Contra Ponte Preta, Rony alcançou o centésimo jogo pelo Verdão; confira os números do atacante

Rony comemora seu gol pelo Palmeiras contra a Ponte Preta, durante partida válida pela primeira rodada do Paulistão 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Novo camisa 10 do Verdão, Rony anotou o terceiro gol da equipe na vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, na noite de ontem

O Palmeiras recebeu a Ponte Preta na noite de quarta-feira, em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Paulista, e precisou apenas do primeiro tempo para fazer 3 a 0 e vencer a partida. Os gols foram anotados pelos zagueiros Murilo (aos 8’) e Luan (aos 21’) e por Rony (aos 27’).

Além do gol marcado e a vitória alcançada, o atacante Rony teve mais um motivo para celebrar o duelo: o camisa 10 do Verdão alcançou a marca de 100 jogos pelo Palmeiras. Contratado junto ao Athletico-PR no início de 2020, o jogador contabiliza ainda quatro títulos pelo clube, 24 gols e 13 assistências.

“Alcançar a marca de 100 jogos por um clube gigante como o Palmeiras é motivo de muito orgulho para mim, estou muito feliz. E marcar gol é sempre importante, dá muita confiança, principalmente para nós, atacantes. Acredito que o grupo como um todo está no caminho certo, evoluindo degrau por degrau, e estamos nos preparando para fazer mais um ano de vitórias e conquistas”, disse.

Entre os jogadores do atual elenco, Rony é o quinto colocado no ranking dos maiores artilheiros, atrás de Deyverson (30), Gustavo Scarpa (31), Raphael Veiga (43) e Dudu (75), e também o 11º atleta a atingir a centésima partida com a camisa palmeirense. Com ele em campo, o Palmeiras conquistou 54 vitórias contra 20 derrotas, além de 26 empates.

Além disso, foi o artilheiro do clube nas últimas duas Libertadores (5 e 6 gols) e terminou a edição de 2020 como o maior assistente (8 passes para gol).

Rony precisou passar por cima de início complicado para chegar aos 100 jogos

Adquirido como o destaque de um Athletico-PR campeão da Copa do Brasil, por 6 milhões de euros (cerca de R$28 milhões à época), Rony demorou para cair nas graças da torcida e marcar seu primeiro gol pelo Verdão.

Foram 21 partidas no total até que o atacante conseguisse balançar as redes adversárias, na goleada sobre o Bolívar por 5 a 0, na primeira fase da Libertadores de 2020. O gol trouxe tranquilidade para o jogador, mas foi após a chegada de Abel Ferreira ao Palmeiras que Rony virou peça importante e foi crucial em partidas decisivas, como o tento frente ao River Plate e a assistência para Breno Lopes na final da Libertadores contra o Santos.

Novo dono da camisa 10 e valorizado pelas conquistas, Rony estendeu seu contrato com o clube até o final de 2025, no início do mês – a renovação do vínculo do jogador foi registrada no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF na tarde de ontem.