Palmeiras reencontrará sua torcida no Allianz Parque após 57 partidas

Torcida do Palmeiras retornará ao Allianz Parque após 57 jogos. Nesse sábado, dia 09/10, a arena Allianz Parque voltará a receber a torcida do Palmeiras.
Reprodução

Última vez que o Palmeiras contou com a presença do seus torcedores no Allianz Parque foi em março do ano passado

A espera, enfim, vai acabar. Depois de 578 dias, ou 57 jogos com o Allianz Parque vazio, a torcida do Palmeiras poderá novamente assistir ao time das arquibancadas do estádio. O jogo que marcará o reencontro acontecerá amanhã, às 21h, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Red Bull Bragantino.

Campeão de três campeonatos na temporada passada (Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), o Verdão contará com a ajuda do seu torcedor num dos momentos mais delicados de 2021. Vindo de uma derrota para o América-MG por 2 a 1, o Palmeiras atravessa uma sequência de três jogos sem vitória no Brasileirão com uma visível queda de rendimento dentro de campo.

No último jogo do Palmeiras no Allianz Parque, diante do Juventude, o técnico Abel Ferreira comentou que acredita que a torcida terá um papel fundamental na concentração dos jogadores – vale ressaltar que, desde que chegou ao clube, o comandante nunca contou com a presença dos palmeirenses no estádio.

“Estou ansioso para ver o Allianz Parque com torcida. Acredito que eles tirarão metade do meu trabalho de ter que, no início do jogo, colocar os jogadores em alerta. Estou ansioso para que voltem, os torcedores são a alma do futebol. É um ambiente espetacular, que venham ajudar, apoiar, criticar. Gosto de ter estádio cheio porque os torcedores ajudam a avaliar o desempenho de todos nós”, disse ele.

Além de Abel, o atacante Breno Lopes, herói do bicampeonato da Libertadores, também é outro personagem importante da histórica temporada de 2020 que verá o Allianz Parque com torcida pela primeira vez. Última contratação do clube no ano passado, o camisa 19 tem 46 jogos pelo Verdão (sendo metade deles na casa palmeirense) e nove gols marcados.

Durante todo o período que atuou com os portões fechados, o aproveitamento do Palmeiras em seus domínios foi de 64%: 32 vitórias, 14 empates e 11 derrotas, com 110 gols a favor e 48 contra, além dos troféus da Copa do Brasil e do Paulistão levantados.

Além de Breno Lopes, outros sete jogadores do atual elenco ainda não ouviram os gritos da torcida do Verdão no estádio: Renan, Danilo, Wesley, Kuscevic, Danilo Barbosa, Jorge e Piquerez.

No último jogo do Palmeiras com torcida no Allianz Parque, Luiz Adriano foi o nome da partida

Luiz Adriano comemora um dos seus 3 gols marcados pelo Palmeiras contra o Guaraní-PAR, durante primeira partida válida pela segunda rodada, fase de grupos da Libertadores 2020, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Com Vanderlei Luxemburgo como técnico, o último jogo do Palmeiras no Allianz Parque com presença de torcida aconteceu em 10 de março de 2020. Pela segunda rodada da primeira fase da Libertadores, a equipe recebeu o Guaraní e venceu por 3 a 1 – o grande nome da partida foi Luiz Adriano, que marcou três gols.

Artilheiro do time na temporada passada, com 20 bolas na rede, o camisa 10 vive um momento bem diferente do daquela noite de 10 de março. Com dois gols anotados nos últimos quatro meses, o atacante não vai às redes no Allianz Parque há oito jogos, maior seca desde que foi contratado pelo Palmeiras.

Apesar disso, Luiz ainda mantém o posto de ser o segundo atacante com a melhor média de gols no estádio: 0,36 (15 tentos em 41 partidas) – apenas Borja, com média de 0,38 (19 gols em 50 jogos), está à sua frente.