbitro. São dois jogadores com experiência. Conversamos no intervalo e está tudo bem. Isso também demonstra como estamos ligados, que queremos a vitória. Isso acontece”, disse.

O Palmeiras chegou a empatar a partida nos minutos finais, com Patrick de Paula. Entretanto, o lance foi anulado pelo VAR devido ao posicionamento de Gómez na jogada, que estava impedido e fez um corta-luz na bola. O camisa 15 questionou o critério usado pela arbitragem, já que o Verdão sofreu um gol parecido contra o Fluminense, no domingo passado, que foi validado.

“O critério tem que ser parecido. Meu pensamento é que, quando é a favor do time da casa, o árbitro tem outro critério. Contra o Fluminense, no campo deles, validou. Aqui anulou. Tem que ter o mesmo critério”, reclamou.

Gómez lamenta primeiro tempo do Palmeiras

Sobre o desempenho do time em campo, o defensor lamentou o primeiro tempo abaixo do Palmeiras, mas ressaltou que o revés não diminui a confiança para o jogo do dia 27.

“Não jogamos bem com a bola no primeiro tempo. Não encontramos a linha de passe, mas estamos trabalhando no dia a dia para melhorar. Ainda tem um jogo terça-feira e depois tem a final, um jogo único. Na temporada passada também foi assim [derrotas antes da final]. É uma situação parecida. A gente está trabalhando para conseguir o bicampeonato”, finalizou.

A última partida do Verdão antes da decisão da Libertadores será diante do Atlético-MG, nesta terça-feira no Allianz Parque, às 21h30.