Há 6 temporadas no Verdão, Mayke relembra superação para atuar na decisão da Libertadores

Mayke do Palmeiras em disputa com Michael do Flamengo, durante partida final da Libertadores 2021, no Estádio Centenário, em Montevideo.
Cesar Greco

Mayke, que pouco atuou antes da final, foi o escolhido por Abel Ferreira para substituir Marcos Rocha, que estava suspenso

O lateral-direito Mayke terminou o ano de 2021 em alta no Palmeiras. Apesar de ter sido reserva durante a temporada, o atleta recebeu a oportunidade de começar jogando a final da Libertadores contra o Flamengo entre os onze iniciais, já que Marcos Rocha estava suspenso, e foi importante para a conquista do tricampeonato, contribuindo com uma assistência para o gol de Raphael Veiga.

Aos 29 anos de idade, Mayke chegou para a decisão em Montevidéu tendo disputado apenas três jogos nos três meses que antecederam a partida (frente ao Atlético-GO, Fluminense e Fortaleza) e, ainda, vindo de uma cirurgia no joelho direito.

“Só tenho de agradecer a Deus, ao staff do clube que me ajudou demais e à minha família, que sempre esteve me apoiando e me ajudando nos momentos bons e ruins. Vim de uma cirurgia, voltei aos gramados, fiz só três jogos e fui para a final da Libertadores. É um jogo muito importante para a minha carreira, pois saí com o sentimento de dever cumprido”, relembrou o defensor à TV Palmeiras/FAM.

“Esperava um jogo muito difícil, estava bem nervoso, preocupado. Entrar em uma final de Libertadores é um enorme compromisso, ainda mais vestindo a camisa do Palmeiras. [Na comemoração do título] eu fui direto ver minha família que estava no estádio e agradeci a eles”, continuou.

Na temporada 2021, o camisa 12 participou de 32 jogos.

Mayke projeta o ano de 2022 do Palmeiras

Mayke durante treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Contratado junto ao Cruzeiro, Mayke vai para sua sexta temporada no Palmeiras. Eleito o melhor lateral-direito do Brasileirão de 2018, o experiente jogador enalteceu as conquistas do Verdão em 2021, mas ressaltou que isso é “passado” e comentou sobre as expectativas para 2022.

“Fizemos uma excelente temporada em 2021, mas sabemos que já passou e agora é ir atrás dos nossos objetivos deste novo ano. É fazer de tudo para virem mais títulos e tenho certeza de que vamos nos empenhar ao máximo para que no final dê tudo certo”, finalizou.

Ao todo, Mayke esteve presente nos cinco títulos conquistados em sua trajetória no Palmeiras (as Libertadores 2020 e 2021, Copa do Brasil 2020, Paulistão 2020 e Brasileirão 2018). Esses números o deixam entre os laterais (esquerdos e direitos) mais vencedores pelo clube, ao lado de jogadores históricos como Djalma Santos, Geraldo Scotto, Eurico, Zeca, Junior, Roberto Carlos e Arce.