Pilares do atual elenco do Palmeiras alcançam feitos históricos com o título da Recopa Sul-Americana

Raphael Veiga, Zé Rafael, Gustavo Gómez e Gustavo Scarpa comemoram a conquista da Recopa Sul-Americana 2022 pelo Palmeiras contra o Athletico-PR, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Com gols de Zé Rafael e Danilo, Palmeiras venceu o Athletico-PR por 2 a 0 e conquistou a competição pela primeira vez

O Palmeiras conquistou na noite de quarta-feira seu quarto título em pouco mais de um ano. Após empatar o duelo de ida da Recopa Sul-Americana em 2 a 2, contra o Athletico-PR, o Verdão venceu a equipe paranaense no Allianz Parque por 2 a 0 e garantiu mais um troféu internacional para sua galeria.

O triunfo sobre o Athletico também fez com que alguns jogadores do elenco quebrassem recordes e superassem ídolos da História palmeirense. No gol, Weverton ultrapassou o ex-goleiro Marcos em números de títulos pelo Palmeiras e atualmente está empatado com os lendários: Oberdan Cattani, Velloso, Valdir Joaquim de Morais e Leão – todos com seis troféus; o primeiro da lista é Sérgio, com sete.

“Fica marcado nas páginas da história do clube. Era um título que o Palmeiras ainda não tinha, então com certeza o nosso nome vai estar lá”, disse Weverton ao final da partida.

Na linha de defesa, Marcos Rocha e Mayke também alcançaram a marca de seis títulos com a camisa do Verdão e empataram com Djalma Santos, como os laterais mais vencedores da História do clube – os dois deixaram para trás nomes como: Ferrari, Zeca, Eurico, Junior e Roberto Carlos.

Gustavo Gómez, que está no Palmeiras desde 2018, tornou-se o estrangeiro com mais conquistas pelo Verdão (seis taças). Na relação de zagueiros, o camisa 15 empatou com Tonhão no quesito, ficando atrás apenas de Cléber e Carnera (7) e Junqueira (9).

“[Ser o estrangeiro com mais títulos pelo Palmeiras] significa muito. Muito feliz por escrever meu nome na História do Palmeiras a cada dia. Sou muito grato por todos que trabalham comigo, desde os jogadores até os profissionais do CT. O respeito dos companheiros vale mais do que qualquer coisa”, disse Gómez em entrevista coletiva após a vitória.

Dudu alcança o topo; Veiga e Zé Rafael superam nomes importantes da História do Palmeiras

Dudu comemora conquista da Recopa Sul-Americana após jogo do Palmeiras contra o Athletico-PR, durante segunda partida válida pelas finais da Recopa Sul-Americana 2022, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Fundamentais para o meio de campo do Palmeiras de Abel Ferreira, Raphael Veiga e Zé Rafael chegaram a cinco títulos cada no clube e deixaram para trás jogadores que marcaram época no Verdão, como Alex e Mazinho, que conseguiram quatro troféus. O líder em conquistas entre os meio-campistas é Ademir da Guia, que ergueu 11 taças.

Já o ranking dos atacantes tem um novo líder: Dudu. No clube desde 2015 e símbolo de uma reconstrução, o ‘Baixola’ chegou a sete títulos e empatou com Lima, que tem mais jogos. Com a conquista da Recopa, Dudu superou Edu Bala, César Maluco e Lara.

“Conquistar mais um título pelo Palmeiras é absolutamente incrível. É um sentimento maravilhoso. Agora, já são sete títulos oficiais aqui em pouco tempo. Cada um deles com um significado especial e fruto do grande trabalho realizado nos últimos anos por todos dentro do clube, desde nós, jogadores, até o pessoal que cuida de nós todos os dias lá no CT. Sem a ajuda dessas pessoas, nada seria possível”, disse o jogador ao site oficial do Palmeiras.

* Todas as listas mencionadas podem ser acessadas através dos filtros na seção de JOGADORES do nosso Almanaque.

Veja a lista de títulos de cada jogador citado na matéria:

  • Weverton:
    • Campeonato Brasileiro (2018);
    • Campeonato Paulista (2020);
    • Copa do Brasil (2020);
    • Copa Libertadores (2020 e 2021);
    • Recopa Sul-Americana (2022).
  • Marcos Rocha e Mayke:
    • Campeonato Brasileiro (2018);
    • Campeonato Paulista (2020);
    • Copa do Brasil (2020);
    • Copa Libertadores (2020 e 2021);
    • Recopa Sul-Americana (2022).
  • Gustavo Gómez:
    • Campeonato Brasileiro (2018);
    • Campeonato Paulista (2020);
    • Copa do Brasil (2020);
    • Copa Libertadores (2020 e 2021);
    • Recopa Sul-Americana (2022).
  • Raphael Veiga e Zé Rafael:
    • Campeonato Paulista (2020);
    • Copa do Brasil (2020);
    • Copa Libertadores (2020 e 2021);
    • Recopa Sul-Americana (2022).
  • Dudu:
    • Campeonato Brasileiro (2016 e 2018);
    • Campeonato Paulista (2020);
    • Copa do Brasil (2015);
    • Copa Libertadores (2020 e 2021);
    • Recopa Sul-Americana (2022).