Bruno Tabata é anunciado como novo reforço do Palmeiras

Bruno Tabata assinou contrato com o Verdão por quatro temporadas.
Fabio Menotti

Contratado junto ao Sporting, Bruno Tabata tem 25 anos e atuou nas categorias de base do Atlético-MG

O Palmeiras tem mais um reforço para a temporada 2022. Trata-se de Bruno Tabata, de 25 anos, que assinou vínculo com o clube até 30 de junho de 2026. O meia-atacante, contratado junto ao Sporting, de Portugal, foi anunciado como mais novo atleta do Verdão no começo da noite desta segunda-feira.

“Foi um conjunto de motivos que me fez vir para o Palmeiras. Quando eu soube do interesse, eu já comuniquei ao Sporting que era a minha vontade vir para cá. Foram longos dias de negociação. Eu sempre deixei bem clara a minha vontade e fico muito feliz que deu tudo certo. Foi a estrutura, o fato de o clube brigar sempre por títulos, foi o mister Abel, que teve uma parte muito importante nisso tudo, enfim, foi um conjunto de coisas. Além de tudo, o Palmeiras é um clube gigante com uma história incrível”, disse Tabata, ao site oficial.

Para contratá-lo, o Palmeiras desembolsará cerca de 5 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões), a serem pagos de forma parcelada, pelos direitos econômicos do jogador.

“A estrutura é fenomenal. Já tinha vindo aqui há três anos com a Seleção Brasileira Olímpica, mas não usei o Centro de Excelência todo. Agora estou vendo de perto e fico muito feliz de estar chegando a um clube tão gigante. Para mim, a estrutura é um dos pilares principais para o resultado dentro de campo, e o Palmeiras oferece o melhor disso para os seus atletas”, completou Tabata, que já conheceu os companheiros e a comissão técnica.

Na temporada passada, atuou em 32 partidas, entre o Campeonato Português, Champions League e as copas nacionais; foi às redes seis vezes e distribuiu outras três assistências, em 1.093 minutos em campo.

O jogador iniciou a preparação para a temporada 2022/2023 com o time português e, em sete amistosos que esteve em campo, marcou dois gols.

Quem é Bruno Tabata?

Nascido em Ipatinga (MG), Tabata atuou nas categorias de base do América-MG e Atlético-MG, mas sua carreira como profissional ocorreu toda em Portugal, a partir de 2016. Seu primeiro time no velho continente foi o Portimonense, equipe da primeira divisão da Liga Portuguesa.

Bruno Tabata conhece a Academia de Futebol do Palmeiras, em São Paulo.
Fabio Menotti

Permaneceu na equipe de Portimão por quatro anos, registrando 119 partidas, nove gols e 24 assistências, de acordo com o site Transfermarkt, além do título da segunda divisão portuguesa no ano de estreia.

Em 2020 foi contratado pelo Sporting. Em seu segundo clube português, disputou, ao todo, 52 jogos, com oito gols e seis assistências. Na campanha campeã do Sporting na Liga Portuguesa há duas temporadas, foi a campo 21 vezes, sendo apenas duas como titular. Por lá, além da conquista nacional, colecionou os troféus da Taça da Liga de Portugal (2020/21 e 2021/22) e a Supertaça de Portugal (2021/2022).

Durante o período em que jogou em Portugal, foi convocado pela Seleção Brasileira Sub-23 para a disputa do Torneio de Toulon, em 2019. Ao lado de outro palmeirense que estava na lista, o zagueiro Murilo, foi campeão da competição disputada na França.

“Conheço o Murilo desde bem jovem, pois ele fez formação no Cruzeiro e eu no Atlético-MG. Então, a gente já se enfrentava e se conhecia. Depois nos encontramos na Seleção e ele virou um grande amigo. Quando soube do interesse do Palmeiras, conversei muito com ele também e ele me passou coisas excelentes daqui”, contou.

Características

Canhoto, que na maioria das vezes atua aberto pela direita, Tabata tem como principal característica o drible curto, com a bola colada no pé, e o chute de média distância. Ele também é cobrador de faltas.

Além de jogar pela ponta, o jogador também foi utilizado pelo centro e, em algumas partidas pelo Sporting, deslocado para a posição de falso 9.

O jogador chega para ser, também, uma peça de reposição a Gustavo Scarpa, que em janeiro do ano que vem rumará à Inglaterra para jogar no Nottingham Forest.

Emprestados, Gabriel Silva e Pedro Bicalho estreiam e são anunciados pelo Santa Clara, de Portugal

Pedro Bicalho e Gabriel Silva durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Dupla campeã da Copinha pelo Palmeiras, Gabriel Silva e Pedro Bicalho permanecerão no clube português até junho do ano que vem

Campeões pelo Palmeiras da Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro, o atacante Gabriel Silva, de 20 anos, e o meio-campista Pedro Bicalho, 21, foram emprestados ao Santa Clara, de Portugal. O anúncio oficial ocorreu na tarde desta terça-feira; os dois, porém, já estrearam pela equipe portuguesa em um amistoso de pré-temporada no final da semana passada.

Sem espaço no Verdão, a dupla permanecerá na equipe portuguesa até junho de 2023. Conforme publicado primeiramente pelo site Goal, não há valor fixado para a compra dos dois atletas ao final do empréstimo.

Vale ressaltar que Bicalho não tinha mais idade para atuar nas categorias de base e integrava o grupo de apoio; já Gabriel Silva ainda poderia entrar em campo pelo Sub-20, mas o clube entendeu que o empréstimo seria melhor para o desenvolvimento do atleta.

Gabriel Silva e Pedro Bicalho foram pouco utilizados em 2022

A ideia do Palmeiras é que os jogadores acumulem minutos e ganhem experiência na liga portuguesa. Em 2022, tanto Gabriel quanto Bicalho participaram de apenas duas partidas do time principal.

O primeiro entrou em campo contra o Red Bull Bragantino, no Paulistão, e Fortaleza, pelo Brasileirão; o segundo, por sua vez, atuou frente à Inter de Limeira (estadual) e Atlético-MG, no nacional.

A passagem de Gabriel Silva pela base do Palmeiras foi vitoriosa e artilheira. No ano passado, marcou 25 gols em 29 jogos pelo Sub-20 e, em 2019, quando alternou entre partidas do Sub-20 e Sub-17, foi às redes 46 vezes em 40 partidas. Já Bicalho chegou ao Verdão vindo do Cruzeiro, no final de 2020. Tido como uma das grandes promessas da equipe mineira, o meio-campista foi o capitão do Palmeiras nas conquistas do Paulistas Sub-20 em 2020 e 2021 e da Copinha, em janeiro deste ano.

Acertado com o Porto, Gabriel Veron faz agradecimentos e se despede do Palmeiras

Gabriel Veron comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Cuiabá, durante partida válida pela décima sétima rodada do Brasileirão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Aos 19 anos, Gabriel Veron deixa o clube com 97 jogos e 14 gols marcados

Acertado com o Porto, o atacante Gabriel Veron se despediu do Palmeiras na tarde de quinta-feira. O jogador, que embarcou rumo a Portugal no período da tarde, agradeceu ao Verdão e também ao técnico Abel Ferreira.

“Fico agradecido por tudo que vivi dentro do Palmeiras, cheguei aqui como um menino e saio como um homem, sabendo das minhas responsabilidades e do potencial que tenho. Agradeço principalmente aos meus companheiros, a diretoria e ao Abel que nesses dois anos de trabalho tanto me auxiliou e me preparou para esse momento em que deixo o clube para viver e jogar na Europa”, disse Veron, por meio de sua assessoria de imprensa.

Veron tem chegada prevista à cidade do Porto no final de semana para realizar exames médicos e assinar por cinco temporadas. Ele foi vendido por 10,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 58 milhões), sendo que o Palmeiras ficará com 80% do valor (cerca de R$ 46 milhões) e o Santa Cruz, de Natal, receberá os 20% restantes.

O Verdão ainda manteve 10% do valor dos direitos de uma futura venda.

“Estou muito feliz com esse novo desafio na minha carreira; apesar de ser tudo muito novo, me sinto preparado e confiante para atuar no futebol europeu. O Porto é um clube gigante e de muita tradição, entrar em campo com essa camisa vai ser a realização de um sonho”, finalizou.

Gabriel Veron deixa o Palmeiras com quase 100 jogos disputados

Aos 19 anos, Veron se despede do Palmeiras com 97 partidas jogadas, 14 gols e 14 assistências. Foram seis títulos conquistados: Campeonato Paulista (2020 e 2022), Copa do Brasil (2020), Recopa Sul-Americana (2022) e Libertadores (2020 e 2021).

O atacante chegou ao clube em 2017 e também acumulou conquistas nas categorias de base. Foi campeão Paulista Sub-15, Sub-17 e Sub-20; conquistou o bicampeonato do Mundial de Clubes Sub-17, em 2018 e 2019; e levantou os troféus das Copas do Brasil Sub-17 e Sub-20.

Com a camisa da Seleção Brasileira, foi campeão e eleito o melhor jogador da Copa do Mundo Sub-17, em 2019.

Encontro de gerações: Abel e Felipão se enfrentam pela primeira vez

Felipão e Abel Ferreira se encontram em hotel em Caxias
Cesar Greco

Ídolos da torcida palmeirense e amigos desde os tempos de Portugal, Abel e Felipão estão entre os técnicos mais vencedores do clube

O confronto deste sábado entre Palmeiras e Athletico-PR, válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, marcará o primeiro encontro de duas gerações vitoriosas na história palmeirense: Abel Ferreira x Luiz Felipe Scolari.

Comandante do último título Brasileiro do Verdão, Felipão é o segundo técnico com mais jogos na História do clube (484 jogos – atrás de Oswaldo Brandão) e o terceiro com mais títulos (6 – atrás de Brandão e Vanderlei Luxemburgo). Abel Ferreira, por sua vez, vem logo atrás no quesito títulos: são cinco para o atual treinador, em 132 jogos à frente do Verdão; e disputou uma final a menos que Scolari (9 contra 10).

Os jeitos parecidos de comandar o Verdão à beira do gramado, somado às entrevistas sinceras e fortes, além dos resultados de campo, faz os dois serem muito identificados com a torcida e ocuparem, para diversos palmeirenses, a mesma prateleira dos maiores técnicos que já passaram pelo Palmeiras.

Abel e Felipão têm relação desde Portugal

A ligação entre os dois não fica restrita ao sucesso no comando do Palmeiras. Eles se conhecem desde os tempos em que o brasileiro foi treinador da seleção portuguesa, entre 2004 a 2008.

O atual treinador palmeirense nunca escondeu a admiração por Felipão, tanto por ele ter sido responsável por o convocar à seleção pela primeira vez, quanto por sua forma de trabalhar a equipe.

“Temos uma relação muito boa, desde os tempos de Portugal. Ele foi uma pessoa espetacular comigo. Tenho um sonho que não cumpri; fui à seleção, mas não joguei. E foi ele quem me chamou. Ele foi muito sincero comigo, disse que eu poderia jogar dependendo da condição do time, infelizmente não deu, mas ele foi muito humano. A partir daquele momento eu entendi porque a seleção conseguia ter aquele ambiente, entrosamento. Ele uniu um país em volta de uma seleção”, disse Abel sobre Felipão, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura.

Já para Scolari, os feitos atingidos por Abel em pouco tempo de Palmeiras o faz ser o maior técnico da História do clube.

“Para que todos saibam: o Abel é o maior treinador que o Palmeiras já teve em todas as épocas”, contou Felipão ao programa Jogo Aberto, da TV Bandeirantes, um dia antes da final do Mundial de Clubes contra o Chelsea. “Porque conseguiu os títulos e fez com que os jogadores trabalhassem pelo clube com alegria, com satisfação e com pensamento pelo Palmeiras que, talvez nós, não conseguimos passar”, completou.

Encontro em Caxias do Sul

Em junho do ano passado, o Palmeiras viajou até Caxias do Sul para enfrentar o Juventude e a delegação palmeirense recebeu a visita de Luiz Felipe Scolari na concentração. Em conversa com Abel, assistentes técnicos e outros funcionários do clube, o ex-técnico afirmou: “Se tivesse uma pessoa que merecia ser campeã da Libertadores tinha que ser ele [Abel]”.

Abel Ferreira é premiado pela Liga Portuguesa de Futebol

Em Portugal, Abel Ferreira é premiado pela Liga Portuguesa de Futebol.
Reprodução

Bicampeão da Libertadores pelo Palmeiras, Abel Ferreira recebeu o título de “Talento que marca o Mundo”

O técnico Abel Ferreira, que está curtindo suas férias em Portugal, recebeu nesta sexta-feira o prêmio de “Talento que marca o Mundo” da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) pela conquista do bicampeonato da Libertadores pelo Palmeiras. A escolha pelo comandante foi feita de forma unânime pelos embaixadores do campeonato.

“Este prêmio não é só meu, mas de toda a minha equipa técnica. E porque não o compartilhar com todos os treinadores que, antes de mim, foram para fora e abriram portas a todos nós? Falando diretamente de futebol, temos os melhores do mundo e é um grande orgulho e um privilégio receber este prêmio. Agradeço, também, aos embaixadores que, de forma unânime, decidiram esta nomeação”, disse o comandante.

O treinador palmeirense foi o segundo personagem a receber este prêmio, criado em outubro para homenagear os técnicos e jogadores portugueses que obtêm sucesso fora de Portugal. Antes de Abel, o primeiro vencedor foi Cristiano Ronaldo.

No Verdão desde outubro de 2020, Abel Ferreira e seus auxiliares somam 106 partidas pelo clube, com 56 vitórias, 23 empates e 27 derrotas, além de três títulos conquistados: Copa do Brasil (2020) e duas Libertadores (2020 e 2021).

Presidente da Liga de Portugal parabeniza Abel Ferreira

Durante a cerimônia, o presidente da Liga Portugal, Pedro Proença, enalteceu e parabenizou Abel por seu trabalho realizado no Palmeiras em 2020 e 2021.

“Abel Ferreira é um treinador que tem valorizado o futebol português e que faz muita falta ao nosso futebol. Venceu este ano, pela segunda vez consecutiva, a mais importante competição sul-americana, a Copa Libertadores, voltando a dar provas de ser um ‘Talento que marca o Mundo’”, elogiou.

“Os seus feitos falam por si. Está de parabéns pelo muito que tem conquistado com o seu esforço e dedicação, sendo um exemplo a seguir pela nova geração de treinadores, na qual ele próprio se integra”, completou Proença.

Garantido na próxima temporada do Palmeiras pela presidente Leila Pereira, Abel retorna de Portugal a São Paulo no início de janeiro. A reapresentação do Palmeiras para o começo dos trabalhos para 2022 está marcada para o dia 5.