Com retorno de Raphael Veiga, Palmeiras treina na Academia de Futebol; Merentiel realiza primeiro treino

Atletas do Palmeiras durante treinamento na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Palmeiras enfrenta o Santos neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro

A sexta-feira foi de duas novidades no Palmeiras. Recuperado da Covid-19, Raphael Veiga se reapresentou à Academia de Futebol, após seu exame apontar negativo para a doença, e trabalhou pela primeira vez na semana ao lado dos companheiros. O jogador estará à disposição da comissão técnica para o clássico contra o Santos, domingo, pelo Brasileirão.

Contratado junto ao Defensa y Justicia, o atacante Miguel Merentiel também apareceu no CT palmeirense e realizou suas primeiras movimentações no Verdão. O uruguaio participou do trabalho de aquecimento junto aos novos companheiros e, na sequência, fez trabalhos à parte com o grupo de apoio da base.

“Muito feliz pela forma como o grupo me recebeu, estou feliz de estar aqui. Aqueci com a equipe, fiz trabalhos específicos e me sinto bem. Pouco a pouco, terei um tempo para estar trabalhando com os companheiros. Poderei ir me adaptando ao esquema do treinador e trabalhando até que apareça a oportunidade de jogar”, disse o atacante ao site oficial.

Merentiel, contudo, só poderá estrear com a camisa palmeirense em jogos oficiais a partir do dia 18 de julho, quando a janela de transferências internacionais reabre. Até lá, o jogador continuará treinando na Academia de Futebol.

Palmeiras realiza treino técnico-tático

Em campo, a comissão técnica deu sequência à preparação para o clássico com um trabalho técnico-tático, com ênfase em diferentes situações de jogo, como transições ofensivas e defensivas, marcação, troca de passes e finalizações. Em seguida, os jogadores dos setores de ataque e de defesa foram divididos para trabalhos específicos.

Ao final do treinamento, o goleiro Marcelo Lomba, que no domingo substituirá Weverton, convocado para a Seleção Brasileira, projetou o duelo contra o Santos.

“Todo treinamento eu penso nisso, em alguma oportunidade que possa aparecer. Como goleiro, tenho de estar sempre preparado, pois é uma posição de confiança. O confronto contra o Santos é muito importante. Estamos mantendo uma sequência de vitórias, com o time equilibrado. É manter os pés no chão, humildade, para podermos dar nosso melhor. O Santos é um adversário forte, de tradição, com jovens talentos”, disse o goleiro.

Palmeiras e Santos se enfrentam na Vila Belmiro no domingo, às 16h. O duelo é válido pela oitava rodada do Brasileirão.