Em preparação para enfrentar o Galo, Palmeiras realiza treinos táticos; Felipe Melo faz trabalhos à parte

Jorge durante treinos táticos do Palmeiras, comandado por Abel Ferreira, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

Preservado diante do Fortaleza, o atacante Breno Lopes participou normalmente dos treinos táticos

Dando sequência à preparação para o confronto diante do Atlético-MG, que acontecerá amanhã à noite no Allianz Parque, os jogadores do Palmeiras realizaram na manhã desta segunda-feira, na Academia de Futebol, treinos táticos sob olhares da comissão técnica.

Com o elenco dividido em dois times, os atletas aperfeiçoaram os posicionamentos e algumas situações de jogo, como: triangulações, saídas de jogo e movimentações específicas. Os titulares do último duelo saíram do campo mais cedo e encerraram o dia com um complemento físico, supervisionados pelos profissionais do Núcleo de Saúde e Performance.

O volante Felipe Melo, desfalque contra SPFC e Fortaleza por conta de dores no joelho direito, seguiu cronograma individualizado. O camisa 30, diferentemente de ontem, fez exercícios com bola no gramado.

Aos 39 anos, Melo retomou a condição de titular nos dois confrontos frente ao Atlético-MG, pelas semifinais da Libertadores, e vem sendo um dos principais jogadores da equipe. Caso o jogador não se recupere até a final contra o Flamengo, que acontecerá no sábado, seu substituto deve ser Danilo.

Breno Lopes participa normalmente dos treinos táticos

Breno Lopes durante treinos táticos do Palmeiras, na Academia de Futebol.
Cesar Greco

O atacante Breno Lopes, que não viajou a Fortaleza no último final de semana por dores no tornozelo direito, participou, sem restrições, de todas as movimentações propostas por Abel Ferreira e seus auxiliares.

Na manhã desta terça-feira, os jogadores relacionados para a partida diante do Galo farão mais um treinamento na Academia de Futebol, assim como os escolhidos para enfrentar o Flamengo, no sábado, que prosseguirão com a preparação para a final da Libertadores.

Carrasco do Santos, Breno Lopes projeta partida complicada no domingo

Breno Lopes comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Santos, durante partida válida pela décima primeira rodada do Brasileirão 2021, no Allianz Parque.
Cesar Greco

Com 6 gols, Breno Lopes, que completou 50 jogos no clube, é o vice-artilheiro do Palmeiras no Campeonato Brasileiro

Autor do último gol palmeirense na vitória sobre o Grêmio por 3 a 1, o atacante Breno Lopes poderá reencontrar no próximo domingo o Santos: time em que marcou o tento mais importante da sua carreira e do Palmeiras na temporada passada.

Além do gol na final da Libertadores, que deu o bicampeonato ao Verdão, Breno marcou sobre o time da Baixada Santista no primeiro turno do Campeonato Brasileiro – vitória do Palmeiras por 3 a 2, no Allianz Parque.

“Mais um jogo difícil, sabemos da dificuldade de jogar na Vila [Belmiro]. Vamos trabalhar para chegar lá e buscar mais três pontos, é nosso objetivo no Brasileiro. E mais um gol, quem sabe a gente não possa estar feliz e marcar de novo”, disse o atacante.

“Rei dos acréscimos”, o camisa 19 fez cinco dos seus 10 gols pelo clube após os 40 minutos do segundo tempo, sendo quatro deles nos instantes finais das partidas.

“É uma coincidência [fazer gols nos finais dos jogos], mas fico feliz de estar marcando e ajudando o Palmeiras. O objetivo é sempre buscar os três pontos”, contou Breno que, além do tento diante do Grêmio (49′ minutos) e na decisão contra o Santos (53’), balançou as redes do Atlético-GO (50’), Bahia (46’) e do Juventude (42′).

Breno Lopes completou 50 jogos pelo Palmeiras

Breno Lopes marca o gol decisivo na Libertadores 2021 contra o Santos
Cesar Greco

Contratado junto ao Juventude em novembro do ano passado, após o fechamento da janela internacional de transferências, Breno conseguiu se firmar no clube e, no último domingo, completou 50 jogos com a camisa do Palmeiras.

“Feliz né, a gente sabe a responsabilidade de jogar no Palmeiras, atingir uma marca dessas. Eu fico muito contente. Espero poder cada vez mais alcançar recordes e ajudar o Palmeiras”, finalizou.

Breno Lopes celebra gol após quase 4 meses sem ir às redes

Breno Lopes comemora seu gol pelo Palmeiras contra o Grêmio, durante partida válida pela vigésima nona rodada do Brasileirão 2021, na Arena do Grêmio.
Cesar Greco

Em um lance característico seu, o chute rasteiro cruzado, Breno Lopes sacramentou a vitória do Palmeiras sobre o Grêmio

Autor do maior gol palmeirense no século XXI, o atacante Breno Lopes voltou a marcar no jogo contra o Grêmio e quebrou um jejum de quase quatro meses sem ir às redes adversárias – apesar do longo tempo, Breno ainda se mantém como o segundo maior goleador da equipe no Campeonato Brasileiro, com seis tentos (Raphael Veiga, com oito, é o líder).

Um fato curioso sobre os gols do atacante na competição, dos seis, quatro deles aconteceram após os 40 minutos da etapa final, sendo ainda, três nos acréscimos. Os adversários que sofreram os tentos foram: Atlético Goianiense, Bahia, Juventude e Grêmio. Além disso, a cabeçada que passou por John no duelo frente ao Santos, que deu o título da Libertadores, também foi no apagar das luzes.

A quantidade de gols nesse período do jogo fez o Palmeiras brincar com o atleta nas redes sociais.

“Muito feliz. A gente sabia que seria um jogo difícil hoje [domingo], um jogo grande. Eles estão em uma situação complicada e entraram para fazerem a partida da vida, mas nossa equipe foi muito consistente. Saímos atrás, porém mantivemos o comportamento pedido pelo Abel”, disse após o jogo.

Breno Lopes fala sobre chute característico

Embora o seu lance mais famoso com a camisa do Verdão tenha sido uma cabeçada, Breno vem se notabilizando por outra jogada: o chute cruzado e rasteiro. De todos os seus gols pelo clube (10), quatro deles vieram dessa maneira.

Para o camisa 19, o sucesso nessa batida é tudo questão de treino. “Pratico muito esse chute cruzado, tento aperfeiçoar o máximo para quando eu estiver nessa situação, que eu possa fazer o gol. Fui feliz, dominei a bola em progressão, olhei o goleiro e bati cruzado”, detalhou.

“Ficamos muito felizes pelo Danilo [Barbosa]. Todos nós entregamos muito nos treinamentos, no dia a dia, para chegar no jogo e fazer o melhor. Ele fez uma jogada individual muito boa e achou o passe pra mim. Dedico esse gol a ele também, que é um cara trabalhador, merecedor”, completou.

Contratado em novembro junto ao Juventude, Breno completou 50 partidas no Palmeiras.

Em documentário sobre a conquista da Libertadores, Abel Ferreira explica a entrada de Breno Lopes

SE Palmeiras comemora a conquista da Libertadores 2020, no Estádio do Maracanã.
Cesar Greco

Documentário “A Glória Eterna, Alma e Coração!” estreará nesta quinta-feira

Com o placar do duelo entre Palmeiras e Santos, pela final da Libertadores de 2020, apontando 0 a 0, aos 39 minutos do segundo tempo o técnico Abel Ferreira decidiu fazer a segunda substituição na equipe. Contrariando a torcida palmeirense que estava presente no estádio, que queria a entrada de Willian, o comandante chamou Breno Lopes para o lugar de Gabriel Menino.

A entrada de Breno deu tão certo que o atacante foi o herói do bicampeonato. Em entrevista ao documentário “A Glória eterna, Alma e Coração!”, que contará toda a trajetória do Palmeiras na competição, Abel explicou o motivo pela escolha do camisa 19 àquela altura do jogo.

Confira:

Documentário estreará na noite desta quinta-feira

Os dois primeiros episódios do documentário irão ao ar na noite desta quinta-feira, no Facebook Watch da Conmebol e também no canal do YouTube do SBT (SBT Sports). Os dois capítulos finais serão exibidos amanhã.

Depois, a série ficará disponível na TV Palmeiras/FAM e no canal da Libertadores, assim como no catálogo do Star+, serviço de streaming do grupo Disney.

Além dos bastidores e entrevistas com os personagens da conquista, estará presente também no material um pouco da História do Palmeiras dentro da Libertadores. Como é sabido, o Verdão tem números expressivos na competição:

  • Time brasileiro com mais vitórias (116);
  • Time brasileiro com mais vitórias como mandante (75) e visitante (42);
  • Time brasileiro que mais marcou gols (389);
  • Time com a maior sequência de invencibilidade como visitante (14 jogos).

Com a presença de jogadores na Sala de Troféus, Palmeiras celebra conquista da Tríplice Coroa

Sala de Troféus do Palmeiras recebe visita de autoridades com a presença de alguns jogadores e mebros da diretoria.
Fabio Menotti

Durante o evento na Sala de Troféus, o atacante Rony relembrou o cruzamento para Breno Lopes no gol contra o Santos

No último dia 7, a conquista da Copa do Brasil sobre o Grêmio completou seis meses. Além de ter sido o quarto troféu do Palmeiras nesta competição, o título também encerrou uma temporada histórica para o clube, com três taças levantadas (Campeonato Paulista, Libertadores e Copa do Brasil).

Para celebrar a Tríplice Coroa, o Verdão promoveu uma live em seu canal oficial no Facebook e contou com a presença de alguns jogadores do atual elenco e outras personalidades ligadas ao clube na Sala de Troféus. Dos atletas, estiveram presentes Rony, Danilo e Breno Lopes, que construíram o gol na final da Libertadores contra o Santos, além de Wesley e Raphael Veiga, protagonistas na decisão diante do Grêmio pela Copa do Brasil.

“O Palmeiras é enorme e é gratificante ficar marcado [na história do clube]. Conquistar a Tríplice Coroa em um ano tão atípico, na qual o futebol era um momento de lazer para tantas famílias, foi muito bom, entramos para a História. Fico feliz por todos e valeu a pena”, comentou Raphael Veiga.

Na Sala de Troféus, Rony relembra lance do gol contra o Santos

Breno Lopes marca o gol decisivo na Libertadores 2021 contra o Santos
Cesar Greco/Ag.Palmeiras

Atuando mais para o lado esquerdo naquela partida, o atacante Rony relembrou a jogada do gol diante do rival da Vila Belmiro e “comemorou” a troca de posição com Breno antes do cruzamento.

“Antes mesmo da confusão com o Cuca eu já tinha pedido para o Breno trocar de lado comigo porque estava muito cansado e precisava tomar água. Na hora o auxiliar até chamou a atenção, falou que não era para eu estar ali. Mas graças a Deus eu estava lá e pude receber o passe do Danilo”, contou.

Além da conversa com os jogadores, o evento também promoveu sorteios para alguns sócios Avanti. Confira: