Encontro de gerações: Abel e Felipão se enfrentam pela primeira vez

Felipão e Abel Ferreira se encontram em hotel em Caxias
Cesar Greco

Ídolos da torcida palmeirense e amigos desde os tempos de Portugal, Abel e Felipão estão entre os técnicos mais vencedores do clube

O confronto deste sábado entre Palmeiras e Athletico-PR, válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, marcará o primeiro encontro de duas gerações vitoriosas na história palmeirense: Abel Ferreira x Luiz Felipe Scolari.

Comandante do último título Brasileiro do Verdão, Felipão é o segundo técnico com mais jogos na História do clube (484 jogos – atrás de Oswaldo Brandão) e o terceiro com mais títulos (6 – atrás de Brandão e Vanderlei Luxemburgo). Abel Ferreira, por sua vez, vem logo atrás no quesito títulos: são cinco para o atual treinador, em 132 jogos à frente do Verdão; e disputou uma final a menos que Scolari (9 contra 10).

Os jeitos parecidos de comandar o Verdão à beira do gramado, somado às entrevistas sinceras e fortes, além dos resultados de campo, faz os dois serem muito identificados com a torcida e ocuparem, para diversos palmeirenses, a mesma prateleira dos maiores técnicos que já passaram pelo Palmeiras.

Abel e Felipão têm relação desde Portugal

A ligação entre os dois não fica restrita ao sucesso no comando do Palmeiras. Eles se conhecem desde os tempos em que o brasileiro foi treinador da seleção portuguesa, entre 2004 a 2008.

O atual treinador palmeirense nunca escondeu a admiração por Felipão, tanto por ele ter sido responsável por o convocar à seleção pela primeira vez, quanto por sua forma de trabalhar a equipe.

“Temos uma relação muito boa, desde os tempos de Portugal. Ele foi uma pessoa espetacular comigo. Tenho um sonho que não cumpri; fui à seleção, mas não joguei. E foi ele quem me chamou. Ele foi muito sincero comigo, disse que eu poderia jogar dependendo da condição do time, infelizmente não deu, mas ele foi muito humano. A partir daquele momento eu entendi porque a seleção conseguia ter aquele ambiente, entrosamento. Ele uniu um país em volta de uma seleção”, disse Abel sobre Felipão, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura.

Já para Scolari, os feitos atingidos por Abel em pouco tempo de Palmeiras o faz ser o maior técnico da História do clube.

“Para que todos saibam: o Abel é o maior treinador que o Palmeiras já teve em todas as épocas”, contou Felipão ao programa Jogo Aberto, da TV Bandeirantes, um dia antes da final do Mundial de Clubes contra o Chelsea. “Porque conseguiu os títulos e fez com que os jogadores trabalhassem pelo clube com alegria, com satisfação e com pensamento pelo Palmeiras que, talvez nós, não conseguimos passar”, completou.

Encontro em Caxias do Sul

Em junho do ano passado, o Palmeiras viajou até Caxias do Sul para enfrentar o Juventude e a delegação palmeirense recebeu a visita de Luiz Felipe Scolari na concentração. Em conversa com Abel, assistentes técnicos e outros funcionários do clube, o ex-técnico afirmou: “Se tivesse uma pessoa que merecia ser campeã da Libertadores tinha que ser ele [Abel]”.

  • Feliz, toda nossa coletividade palmeirense, daquele que pode curtir ao máximo esse momento virtuoso do Palmeiras e, também, testemunhar parte do passado e do presente vencedor da nossa Sociedade Esportiva, no mesmo gramado em que a luta nos aguarda.

    QUE MOMENTO!!!