Marcos Rocha treina com bola; Flaco López e Raphael Veiga seguem em trabalhos físicos

Marcos Rocha durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Recuperado de uma mialgia na coxa direita, Marcos Rocha pode ser a novidade no próximo jogo

Horas após a virada histórica sobre o SPFC no Morumbi, por 2 a 1, o Palmeiras se reapresentou na Academia de Futebol e iniciou os trabalhos para o confronto de quinta-feira novamente contra o rival, mas desta vez válido pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil.

A novidade do dia foi a presença de Marcos Rocha. Poupado dos últimos jogos por estar com desgaste muscular, o camisa 2 participou normalmente das movimentações propostas pela comissão técnica, assim como Jorge, que havia sofrido um trauma no joelho direito – os dois podem ser relacionados para o próximo jogo.

Em campo, os auxiliares de Abel Ferreira comandaram treino técnico com a presença dos laterais mais os jogadores que atuaram menos de 45 minutos ou não jogaram no Morumbi. Os titulares, como é de costume, realizaram trabalhos regenerativos na parte interna do Centro de Excelência.

Positivado para Covid-19, Abel segue de fora das atividades e é acompanhado pelos médicos do Núcleo de Saúde e Performance.

Marcos Rocha em campo; Raphael Veiga e López ainda não

Flaco Lopéz durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Recuperado de lesão muscular na coxa, o meio-campista Raphael Veiga deu sequência ao processo de transição física, com atividades na academia e no gramado, acompanhado do fisiologista Rudy Pracidelli.

O centroavante López, contratado recentemente, participou do aquecimento junto aos novos colegas de clube e, em seguida, fez movimentações físicas à parte.

A equipe volta a treinar na tarde desta quarta-feira, na Academia de Futebol. O duelo de quinta-feira diante do SPFC acontecerá às 20h, outra vez no estádio do Morumbi. O jogo de volta das oitavas-de-final da Copa do Brasil, no Allianz Parque, está marcado para o dia 14 de julho.