Gustavo Gómez também é convocado e desfalca Verdão às vésperas do Mundial

Gustavo Gómez durante jogo-treino do Palmeiras contra a Portuguesa, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Capitão da seleção paraguaia, Gustavo Gómez se junta a Weverton como jogadores selecionados por suas seleções; Piquerez deve ser o próximo a ser chamado

Na manhã desta sexta-feira, o zagueiro Gustavo Gómez foi chamado pelo técnico Guillermo Schelotto para defender a seleção do Paraguai em duas rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo no Catar.

Penúltimo colocado na tabela de classificação para a Copa, quatro pontos atrás do Peru que neste momento estaria indo para a repescagem, os paraguaios enfrentarão o Uruguai, no dia 27, em Assunção, e depois jogarão contra o Brasil, no Mineirão, em 1º de fevereiro.

Por conta da convocação, Gómez não estará à disposição da comissão técnica de Abel Ferreira para os últimos ajustes da equipe antes do embarque a Abu Dhabi, para jogar o Mundial de Clubes – o zagueiro desfalcará o Palmeiras nas partidas contra Ponte Preta, São Bernardo e Água Santa.

Depois de Gustavo Gómez e Weverton, Piquerez deve ser o próximo desfalque

Gustavo Gómez e Joaquín Piquerez durante treinamento do Palmeiras, na Academia de Futebol
Cesar Greco

Ter desfalques porque o calendário do futebol brasileiro não é paralisado nas datas Fifa não é novidade para Abel Ferreira e sua comissão técnica. Depois de Weverton, chamado ontem por Tite, e Gómez, outro que deve perder os últimos dias de preparação para o Mundial é Piquerez.

O mais novo treinador do Uruguai, Diego Alonso, ainda não confirmou a lista dos convocados. Porém, o nome do lateral-esquerdo palmeirense apareceu na pré-lista divulgada pela federação uruguaia de futebol no último dia 7.

No ano passado, o técnico Abel Ferreira desabafou sobre ter que atuar junto das seleções. “Tem jogadores que não usamos sempre. No próximo ano tem que ver se vale a pena contratar jogadores internacionais ou não. Se é pra ficar sem eles, talvez não vale a pena contratar”, disse.